© 2014 - Todos os Direitos Reservados ao Blog Negócios e Informes. Tecnologia do Blogger.

domingo, 19 de setembro de 2021

Publicado decreto que aumenta IOF para custear Auxílio Brasil

O Diário Oficial da União (DOU) publicou nesta sexta-feira (17) um decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro com as novas alíquotas do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), que incide sobre operações de crédito, câmbio e seguro ou relativas a títulos ou valores mobiliários.


As novas alíquotas valem para pessoas físicas e jurídicas e serão aplicadas no período de 20 de setembro até 31 de dezembro de 2021.


Para as pessoas físicas a alíquota passa de 3% ao ano (diária de 0,0082%) para 4,08% ao ano (diária de 0,01118%). Já para as pessoas jurídicas, a alíquota anual passa de 1,5% (atual alíquota diária de 0,0041%) para 2,04% (diária de 0,00559%).

 



“A arrecadação obtida com a medida custeará ainda as propostas de redução a zero da alíquota da contribuição para o PIS/Cofins incidente na importação de milho, com impacto de R$ 66,47 milhões em 2021 e o aumento do valor da cota de importação pelo [Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico] CNPq, que acarreta renúncia fiscal no valor de R$ 236,49 milhões no ano de 2021”, informou o Ministério da Economia.


A pasta disse ainda que os valores arrecadados serão utilizados para custear o Auxílio Brasil, programa do governo que deve substituir o Bolsa Família. Segundo a pasta, os gastos com o novo programa acarretarão, neste ano, um acréscimo de R$ 1,62 bilhão na despesa obrigatória de caráter continuado.


O ministério disse ainda que os recursos para o próximo ano sairão da recriação do imposto de renda sobre lucros e dividendos, que está em discussão no Senado.


Com o fim do auxílio emergencial e a necessidade legal de indicar fonte para o programa Auxílio Brasil, sucessor do Bolsa Família, e reduzir a fila de espera pelo benefício, o Governo Federal, por intermédio do Ministério da Economia, elevou temporariamente a alíquota do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF).


A decisão foi tomada em razão da observância das regras fiscais. Apesar de arrecadação recorde, a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) determina que é necessário indicar a fonte para o aumento de despesa obrigatória.


A instituição do programa Auxílio Brasil, acarretará um acréscimo na despesa obrigatória de caráter continuado da ordem de R$ 1,62 bilhão neste ano.


Por Agência Brasil Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil


sábado, 18 de setembro de 2021

Renda habitual do trabalhador teve queda de 6,6% no segundo trimestre

Estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), divulgado nesta sexta-feira (17), mostra que houve queda de 6,6% na renda habitual e aumento de 0,9% na renda efetiva do trabalhador brasileiro no segundo trimestre de 2021, na comparação com o mesmo trimestre do ano passado, o pior momento do mercado de trabalho durante a pandemia da covid-19.



O levantamento Retrato dos Rendimentos e Horas Trabalhadas durante a Pandemia tomou como base os resultados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad Contínua) e da Pnad Covid, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).


Segundo a análise do Ipea, os trabalhadores por conta própria tiveram o maior impacto em suas rendas, com crescimento de 19,5% na renda efetiva no segundo trimestre de 2021, na comparação com o mesmo trimestre de 2020. No segundo trimestre deste ano, eles receberam 76% do habitual. Os trabalhadores com carteira do setor privado tiveram aumento de 2% na renda efetiva, enquanto para os trabalhadores sem carteira, a alta foi de 6,9%.


 

“A análise mostra que, apesar da melhora nos rendimentos no segundo trimestre deste ano, a recuperação ainda é lenta. O afastamento da ocupação atinge 16,26% dos trabalhadores, afetando mais de 13,5 milhões”, disse, em nota, o pesquisador do Ipea e autor do estudo, Sandro Sacchet.


A Região Nordeste foi a que teve a renda mais afetada pela segunda onda da pandemia, com queda de 2,6% na renda efetiva no segundo trimestre de 2021. Na análise por gênero, o crescimento da renda efetiva das mulheres (1,4%) foi superior ao dos homens (0,48%), no mesmo período.


De acordo com o estudo, apesar do grande número de domicílios sem renda do trabalho, no segundo trimestre de 2021 houve pequena redução nesse percentual, em relação ao primeiro trimestre deste ano, de 29,3% para 28,5%, o que demonstra lenta recuperação no nível de ocupação aos patamares anteriores à pandemia para as famílias de renda mais baixa.


