© 2014 - Todos os Direitos Reservados ao Blog Negócios e Informes. Tecnologia do Blogger.

terça-feira, 19 de novembro de 2019

Maior escolaridade é prêmio salarial no Brasil

DinheiroFoto: Pixabay
A enorme vantagem salarial que um diploma universitário gera no Brasil é reduzida quase à metade se o profissional não consegue uma vaga no mercado de trabalho compatível com sua escolaridade.

Segundo análise da consultoria IDados, brasileiros em funções que exigem curso superior ganham, em média, R$ 8.561 mensais. Essa remuneração cai para R$ 4.861 se a vaga ocupada por esses trabalhadores não exigir formação.

A Folha de S.Paulo mostrou que profissionais qualificados têm encontrado dificuldade de inserção em suas áreas de especialização e migrado para ocupações menos sofisticadas.

De acordo com o levantamento da IDados, embora estejam em desvantagem salarial em relação a seus pares mais bem colocados no mercado, os trabalhadores com diploma universitário ganham o dobro daqueles com ensino médio completo em vagas similares.
Quem concluiu apenas o ciclo escolar básico recebe R$ 2.035 mensais em postos que não exigem formação, revela a análise feita pela economista Mariana Leite com base na Rais (Relação Anual de Informações Sociais), que reúne dados do mercado formal, de 2018.

Esse resultado confirma estudos anteriores que apontam um grande prêmio salarial por maior escolaridade no Brasil.

"Esses números mostram que, mesmo deslocados das vagas que esperavam ocupar, esses profissionais têm alguma vantagem no mercado", diz Bruno Ottoni, pesquisador do Ibre/FGV e da IDados.

A babá Luciana Félix, 36, sentiu essa diferença após ter cursado pedagogia em meados da década passada.

Embora tenha desistido de trabalhar em escolas e voltado à função que já havia desempenhado antes de ingressar na faculdade, ela nota que ganha mais do que outras profissionais com menos qualificação.

A faculdade a ajudou a adquirir habilidades que usou com Lucas, 20, que tem autismo.
"Eu já tinha sido babá do Lucas antes e voltei, depois da faculdade, para ajudar no acompanhamento terapêutico dele na escola", diz ela, que ainda trabalha para a mesma família, cuidando de Pedro, 8.

Porém, a distância salarial que profissionais qualificados deslocados de sua área de formação amargam em relação a seus pares em cargos compatíveis com o ensino superior pode gerar frustração pessoal.

Outro risco é o de prejuízo financeiro. Há estudos para países como o Chile que mostram que o investimento feito para pagar uma faculdade pode nunca ser totalmente recuperado dependendo da trajetória do profissional.

O descasamento entre formação e ocupação tende também a punir o país como um todo, que deixa de aproveitar habilidades que os trabalhadores adquiriram e poderiam contribuir para o aumento da produtividade. Continue lendo, clique AQUI!

Instituições financeiras elevam expectativa de inflação para 3,33%

Arquivo/Agência Brasil
A previsão de instituições financeiras para a inflação calculada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) este ano voltou a subir. A estimativa para o índice passou de 3,31% para 3,33%, no segundo ajuste consecutivo.

Para os anos seguintes não houve alterações: 3,60%, em 2020, 3,75% em 2021, e 3,50% em 2022. As estimativas estão reunidas em pesquisa realizada junto à instituições financeiras e elaborada semanalmente pelo Banco Central (BC). Os resultados são divulgados às segundas-feiras.

As projeções para 2019 e 2020 estão abaixo do centro da meta de inflação que deve ser perseguida pelo BC. A meta de inflação, definida pelo Conselho Monetário Nacional, é 4,25% em 2019, 4% em 2020, 3,75% em 2021 e 3,50% em 2022, com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo.

Taxa Selic
O principal instrumento usado pelo BC para controlar a inflação é a taxa básica de juros, a Selic. Quando o Comitê de Política Monetária (Copom) do BC reduz a Selic, a tendência é que o crédito fique mais barato, com incentivo à produção e ao consumo, reduzindo o controle da inflação e estimulando a atividade econômica.

Quando o Copom aumenta a Selic, a meta é conter a demanda aquecida e isso causa reflexos nos preços porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança. O mercado financeiro continua esperando que a Selic encerre 2019 no patamar de 4,50% ao ano. Atualmente, a Selic está em 5% ao ano. Para 2020, a expectativa caiu de 4,50% para 4,25% ao ano.

Para 2021, a expectativa é que a taxa Selic termine o período em 6% ao ano. Para o fim de 2022, a previsão é 6,50% ao ano.

