© 2014 - Todos os Direitos Reservados ao Blog Negócios e Informes. Tecnologia do Blogger.

quarta-feira, 31 de outubro de 2018

CASINHAS: Família Pereira promove 2ª Corrida e Caminhada neste fim de semana no Diogo

I Corrida e Caminhada Família Pereira e Amigos
realizada em setembro do ano passado
(Foto: Adriano Jailton/Divulgação)
Acontece neste final de semana a segunda edição da "Corrida e Caminhada Família Pereira e Amigos". O evento é organizado por uma das famílias mais tradicionais do Diogo, no município de Casinhas, e tem o objetivo de incentivar a prática de hábitos saudáveis, além de promover um momento de confraternização e celebração de amizade com os moradores locais e de comunidades vizinhas.

"Nossa segunda corrida e caminhada será realizada no próximo domingo, dia 04 de novembro, com concentração no pátio da Escola Nossa Senhora de Fátima. As inscrições serão feitas no local, a partir das 6h, e a gente pede que as pessoas levem um quilo de alimento não perecível para doação a famílias carentes. O percurso será basicamente o mesmo do ano passado, com uma pequena alteração no caminho de retorno. Seguiremos pelo Diogo 2, próximo ao Alto Santa Luzia, até a Rua do Açude, em Surubim, passando pela Escola Oliveiros de Andrade Vasconcelos e o Sindicato de Trabalhadores, em direção ao ponto de partida", informa Margarida Pereira, uma das organizadoras do evento.

"Serão premiados o homem e a mulher que chegarem em primeiro lugar. Ao final, também estaremos oferecendo um café da manhã, com lanches, sucos e frutas para todos os participantes", completa. Um dia antes, na noite do sábado (03), a partir das 20h, haverá a celebração de uma missa e em seguida a reinauguração da placa em homenagem ao patriarca da família, Manoel Pereira da Silva (Seu Nezinho), já falecido, que dá nome à principal rua da comunidade.

Do Mais Casinhas

Brasil sobe dezesseis posições em ranking que avalia facilidade de fazer negócios

Avanços para gestão do fornecimento
de energia foi um dos aspectos relevantes
para que o país subisse no ranking
Foto: Reprodução / Internet
Reformas feitas pelo Brasil no ano passado fizeram com que o país avançasse mais de 15 posições, saindo do 125º e chegando ao 109º lugar, em ranking do Banco Mundial que avalia a facilidade de fazer negócios em 190 países. De acordo com o banco, pela primeira vez em 16 anos, desde que o relatório Doing Business começou a ser publicado, o Brasil fez seu maior número de reformas e superou todos os países da América Latina neste aspecto. 

Quatro reformas são citadas como essenciais para o avanço: introdução de certificados digitais para importação, aprimoramento do acesso ao crédito, criação de sistema online para facilitar abertura de empresas e adoção de sistema eletrônico para gestão do fornecimento de energia. 

Essas reformas ajudam eliminar obstáculos para o empreendedorismo, fator importante para reduzir a pobreza, afirmou o diretor do Banco Mundial para o Brasil, Martin Raiser. "O Brasil deixou claro o seu compromisso em melhorar o ambiente de negócios para as pequenas e médias empresas."

Outros países da América Latina e Caribe também apresentaram um histórico notável de reformas como Bahamas, El Salvador, Paraguai e Peru, com duas reformas cada. 

Apesar de melhorar o ambiente para os negócios, o Brasil ainda está atrás de outros países desta região, como México (54ª posição), Colômbia (65ª posição) e Costa Rica (67ª posição).

Da Folha de PE

2.º Fórum de Cultura de Surubim será no dia 10 de novembro

Encontro será realizado no Centro Cultural Dr. José Nivaldo
para aprovar o Plano Municipal de Cultura
(Foto: Reprodução/ Divulgação)
Com o objetivo de discutir e aprovar o Plano Municipal de Cultura elaborado pela Comissão Municipal de Cultura de Surubim, a população e principalmente os produtores culturais, estão convocados a participarem do Fórum Municipal de Cultura, a realizar-se no dia 10 de novembro, às 14h, no Centro Cultural Dr. José Nivaldo.

Nesse encontro, será definida a política cultural a ser adotada pelo governo municipal após estabelecidas as determinações exaustivamente analisadas e encaminhadas para a análise e aprovação da Câmara de Vereadores.

“Patrimônio Cultural e Memória”, “Gestão, Infraestrutura e Participação Social”, “Desenvolvimento Simbólico da Cultura”, “Economia da Cultura”, “Pesquisa e Formação Artístico-Cultural”, “Cultura e Educação”, “Cultura e Comunicação”, “Territórios, Territorialidades” e “Políticas Afirmativas”, esses são os oitos eixos principais a serem analisados, discutidos, e se possível, aprovados por todos que se fizerem presentes no Fórum de Cultura.

Do Correio do Agreste (Fernando Guerra)

Acic confirma chapa única para eleições

O período de inscrições dos interessados em disputar a eleição da Associação Comercial e Empresarial de Caruaru (Acic) foi encerrado. A Acic confirmou que o pleito irá contar com uma única chapa que tem o empresário Luverson Ferreira como candidato à presidência e o advogado Bernardo Barbosa Filho como vice. Os novos cargos da diretoria, conselho fiscal e comissão de sindicância da Entidade para o biênio 2019-2020 serão eleitos em uma assembleia geral ordinária nesta quarta-feira, 31, a partir das 14h, na Sala Henrique Pinto. A Acic está convocando os seus associados para votação. A mesa eleitoral funcionará, ininterruptamente, das 14h às 16h. (Da Assessoria)
Imagem: Divulgação/Reprodução

terça-feira, 30 de outubro de 2018

Comunicadores da região realizaram com sucesso cobertura das eleições 2018

Foto: Divulgação/Reprodução
Meu agradecimento especial a todos os patrocinadores que apoiaram e aos internautas que prestigiaram a nossa cobertura ao vivo das eleições 2018, que teve apresentação deste blogueiro e a participação dos comunicadores digitais de Casinhas e Surubim — leia-se Jota Santos (Rádio Integração FM), Luís Fernando Germano (Negócios e Informes), Edmilson Arruda (Casinhas Agreste), Edson Azevedo (Tô na Mídia Surubim), Henrique Silva (Rádio Ótima Web), Sivaldo Silva e Dadal Casinhas, além de convidados como Walter Borges, Florisvaldo Barbosa, Rodolfo Gomes Barbosa, Gabriel Aprígio e a colaboração de João Nascimento, Rafaela Borges, Marcela Silva e minha esposa, Izabel Diniz.

