© 2014 - Todos os Direitos Reservados ao Blog Negócios e Informes. Tecnologia do Blogger.

domingo, 31 de maio de 2020

Detran-PE prorroga prazo do CRLV 2019 durante a quarentena

Foto: Divulgação / Detran
Durante a pandemia, o Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE) decidiu prorrogar o prazo de validade do calendário anual de licenciamento de veículos usados/CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos) do exercício de 2019. A medida consta na portaria de número 2271, que será publicada nesta sexta-feira (29).

Esta foi uma decisão do Detran para diminuir os impactos do novo coronavírus no cotidiano dos pernambucanos. O órgão levou em consideração que, além das questões burocráticas, as taxas e impostos, referentes ao licenciamento de veículos, envolve vários órgãos estaduais, que estão com os serviços suspensos ou com funcionamento reduzido. 

Confira como ficará o novo calendário:

Carros com final da placa 1 e 2 poderão rodar com o CRLV de 2019 até julho;
Final da Placa 3, 4 e 5 terá até agosto;
Placas 6, 7 e 8, até setembro;
9 e 0 terão documento válido até outubro
 
Por determinação do Governo de Pernambuco e para ajudar a achatar a curva de contaminação por Covid-19, o Detran-PE suspendeu os atendimentos presenciais, desde o dia 23 de março, por tempo indeterminado. Com a decisão também foram suspensas

•Validade da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ou permissão para dirigir (PPD) vencida desde 19/02/2020;
•Registro e licenciamento de veículos novos, desde que ainda não expirados;
•O prazo para que o processo de habilitação do candidato permaneça ativo no Detran-PE fica ampliado para 18 (dezoito) meses, inclusive para os processos administrativos em andamento;
•Recursos de suspensão do direito de dirigir e de cassação da Carteira de Habilitação;
•Defesa de autuação (multas);
•Recursos de multas;
•Defesa processual;
•Identificação de condutor infrator (inclusive os processos em andamento);
•Expedição de Certificado de Registro de veículo (CRV/recibo ou DUT) em caso de transferência de propriedade do veículo adquirido desde 19/02/2020;
•Notificações de penalidades somente poderão ser expedidas e enviadas pelos Correios após a revogação da Deliberação 185 do Contran, que suspende por tempo indeterminado os prazos de Defesa de Autuação e Identificação de Condutor Infrator;

Dúvidas podem ser retiradas por uma equipe de funcionários estará de plantão na sede do DetranPE, apenas para atender demandas emergenciais, enviadas pelo site www.detran.pe.gov.br - Fale Conosco. Usuário também podem obter informações pelas redes sociais do Órgão, Facebook e Twitter (@DetranPe).

Do Diario de PE

Coronavírus leva dívida bruta do Brasil ao maior patamar da história

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Com os efeitos da crise gerada pela pandemia de Covid-19, a dívida bruta do governo atingiu em abril o maior patamar da história: 79,7% do PIB (Produto Interno Bruto).

Em razão do aumento de gastos públicos para ações de enfrentamento ao vírus, a dívida aumentou 1,3 ponto percentual em relação ao mês anterior. Os dados foram divulgados pelo Banco Central nesta sexta-feira (29).

A dívida bruta é o conjunto de passivos (débitos) que o governo tem a pagar junto aos setores privado e público, além do resto do mundo.

"O BC não faz estimativas de variáveis fiscais, cabe ao Tesouro, mas a tendência da dívida bruta é de aumento com o aumento significativo do déficit primário e elevação das despesas. A trajetória deve ser de crescimento", pontuou Fernando Rocha, chefe do Departamento de Estatísticas da autoridade monetária.

A estimativa do Tesouro é que a dívida bruta ultrapasse 90% do PIB até o fim de 2020. Com aumento das despesas e diminuição das receitas, o déficit primário do setor público consolidado (União, estados e municípios) alcançou em abril o maior patamar da série histórica, com R,3 bilhões. É a primeira vez que há resultado negativo para o mês de abril.

"O déficit primário bateu recorde em função das ações extraordinárias tomadas para combater a conjuntura econômica atual e compensar as medidas de distanciamento social que foram tomadas por conta da pandemia", analisou Rocha.

Segundo ele, em abril o governo costuma arrecadar mais com o recebimento de imposto de renda. "O mês tem esse fator sazonal. Além dos gastos extraordinários, o governo não teve esse efeito porque a entrega das declarações foi prorrogada", explicou.

Em março, o rombo foi de R$ 23,7 bilhões. Em abril do ano passado, o resultado tinha sido positivo em R$ 6,6 bilhões. No acumulado do ano, o resultado primário foi negativo em R,6 bilhões, ante superávit de R bilhões no mesmo período do ano anterior.

Neste ano, apenas janeiro registrou superávit, de R$ 56,2 bilhões. O resultado primário indica a capacidade do governo de pagar as contas, exceto os encargos da dívida pública. Se as receitas são maiores que as despesas, há superávit. Caso contrário, há déficit.

A meta fixada em lei era de déficit de R$ 118,9 bilhões para 2020. Mas, com o decreto de calamidade pública por conta da pandemia da Covid-19, esse valor poderá ser maior.

O resultado nominal, que inclui os juros da dívida pública, foi deficitário em R$ 115,8 bilhões em abril, também o pior da série.

Nesta quinta-feira (28), durante a divulgação dos dados fiscais do Tesouro Nacional, o governo afirmou que o déficit deve ficar acima de R$ 700 bilhões neste ano, devido ao aumento de gastos públicos entre abril e junho por conta da pandemia.

Os números divulgados pelo Tesouro e pelo Banco Central têm metodologias diferentes. A autoridade monetária utiliza o cálculo "abaixo da linha", que leva em conta a necessidade de financiamento do setor público descontando os juros da dívida.

O Tesouro calcula os dados fiscais "acima da linha", que são receitas menos despesas, exclusive juros.

Segundo os números do BC, a dívida líquida -que desconta os ativos- do setor público aumentou em 1 ponto percentual, alcançando 52,7% do PIB (Produto Interno Bruto), ou R,84 trilhões. Esse resultado refletiu, em especial, o impacto do déficit primário no mês.

"A dívida líquida havia recuado em março em razão da depreciação cambial. Em abril também houve, mas em intensidade menor, de 4,4%. A alta do dólar continuou contribuindo para baixo, mas com cenário de aumento do déficit, esse impacto foi maior", ponderou o técnico do BC.

Quando há valorização da moeda americana, há também redução do valor da dívida líquida em reais por conta das reservas internacionais.