A renda dos jovens adultos - de 25 a 39 anos de idade - foi a mais afetada pela pandemia, com queda de 3,2% nos rendimentos efetivos reais médios no segundo trimestre deste ano. Em contrapartida, os rendimentos dos ocupados com mais de 60 anos de idade cresceram 1,3% no período, influenciados pela alta proporção de trabalhadores por conta própria nessa faixa etária.


Por Agência Brasil / Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil


sexta-feira, 17 de setembro de 2021

Governo estadual lança campanha publicitária voltada ao Polo de Confecções do Agreste

O governo estadual, em parceria com o Núcleo Gestor da Cadeia Têxtil e de Confecções de Pernambuco (NTCPE), lançou, nesta quinta-feira (16), a campanha publicitária Moda PE. Com o slogan “É para vestir e investir”, o lançamento aconteceu dentro da programação da 32ª Rodada de Negócios da Moda Pernambucana (RNMP), em Caruaru.


O filme de um minuto para TV conta com modelos em cenários de paisagens pernambucanas, exibindo tecidos e roupas, para mostrar que o Agreste pernambucano é o ponto de partida de uma produção de alta qualidade. A campanha conta também com spot de rádio, outdoors e painéis de estrada.


“Estamos falando de um segmento que fatura quase R$ 6 bilhões por ano e ocupa 250 mil profissionais no estado. Municípios do Agreste pernambucano se dedicam à produção têxtil e de confeccionados, com mais de 225 milhões de peças fabricadas somente em solo pernambucano. Por isso, o Moda PE já nasce grande”, frisou o secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, Geraldo Julio.


“Não estamos aqui falando de uma feira, nem de um grupo de costureiras em ação, produzindo peças artesanais. Estamos falando do maior produtor de jeanswear do Brasil e o segundo maior produtor de moda do país. É muito! E toda essa grandiosidade merece uma campanha publicitária à altura”, completou o secretário.


Já a secretária Executiva de Desenvolvimento Econômico, Ana Paula Vilaça, enfatizou o amadurecimento do setor com o apoio do Governo do Estado. “ Ações para ampliar a inserção dos empreendedores do Agreste no mercado vêm sendo realizadas pelo governo de Pernambuco por meio de um contrato de gestão. Através dele, apoiamos também o NTCPE na capacitação desses empreendedores. Com a nossa política, conseguimos reduzir a informalidade, melhorar a qualidade dos produtos e ainda aumentar a inserção no mercado”. 


Enquanto isso, o presidente do NTCPE, Wamberto Barbosa, acredita que essa campanha publicitária vai ajudar a atrair mais clientes ao Polo de Confecções do Agreste. “Todos vão sair ganhando com essa divulgação, inclusive as micro e pequenas empresas do setor. E o momento não poderia ser melhor, já que estamos conseguindo atravessar esse momento difícil de pandemia”, explicou. O NTCPE é uma organização social contratada pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco para executar as políticas públicas desenhadas para o setor de têxteis e confecções. 


Do Diario de PE / (Foto: Thony Hill/Divulgação)

Inauguração da Marajó Tecidos acontece segunda-feira (20), em Surubim

Acontece na manhã da próxima segunda-feira (20), a inauguração da Marajó Tecidos. Não se trata de mais uma loja de tecidos na Capital da Vaquejada, pois a Marajó traz um novo conceito de comprar tecidos. As instalações ficam na Rua José Natal Carneiro da Cunha, nº 41, Bairro Coqueiro, às margens da PE-90 (em frente à Siga Bem Pneus, em Surubim), fone: (81) 9 7337-0444. Em breve, estaremos compartilhando das informações e promoções.


Pernambuco vai implementar Centro de Inovação em Surubim e mais 21 municípios

Pernambuco contará com 22 novos Centros de Inovação, que serão implementados em todas as regiões de desenvolvimento do Estado até o final de 2021. O programa Espaços 4.0, lançado nesta segunda-feira (13), e executado pelas Secretarias de Ciência, Tecnologia e Inovação e de Educação e Esportes, em parceria com a Fundação de Apoio à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco (Facepe), receberá R$ 7,85 milhões em investimentos públicos, dentro do Plano Retomada do Governo de Pernambuco.