Crescimento econômico
A estimativa de expansão do Produto Interno Bruto (PIB), a soma de todos os bens e serviços produzidos no país, foi mantida em 0,92% este ano, pela segunda semana consecutiva. Para 2020, a projeção subiu de 2,08% para 2,17%. Já a expectativa para 2021 2022, permanece em 2,50%.

Dólar
A previsão para a cotação do dólar segue em R$ 4 para o fim de 2019 e 2020.

Da Agência Brasil

segunda-feira, 18 de novembro de 2019

4º Bicicross de Surubim abre inscrições para competição que acontece neste fim de semana

No próximo dia 24 de novembro Surubim receberá a Etapa final do Campeonato Pernambucano de Bicicross. A organização fica por conta da ABPX, à frente de tudo esse ano, Zelenilton Lira, ele que é entusiasta do esporte, já conhecido no Estado e fora dele pelas competições que já participou.

Para os interessados em participar, as categorias da competição vão de infantil à adulto, feminino e masculino, tanto para amadores como para competidores profissionais. As inscrições são realizadas on line através do link: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScnKYv3MXE-rc9X47o1VmSPGss_yk7gm0q3ohKwJ5Qri4uIPQ/viewform 

A competição acontecerá na Pista, localizada por trás do Corpo de Bombeiros, à partir das 9h deste domingo, dia 24 de novembro. Esse ano contando com arquibancada coberta para maior conforto dos expectadores, as entradas são gratuitas e o principal atrativo para os competidores: o prêmio de R$ 1.000,00 para o vencedor da Elite (principal categoria), além de Holeshot em todas as categorias.

O 4º Bicicross de Surubim conta também com o apoio da Prefeitura e de vários comerciantes locais que apoiam e incentivam a prática esportiva em nossa cidade.

Da Assessoria (Débora Lima)

Sebrae promove semana do empreendedor

Para o presidente do Sebrae, Carlos Melles, programação ajuda quem quer empreenderFoto: Divulgação
Ações começam nesta segunda-feira (18) e seguem até o próximo domingo (24)

Evento que conecta jovens e adultos interessados no empreendedorismo vai ocorrer de segunda-feira (18)  até o domingo, dia 24 deste mês. A 12ª edição da Semana Global de Empreendedorismo (SGE) é um movimento mundial para inspirar e capacitar as pessoas que desejam investir nesse segmento.

A partir do tema “Empreender é viver o futuro hoje”, serão realizadas palestras, workshops, oficinas, feiras, cursos, debates e competições online. Em Pernambuco, o evento irá ocorrer em várias cidades, do litoral ao sertão, com foco no desenvolvimento do digital e no aumento da inovação nas micro e pequenas empresas.

“A escolha do tema é muito feliz. Espelha com fidelidade o engajamento do Sebrae com a inovação, sua luta por um país mais empreendedor e seu compromisso com a construção permanente de futuros melhores para os pequenos negócios. Pernambuco fará sua parte nesse movimento, dedicando o período de 18 a 24 de novembro à difusão massiva de novas práticas de negócio, suportadas pelas tecnologias digitais apropriadas aos microempreendedores individuais (MEI) e às micro e pequenas empresas (MPE)”, comentou Francisco Saboya, superintendente do Sebrae Pernambuco.

Entre algumas atividades que acontecerão na programação, o Sebrae elencou alguns destaques, como Estratégias de Marketing Digital, Direito do Consumidor no E-commerce, Instagram Avançado, Gestão 4.0 por Trás das Empresas Inovadoras, Transformação Digital e Adequação às Novas Exigências do Consumidor 4.0, entre outras.

Na Região Metropolitana do Recife (RMR), a maior parte das atividades serão realizadas no Sebraelab, que fica na sede do Sebrae Pernambuco, no bairro da Ilha do Retiro. O Sebraelab completa um ano em Pernambuco e vem aplicando o “Go Digital”, conjunto de métodos para desenvolver o lado digital dos pequenos negócios.

O presidente do Sebrae Nacional, Carlos Melles, ressalta que o evento vai abordar o empreendedorismo do futuro com uma visão inclusiva. “É fundamental tratar a inovação como um processo de inserção transversal nos negócios. Iremos trabalhar quais comportamentos empreendedores e competências são necessários para que os donos de pequenos negócios possam enfrentar os desafios que encontrem pela frente”, destaca Melles.

As inscrições para participar podem ser feitas pelo site loja.pe.sebrae.com.br. Outras informações, são através do número 0800 570 0800.