Da FolhaPress

Mães menores de idade podem pedir auxílio emergencial

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil
A mãe menor de idade precisa cadastrar pelo menos dois membros da família, ela própria mais um filho

A partir deste sábado (30), as mães com menos de 18 anos podem pedir o auxílio emergencial de R$ 600 (R$ 1,2 mil para mães solteiras). A novidade está disponível na 16ª versão do aplicativo Caixa Auxílio Emergencial, que está sendo liberada hoje pela Caixa Econômica Federal.

Incluída pelo Congresso durante a tramitação da medida provisória que instituiu o benefício, a extensão do auxílio emergencial para mães menores de idade havia sido sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro no último dia 15. O cadastro no auxílio emergencial pode ser pedido até 3 de junho.

A vice-presidente de Tecnologia da Caixa, Tatiana Thomé, explicou como funcionará a novidade em entrevista coletiva hoje à tarde. A mãe menor de idade precisa cadastrar pelo menos dois membros da família (ela própria mais um filho, no mínimo). Caso a adolescente pertença a uma família maior, com algum membro que tenha se cadastrado no auxílio emergencial, precisará fazer o cadastro compatível com o do outro membro da família.

Finalizado o cadastro, os dados serão enviados à Dataprev, empresa estatal de tecnologia, que comparará as informações prestadas com as 17 bases de dados disponíveis para ver se o requerente cumpre as condições da lei para receber o auxílio emergencial. A usuária poderá acompanhar, no próprio aplicativo, se o benefício foi aprovado, negado ou se o cadastro foi considerado inconclusivo (quando as informações prestadas não conferem com os bancos de dados do governo).

Da Agência Brasil

Casinhas passa a contar com o aplicativo Atende em Casa

Na tarde de hoje (30/05) Casinhas é contemplada com o ATENDE EM CASA, uma ferramenta que passa orientações para usuários que estejam apresentando sintomas gripais. As cidades assistidas pela iniciativa contam com o serviço que é resultado de uma parceria entre o Governo do Estado e a Prefeitura do Recife.

O Atende em Casa passa orientações para a população sintomática que busca o serviço online, seja para manter o isolamento domiciliar ou, após uma teleorientação feita por profissional de saúde, fazer a busca qualificada por um serviço de saúde mais próximo da sua casa.

O aplicativo, disponível pelo site www.atendeemcasa.pe.gov.br e para smartphones com sistema Android, permite que médicos, enfermeiros ou residentes médicos façam videochamadas e orientações aos usuários. Mais de 100 profissionais de saúde foram treinados pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), responsável por coordenar os atendimentos fora do Recife, para atuação no Atende em Casa, reforçando as escalas de plantão. Os profissionais recebem orientações quanto ao uso do aplicativo, protocolos clínicos da Covid-19 e fluxo de atendimento nas unidades de saúde. 

Essa é mais uma boa notícia que se somam a tantas outras que estão sendo desenvolvidas em nosso município. Baixe o aplicativo e conte com mais este importante serviço.

Reformamos a necessidade de seguir as orientações estabelecidas nos decretos estadual e municipal e seguir recomendações do ministério da Saúde e da OMS.

Da ASCOM Casinhas

sábado, 30 de maio de 2020

Surubim atinge a marca de 100 casos de Covid-19

No boletim divulgado na manhã desta sexta-feira (29) pela Secretaria de Saúde, Surubim atingiu a marca de 100 casos de Covid-19. Nessa última semana, o município registrou um crescimento médio de 10% de casos por dia, o que indica que a doença está em expansão, sem previsão de estabilização. As mortes até agora são sete e os recuperados somam 33. Portanto, dos 100 casos, 60 pessoas estão em tratamento atualmente.

Enquanto os casos aumentam, o índice de isolamento social permanece muito abaixo do desejável, ficando em torno de 41%, segundo o Painel de Isolamento Social do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), gerenciado pela empresa de monitoramento In Loco.  O índice ideal conforme as autoridades sanitárias é de 70%. O último boletim mostra ainda que o coronavírus está se espalhando por todas as áreas do município, com moradores infectados em várias comunidades rurais. Porém, o Centro da cidade e o bairro São Sebastião concentram o maior volume de pessoas infectadas.

Na região, pouquíssimos municípios chegaram a uma centena de casos. Só Limoeiro com 183 e agora Surubim. Além da expansão da doença pelo interior do Estado, a Prefeitura de Surubim alega que o número de casos tem crescido porque estão sendo realizados mais testes na população. 

Do Correio do Agreste

País abriu 846,9 mil empresas no primeiro trimestre

O país vinha abrindo mais empresas antes da pandemia do novo coronavírus, revela levantamento divulgado pelo Ministério da Economia. De janeiro a março, 846.957 empresas foram abertas em todo o Brasil. Isso representa 14% a mais em relação ao último trimestre de 2019 e 8,6% a mais que o total de empresas abertas no primeiro trimestre do ano passado.

As atividades de maior crescimento foram, na ordem: cabeleireiros, manicure e pedicure (com 45.397 empresas abertas); comércio varejista de artigos do vestuário e acessórios (42.864 empresas abertas); promoção de vendas (36.120 empresas abertas); obras de alvenaria (29.929 empresas abertas); e fornecimento de alimentos preparados preponderantemente para consumo domiciliar (23.383 empresas abertas).

No primeiro trimestre foram fechadas 292.378 empresas, o que significa saldo líquido (abertura menos fechamentos) de 554.579 novos negócios no país de janeiro a março. O Brasil encerrou o período com 18.296.851 empresas ativas.

O tempo médio para a abertura de uma empresa no país no primeiro trimestre de 2020 ficou em 3 dias e 16 horas. Nos mesmos meses do ano passado, a média nacional estava em 5 dias e 9 horas.

Ferramenta
Os números foram obtidos por meio da ferramenta Mapa de Empresas, lançada pelo Ministério da Economia para monitorar o empreendedorismo no país, com informações sobre a abertura e o fechamento de empresas, a localização dos negócios, o ramo de atividade, o tempo médio de abertura e a natureza jurídica (empresa individual, sociedade aberta, cooperativa e outros).

Segundo a Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia, o site expõe dados úteis para o desenvolvimento de empresas e a modificação dos negócios existentes. Com base nessas informações, o empresário pode fazer análise de mercados, medir a concorrência e rastrear clientes e fornecedores por tipo de atividade econômica.

Os dados serão atualizados uma vez por mês. O sistema foi desenvolvido em parceria com o Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro). Continue lendo, clique AQUI.