Do Mais Casinhas (Charles Nascimento)

Desemprego cai para 11,9% e atinge 12,5 milhões

Foto: Rafael Neddermeyer/Fotos Públicas
Movimento de julho a setembro foi impulsionado pelo aumento do trabalho informal, que fez a população ocupada aumentar em 1,5% no período

A taxa de desemprego no país caiu para 11,9% no terceiro trimestre, divulgou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta terça-feira (30). De abril a junho, a desocupação havia ficado em 12,4%.

O movimento de julho a setembro foi impulsionado pelo aumento do trabalho informal, que fez a população ocupada aumentar em 1,5% no período, somando 92,6 milhões de brasileiros. O número de desocupados, por sua vez, caiu 3,7% (-474 mil), para 12,5 milhões de pessoas.

"Tem uma retirada de pessoas da fila da desocupação, uma queda de quase meio milhão de pessoas. O problema maior desse avanço é que isso se deu em emprego sem carteira e por conta própria. É um resultado favorável, mas voltado para informalidade e aumento da subocupação", disse o coordenador de Trabalho e Rendimento do IBGE, Cimar Azeredo.

Da Folha de PE

Prefeitura de Surubim transfere ponto facultativo do Dia do Servidor para o dia 1º de novembro

A Prefeitura de Surubim informa que o ponto facultativo do Dia do Servidor Público, celebrado no domingo, dia 28 de outubro, foi transferido para a próxima quinta-feira, dia 1º de novembro. Por este motivo, não haverá expediente na Prefeitura e Secretarias Municipais.
Imagem: Divulgação/Reprodução

Investidor brasileiro é o que espera maior ganho de aplicação

Foto: Reprodução / Pixabay
Apesar do baixo patamar atual, o histórico de juros altos no País tornou o investidor brasileiro ambicioso. Segundo pesquisa realizada em 17 países, o brasileiro é o que espera maior ganho de suas aplicações financeiras. O retorno, porém, nem sempre corresponde às expectativas: o País é o que apresenta uma das maiores diferenças entre a rentabilidade desejada e a obtida.

Pesquisa realizada pela gestora de recursos Legg Mason, obtida com exclusividade pelo jornal O Estado de S. Paulo, aponta que o brasileiro espera, em média, um retorno de 9,2% ao ano de seus investimentos - ligeiramente acima da expectativa de chineses (9 1%) e mexicanos (9%). 

Porém, o retorno médio obtido é de 7,2% - quase dois pontos porcentuais mais baixo. É a segunda maior lacuna entre os 17 países pesquisados, atrás apenas do Japão, cuja diferença entre retorno almejado e recebido é de 2,2 pontos. A expectativa média global, segundo a pesquisa, é de ganhos de 7,4% ao ano, com retorno médio de 6,1%.

"Esse porcentual alto de rentabilidade desejada no Brasil tem muito a ver com a 'memória' de juros altos, no patamar de dois dígitos, que garantiam bons retornos sem riscos", observa Roberto Teperman, diretor de vendas da Legg Mason. 

Ele lembra que, em outubro de 2016, o Banco Central deu início a uma sequência de cortes na taxa básica de juros, a Selic, que saiu de 14,25% para 6,5% ao ano em março deste ano - menor patamar histórico.

William Eid, coordenador do centro de finanças da Fundação Getúlio Vargas (FGV), afirma que essa ambição "tem muito a ver com o famoso 1% ao mês". "Antes, qualquer investimento rendia 1% ao mês; qualquer fundo de renda fixa, por exemplo. Era só sair da poupança", diz.

"O retorno médio recebido agora pelos brasileiros está em torno de 110% do CDI (taxa que anda de mãos dadas com a Selic)", observa Teperman. "O investidor percebeu nos últimos tempos que, para o mesmo retorno de antes, teria de correr um pouco mais de risco - e nesse movimento, vimos alguma migração, ainda que pequena, para (fundos) multimercado e Bolsa." 

Para a pesquisa, a Legg Marson ouviu mil investidores brasileiros entre os dias 26 de julho e 24 de agosto. Os entrevistados estão comprometidos a investir pelo menos R$ 50 mil nos próximos 12 meses e também fizeram modificações em suas aplicações nos últimos cinco anos.

Confira a matéria completa, clique AQUI!

segunda-feira, 29 de outubro de 2018

Sesc Ler Surubim realiza Feira de Jovens Empreendedores Primeiros Passos

Imagem: Divulgação/Reprodução
Cerca de 250 crianças, jovens e adultos participarão do encontro nesta terça-feira (30/10)

Com a perspectiva de uma formação completa, em que o aluno é protagonista de sua aprendizagem, desenvolvendo habilidades empreendedoras que contribuem de forma significativa nesse processo, o Sesc Ler Surubim realiza, nesta terça-feira (30/10), a segunda edição da Feira de Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP). O encontro vai ser das 9h às 12h, na quadra coberta, cerca de 250 crianças, jovens e adultos de 11 turmas da Educação Infantil, Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos (EJA). 

Estão sendo esperados cerca de 500 visitantes ao longo da manhã. E tudo o que será exposto e comercializado é fruto do trabalho didático e interdisciplinar que vem sendo realizado em sala de aula ao longo do ano letivo pelos estudantes e com orientação dos professores. 

Serão comercializados lanches, brinquedos ecológicos, produtos aromáticos, temperos naturais, locação de jogos e brinquedos, artesanatos, bazar de roupas e acessórios. Os produtos serão vendidos ou locados a preços populares. Os valores arrecadados serão destinados ao custeio do projeto e para a realização de atividades lúdicas desenvolvidas durante o ano.

Neste ano, o JEPP conta com parcerias de empresas locais que realizaram oficinas de bordado e chaveiros em MDF com os alunos da Educação de Jovens e adultos. “Nosso intuito maior é incentivar os alunos a buscarem o autoconhecimento, novas aprendizagens, além do espírito de coletividade. A ideia é a de que a educação deve atuar como transformadora desse sujeito e incentivá-lo à quebra de paradigmas e ao desenvolvimento das habilidades e dos comportamentos empreendedores”, ressalta a professora da Educação Infantil e Ensino Fundamental, Tatiana de Moura Silva.