Escolas Técnicas Estaduais (ETEs), Escolas de Referência em Ensino Médio (EREMs) e Centros Tecnológicos pernambucanos receberão laboratórios com tecnologias portadoras de futuro, inteiramente conectados com a produção e difusão de conhecimentos em Desenvolvimento de Games, Manufatura Avançada, Cultura Maker, Economia Criativa, Economia Circular, Negócios 4.0, Inteligência Artificial e Ciência de Dados.
 
Os Espaços 4.0 são a materialização do processo de interiorização da CT&I, impulsionando a formação profissional nas habilidades de futuro e consolidando Ambientes de Inovação em Pernambuco por inteiro, do Sertão ao Cais. Cada região de desenvolvimento contará com dois Centros de Inovação, que funcionarão como conexões entre a sala de aula, a academia e os setores produtivos. 
 
"Pernambuco vai ter mais Centros de Inovação em seu território que o estado de São Paulo. Serão pontos de convergência para estudantes, professores, pesquisadores e empresas produzirem Inovação juntos, desenvolvendo novas soluções e tecnologias para ampliar a competitividade das atividades econômicas locais, gerando mais oportunidades de empreendedorismo, emprego e renda. Os usuários vão contar com toda infraestrutura necessária para aprender colocando a mão na massa, resolvendo desafios reais da sociedade e dos setores produtivos, construindo soluções e trocando experiências, estimulando a criatividade, com inclusão e entusiasmo", destacou o secretário de CT&I, Lucas Ramos. 
 
Os Espaços 4.0 ainda têm como meta apoiar a melhoria da qualidade da Educação pública de Pernambuco. Estabelecem como política de Estado a inserção das habilidades de futuro na grade curricular das escolas estaduais. E contribuirão para o aumento da proficiência em Matemática e para expansão das matrículas em cursos de Ensino Superior de Ciência, Tecnologia, Engenharias, Artes, Matemática e Computação (STEAM+C, na sigla em inglês).
 
“Esse é um projeto muito importante para a Educação de Pernambuco. Nossas escolas de tempo integral se tornaram uma referência em todo o País e agora começamos uma nova etapa de desenvolvimento. Esses espaços nos permitem melhorar ainda mais, oferecendo mais qualificação aos jovens. Nossos estudantes terão acesso a equipamentos de ponta onde terão oportunidade de aprender, treinar e se capacitar. O desenvolvimento do Brasil passa pela capacitação, que gera oportunidades. Este tem sido o nosso foco e objetivo maior”, afirmou Marcelo Barros, secretário de Educação e Esportes de Pernambuco.
 
Os Espaços 4.0 serão implementados nas cidades de Araripina, Bonito, Carpina, Garanhuns, Goiana, Gravatá, Joaquim Nabuco, Paulista, Petrolândia, Santa Maria da Boa Vista, São José do Egito, Arcoverde, Carnaíba, Caruaru, Floresta, Lajedo, Ouricuri, Palmares, Paudalho, Petrolina, Salgueiro e Surubim.
 
 
INFRAESTRUTURA DOS ESPAÇOS 4.0
 
Cada laboratório do programa Espaços 4.0 contará com: impressora 3D de pequeno porte, impressora 3D de médio porte; desktops avançados e notebooks gamers; kit de ferramentas; miniretífica; kit de sensores arduíno; scanner 3D; kit RFID Arduíno; lupa eletrônica; mesa digitalizadora; arco de serra fixo; perfurador; caneta 3D; parafusadeira/furadeira; estação de soldadora; kit Raspberry; câmeras; multímetro digital; kits de Comunicação Lora; serra tico-tico; cortadora a Laser; e Equipamentos de Proteção Individual (EPIs).

Da ASCOM

Em Surubim, Abelardo Móveis Planejados oferta vaga para Montador de Móveis

Foto: Reprodução - Internet

A empresa Abelardo Móveis Planejados, em Surubim, está ofertando vaga de emprego para Montador de Móveis. As pessoas interessadas devem ligar para Abelardo Souza através do numero: (81) 9 9763-1718. Confira a nota divulgada na Rádio Integração FM:

"Oportunidade de emprego em Surubim. Abelardo Móveis em está precisando para contratação imediata de montador de móveis planejados com experiência. As pessoas interessadas devem ligar para Abelardo Móveis Planejados pelo numero: 9 9763-1718. Repetindo 9 9763-1718 para contratação imediata de montador de móveis planejados com experiência."