Ensino a distância: Especialistas do SESI-PE dão dicas de como aumentar a concentração das crianças e dos jovens

Foto: Divulgação/Reprodução
Com a suspensão de aulas presenciais em todo o Brasil devido a pandemia do Covid-19, as instituições de ensino têm adotado a educação a distância para dar continuidade ao processo de aprendizagem das crianças e dos adolescentes. A adaptação às aulas virtuais, no entanto, tem sido um desafio para pais e filhos. Manter a rotina parecida com a praticada na escola e estudar em um local tranquilo e sem distrações são algumas sugestões da psicóloga do SESI-PE Kátia Santos para ajudar a aumentar a concentração e o rendimento nos estudos.

Improvisar um espaço de estudo arejado, com mesa adequada, cadeira confortável, cadernos e lápis; ter uma agenda diária com as tarefas que precisarão ser realizadas e respeitar os horários de dormir e acordar colaboram para o equilíbrio da rotina do aluno. “Acordar, no mínimo, 40 minutos antes da aula, além de tomar café da manhã e banho ajudam o estudante a entrar no ritmo e manter o foco. Também é importante que o pai fique atento à posição da cadeira e aos vícios posturais do filho, pois a má postura pode provocar tensão no pescoço e causar enxaquecas, dois fatores que tiram a atenção”, sugeriu Kátia.

Para as crianças mais novas, a psicóloga sugere uma estratégia para distanciar o momento do aprendizado do de descanso: o uso do uniforme escolar. “O uniforme auxilia a criança a internalizar que não está de férias, mas, sim, em um ambiente de aprendizagem”, disse. Uma tática que deve ser adotada tanto pelos pequenos quanto pelos adolescentes é evitar acompanhar as aulas no sofá ou na cama. “Para quem assiste às aulas no computador, o ideal é desligar o celular, já que em sala de aula não é permitido o uso. É fundamental que o aluno tenha a mesma atitude da sala de aula presencial na virtual”, sugere o professor de Física do Ensino Médio do SESI-PE Diego Lopes.

De acordo com Lopes, algo que melhora o desempenho do estudante é a interação com o docente. “O aluno deve participar ativamente da aula, questionar, tirar dúvidas. Depois, conferir as videoaulas indicadas pelo professor, fazer as atividades do dia e revisar os conteúdos passados”, acrescentou. Aos pais, cabe demonstrar interesse pelo que o filho está aprendendo. “Os responsáveis também podem participar da vida escolar do filho verificando se ele está, de fato, assistindo às aulas, acompanhando a realização das tarefas e respeitando o ambiente de estudo, evitando interrupções desnecessárias”, comentou o professor.

Outro ponto eficaz é definir os intervalos das refeições e das pausas para descansar a mente e não comprometer a qualidade do estudo. Segundo a psicóloga do SESI-PE, também é válido estimular momentos de lazer e a prática de atividades físicas. “Estabelecer horários para pausar, fazer um lanche, ter momentos divertidos com os familiares e praticar esportes se possível trazem ganhos para a saúde mental e física das crianças e dos jovens”, pontuou Kátia.

Da Assessoria

sexta-feira, 29 de maio de 2020

Programa Compra Local: Governo de PE conclui montagem de 20 mil kits alimentares em 45 municípios

O Governo de Pernambuco, por meio do Programa Compra Local, fecha a semana alcançando a marca de 20 mil kits alimentares montados. Assim, foi possível chegar a 45 municípios, contribuindo para escoamento da produção e geração de receita para os pequenos produtores, e destinando kits a grupos em situação de vulnerabilidade social, como pescadores, quilombolas e indígenas. À Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD Diper) coube à missão de comprar, por meio de chamamento público, gêneros alimentícios in natura e processados de cooperativas e associações de 20 municípios de todas as regiões de Pernambuco, por meio de 530 famílias de produtores rurais, e coordenar a operação com apoio de diversos parceiros.

O investimento na aquisição dos alimentos foi de R$ 1 milhão. O Compra Local foi lançado em 14 de abril pela AD Diper, empresa vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado. A execução propriamente dita da iniciativa durou um mês e foi concluída nesta sexta-feira (29/5). Entre os itens comprados e doados a estão mel, leite de cabra, queijo coalho, abacaxi, alface, banana, farinha de mandioca, goiaba, manga, goma de tapioca, batata doce, ovo de galinha, ovo de codorna e jerimum, etc., a depender da disponibilidade da safra.

“Essa ação ajudou a minimizar o impacto da pandemia na vida e no negócio de diversos pequenos produtores rurais. Rodando por Pernambuco e em contato com as cooperativas e associações percebemos o bem que o programa fez. Esses comerciantes não estavam conseguindo escovar sua produção em mercados e feiras livres e o Compra Local veio para mudar esse cenário”, detalha Roberto Abreu e Lima, diretor presidente da AD Diper.

Nos Sertões Central, do São Francisco e do Araripe os moradores de Salgueiro, Petrolina e Araripina foram contemplados. Os kits chegaram a Arcoverde, Betânia, Custódia, Ibimirim, Inajá e Sertânia no Sertão do Moxotó. Já no Sertão do Pajeú os alimentos foram para Carnaíba e Serra Talhada.

No Agreste Central, os municípios atendidos foram Belo Jardim, Bonito, Cachoeirinha, Caruaru, Lagoa dos Gatos e São Caitano. Já nos Agrestes Meridional e Setentrional, as cidades de Venturosa e de Frei Miguelinho e Limoeiro, respectivamente, foram contempladas.

Na Mata Norte, os municípios de Aliança, Carpina, Chã de Alegria, Itaquitinga, Lagoa do Carro e Nazaré da Mata receberam os kits. Já na Mata Sul, os produtos chegaram para famílias de Barreiros, Pombos, Rio Formoso, São José da Coroa Grande, Sirinhaém, Tamandaré e Vitória de Santo Antão. Na Região Metropolitana do Recife, as entregas aconteceram em Abreu e Lima, Araçoiaba, Cabo de Santo Agostinho, Camaragibe, Goiana, Igarassu, Ipojuca, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Paulista, Recife e São Lourenço da Mata.

A logística da entrega dos kits passou por uma organizada sequência de etapas envolvendo, inicialmente, a Secretaria de Desenvolvimento Agrário por meio do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), que captou os alimentos diretamente com os fornecedores. Em seguida, as mercadorias passaram pela triagem do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac-PE, com o apoio das equipes no Recife e Arcoverde, que auxiliaram no armazenamento e na organização dos kits, por meio do Banco de Alimentos do Sesc PE.