O JEPP– Criado há 13 anos pelo Sebrae, o Jovens Empreendedores Primeiros Passos teve início em São Paulo e se propagou por todo o país. O objetivo é o de disseminar a cultura empreendedora e orientar os participantes a elaborar o plano de negócios, a fim de estimular o comportamento proativo de crianças e jovens. Também visa incentivá-los à prática do empreendedorismo e o protagonismo juvenil.

Gratuidade – durante o mês de outubro, todas as unidades do Sesc Pernambuco estão oferecendo gratuidade na confecção ou atualização do cartão para trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo de comerciários e seus dependentes. Ele oferece descontos nas ações de educação, saúde, cultura, recreação, esporte, turismo e assistência social, como hospedagens nos hotéis do Sesc, espetáculos, parque aquático e restaurantes das unidades. O titular pode incluir como dependentes cônjuge ou companheiro de união estável, pessoas sob guarda de menores de 21 anos, estudantes com idade até 24 anos, pai, mãe, madrasta, avó e avô. Para fazer a emissão, é necessário ir ao Ponto de Atendimento. Para outras informações e relação dos documentos necessários: www.sescpe.org.br.

Sesc - O Serviço Social do Comércio (Sesc) foi criado em 1946. Em Pernambuco, iniciou suas atividades em 1947. Oferece para os funcionários do comércio de bens, serviços e turismo, bem como para o público geral, a preços módicos ou gratuitamente, atividades nas áreas de educação, saúde, cultura, recreação, esporte, turismo e assistência social. Atualmente, existem 20 unidades do Sesc do Litoral ao Sertão do estado, incluindo dois hotéis, em Garanhuns e Triunfo. Essas unidades dispõem de escolas, equipamentos culturais (como teatros e galerias de arte), restaurantes, academias, quadras poliesportivas, campos de futebol, entre outros espaços e projetos. Para conhecer cada unidade, os projetos ou acessar a programação do mês do Sesc em Pernambuco, basta acessar www.sescpe.org.br.


Serviço: Feira de Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP)

Data: 30/10

Local: Sesc Ler Surubim – Rua Frei Ibiapina, s/n – São José

Horário: 9h às 12h

Entrada: Gratuito

Informações: (81) 3634-5280

Da Assessoria

Mercado reage com otimismo a resultado das eleições, dizem economistas

Economista Paulo Guedes, futuro ministro da Economia
 no governo Jair Bolsonaro
(PSL). Foto: Daniel Ramalho/AFP
A reação do mercado diante do resultado das eleições, com a vitória de Jair Bolsonaro, foi positiva, afirmaram hoje (29) especialistas ouvidos pela Agência Brasil. Para o coordenador do Centro Macro Brasil da Escola de Economia da Fundação Getúlio Vargas, Marcelo Kfoury, o mercado está vivendo uma espécie de “lua de mel” com a ascensão de Bolsonaro. Ele disse que o resultado não foi uma surpresa, "tanto que o câmbio já vinha oscilando para baixo, em torno dos US$ 3,60, e hoje chegou a empatar com a cotação da última sexta-feira". Em relação à bolsa de valores os negócios ganharam um pouco mais de impulso ancorados nesse "otimismo”.

O que surpreendeu, segundo o economista, foi o resultado divulgado nesta segunda-feira (29), do Índice de Confiança da Indústria (ICI), medido pelo Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da FGV, que caiu em dois pontos, em outubro, passando para 94,1 pontos, o mais baixo desde setembro de 2017 (93,4 pontos), na terceira queda seguida. Kfoury acredita na reversão, com a retomada do otimismo do setor e a possibilidade de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) ainda no primeiro trimestre de 2019.

Em sua análise, as atenções estarão muito voltadas daqui para a frente para a estratégia a ser usada pelo presidente eleito na obtenção de votos da maioria no Congresso Nacional para a aprovação de medidas importantes e de anseio do mercado como as reformas da previdência e do sistema tributário.

“Ele pode ter uma pegada mais populista, atendendo interesses corporativos e usar a tática do toma lá da cá”, disse o economista, demonstrando que todas as ações serão atentamente acompanhadas pelo mercado. "Por enquanto, há boa expectativa de que se prossiga na linha que já vinha sendo defendida pelo atual presidente. “Qualquer divergência vai ser analisada na lupa.”

Confira a matéria completa, clique AQUI!

Prazo para quitar entrada do parcelamento do Simples acaba esta semana

Foto: FECOMÈRCIO MG
As micro e pequenas empresas e os microempreendedores individuais que renegociaram, em junho, as dívidas com o Simples Nacional (regime especial de tributação) têm até quarta-feira (31) para quitar a entrada de 5% do débito. O pagamento é necessário para que os contribuintes possam parcelar o restante da dívida com desconto na multa e nos juros.

Para as empresas que aderiram à negociação em julho, o prazo para quitar a entrada acaba em 30 de novembro. A Receita Federal esclareceu que não prorrogará as datas sob nenhuma hipótese. Quem não pagar integralmente os 5% da dívida será excluído do parcelamento e perderá os benefícios. O contribuinte perderá o direito de emitir a Certidão Negativa de Débitos e, se não regularizar a situação, será excluído do Simples Nacional.

O Programa Especial de Regularização Tributária do Simples Nacional (Pert-SN) e o Programa Especial de Regularização Tributária das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte optantes do Simples Nacional (Pert-MEI) oferecem desconto de 90% dos juros de mora, 70 % das multas de mora, de ofício ou isoladas e 100% dos encargos legais, inclusive honorários advocatícios, para os contribuintes que liquidaram o débito integralmente, em parcela única.

Quem parcelar a dívida em até 145 meses (12 anos e um mês) terá redução de 80% dos juros de mora, 50% das multas e 100% dos encargos legais. O contribuinte que optar pelo parcelamento em até 175 meses (14 anos e sete meses) receberá desconto de 50% dos juros de mora, 25% das multas e 100% dos encargos legais.

Da Agência Brasil

domingo, 28 de outubro de 2018

Conta de luz terá bandeira tarifária amarela em novembro

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou nesta sexta (26) que a bandeira tarifária que será aplicada nas contas de luz em novembro será amarela. Assim, haverá uma redução na cobrança em relação aos cinco meses anteriores, quando a bandeira foi vermelha.

A bandeira amarela tem custo de R$ 1 a cada 100 kWh (quilowatts-hora) consumidos. Já a bandeira vermelha, que vigorava desde junho, prevê cobrança de R$ 5 a cada 100 kWh.