Sancionada lei que concede anistia de IPVA vencidos para motos em Pernambuco

A lei que dispõe sobre remissão e anistia de créditos tributários vencidos até 31 de dezembro de 2020 foi sancionada, nesta quinta (16), pelo governador Paulo Câmara (PSB) durante solenidade no Palácio do Campo das Princesas, no Recife. O documento também permite o parcelamento e prorrogação do prazo de recolhimento referente ao IPVA e outras taxas relativas a motocicletas, ciclomotores e motonetas nacionais com até 162 cilindradas.

 

“A partir de outubro, as pessoas que quiserem regularizar sua situação já terão o benefício da lei já aprovada. Isso é uma garantia para que a população possa circular e exercer o seu trabalho em todo o Estado com sua motocicleta, sem utilizá-la de maneira irregular”, disse Paulo Câmara. A lei contempla a isenção do IPVA, taxa de prevenção de incêndio, licenciamento, liberação do veículo recolhido e vistoria, além das taxas de reboque e diárias de 2020.


Para ter direito ao benefício, o proprietário do veículo deve ser pessoa física e apresentar, até 31 de dezembro de 2021, os comprovantes de quitação integral do IPVA e demais taxas do ano atual. O benefício será limitado a um veículo por beneficiário. Para aqueles proprietários com débito relativo ao ano de 2021, existe a possibilidade de quitar sua dívida, sem incidência de juros e multa, em cota única no mês de dezembro, ou em três parcelas mensais e sucessivas a partir de outubro.


Do Blog do Agreste / Foto | Aluísio Moreira - SEI

quinta-feira, 16 de setembro de 2021

Relatório do Ecad mostra efeito da pandemia no mercado de shows

No ano em que começou a pandemia de Covid-19 (2020), o Brasil teve 15 mil apresentações de shows e espetáculos, segundo o relatório O que o Brasil ouve, divulgado hoje (15) pelo Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad). O número representa queda superior a 80% em comparação a 2019, quando foram registrados cerca de 83 mil espetáculos e eventos por todo o país.


Segundo o Ecad, foram coletados dados dos anos de 2021, 2020 e 2019, que apontam o que aconteceu no mercado de eventos musicais, a partir da restrições impostas pela pandemia eventos em todo o país. 


Em 2019, os quatro estados da Região Sudeste concentraram 50% dos espetáculos e apresentações. São Paulo liderou o ranking, com mais de 30% do total realizado. O relatório mostra que ainda em 2019, o segmento show distribuiu R$ 95 milhões para mais de 56 mil compositores e editores.


Em 2019, a arrecadação do Ecad em todos os segmentos, além de espetáculos, totalizou R$ 1,12 bilhão e foram distribuídos R$ 986 milhões, beneficiando 383 mil artistas.


Pandemia

No ano passado, o total de apresentações caiu para 15 mil, das quais a maioria ocorreu ainda no primeiro trimestre, antes das restrições impostas para impedir a disseminação da Covid-19. No ranking das maiores arrecadações, destaque para três eventos relacionados ao carnaval: os blocos de rua do Distrito Federal, o Camarote Salvador e os desfiles das escolas de samba do grupo A no Rio de Janeiro.


De acordo com o relatório do Ecad, em 2020, a gestão coletiva distribuiu R$ 24 milhões em direitos autorais para mais de 14 mil compositores e demais artistas pelas músicas tocadas durante o carnaval, com aumento de 12,5% em relação a 2019.


A paralisação dos eventos presenciais impactou no pagamento de direitos autorais, refletindo a crise econômica gerada pela pandemia. Como resultado, cerca de 16 shows e eventos realizados em 2020 ficaram inadimplentes.


O relatório indica que, em 2020, foram distribuídos R$ 78,3 milhões para mais de 85 mil compositores e editores no segmento de show, com queda de cerca de 20% no valor distribuído em relação a 2019.


Já a arrecadação total somou R$ 905 milhões, mas com as ações efetuadas pelo Ecad, como distribuições extras e repasse de direitos a eventos no streaming, a distribuição alcançou R$ 947 milhões, beneficiando 263 mil artistas e demais titulares.