“O Sistema Fecomércio têm contribuído para minimizar os impactos dessa crise em Pernambuco e a entrega dos kits foi mais uma ação neste sentido. Os kits foram montados, organizados e distribuídos por meio do Banco de Alimentos, que já realiza do trabalho de coleta e repasse de doações de insumos e, agora, por causa da pandemia, também tem trabalhado com produtos de limpeza e higiene”, diz o presidente do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac-PE, Bernardo Peixoto.

Fotos: Divulgação/Reprodução
Depois dessa etapa de coleta e organização dos gêneros alimentícios, foi feito o repasse para a Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude viabilizar a chegada às Prefeituras que, por sua vez, entregaram os kits diretamente às famílias. A Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade também se envolveu por conta do repasse a colônias de famílias pescadoras e marisqueiras das Matas Norte e Sul e do Grande Recife, afetadas pela crise do óleo em praias do litoral brasileiro. A Cervejaria Ambev doou 10 toneladas de goma de mandioca que incrementaram parte dos kits fornecidos à população.

A classificação das famílias contempladas foi realizada seguindo parâmetros como: municípios com 11 casos ou mais confirmados da Covid-19; municípios com casos de óbito causado pela Covid-19 e municípios onde o número de famílias que não recebem o Bolsa Família está acima da média estadual de acordo com o porte populacional.

Da Assessoria

Prefeitura entrega protetores faciais para profissionais da saúde de Casinhas

Foto: Divulgação/Reprodução

A Prefeitura de Casinhas, através da Secretaria de Saúde, entrega protetores faciais para os profissionais de saúde do município.

Ampliando as medidas preventivas e de segurança contra o novo coronavírus (Covid-19), a Prefeitura de Casinhas, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, fez a distribuição de 150 protetores faciais, destinados aos profissionais da saúde, em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) do município.

Os equipamentos de proteção foram doados pelo Projeto Higia PE, a partir da indicação do município pelo COMANAS, com o intuito de aumentar a proteção dos profissionais e pacientes, evitando a contaminação pelo vírus.

A secretária Gilsamary Interaminsense agradeceu ao Higia PE e ao COMANAS, onde destaca “gostaríamos de agradecer o Consórcio dos Municípios da Mata Norte e Agreste Setentrional de Pernambuco - COMANAS, que indicaram nosso município para receber as doações, através do Projeto Higia PE. É importante frisar que esses protetores faciais são de acetato, que é um transparente, utilizado na indústria gráfica e que se destina a fabricação de películas fotográficas) e oferecem mais proteção por cobrirem todo o rosto do profissional de saúde.”, explicou a secretária.

Da ASCOM Casinhas

Surubim: Arturzinho Boladão e Bel Paixão realizam live neste sábado (30)

O cantor Artur Silva, conhecido como Artur Boladão, divulgou vídeo convidando para a live que ele realiza na noite deste sábado, a partir das 19h30, no seu perfil no Facebook (Clique AQUI) e terá a participação de Bel Paixão. 

A dupla promete um repertório eclético e bacana, para agradar a todos internautas. 

Confira:





Surubim passa a contar com o aplicativo Atende em Casa

A partir de agora, os surubinenses poderão ter orientações virtuais sobre o coronavírus através da plataforma lançada pelo Governo do Estado "Atende em Casa - COVID 19". Esse serviço permite uma classificação de risco do paciente e, se necessário, uma chamada de vídeo com enfermeiros ou médicos.

A ferramenta pode ser acessada por celular (smarthphone) ou computador, através do endereço www.atendeemcasa.pe.gov.br, e é indicada para os pacientes que apresentem sintomas gripais, evitando assim aglomerações nas unidades de saúde, durante a situação de emergência causada pela pandemia.


Da ASCOM Surubim

Governo prevê retomada gradual das atividades ao longo de 11 semanas em Pernambuco

Foto: Andrea Rego Barros / PCR
A pandemia do novo coronavírus paralisou atividades econômicas em Pernambuco e em todo o Brasil. Essa medida de suspensão se fez necessária para conter ainda mais o avanço do contágio da doença. Em paralelo, foi necessário também construir um plano para o retorno. Um grupo de técnicos do Governo de Pernambuco, com o apoio de uma consultoria externa, está se dedicando a avaliar toda essa situação desde os últimos dois meses. Através de secretarias ligadas à economia, o governo montou um cronograma que prevê a retomada gradativa e planejada das atividades econômicas no período de 11 semanas. Esse retorno está atrelado aos dados de evolução da pandemia em Pernambuco.

Atualmente, esse cronograma está no gabinete do governador Paulo Câmara para ser analisado. "Aguardamos que os dados da saúde para conter o estágio de contaminação seja melhor para podermos anunciar a divulgação da retomada no fim da quarentena, que está programada para domingo", disse o secretário de Desenvolvimento Econômico, Bruno Schwambach, em coletiva de imprensa virtual, nesta quinta-feira (28).

Pelo planejamento, está previsto a cada setor produtivo um plano de trabalho em horários diferenciados com o objetivo de reduzir o número de trabalhadores nos horários de pico do transporte público da Região Metropolitana do Recife (RMR). Cada atividade econômica também terá um protocolo de funcionamento específico com três eixos: regras de distanciamento social; de higiene, de comunicação e monitoramento. "Os técnicos avaliaram cada atividade econômica, sua essencialidade, os cuidados com a saúde e a relevância na geração de empregos", contou Schwambach.

Com essa suspensão das atividades econômicas, Pernambuco deixou de arrecadar muito do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), que representa 74% de toda receita corrente líquida do Estado. A estimativa anunciada pela secretaria da Fazenda de Pernambuco é que o Estado tenha queda de R$ 3,7 bilhões na arrecadação do ano. "Em março deixamos de arrecadar R$ 90 milhões, que foi naquele início de pandemia. Em abril, com a pandemia crescente, foram R$ 246 milhões a menos. Em maio, a previsão é de arrecadar entre R$ 545 milhões e R$ 550 milhões a menos da principal receita de Pernambuco", explicou o secretário da Fazenda, Décio Padilha.

A expectativa é que junho e julho ainda sejam de queda. "O efeito vai até o final do ano, ou seja, até lá a economia estará retraída", disse Padilha, ao informar que Pernambuco teve um gasto de R$ 950 milhões que não estava previsto no orçamento, para o combate à pandemia.

Ainda de acordo com Padilha, o pacote de socorro financeiro do Governo Federal anunciado nesta quinta-feira (28) é insuficiente. "O cenário é muito adverso. Temos um plano para enfrentar, mas precisamos de ajuda federal porque o déficit de caixa do governo no Estado já é de R$ 2 bilhões", informou o secretário.