A justificativa para a redução na cobrança está no início do período de chuvas. Segundo a Aneel, apesar de os reservatórios ainda estarem com níveis reduzidos, a agência acredita que com o início da estação chuvosa haja elevação gradual no nível de produção de energia pelas usinas hidrelétricas.

Sistema
O sistema de bandeiras tarifárias foi criado para sinalizar aos consumidores os custos reais da geração de energia elétrica. A adoção de cada bandeira, nas cores verde (sem cobrança extra), amarela e vermelha (patamar 1 e 2), está relacionada aos custos da geração de energia elétrica. No patamar 1, o adicional nas contas de luz é de R$ 3 a cada 100 kWh; no 2, de R$ 5.

Dicas de economia
Para evitar aumento significativo nas contas, a Aneel faz algumas recomendações aos consumidores, entre as quais de banhos mais rápidos para quem usa chuveiro elétrico, e optar por temperatura morna ou fria.

A agência sugere também a diminuição no uso do ar-condicionado e que, quando o aparelho for usado, não se deixem portas e janelas abertas. Além disso, é preciso manter limpo o filtro do aparelho. Outra sugestão é que o consumidor fique atento ao tempo em que a porta da geladeira fica aberta e que nunca se coloquem alimentos quentes em seu interior.

Outras dicas são juntar as roupas para serem passadas de uma só vez e não deixar o ferro ligado por muito tempo e, em caso de longos períodos de ausência de casa, evitar que os aparelhos fiquem no sistema stand-by (em espera). Nesse caso, o mais indicado é retirá-los da tomada.

Da Agência Brasil

Boletos a partir de R$ 0,01 têm de estar registrados em novo sistema

Foto: Flávio Japa/Folha de Pernambuco
A partir de hoje (27), os boletos com valor a partir de R$ 0,01 somente serão aceitos pela rede bancária, e em qualquer canal de atendimento, se estiverem registrados na Nova Plataforma de Cobrança (NPC), sistema de liquidação e compensação desenvolvido pelos bancos.

Essa é a última etapa da implementação do sistema. Na fase anterior, a rede bancária deixou de aceitar os boletos de valor igual ou acima de R$ 100 que não estivessem cadastrados na base do sistema. A última etapa da implementação englobará os boletos de pagamento de cartão de crédito e de doações, que deverão estar registrados na Nova Plataforma até 10 de novembro.

Segundo a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), se os boletos não estiverem cadastrados na base do novo sistema, os bancos irão recusá-los. Se isso acontecer, o pagador deve procurar o beneficiário, que é o emissor do boleto, para quitar o débito ou solicitar o cadastramento do título.

De acordo com a Febraban, com a inclusão e o processamento dos boletos desta fase no sistema, a Nova Plataforma terá incorporado 63% dos 4 bilhões de documentos emitidos anualmente no país. Os boletos de cartão de crédito e de doações, que entram no sistema em 10 de novembro, representam os 37% restantes.

No novo sistema, trafega um volume maior de dados, que são exigidos pelo Banco Central, tais como CPF ou CNPJ do emissor, data de vencimento, valor, além do nome e número do CPF ou CNPJ do pagador. De fato, a capacidade de processamento exigida é superior à de uma das grandes processadoras globais de cartões de crédito.

Por isso, segundo a Febraban, para fazer a migração do modelo antigo de processamento para o atual sem comprometer o funcionamento da Nova Plataforma, os bancos optaram por incluir os boletos no novo sistema por etapas, de acordo com o valor a ser pago. Esse processo começou em meados do ano passado para boletos acima de R$ 50 mil (os de menor volume) e alcança a fase mais complexa em outubro e novembro, de acordo com a federação.

Da Agência Brasil

Juros do rotativo do cartão de crédito sobem para 278,7% ao ano

Foto: Arquivo/Agência Brasil
Os consumidores que caíram no rotativo do cartão de crédito pagaram juros mais caros em setembro. A taxa média do rotativo subiu 4,7 pontos percentuais em relação a agosto, chegando a 278,7% ao ano. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (26) pelo Banco Central. A taxa média é formada com base nos dados de consumidores adimplentes e inadimplentes.

No caso do consumidor adimplente, que paga pelo menos o valor mínimo da fatura do cartão em dia, a taxa chegou a 259,9% ao ano em setembro, com aumento de 9,6 pontos percentual em relação a agosto. Já a taxa cobrada dos consumidores que não pagaram ou atrasaram o pagamento mínimo da fatura (rotativo não regular) subiu 0,9 pontos percentuais, indo para 292,2% ao ano.

O rotativo é o crédito tomado pelo consumidor quando paga menos que o valor integral da fatura do cartão. O crédito rotativo dura 30 dias. Após esse prazo, as instituições financeiras parcelam a dívida.

Em abril, o Conselho Monetário Nacional (CMN) definiu que clientes inadimplentes no rotativo do cartão de crédito passem a pagar a mesma taxa de juros dos consumidores regulares. Essa regra entrou em vigor em junho deste ano. Mesmo assim, a taxa final cobrada de adimplentes e inadimplentes não será igual porque os bancos podem acrescentar à cobrança os juros pelo atraso e multa.

Cheque especial
Já a taxa de juros do cheque especial caiu 1,8% em setembro, comparada a agosto, e está em 301,4% ao ano. Assim continua a ser a menor taxa desde março de 2016, quando estava em 300,8% ao ano.

As regras do cheque especial mudaram em julho. Segundo a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), os clientes que utilizam mais de 15% do limite do cheque durante 30 dias consecutivos passaram a receber a oferta de um parcelamento, com taxa de juros menores que a do cheque especial definida pela instituição financeira.

As taxas do cheque especial e do rotativo do cartão são as mais caras entre as modalidades oferecidas pelos bancos. A do crédito pessoal, por exemplo, é mais baixa: 122,2% ao ano em setembro, mesmo com o aumento de 0,8 ponto percentual em relação a agosto. A taxa do crédito consignado (com desconto em folha de pagamento) recuou 0,1 ponto percentual, indo para 24,4% ao ano em setembro.

A taxa média de juros para as famílias aumentou 0,4 ponto percentual em setembro para 52,2% ao ano. A taxa média das empresas se manteve em 20,4% ao ano.

Inadimplência
A inadimplência do crédito, considerados atrasos acima de 90 dias, para pessoas físicas, caiu 0,1 ponto percentual e ficou em 4,9% em setembro. No caso das pessoas jurídicas, também houve recuo, de 0,2 ponto percentual, ficando em 3,1%. Esses dados são do crédito livre, em que os bancos têm autonomia para emprestar o dinheiro captado no mercado.