2021

Nos seis primeiros meses de 2021, o segmento de shows mostrou queda significativa de mais de 75% no valor do repasse na distribuição de direitos autorais em comparação com o primeiro semestre de 2020. Apesar do cenário de pandemia, somente no primeiro semestre de 2021, o Ecad arrecadou quase R$ 472 milhões e distribuiu R$ 399 milhões em direitos autorais%u200B para %u200B%u200B%u200Bmais de 185 mil titulares.%u200B%u200B%u200B


O relatório informa que os rendimentos distribuídos pela gestão coletiva no acumulado de janeiro a junho deste ano mostram que os compositores e demais titulares continuam sentindo os reflexos da pandemia.


De acordo com o Ecad, o valor representa retração de 19% em comparação a igual período do ano passado, considerando todos os segmentos de distribuição e não apenas os espetáculos.


A superintendente executiva do Ecad, Isabel Amorim, acredita que a vacinação da população acena para novos e positivos tempos para a indústria da música e todos os que vivem dela. Segundo Isabel, o segmento de shows e eventos é muito importante para os compositores e artistas no Brasil e foi um dos primeiros segmentos obrigados a parar, sendo um dos últimos que retornará à normalidade:


“Esse foi um dos segmentos que mais sofreu e é o que mais depende do avanço da vacinação da população, porque promove eventos e atividades que reúnem as pessoas e a música. A expectativa de todos na indústria da música é que haja segurança para a volta dos shows e a retomada do setor”.


Segundo a superintendente, o mercado já começa a apresentar sinais de movimento no Brasil, apesar das restrições e dos protocolos ainda impostos pela pandemia do coronavírus. Para 2022, já estão anunciados grandes festivais, como o Rock in Rio e o Lollapalooza.


Por: Agência Brasil / Foto: Tiago Calazans/Divulgação

Pérgamo Centro Educacional promove live sobre Técnico em Estética, nesta quinta-feira (16)

A Pérgamo Centro Educacional realiza nesta quinta-feira (16/09), às 19h30, uma live que tem como tema “Profissão Técnico em Estética”. Os convidados são Marcos Antônio, Pós-graduado em Enfermagem e Estética; Priscilla Medeiros, Enfermeira Especialista em Medicina Chinesa. A mediação será da Diretora da Pérgamo, Thaísa Farias. A live será transmitida pelo canal da Pérgamo no Instagram: www.instagram.com/pergamo_edu/

A Pérgamo Centro Educacional é uma instituição de ensino especializada na oferta de cursos técnicos. Atuando em Surubim, no Agreste Setentrional de Pernambuco, a Pérgamo tem por missão transformar os cidadãos da região em profissionais competentes e preparados para os desafios do mercado de trabalho. 



Você leu? Pérgamo Centro Educacional: mais que uma Escola Técnica, uma forma de transformar vidas

Endereço: Rua Severino Feliciano de Barros, 400 (às margens da PE-90); Santo Antonio, Surubim-PE.

Instagram: @pergamo_edu ; Fanpage: www.facebook.com/pergamo.edu Fone / WhatsAPP: (81) 9 9913-9484 

Oportunidade de emprego em Surubim: Empresa do comércio varejista contrata vendedores (a)

Em Surubim, uma empresa do comércio varejista está com oportunidade de emprego. As vagas disponíveis são para para Vendedores (a). Interessados, devem entregar o currículo na sede do antigo Supermercado Leal (Avenida Paulo Afonso, Centro de Surubim), ou por e-mail: curriculo.utilidades@gmail.com . Mais informações sobre carga horária e remuneração devem ser adquiridas no momento da entrevista. Confira a nota divulgada na Rádio Integração FM:


"OPORTUNIDADE DE EMPREGO EM SURUBIM

Uma empresa do comércio varejista, está selecionando para o seu quadro de Vendedores, mulheres e homens com ou sem experiência que tenham segundo grau, disponibilidade de horário, que seja dinâmico e resida em Surubim ou cidades vizinhas. As pessoas interessadas devem deixar currículo no antigo Supermercado Leal, no Centro de Surubim ou enviar para o e-mail: curriculo.utilidades@gmail.com . Outras informações pelo telefone (81) 9 9621-4580"

Acompanhe-nos no Facebook


Publicidade


!

!
!
!

!

!

!

!

!

!
!
!
!
!

!
! !

Você é o Visitante:

Acessos em Tempo Real

Previsão do Tempo em Surubim

Blogs e Sites Parceiros

Arquivo do blog

Curta Nossa FanPage - Muito Obrigado!

Internautas On Line

(81) 9925.8297 // negocioseinformes@gmail.com