Da Folha de PE

quinta-feira, 28 de maio de 2020

Advogados de Pernambuco utilizam certificado digital em ferramenta online de alvarás, requisições de pequeno valor e precatórios

A Ordem dos Advogados do Brasil seccional de Pernambuco lançou uma ferramenta para que os advogados solicitem a liberação de alvarás, requisição de pequeno valor – RPV’s ou precatórios de seus clientes durante a pandemia do Coronavirus (COVID-19). Pela Central Eletrônica de Alvarás – e-Alvarás é possível enviar eletronicamente toda a documentação e informações necessárias para o depósito em conta em atendimento 100% e com a segurança da Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira – ICP-Brasileira na assinatura digital dos documentos requeridos.

Ao acessar a central e-Alvarás e registrar o pedido de alvará, RPV’s ou precatórios, todos os arquivos anexados devem estar em formato PDF e assinados digitalmente com certificado digital A3 no padrão da ICP-Brasil. Assim fica garantida a presunção legal de veracidade sem que seu signatário possa negar o ato.

Com a assinatura digital ICP-Brasil o conteúdo fica criptografado e não pode ser alterado posteriormente. A assinatura digital ICP-Brasil apresenta o mesmo reconhecimento jurídico de uma assinatura manuscrita com firma reconhecida no cartório.

Além de fazer o upload dos documentos solicitados, o usuário deverá prestar todas informações como nome, CPF, número do processo, qual ramo do Judiciário emitiu a ordem de pagamento (TJPE, JFPE, TRF5 ou TRT6), valor do depósito, o beneficiário e seus dados bancários. A cada solicitação de envio de documentos pela e-Alvarás será gerado um protocolo.

A OAB/PE explica que a e-Alvarás é um canal para orientar, receber e encaminhar documentos e informações aos bancos credenciados, evitando o deslocamento às agências, e também o contato físico entre os beneficiários das ordens judiciais de pagamento e os funcionários da instituição bancária, diminuindo assim os riscos de disseminação do vírus.

Ascom ITI, com informações da OAB/PE

e-Jurídico: CDL Surubim lança Certificado Digital para Advogados

Estamos divulgando o e-Jurídico, modelo de Certificado Digital feito especialmente para profissionais da área do Direito. Você também pode utilizar para enviar declaração de Imposto de Renda, assinatura de documentos, além de se identificar de forma segura em sites, entre outras aplicações que utilizam a Certificação Digital.

Reduza burocracia e otimize seu tempo. Aproveite as condições especiais que a CDL Surubim preparou. Mantenha contato através dos fones (81) 3634.1608 / 3634.1607, ou através do WhatsAPP (81) 9 9236.3897. Adquira já o seu, Advogado!

País fecha 763 mil vagas de trabalho

Foto: Divulgação
Caged mostra que na só na pandemia, em março e abril, o saldo de empregos foi negativo em 1,1 milhão

Impactado pela crise do novo coronavírus, o mercado de trabalho brasileiro perdeu 763 mil vagas com carteira assinada entre janeiro e abril deste ano. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), que foram divulgados nesta quarta-feira e retratam perdas de empregos muito por conta da pandemia provocada pelo novo coronavírus.

No mês de abril, as demissões superaram as contratações com carteira assinada em 860.503 postos de trabalho. Foram 1.459.099 desligamentos e 598.596 contratações. O saldo do mês passado foi o pior da série histórica iniciada em 1992.

Enquanto as demissões tiveram um incremento de 17,2%, as admissões caíram 56,5% na comparação com abril de 2019. Em valores nominais, São Paulo teve o pior desempenho, com saldo negativo (mais demissões do que contratações) de 260.902. O estado é seguido por Minas Gerais com 88.298 demissões (descontadas as contratações); Rio de Janeiro, 83.626, e Rio Grande do Sul, 74.686.

Em Pernambuco, nos quatro primeiros meses deste ano foram registradas 105.763 admissões e 159.313 desligamentos - um saldo negativo de 53.550 vagas. Só em abril foram 13.247 admissões, 38.212 desligamentos e um saldo negativo de 24.965 vagas.

Entre as regiões brasileiras, o Nordeste apresentou 592.704 admissões, 782.785 demissões e saldo de -90.081 vagas de janeiro a abril. Já o Sudeste, apresentou o maior número de vagas fechadas: 448.603, com 2.630.912 admissões e 3.079.515 demissões.

O fechamento de postos neste ano foi intensificado após a pandemia. Em janeiro e fevereiro, antes da crise de saúde pública, o País criou 338 mil vagas. Em março e abril, já sob efeito de medidas restritivas nas cidades, com fechamento de comércio e empresas, o saldo de empregos foi negativo em 1,1 milhão.

De janeiro a abril de 2020, as admissões caíram 9,6% e as demissões subiram 10,5% no período, comparado ao primeiro quadrimestre do ano passado. O salário médio real de admissão no Brasil passou de R$ 1.496,92 em abril de 2019 para R$ 1.814,62 no mês passado.

A estatística do Caged, que era feita de forma mensal, estava suspensa desde o início do ano, após mudanças de metodologia e dificuldades do Governo Federal em receber dados das empresas por conta da pandemia do coronavírus. Até então, o Brasil não tinha informações sobre o emprego formal. O último dado do Cadastro que foi disponibilizado era relativo ao mês de dezembro de 2019.

Da Folha de PE

Surubim, João Alfredo e Vertente do Lério contam com o "Atende em Casa"

Mais 375 mil pernambucanos já podem utilizar o aplicativo Atende em Casa. Agora, os municípios de João Alfredo, Surubim, Vertente do Lério, Passira, Afrânio, Cabrobó, Dormentes, Lagoa Grande, Orocó, Santa Maria da Boa Vista, Quipapá, Barra de Guabiraba, Bodocó e Santa Filomena também têm acesso à plataforma que orienta remotamente pessoas com sintomas gripais.

Ao todo, mais de 7,6 milhões de pernambucanos em 129 cidades já têm acesso ao Atende em Casa. A ferramenta, que pode ser acessada pelo site www.atendeemcasa.pe.gov.br ou baixada em smartphones Android, conta com 70,7 mil usuários cadastrados. Entre as pessoas atendidas, 8,5 mil foram orientadas a procurar uma unidade de saúde e 14,3 mil a permanecer em isolamento domiciliar.