Da Folha de PE

Black Friday: 86% dos empresários esperam vendas maiores ou iguais às de 2018

Arquivo/Agência Brasil
Quase nove em cada dez empresários (86%) esperam que as vendas da Black Friday de 2019 sejam iguais ou maiores do que as do ano passado, aponta pesquisa da Boa Vista. Ao todo, 39% esperam que o faturamento com a data seja superior ao de 2018, enquanto 53% estimam que a receita seja igual e 8%, que seja menor.

O otimismo é maior entre os empresários da Indústria e dos Serviços. Em ambos os setores, a expectativa de 57% é de aumento no volume de vendas, enquanto 28% e 31%, respectivamente, projetam resultado igual ao de 2018. No Comércio, por outro lado 44% dos empresários esperam crescimento nas vendas, enquanto 39% enxergam um volume igual ao do ano anterior.

Com relação ao faturamento, o mais otimista é o setor de Serviços, com 44% dos empresários esperando aumento na comparação com 2018. No Comércio e na Indústria, 39% esperam crescimento.

O principal recurso das empresas para aumentar as vendas deve ser a concessão de descontos, mencionada por 55% dos empresários. Outros 30% vão facilitar o pagamento, oferecendo a opção de parcelamento, e 15% pretendem realizar promoções nos moldes do "leve dois e pague um."

Segundo o levantamento, 25% dos empresários pretendem fazer estoque extra de produtos para a Black Friday e 13% vão contratar mais mão de obra para a data.

A pesquisa da Boa Vista ouviu 800 empresários de micro, pequenas médias e grandes empresas da Indústria, Comércio e Serviços entre setembro e outubro. A margem de erro é de 4 pontos porcentuais para cima e para baixo. O grau de confiança da pesquisa é de 95%.

Da Agência Brasil

Saiba como evitar 'fraudes' na Black Friday

Black Friday, lojasFoto: Julya Camimnha
A iniciativa, marcada para 29 de novembro, já virou uma das principais em resultado de vendas para o comércio de rua e on-line, mas os problemas registrados nos últimos anos exigem muita atenção dos consumidores

Uma das datas comerciais mais esperadas pelos consumidores está chegando, mas é preciso estar atento para aproveitar de verdade. A Black Friday, que este ano está marcada para o dia 29 de novembro, movimenta as vendas do e-commerce e das lojas físicas com promoções e descontos em diversos segmentos. Porém, muitos já se aproveitaram em edições anteriores para tirar vantagens dos consumidores com falsas ofertas. Afinal, como se proteger desse tipo de situação e evitar que sua Black Friday se torne uma “Black Fraude”?

Na edição do ano passado, mais de cinco mil reclamações dos consumidores chegaram ao Procon. Grande parte das queixas estava relacionada com propagandas enganosas (34,23%), de acordo com o levantamento da Fundação Procon. Pedido de cancelamento da compra pela empresa logo após o cliente finalizar o pedido (19,46%) e mudança do preço final na hora de concluir a compra (18,12%) foram outras notificações registradas pelo órgão.

Por isso, o Procon Pernambuco preparou algumas dicas para os consumidores que pretendem fazer compras na Black Friday 2019. Fiscais do órgão estão realizando pesquisas em lojas físicas e virtuais e no dia 29 novas pesquisas serão realizadas para averiguar se os produtos pesquisados que estavam na promoção baixaram de preço realmente.

“Recomendamos sempre fazer pesquisas nas lojas e nos sites para saber se o desconto aplicado no produto que se pretende adquirir é real. O ideal é pesquisar dias antes do Black Friday para comparar a variação dos preços”, explica o gerente de atendimento, Pedro Cavalcanti.

Além disso, entre os outros cuidados que a pessoa deve ter inclui fazer a compra em sites seguros e confiáveis; buscar informações sobre a reputação da loja que pretende comprar; ter cuidado com e-mails e sites fraudulentos. Nesse caso, o recomendado é entrar diretamente no site da loja e não por meio de links duvidosos enviados por e-mail; procurar no site informações básicas sobre o fornecedor, como nome da empresa, CNPJ/CPF, endereços físicos e eletrônicos, telefone e demais informações que possibilitem seu contato e localização; guardar todos os registros de sua compra, como e-mails de confirmação, códigos de localização e de realização da compra; verificar se o site da empresa possui conexões seguras para proteção de seus dados.

É importante identificar no início do endereço eletrônico a presença do “HTTPS” e de um cadeado ativado no canto esquerdo da barra de endereço do seu navegador; e verificar a presença de certificados de segurança de pagamentos nas transações bancárias realizadas com a empresa, não fornecendo seus dados bancários a sites que não possuam certificados de segurança.