No caso do crédito direcionado (empréstimos com regras definidas pelo governo, destinados, basicamente, aos setores habitacional, rural e de infraestrutura) os juros para as pessoas físicas também caíram 0,2 ponto percentual, para 7,6% ao ano. A taxa cobrada das empresas caiu 0,7 ponto percentual, para 8,7% ao ano. A inadimplência das pessoas físicas caiu 0,2 ponto percentual e ficou em 1,7% e a das empresas subiu 0,4 ponto percentual, para 2%.

Saldo dos empréstimos
Em setembro, o estoque de todos os empréstimos concedidos pelos bancos ficou em R$ 3,168 trilhões, com aumento de 0,4% no mês e de 2,5% no ano. Em 12 meses, a expansão foi de 3,9%. Esse estoque do crédito corresponde a 46,7% de tudo o que o país produz – o Produto Interno Bruto (PIB).

Da Agência Brasil

ELEIÇÕES 2018: Daqui a pouco, a cobertura ao vivo com os comunicadores digitais da região




Logo mais, a partir do meio-dia, os comunicadores da nossa região estarão ao vivo através do Facebook/Charles Nascimento trazendo informações e análises sobre a votação neste segundo turno das eleições 2018. Charles Nascimento (editor do Blog MAIS CASINHAS), Jota Santos (Integração FM), Luís Fernando Germano (Negócios e Informes), Edmilson Arruda (Casinhas Agreste) e vários outros comunicadores e convidados estarão juntos realizando mais uma cobertura especial. E, a partir das 17h, a apuração das urnas em primeira mão!



Do Mais Casinhas

sábado, 27 de outubro de 2018

Circuito Surubim de Vaquejada | Pedrinho Sanfoneiro anima primeira etapa no Parque Haras Lula Leal

Foto: Marcelino Frentzen - Gerando Notícias
Neste sábado (27), encerrando a primeira etapa do Circuito Surubim de Vaquejada que acontece no Parque Haras Lula Leal, Pedrinho Sanfoneiro será a atração musical. 

O Manduri Park Show que será sede da segunda etapa, convidou através das redes sociais para o encerramento deste sábado (27), confira:

"Hoje é dia de dançar um forrozinho pé de serra dando cheiro no cangote, pisando no pé da moça em um ambiente familiar com estrutura de barracas, mesas e cadeiras para você se divertir. Show com Pedrinho Sanfoneiro. Mas venha cedo e Lembre-se É DE GRAÇA!"

Profissionais da Educação de Surubim recebem homenagem

Foto: Divulgação/Reprodução
Profissionais da Educação, como professores, gestores escolares, supervisores e coordenadores, participaram, nesta quarta-feira (24), no Auditório da Escola Estadual Severino Farias, de um Encontro de Educadores, em comemoração ao Dia dos Professores. Todos eles receberam uma homenagem dos alunos da Escola Ermelinda Lucena de Barbosa e, em seguida, uma palestra com o professor Hamilton Werneck , cujo tema foi "Educar é sentir as pessoas".

Ele mostrou que, na era das conexões, temos de conjugar a tecnologia com a sociedade para que a humanização possa ter seu lugar preservado. Falou, também, sobre situações diferentes dentro da escola ou na sociedade que, se não houver conexão entre a razão e o coração, não haverá educação. O evento aconteceu nos turnos da manhã e tarde, tendo a participação de cerca de 500 profissionais da Educação.

Da ASCOM Surubim

sexta-feira, 26 de outubro de 2018

Bom Jardim recebe 275 kits de caráter produtivo para apoio à agricultura familiar

Imagem: Divulgação/Reprodução
No total, estão sendo entregues 15.500 equipamentos a homens e mulheres do campo em 87 municípios do Agreste e Sertão do Estado

Chegou a vez do município de Bom Jardim, no Agreste Setentrional, ser contemplado com kits de caráter produtivo pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária (SARA). Ao todo, serão distribuídos 275 kits, nesta quarta-feira (24). A meta da SARA é, até o final deste ano, entregar um total de 15.500 equipamentos a agricultores familiares de 87 municípios.

Em Pernambuco, são 275.720 estabelecimentos familiares responsáveis pela produção de mandioca, feijão, milho, fruticultura e hortifruti. “Os kits de caráter produtivo auxiliam na produção do meio rural, visando o fortalecimento da agricultura familiar, importante segmento tanto do ponto de vista econômico, quanto do ponto de vista social para o Estado”, avaliou o secretário Wellington Batista.

Cada kit de produção de forragem animal contém, a escolher: Kit Roçadeira (uma roçadeira semi-florestal com 3 itens acessórios, de corte de arbustos, capineira e roço; uma bota e um óculos de proteção) ou Kit Forrageira (uma forrageira com cabo de extensão elétrico de 10 metros).

São contemplados com os kits os agricultores que receberam as cisternas calçadão de caráter produtivo, de 52 mil litros. As cisternas têm a finalidade de aumentar a capacidade produtiva das famílias da zona rural, ampliando o acesso a água e viabilizando a criação de pequenos animais e a implantação de hortas orgânicas. Esses equipamentos integram convênios firmados entre a SARA, através da Secretaria Executiva de Agricultura Familiar (SEAF), e o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário.

Do Governo de PE

Segunda etapa da campanha contra aftosa começa em novembro

Imagem: Divulgação/Reprodução
A Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária do Estado de Pernambuco (Adagro) se prepara para começar no dia 01 de novembro a segunda etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa. Nesta etapa só devem ser imunizados os bovinos e bubalinos com até dois anos (24 meses).

Para vacinar o rebanho o produtor deve procurar a farmácia veterinária, adquirir a vacina e transportá-la num isopor com gelo. A dose indicada é de 5ml por animal e é recomendável trocar a agulha a cada 10 aplicações. O local de aplicação é na “tábua do pescoço” e dever ser realizada nas horas mais frias do dia para evitar o estresse dos animais. “Depois de realizar a vacina o produtor tem até 15 dias para declarar a vacinação. Apesar da imunização só ser obrigatória para os animais mais jovens, o produtor deve declarar todo o rebanho nos escritórios da Adagro”, explicou o presidente da Adagro, Paulo Roberto Lima.

Nesta etapa devem ser imunizados mais de 500 mil animais. Atualmente o rebanho do Estado é de mais de 1,7 milhões de bovinos. O produtor que não vacina paga multa, de R$60,00 por animal não vacinado. Aquele que não declarar o rebanho (atualização cadastral) fica impedido de retirar a Guia de Trânsito Animal e obter as declarações da Agência, além de pagar multa de R$300,00 por propriedade.