Do Blog do Agreste

quarta-feira, 27 de maio de 2020

Atendimento remoto: Casinhas oferece apoio psicológico para moradores durante pandemia do coronavírus

Imagem: Divulgação/Reprodução

A Prefeitura Municipal de Casinhas, por meio de ação conjunta das secretarias de Saúde e Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, pensando no bem estar e na saúde mental da população, cria uma REDE DE APOIO PSICOLÓGICO, composta por psicólogos, que estarão atendendo remotamente os pacientes diagnosticados com COVID-19, que estão em isolamento domiciliar e também a população que necessitar deste apoio. Para este serviço, as pessoas deverão ligar para o serviço social da saúde no número 81 36349119. As ligações para agendamento deverão ser feitas excepcionalmente nas quartas-feiras e sextas-feiras das 8h às 12h. Após o agendamento a demanda será encaminhada para um dos profissionais da Rede, que irar entrar em contato com o solicitante.

Além dos serviços de apoio psicológico, também está sendo disponibilizado agendamento para teleatendimento a pacientes que precisem de FISIOTERAPIA.

Mais um conjunto de importantes serviços da gestão municipal neste período de pandemia e isolamento social.

Lembramos da importância de FICAR EM CASA e dos cuidados básicos que precisam ser tomados por todos, como: lavar sempre as mãos com água e sabão ou álcool em gel ou álcool 70%, usar máscaras se precisar sair de casa, evitar tocar olhos e boca.

Faça a sua parte! Pense coletivamente! Juntos venceremos esse coronavírus.

Da ASCOM Casinhas

Unopar Surubim abre inscrições para vestibular e oferece bolsa de até 100%

Vestibular é online e pode ser feito no conforto da sua casa

O Polo Unopar Surubim está com inscrições abertas para o vestibular 2020. Um diferencial da universidade que é líder de educação a distância, é o vestibular e matrícula totalmente online. Graças a essa inovação, você não precisa adiar o seu sonho.

A Unopar dispõe também de diversas bolsas. Para o público em geral, por exemplo, há a Bolsa Incentivo, com 40% de desconto na mensalidade até o final do curso. Confira outras bolsas abaixo:

Bolsa ENEM - Você pode ter até 100% de desconto na sua graduação, de acordo com a sua nota no exame;
Bolsa Servidor Público - Dá até 60% de desconto para sevidores municipais, estaduais e federais; 
Bolsa Transferência – Ao transferir o curso para a Unopar, o aluno tem até até 70% desconto!  Sem contar do Amigo Vale Prêmio, onde você indica um amigo e ganha desconto na mensalidade. 

São muitas as facilidades para você realizar o seu sonho! O mundo passa por uma pandemia, mas você não pode parar. Afinal, onde você quer estar após a crise? A Unopar não para, para você não parar.

Clique aqui [https://www.vestibulares.com.br/unopar/] para fazer o seu vestibular ou fale conosco pelo WhatsApp: 81 9 9246-6674. Confira nossos cursos:

Da ASCOM UNOPAR

Secretaria de Educação realiza aulas de forma online em Surubim

Imagem: Divulgação/Reprodução
A Educação é o meio que mais tem o poder de transformar vidas. Devido à pandemia causada pela COVID-19, precisamos suspender as aulas para promover o isolamento social e a Rede Municipal de Educação, a exemplo de outras, optou por não promover o "isolamento educacional" dos nossos estudantes. Assim, para atender nossas crianças, adolescentes e adultos, a Secretaria de Educação e Cultura de Surubim preparou orientações diversificadas de acordo com cada modalidade de ensino (Educação Infantil / Ensino Fundamental - Anos Iniciais e Finais) para auxiliar as instituições nesse momento de isolamento social.

De acordo com levantamento já realizado dos recursos utilizados pelas famílias, o mais acessível aos alunos e familiares é o "Grupo de WhatsApp". Então, o professor titular da turma ou coordenador pedagógico segue preparando videoaulas e compartilhando para que chegue aos alunos, além de disponibilizar tempo para tirar as dúvidas dos estudantes.

Já para aqueles que não tem acesso a essas ferramentas, as Escolas Municipais estão viabilizando o encaminhamento de atividades impressas, entregues nas unidades de ensino, em dias e turnos alternados, evitando, dessa forma, aglomerações. É a Prefeitura de Surubim com o compromisso de cuidar das pessoas.

Da ASCOM SURUBIM

Sesc promove atividades recreativas na Semana Mundial do Brincar

Foto: Divulgação Reprodução
Programação das unidades do Agreste e de Arcoverde serão apresentadas pelas plataformas digitais. Há atividades até domingo (31/05)

Em meio à pandemia do novo coronavírus, crianças de todas as idades estão em casa por causa da suspensão das aulas presenciais nas escolas de todo o país. Diante disso, o Sesc em Pernambuco desenvolve uma grande programação de atividades recreativas para vivenciar a Semana Mundial do Brincar, iniciativa do movimento Aliança pela Infância. Com o tema “Brincar entre o Céu e a Terra”, as unidades do Sesc em Arcoverde e no Agreste do Estado vão proporcionar às crianças uma série de ações que serão apresentadas por meio de plataformas digitais. Tem unidade que promove atividades até domingo (31/05). “A proposta da Semana Mundial do Brincar é fazer com que as crianças possam manterem-se ativas com atividades que contribuam com a criatividade e a imaginação”, afirma Jeane Karla, coordenadora regional de esportes e recreação do Sesc em Pernambuco.

Para o público de Arcoverde, nesta quarta-feira (27), tem um vídeo da oficina Fantoche Casca de Ovo que será disponibilizado aos usuários do Sesc em grupos de Whatsapp, às 14h. Na quinta-feira (28), mais um vídeo será postado às 14h para os grupos de Whatsapp; desta vez com a dinâmica Descubra o Peso. Às 15h, tem a Gincana das Cores, transmitida pelo Zoom para os alunos do Pré I e Pré II da Escola Sesc. Na sexta (29), às 17h, tem uma dinâmica para o grupo Sesc Jovem pelo aplicativo Zoom.

Em Belo Jardim, tem a atividade em vídeo “Acerte a mira com o avião de papel”, para usuários e alunos da Escola Sesc, às 10h. Na quinta, às 8h, tem os “Jogos Cantados”, direto pela plataforma Zoom. A dinâmica “Corrida da Minhoca” também acontece pelo Zoom na sexta-feira (29), às 9h. E no domingo (31), às 16h30, tem live de contação “O baú das histórias: O conto de Ananssi” pelo Instagram.