O Procon-PE alerta ainda que o consumidor não deve se deixar levar por impulso nas compras, adquirindo aquilo que realmente necessita para evitar o endividamento.

Empolgações à parte, o consumidor deve ficar atento antes de fazer suas comprar, segundo Matheus Jacyntho, gerente de segurança cibernética e privacidade de dados na ICTS Protiviti. “Ao passo que surge cada vez mais compradores na web, cresce a atuação de fraudadores e criminosos virtuais com o objetivo de roubar informações pessoais”, alerta ele (veja dicas no infográfico abaixo).

Segurança
A Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (câmara-e.net) criou em 2013 um Código de Ética para o “Black Friday Legal”, juntamente com um selo de identificação das empresas participantes, com o objetivo de estabelecer normas de conduta e boas práticas nas promoções. A relação das empresas participantes está no site www.blackfriday.com.br

O Código de Defesa do Consumidor também protege o cidadão que faz compras pela internet. Caso tenha algum problema como atraso, não entrega do produto ou propaganda enganosa, o consumidor poderá reclamar em uma das unidades do Procon em Pernambuco. Para mais informações ligue para o 0800-282.1512.

Da Folha de PE

domingo, 17 de novembro de 2019

BNDES vai antecipar devolução de recursos para a União, diz Montezano

Foto: José Cruz/Agência Brasil
O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) vai cumprir a meta de antecipação da devolução de recursos ao Tesouro Nacional. A informação foi dada pelo presidente do banco, Gustavo Montezano, durante a apresentação do balanço da instituição no terceiro trimestre de 2019. Até agora, já foram repassados R$ 100 bilhões. Até o fim do ano o volume vai alcançar R$ 123 bilhões. 

"A gente vai terminar o ano com a meta superada. A gente tinha o número de R$ 126 bilhões que colocamos como objetivo. Esse número será cumprido. O número redondo seria 123 bilhões de reais, mas como está antecipando, economiza uns meses de juros. Já está, totalmente, aprovado. Agora é só mero trâmite burocrático [para fazer a liberação], disse Montezano.

"A expectativa é que a gente pague até o final de novembro", completou a diretora financeira do BNDES, Bianca Nasser.

Além disso, o BNDES pagará R$ 9 bilhões ao governo federal, a título de adiantamento de dividendos. Com isso, os recursos pagos ao Tesouro chegarão a R$ 132 bilhões em 2019. A título de dividendo obrigatório relativo ao lucro de 2018, nos primeiros nove meses de 2019, o BNDES pagou ao Tesouro Nacional R$ 1,6 bilhão. Já quanto ao lucro apurado no primeiro semestre de 2019, o banco efetuou pagamento de R$ 1,8 bilhão. Parcela adicional de dividendos de R$ 6 bilhões está aprovada para pagamento no último trimestre do ano.

"Além do Tesouro a gente também está pagando 60% do lucro acumulado no primeiro semestre. Somando o repagamento ao tesouro e os dividendos pagos este ano, tanto referentes a 2018, quanto ao primeiro semestre de 2019, a gente vai totalizar o pagamento de R$ 132,5 bilhões à União. A gente considera que essa meta será superada".

Da Agência Brasil

PIB pernambucano superou o nacional em 2017

Maurílio lima, diretor-executivo da condepe/fidem, apresenta números do PIBFoto: Marina Barbosa/Folha de Pernambuco
Após dois anos consecutivos de queda, 2015 (-3,5%) e 2016 (-3,3%), o PIB do Brasil voltou a crescer em volume, de acordo com o Sistema de Contas Regionais de 2017. O levantamento, realizado pelo IBGE em parceria com os órgãos estaduais de estatística, secretarias estaduais de Governo e Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), divulgado na quarta-feira, revelou que em 2017, o PIB nacional cresceu 1,3% na comparação com 2016.

Em Pernambuco, no período, a taxa de crescimento foi de 2,1% se comparado com 2016, o que colocou o estado em 17º no ranking do PIB per capita entre os demais. No ano, a soma total das riquezas produzidas em Pernambuco em valores correntes foi de R$ 181,5 bilhões. Estes números foram puxados pela agricultura (9,8%) e pela indústria da transformação (7,9%).

Segundo o IBGE, o avanço de Pernambuco no setor das indústrias de transformação foi impulsionado pelo segmento de fabricação de automóveis, camionetas e utilitários, sendo que em 2017 o estado já respondia por quase 30% deste segmento. “O levantamento confirmou os números que mostraram que a economia pernambucana voltou a crescer em 2017, começando um processo de recuperação, considerando os anos 2015-2016, com queda nas estimativas, registrando desempenho acima do nacional”, explicou o gerente do Condepe/Fidem, Maurílio Lima.