A segunda etapa termina no dia 30 de novembro.

Do Governo de PE

Crianças da LBV participaram 16ª edição da Semana Solidária da Abrasel

Fotos: LBV/Divulgação
Pular, correr, brincar e se divertir são atividades que a garotada adora. Na Legião da Boa Vontade (LBV), o lúdico é uma das ferramentas utilizadas nas oficinas, promovendo o aprendizado das crianças e adolescentes com alegria. Na Semana da Criança dezenas de ações foram pensadas para alegrar os pequenos com apoio de parceiros.

De 04 a 16 de outubro, as crianças e adolescentes atendidas pelo Centro Comunitário de Assistência Social da LBV visitaram o Horto Dois Irmãos e se deliciaram com os pratos e guloseimas dos restaurantes Comadre Coxinha e Lanchonete My Burger que participaram da 16º Semana da Criança da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel). O evento celebrou a Semana da Criança promovendo a integração e inclusão social.

Pela primeira vez no Zoológico Dois Irmãos, o pequeno Diogo, 8 anos, comentou que ficou muito feliz com a ida ao espaço. “Foi bom demais, brinquei, ouvi histórias e conheci várias espécies de animais”, disse.

O Restaurante Comadre Coxinha recebeu as crianças da LBV com muito amor, carinho e um lanche maravilhoso. “Que prazer passar essa tarde com essas crianças e adolescentes. Indico a todos a conhecer o trabalho da Instituição” destacou a proprietária, Amanda Escobar. A garotada da LBV conheceu a lanchonete My Burger, onde participaram de brincadeiras. O primeiro desafio foi montar o seu próprio hambúrguer, sem perder o equilíbrio. “Adorei participar por que aprendemos como se monta um hambúrguer e a importância de cada ingrediente”, disse Lívia Antônia, 8 anos, menina assistida pela Instituição.

O conselheiro da Abrasel George Rodrigues, agradeceu a presença das crianças e adolescentes da LBV na Semana da Criança, e comentou que cerca de 10 mil crianças em todo o Brasil participaram dessa ação social. “Ficamos muito felizes com o sorriso da criançada. Para nós é uma satisfação recebê-las. É muito prazeroso proporcionar esse dia de brincadeira e alegria”, declarou.

Para finalizar a Semana da Criança na LBV, os pequenos também foram ao Game Station no Shopping Boa Vista e tiveram um dia de muitas brincadeiras e guloseimas na unidade da LBV no Bairro dos Coelhos.

No Recife, a unidade do Centro Comunitário de Assistência Social da LBV está localizado na Rua dos Coelhos, 219 — Coelhos, região central, próximo ao Cais José Mariano. Para outras informações, ligue: (81) 3413-8601.

Da LBV

quinta-feira, 25 de outubro de 2018

Dívida externa bruta estimada é de US$ 303,540 bi em setembro, diz BC

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

A dívida externa de longo prazo atingiu US$ 244,525 bilhões em setembro, enquanto o estoque de curto prazo ficou em US$ 59,015 bilhões no fim do mês passado

A estimativa do Banco Central para a dívida externa brasileira em setembro é de US$ 303,540 bilhões. Segundo a instituição, o ano de 2017 terminou com uma dívida de US$ 317,305 bilhões.

Da Agência Estado

Seleção surubinense de Handebol Masculino conquista fase regional dos Jogos Abertos de Pernambuco

A seleção municipal surubinense de handebol masculino conquistou nesta quarta-feira (24), em Limoeiro, o título de campeão da fase regional dos Jogos Abertos de Pernambuco, ao vencer a seleção da casa por 28 x 26. Com o resultado, os representantes de Surubim carimbaram o passaporte para a fase final, que acontecerá em Serra Talhada.

Imagens: Divulgação/Reprodução

Estudo indica o potencial mineral de Pernambuco

Evento apontou novas potencialidades minerais no NordesteFoto: Kleyvson Santos
Com 60% de sua área geológica mapeada, Pernambuco foi contemplado terça-feira com mais um instrumento para ampliação do seu potencial mineral. É que o Serviço Geológico do Brasil (CPRM) promoveu, no auditório do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (CREA-PE), o lançamento do levantamento que tem como principal objetivo promover avanços no conhecimento sobre as áreas localizadas em Buíque e no sertão do Araripe. O trabalho aponta indícios de minerais que podem ser explorados no futuro.

Denominada de Folha de Buíque, o mapeamento geológico feito da região abrangeu uma área de 3 mil quilômetros quadrados. Graças a ele, foi descoberto que o território, localizado no semiárido pernambucano, cuja economia é baseada na agricultura, é muito promissor para a exploração de depósitos de minerais metálicos. Segundo o levantamento, na região, foram cadastradas 41 ocorrências consideradas inéditas. Entre elas, importantes anomalias de terras raras, enriquecidos notadamente em tório, matéria-prima de grande relevância econômica e estratégica, cuja produção mundial hoje concentra-se 97% na República Popular da China.

De acordo com a pesquisadora em geociência do CPRM no Recife, Maria Angélica, isso significa que, na região de Buíque existe uma tendência que aponta para o aparecimento de ouro e minerais que podem estimular o desenvolvimento da região. “Temos uma ocorrência de ouro na região, o que oferece novas opções para os interessados prospectarem", explica a pesquisadora ao completar que baseado nesse indicativo, já há empresa interessada em desbravar a área.

Segundo o geólogo do Serviço Geológico do Brasil (CPRM) e coordenador do informe do Araripe, Geysson de Almeida Lages, apesar de manter a sua vocação natural para exploração de gipsita, utilizada na fabricação de gesso, o mapeamento apontou a existência de minerais com alta possibilidade de retorno financeiro. “O que destacamos lá foi a presença da celestita, um mineral que está presente na tecnologia, e é usado para dar coloração verde aos equipamentos tecnológicos", revelou.

De acordo com os geólogos presentes, além de facilitar o caminho para as mineradoras, que geralmente não encontram facilmente os locais que têm potencial para serem explorados, o mapeamento serve de base para ações de infraestrutura, mostrando as melhores regiões para construir uma pedreira e rodovias, por exemplo.