A dinâmica das atividades em Buíque será com envio de atividades recreativas pelos grupos de usuários no Whatsapp e os participantes terão de retribuir com fotos mostrando a realização dessas atividades. Isso acontecerá na quarta (27) à tarde e na quinta (28) pela manhã. Na sexta (29), à tarde, tem uma live pelo Instagram com uma oficina de origami.

A programação de Caruaru começa nesta quarta (27), com a oficina de brinquedos “Faça Você Mesmo” e “Maratona Recreativa”, a partir das 14h, em vídeos disponíveis pelas redes sociais. Na quinta (28), às 16h, tem a live “BrinkMoving – brincadeiras Recfit”, pelo Instagram. Na sexta (29), a cantora Rosimar Lemos apresenta a live “Cantando & Contando”, às 17h. No sábado (30), tem o bate-papo Playgeek, às 15h, e no domingo (31), jogos e brincadeiras interativas, também às 15h, ambos com transmissão ao vivo pelo Instagram.

Na ausência de esportes coletivos, como o futebol, que provocam aglomerações, o Sesc Garanhuns realiza na quinta-feira (28), a partir das 17h, um torneio de futebol online PES 2020, jogo de videogame que é febre entre os apaixonados pelo principal esporte brasileiro. As inscrições gratuitas estão abertas e podem ser feitas até quarta (27), à noite, pelo telefone (87) 99931-3919 (inscrição pelo Whatsapp).

O Hotel Sesc Garanhuns também está engajado na Semana Mundial do Brincar. Nesta quarta (27), às 19h30, tem a “Gincana da Família”, disponível pelo aplicativo Zoom. Na quinta (27), tem o Desafio Jogos de Raciocínio, às 10h, em vídeo que será enviado aos usuários pelos grupos de Whatsapp do Hotel. E na sexta (29), também em vídeo pelo Whatsapp, tem “Amarelinha Africana”, às 10h.

Em Pesqueira, o Desafio “#TBTFotonoBNF” é a atividade da quarta (27), a partir das 9h. As crianças vão postar fotos de suas experiências no Brincando nas Férias em suas redes sociais. Na sexta (28), às 10h, o público vai receber pelo Whatsapp o vídeo-atividade “Lego de rolinho de papel higiênico”. E na sexta (29), o vídeo-desafio “Copo e Moeda”, pelo Whatsapp e pelo Instagram.

A unidade do Sesc em Surubim disponibiliza o vídeo da oficina de brinquedos “Céu – Pipa / Terra – Pião” na quarta (27), às 15h, para grupos de usuários no Whatsapp e no aplicativo Zoom para os alunos das escolas públicas da cidade. Na quinta (28) tem contação da história “O Monstro das Cores” e a oficina de brinquedos “Carrossel das Emoções”, em lives pelo Instagram, a partir das 10h. Na sexta (29), às 15h, o vídeo da oficina”Tinta para pintar o rosto e molde para realizar a pintura” está disponível para os grupos de Whatsapp e no aplicativo Zoom para os alunos das escolas públicas. 

Aliança pela Infância – a Aliança pela Infância surgiu na Inglaterra e nos Estados Unidos Em 1997, um grupo de educadores preocupados em ampliar as oportunidades de as crianças vivenciarem mais e melhor a infância, dão início a um movimento internacional em defesa da infância. Em 2001, o movimento chega ao Brasil pelas mãos da educadora Ute Craemer, que 20 anos antes havia criado a Associação Comunitária Monte Azul, uma experiência inovadora de intervenção social e educativa.

Sesc – O Serviço Social do Comércio, seguindo as orientações de isolamento social determinadas pelo Governo de Pernambuco, em razão da pandemia do novo coronavírus, está realizando seus trabalhos em regime home office. Ações das cinco áreas fins da instituição (Educação, Cultura, Lazer, Assistência e Saúde) estão sendo realizadas com o auxílio de plataformas digitais, que contribuem para que a interação não seja interrompida. Aulas gratuitas de Pré-Enem e cultura, além do conteúdo da Educação Infantil e Ensino Fundamental estão sendo transmitidos à distância, assim como dicas de leitura, atividades físicas, brincadeiras e jogos. Profissionais da saúde estão repassando informações educativas de prevenção e combate ao Covid-19 para o público infantil, jovem, adulto e idoso. Ao mesmo tempo, o Banco de Alimentos da instituição está em campanha, em todo o estado, para arrecadar cestas básicas, alimentos não-perecíveis e produtos de limpeza e itens de higiene. Para conhecer mais sobre o Sesc e saber de novas decisões e determinações neste período de quarentena, acesse www.sescpe.org.br.

Serviço: Semana Mundial do Brincar
Data: até domingo, 31 de maio

Programação

Surubim
27/05: 15h – vídeo oficina de brinquedos “Céu – Pipa / Terra – Pião”
28/05: 10h – lives contação de história “O Monstro das Cores” e oficina de brinquedos “Carrossel das Emoções”
29/05: 15h – vídeo Oficina “Tinta para pintar o rosto e molde para realizar a pintura”

Da Assessoria

terça-feira, 26 de maio de 2020

Coronavírus: CDL Surubim divulga orientações sobre o funcionamento dos estabelecimentos comerciais

Imagem: Divulgação Reprodução - Internet
A Câmara de Dirigentes Lojistas de Surubim conforme combinado na última reunião no dia 19 de maio, com a Prefeitura Municipal, Polícia Militar (PM), Ministério Público de Pernambuco (MPPE) e PROCON, preparou um documento, onde foi analisado, revisado e aprovado em conjunto com todas as entidades citadas anteriormente.

O documento esclarece de forma simples sobre as recomendações para o funcionamento dos estabelecimentos comerciais de Surubim, conforme Decretos em vigor (Atividades Essenciais e Não Essenciais) em meio a pandemia do novo coronavírus, com restrições, e dispõe sobre medidas para o enfrentamento da doença.

A CDL ressalta a importância que todos devem seguir as orientações para a retomada das atividades econômicas, em breve. Além de reforçar que estamos estudando o plano de ação para volta gradativa do comércio. Confira abaixo, o documento na íntegra:
Da ASCOM CDL Surubim


Essencial para a manutenção dos negócios, crédito segue restrito às indústrias

Foto: João Paulo Lacerda _ CNI
Das empresas que recorreram à medida, apenas 15,85% conseguiram

Em meio aos impactos provocados pelo coronavírus nas empresas, o acesso ao crédito se tornou quase que uma unanimidade no que diz respeito à dificuldade na busca pela sobrevivência dos negócios. Estudo feito pela Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (FIEPE) aponta que 84,15% dos entrevistados não conseguiram ter acesso ao recurso, o que confirma que as medidas anunciadas pelo Governo Federal e pelo Banco Central ainda não estão chegando ao setor produtivo.