No estado, a apresentação foi simultânea aos resultados do período de todos os estados da federação, realizado pelo IBGE através do Sistema de Contas Regionais do Brasil (SCR) com os resultados do Sistema de Contas Nacionais (SCN).

Além dos números do ano de 2017, a Agência Condepe/Fidem mostrou dados retratando a economia pernambucana ao longo de 20 anos de vigência do sistema. Já o IBGE divulgou os resultados de todos os estados da Federação para o mesmo ano. A divulgação do levantamento marcará as comemorações dos 20 anos de divulgação do SCR. Para a presidente da Condepe/Fidem, Sheilla Pincovsky, os dados mostram que o estado vem caminhando de forma correta, realizando investimentos em ações estruturadoras.

20 anos
Durante a apresentação do PIB de 2017, Maurílio Lima fez um breve histórico desde a criação até os dias atuais do Sistema de Contas Regional. Ele explicou que nos anos 90 a demanda por informações socioeconômicas regionais aumentou, influenciada pela Constituição Federal de 1988, que procurou dar maior responsabilidade e autonomia aos poderes locais na gestão dos recursos tributários para a execução das políticas de desenvolvimento regional. “Em dezembro de 1999, ocorreu a 1ª divulgação do SCR. De lá para cá, foram cerca de 12 reuniões técnicas visando a disseminação da metodologia, capacitação dos técnicos estaduais e avaliação dos resultados”, explicou.

Da Folha de PE

CASINHAS: Ampliada, via de acesso entre Junco e Alto Santa Luzia possibilitará circulação de carros

Moradores e condutores de veículos do Sítio Junco, no município de Casinhas, comemoram a abertura e ampliação de estrada de acesso às comunidades do Alto Santa Luzia e Diogo, já na fronteira com Surubim, que vai possibilitar a circulação de carros. Anterior à ação, o acesso era bastante remoto, sendo feito apenas por pessoas, motocicletas e animais de carga ou passeio.

As obras de abertura e terraplanagem estão sendo executadas através de parceria entre as prefeituras de Casinhas e Surubim, atendendo solicitação do vereador Inácio do Toyota, da líder comunitária Valdiane Santana, além de moradores do Junco, motoqueiros que circulam pela via e condutores de veículos em geral da localidade.

"A obra é uma parceria entre o prefeito João Camêlo e a prefeita Ana Célia, junto com o secretário de Infraestrutura Carlos Maurício e o apoio da amiga Valdiane Santana, atendendo o pedido dos moradores do Junco, de motoqueiros (como Luiz Bordel, Dinho, Maçarico, entre outros), toyoteiros e demais condutores de veículos daquela comunidade. Agora, vamos trabalhar pela construção de uma passagem molhada na divisa entre as localidades. Em breve, também estaremos abrindo outra estrada, entre a Quadra Poliesportiva e o Posto de Saúde do Junco, com a colaboração do morador Seu Zé Duda", informa o vereador Inácio do Toyota.
Fotos: Divulgação/Reprodução
Do Mais Casinhas

sábado, 16 de novembro de 2019

Faculdade EAD Unicesumar oferece bolsa de estudo social para estudantes de Surubim


Pensando em democratizar o acesso à educação superior, que pode transformar não só uma vida, mas a realidade de diversas regiões, a Faculdade Unicesumar oferece bolsa de estudo social “Agora eu Posso”. O programa oferece seis cursos superiores com mensalidades a R$ 186 reais em seus mais de 600 polos de Educação a Distância pelo Brasil.

Os cursos disponíveis no programa são: Agronegócio, Ciências Biológicas, Design de Produto, Empreendedorismo, Segurança no Trabalho e Sistemas para Internet. As inscrições estão abertas e podem ser feitas diretamente em nosso Polo da Faculdade Unicesumar em Surubim.

Mais informações: Polo Unicesumar Surubim – 3634-2340 | Whatsapp: 9.8982-5586 | Av. São Sebastião, 889 – Bairro São Sebastião.
Imagens: Divulgação/Reprodução
Da Assessoria

Acompanhe-nos no Facebook


Publicidade


!

!
!
!

!

!

!

!

!

!

!

!

!
!
!
! !
!

!

!
! !

Você é o Visitante:

Acessos em Tempo Real

Previsão do Tempo em Surubim

Blogs e Sites Parceiros

Curta Nossa FanPage - Muito Obrigado!

Internautas On Line

(81) 9925.8297 // negocioseinformes@gmail.com