Da Folha de PE

quarta-feira, 24 de outubro de 2018

Prefeitura de Surubim realiza simulado preparatório para o ENEM

Imagem: Divulgação/Reprodução
Nos dias 14 e 21 de outubro aconteceu o Simulado Municipal Enem 2018 na Escola Municipal Oliveiros de Andrade Vasconcelos. Essa ação teve a participação de 100 jovens e está integrada ao Projeto Rota do Enem que vem sendo desenvolvido pela Secretaria de Juventude e Esportes há cerca de dois anos.

O simulado teve como foco preparar os alunos para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e seguiu os moldes do Exame, contendo cerca de 180 questões, divididas nas áreas de Ciências da Natureza e suas Tecnologias, Ciências Humanas e suas Tecnologias, Linguagens e Códigos, Matemática e Redação.

Da ASCOM Surubim

ELEIÇÕES 2018: Comunicadores de Casinhas farão nova cobertura ao vivo neste domingo

Neste domingo, dia 28 de outubro, comunicadores do município de Casinhas estarão novamente reunidos para mais uma cobertura especial das Eleições 2018. A partir do meio-dia, Charles Nascimento (Blog MAIS CASINHAS), Jota Santos (Rádio Integração FM), Edmilson Arruda (Portal Casinhas Agreste), Luís Fernando Germano (Blog Negócios e Informes) e outros nomes da mídia local e convidados vão trazer as principais informações e análises da votação no segundo turno do pleito, além da apuração das urnas, com transmissão ao vivo pelo Facebook. Fiquem ligados! Do Mais Casinhas
Comunicadores na cobertura do primeiro turno
(Foto: Divulgação/Reprodução)

Mande bem em Dobro | SUBWAY® Surubim e Limoeiro participam do Dia Mundial do Sanduíche

Imagem: Divulgação/Reprodução
Nesta quinta-feira (25) será celebrado o Dia Mundial do Sanduíche. Qual a melhor maneira de comemorar? Compre um, ganhe outro igual e ainda ajude no combate à fome. Compre um e leve outro. Aproveite e ajude quem precisa.

SUBWAY® Surubim 

Rua João Batista, 319, Centro (ao lado da Soft Academia). Fone: (81) 3634.2552 / 9 9269-0211.

SUBWAY® Limoeiro: Avenida Severino Pinheiro, nº 286 (ao lado do INSS), Centro. Fone: (81) 3628-3139. 

*Promoção não válida para o Baratíssimo, Barato do Dia, Vem de Dupla e ingredientes extras. Na compra de um Sub, você ganha outro do mesmo tamanho e sabor.

Saiba mais:

Segundo dados da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), 1,3 milhão de toneladas de alimentos são descartados anualmente no mundo. Para contribuir com o combate à fome e criar consciência no nosso país, a Subway volta a comemorar, pelo 2° ano consecutivo, na quinta-feira 25 de outubro, a promoção “Mande Bem em Dobro – 2×1”, na qual os clientes receberão dois sanduíches pelo preço de um. Além disso, a Subway beneficiará uma organização beneficente com uma doação significativa que irá gerar aproximadamente 500 mil refeições para as pessoas mais necessitadas.

terça-feira, 23 de outubro de 2018

Vagas com carteira têm melhor setembro desde 2013, segundo Caged

Foto: Divulgação
Em setembro foram criadas 137,3 mil vagas com carteira assinada, o melhor resultado para o mês desde 2013, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho.

Os números foram divulgados nesta segunda-feira (22), e mostram que a criação de vagas formais foi superior também à de agosto, quando foram gerados 117,1 mil empregos com carteira. O presidente Michel Temer comemorou o resultado em vídeo em rede social ao lado do ministro do Trabalho, Caio Vieira de Mello.

Com o resultado de setembro, o saldo nos primeiros nove meses do ano é positivo em 719 mil vagas, uma alta de 1,9% na comparação com o mesmo período do ano passado.

O melhor desempenho foi o do setor de serviços, que criou 60,9 mil vagas no mês passado. Em seguida, aparecem indústria de transformação (+37,4 mil vagas), comércio (+26,6 mil vagas), construção civil (+12,4 mil), serviços industriais de utilidade pública (+ 1 mil), administração pública (+954 vagas) e extrativa mineral (+403 vagas). O único setor que eliminou vagas foi a agropecuária, com 2,6 mil vagas a menos no mês.

Por região
Todas as cinco regiões registraram crescimento no emprego formal. O melhor resultado foi registrado no Nordeste (+62,1 mil), seguido pelo Sudeste (+38,9 mil), Sul (+18 mil), Norte (+10,2 mil) e Centro-Oeste (+7,9 mil).

Novas modalidades
Segundo dados da pasta, os desligamentos por acordo entre empregador e empregado somaram 13 mil casos em setembro, queda em relação a agosto, quando o número foi de 15,3 mil.

O Caged ainda registrou um saldo positivo de 4,2 mil vagas geradas na categoria trabalho intermitente, número estável em relação a agosto.

No caso do trabalho em regime de tempo parcial, foi registrado um saldo positivo de 1,9 mil vagas no mês passado, abaixo dos 3,2 mil empregos gerados nessa modalidade em agosto.

Da Folha de PE

PIB cresce 1,6% no trimestre encerrado em agosto

Foto: Arquivo/Tânia Rêgo/Agência Brasil
O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro, que é a soma de todos os bens e serviços produzidos no país, teve um crescimento de 1,6% no trimestre encerrado em agosto deste ano, na comparação com o trimestre finalizado em maio.

O dado é do Monitor do PIB, medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV).

Na comparação com o trimestre que terminou em agosto de 2017, o crescimento foi de 1,9%, segundo a FGV. Considerando-se apenas agosto, houve altas de 0,2% na comparação com julho deste ano e de 1,9% em relação a agosto do ano passado.

A alta de 1,6% do trimestre fechado em agosto em relação a maio foi acompanhada pelos três grandes setores produtivos: serviços (1,1%), indústria (2%) e agropecuária (2,5%).

Expansão por  setor

Entre os segmentos da indústria, foi observada expansão na indústria da transformação (3,1%) e na construção (1,2%). O setor de eletricidade manteve-se estável e a indústria extrativa mineral recuou 1,2%.

Entre os serviços, todos os segmentos tiveram alta, com destaque para os transportes (5,4%) e o comércio (2,9%).

Sob a ótica da demanda, foram registradas altas de 1,2% no consumo das famílias, 1,1% na formação bruta de capital fixo (investimentos) e de 0,6% no consumo do governo.

No setor externo, as exportações cresceram 1,3% e as importações, 3,7%.