Na visão do gerente de Relações Industriais da FIEPE, Maurício Laranjeira, de todos os aspectos debatidos nesta pandemia, o crédito é fundamental porque mantém o mínimo de capital de giro na empresa. “O que, de certo modo, torna capaz de segurar os empregos e de dar fôlego até que o cenário volte a sua normalidade”, analisou.

Segundo Laranjeira, a conjuntura fica ainda mais sensível quando os dados das indústrias que não conseguiram o crédito são analisados. Do total, 60,9% das respondentes são pequenas, 23,2% são de médias, 11,6% são de micro e 4,3% são de grandes empresas. “Este é um dos piores cenários, porque os pequenos negócios são os que mais precisam de recursos neste momento, pois eles já trabalham com um fluxo de caixa reduzido e com um planejamento também mais limitado, e quando acontece uma mudança drástica nesse fluxo, infelizmente, eles são os mais afetados”, revelou.

Ainda de acordo com o levantamento, 58,50% dos respondentes informaram ter buscado por linha de crédito, sendo que 30,5% pertencem à construção civil, 11,1% à indústria têxtil e 9,7% à indústria de alimentos. Neste quesito, boa parte foi de pequenos negócios, com 59,3%, seguido dos 23,3% das médias empresas, 10,5% das micro e 7% das grandes.

Para as indústrias respondentes, garantir esse crédito tem sido uma verdadeira via-crúcis. Dentre as dificuldades apontadas durante a solicitação, destacam-se que o limite disponível era abaixo do pretendido, com 69,23% dos respondentes, seguido do excesso de exigências por certidões negativas, com 46,15%, exigências de garantias e excesso de burocracia, ambas com 30,77%. “Perceba que são muitos entraves, e isso pode estar acontecendo pelo fato dos bancos estarem com receio de emprestar seus recursos com medo de calote. O Governo precisa dar garantias suficientes para deixar as instituições financeiras confortáveis ao ponto de flexibilizarem para as empresas”, frisou Laranjeira.

Ainda conforme a pesquisa, a Caixa Econômica Federal e o Banco do Nordeste do Brasil (BNB) foram as instituições financeiras mais procuradas pelas indústrias pernambucanas durante o processo de acesso a crédito, com 53,66% e 51,22% das respondentes, que, aliás, também foram as que mais negaram crédito para as empresas pesquisadas. 

Dados
Para a pesquisa, a FIEPE coletou o material entre os dias 16 e 20 de maio, que contou com a colaboração de 147 respondentes. O foco da pesquisa foi na indústria pernambucana.

Sesc incentiva a prática de hábitos saudáveis no Dia do Desafio

O evento mundial acontece nesta quarta-feira (27/05) por meio de ações ao vivo transmitidas em plataformas digitais

Um dia para não ficar parado e de estímulos de hábitos saudáveis. Esse é o objetivo do Dia do Desafio, evento mundial de incentivo à atividade física e ao bem estar, do qual as unidades do Sesc Pernambuco estão fazendo parte. A programação envolve aulas ao vivo de ginástica, dança, maratonas recreativas e exercícios variados. Em razão do isolamento social, por causa da pandemia do novo coronavírus, as atividades serão transmitidas por meio de lives no perfil no Instagram e em outras plataformas digitais. As ações acontecem nesta quarta-feira (27/05).

Das unidades do Grande Recife, quatro unidades estarão com ações durante todo o dia. O Sesc Casa Amarela vai apresentar a Maratona Recreativa, além da live Resgatando Movimentos Naturais. Em Santo Amaro haverá uma aula de Funcional, e Judô. O Sesc Ler São Lourenço terá um aulão de ginástica e alongamento. Já o Sesc Piedade terá alongamento, videoaula de corrida em casa, treino de mobilidade, aula de judô, dança, nadando em casa e Maratona Jovem.

No Agreste, cinco unidades irão participar. Em Garanhuns, haverá aulão de alongamento e gincana da família. No Sesc Arcoverde, terá um aulão para a terceira idade e aula de treinamento intervalado pela manhã e à noite. Durante toda a manhã e à tarde, o Sesc Ler Buíque vai apresentar alongamento com crianças e atividades recreativas, além de uma live sobre mobilidade articular e alongamento. O Sesc Caruaru terá recreação com Maratona recreativa, funcional para a terceira idade e circuito funcional. No Sesc Ler Belo Jardim, vai haver exercícios para o fortalecimento e controle do abdômen. Em Surubim, a programação tem ginástica, dança e Maratona Recreativa.

Já nas unidades do Sertão, em Petrolina o público vai poder acompanhar remotamente a Maratona Recreativa, aula de alongamento para idosos, aula de mobilidade articular e treino aeróbico. No Sesc Triunfo vai haver aula de ginástica funcional para idosos. Em Pesqueira, terá ginástica multifuncional, já no Sesc Bodocó, a programação envolve aula de ginástica. Em Araripina, o público vai contar com aula de ginástica multifuncional, brincadeiras cantadas e atividades de agilidade e coordenação motora.

História – O Dia do Desafio começou em 1983, no Canadá, quando o prefeito da cidade de Saskatoon sugeriu que a população caminhasse, a fim de se exercitarem em meio ao forte inverno pelo qual passava a região. No ano seguinte, a cidade vizinha foi convidada a convocar seus habitantes a fazerem o mesmo, iniciando o Dia do Desafio. Em sua 26º edição, o Dia do Desafio é uma disputa entre cidades de todo o mundo para incentivar às pessoas a praticarem atividades físicas e iniciarem hábitos saudáveis. Detalhes sobre as plataformas digitais onde serão transmitidas as aulas, além dos horários podem ser encontrados ao longo da semana na página no Instagram @sescpe e no site www.sescpe.org.br.

Serviço – Dia do Desafio 2020
Data: 27 de maio (quarta-feira)

Programação

Sesc Ler Surubim: as ações serão realizadas
                               Ginástica - Turma Hidroginástica
                               Ginástica -Turmas da Educação
                               Dança - Grupo de Idosos
                               Maratona Recreativa - Grupo de jovem

Da Assessoria

Acompanhe-nos no Facebook


Publicidade


!

!
!
!

!

!

!

!

!

!
!
!
!
!

!
! !

Você é o Visitante:

Acessos em Tempo Real

Previsão do Tempo em Surubim

Blogs e Sites Parceiros

Curta Nossa FanPage - Muito Obrigado!

Internautas On Line

(81) 9925.8297 // negocioseinformes@gmail.com