Da Agência Brasil

Prefeitura de Surubim realiza ação alusiva ao Dia Nacional de Combate à Sífilis

Foto: Alian Aragão-Divulgação
Para celebrar o Dia Nacional de Combate à Sífilis, a Secretaria de Saúde de Surubim realizou um evento no último sábado(20), na Praça Dídimo Carneiro, no Centro do município. Durante a ação, o público teve a oportunidade de fazer testes rápidos e obter orientações a respeito da doença.

É importante que todas as pessoas com a vida sexual ativa realizem o exame, principalmente as gestantes, pois, as principais complicações da doença são o aborto, a má formação do feto e/ou morte ao nascer.
Da ASCOM Suruim

segunda-feira, 22 de outubro de 2018

Promocional | Matrículas para Curso Profissionalizante de Atendente de Farmácia estão abertas em Surubim

Imagem: Divulgação/Reprodução
No Cursos Passaporte você também tem a oportunidade de se preparar para ser um excelente profissional da área de saúde, ganhando conhecimento em áreas importantes do cuidado com o ser humano e que são muito bem-vistas e remuneradas na nossa sociedade, estando entre eles o Atendente de Farmácia, por exemplo! Se você deseja se qualificar rapidamente e com qualidade essa é com certeza a sua melhor aposta!

QUERO DESCONTO...Fale conosco no link abaixo!

FAÇA SUA MATRICULA ABAIXO!

Envie agora mesmo uma mensagem para o WhatsApp: 99750-1238 e ganhe descontos especiais.

Gasolina sobe em 15 Estados, diz ANP; valor médio avança 0,06% no País

Foto: Reprodução/TOrange
O valor médio da gasolina vendido nos postos brasileiros subiu em 15 Estados brasileiros na semana passada, segundo dados da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), compilados pelo AE-Taxas. Em outros 11 Estados e no Distrito Federal (DF) houve recuo.

Na média nacional, os preços médios avançaram 0,06% entre as semanas, de R$ 4,722 para R$ 4,725. 

Em São Paulo, maior consumidor do País e com mais postos pesquisados, o litro da gasolina subiu 0,29% na semana passada, de R$ 4,499 para R$ 4,512, em média. No Rio de Janeiro, o combustível saiu de R$ 5,116 para R$ 5,068, em média, queda de 0,94%. Em Minas Gerais houve alta no preço médio da gasolina de 0,16%, de R$ 4,951 para R$ 4,959 o litro.

Da Agência Estado

Painel solar será pago na conta de luz de pessoas físicas

Foto: Divulgação
Parceria da Sdec com a Celpe vai permitir a oferta do programa PE Solar, que facilita a instalação dos painéis, para as pessoas físicas. Antes, só empresas eram beneficiadas

Instalar painéis de energia solar em casa está mais fácil. É que o investimento realizado para gerar a própria energia agora pode ser pago na conta de luz, através da economia criada com os painéis fotovoltaicos - o que reduz a obrigação de pagar mais um boleto no fim do mês. A possibilidade faz parte do programa PE Solar, que foi ampliado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado (Sdec-PE) através de uma parceria com a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe). 

“O futuro da energia é a geração distribuída, através de usinas pequenas no teto das casas. Por isso, ampliamos o PE Solar e estamos facilitando o pagamento dos painéis”, contou o secretário executivo de energia de Pernambuco, Lula Cardoso Ayres. Ele explicou que o PE Solar existe desde 2015, mas funcionava apenas para pessoas jurídicas. Agora, passa a atender pessoas físicas e de forma facilitada, por conta da parceria com a Celpe. “Estamos ampliando o programa para os consumidores residenciais e ainda estamos dando a possibilidade de eles descontarem as parcelas dos painéis na conta de luz”, contou Ayres, garantindo que tudo isso será feito de forma simples. 

Leia também:
Mais crédito para instalar painel solar
Energia solar: redução nos custos é aposta das empresas

Os consumidores interessados em gerar a própria energia devem entrar no site do PE Solar para ver as empresas de instalação de painéis fotovoltaicos credenciadas no programa - atualmente, 19 estão cadastradas pelo governo. O consumidor pode, então, negociar os preços e a instalação da sua usina solar diretamente com a empresa. Só na hora do pagamento é que ele vai optar por descontar o financiamento na conta de luz. “O consumidor não precisa fazer essa negociação com a gente. E isso não tem um custo extra”, acrescentou a gerente de relações institucionais da Celpe, Érica Ferreira.

O programa ainda deve gerar economia para o consumidor. É que a geração dos painéis vai reduzir o consumo da energia da Celpe. E é essa redução que será usada para pagar os painéis. “Tudo o que for gerado na residência vai para o consumidor. Se houver sobras, elas serão injetadas na rede da distribuidora, mas servirão como crédito para serem usadas em até 60 dias. E ainda há a possibilidade de o consumidor indicar outro imóvel, que também esteja vinculado ao seu CPF, para ser alimentado por essa sobra. Ou seja, ele vai se atender. Então, haverá redução de consumo e economia”, explicou Érica, dizendo que, por conta disso, a Celpe só vai cobrar o consumo extra, que não for gerado pelas placas solares.

Se o consumidor chegar ao ponto de gerar toda a sua energia, a companhia só vai cobrar a taxa mínima de luz, que é de R$ 24 para residências e de R$ 80 para estabelecimentos comerciais. E a Sdec garante que, dependendo do tamanho dos painéis, é possível que isso aconteça. Caso o cliente gaste R$ 500 com luz, mas passe a gerar toda a sua energia, por exemplo, será cobrada apenas a tarifa de R$ 24. 

Nos primeiros anos, contudo, a conta também virá com o valor das parcelas dos painéis. Se o financiamento for de R$ 326, por exemplo, a conta será de R$ 350. “Mas o tempo de vida médio dos painéis é de 25 anos e os financiamentos normalmente duram menos. Por isso, o desconto da conta de energia será usado para pagar os painéis apenas nos primeiros anos. Depois, vai todo para você”, concluiu Lula.

Da Folha de PE

Acompanhe-nos no Facebook


Publicidade


!

!
!
!

!

!

!

!

!

!

!

!

!
!
!
!
!

!

!
!

Você é o Visitante:

Acessos em Tempo Real

Previsão do Tempo em Surubim

Blogs e Sites Parceiros

Curta Nossa FanPage - Muito Obrigado!

Internautas On Line

(81) 9925.8297 // negocioseinformes@gmail.com