© 2014 - Todos os Direitos Reservados ao Blog Negócios e Informes. Tecnologia do Blogger.

segunda-feira, 11 de março de 2019

As mulheres crescem nas franquias

O segmento de franquias teve um crescimento de 7,1% em 2018, em comparação a 2017, segundo dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF). E as mulheres estão de olho neste modelo de negócio. Ao pesquisar por franquias para investir, as redes do segmento de alimentação e beleza, cosméticos, roupas e calçados são algumas das principais referências das investidoras. O dado faz parte do relatório “Mulheres Interessadas no Frachising”, elaborado pelo Guia Franquias de Sucesso. 
(Foto: Reprodução/Pexels)
De acordo com o levantamento, as mulheres se destacam no setor de Alimentação (57,4%), Beleza e Saúde (49,7%), Serviços (36,5%), Cosméticos e perfumes (34,2%) e Roupas e calçados (31,7%). Já entre os homens, o ranking é um pouco diferente. O segmento de alimentação continua na liderança (56,7%), mas no segundo lugar está Serviços (45,1%) e Beleza e saúde (33,2%). Além disso, Eletrônicos e tecnologia (35,5%) e Negócios e Finanças (30,5%) também se destacam no ranking. 

Foi justamente no segmento de Alimentação que a Vó Sônia vislumbrou uma oportunidade. Foi da receita caseira que surgiu a Casa dos Bolos, em 2009. Junto com os filhos, ela alugou uma pequena sala e tornou rentável o que sabiam e gostavam de fazer: se reunir em torno da mesa para curtir a família e apreciar a especialidade da avó, os bolos caseiros.

O negócio deu certo e o segundo passo foi a expansão por meio das franquias. Hoje, são mais de 340 lojas espalhadas pelo Brasil. No Nordeste, são oito unidades, sendo duas no Recife. Com o crescimento, a marca entrou no ranking das 50 maiores franquias do Brasil da ABF pelo segundo ano consecutivo. 

O número de unidades tende a crescer no Nordeste. Os planos de expansão da rede incluem a região. No levantamento feito pela empresa, há 15 cidades em potencial, totalizando 28 áreas. Apesar do interesse no estado não há previsão de quantas unidades serão inauguradas por aqui este ano. 

Mesmo com o crescimento e do interesse ainda há muita disparidade entre os valores investidos no negócio por homens e mulheres. Pelos dados do relatório “Mulheres Interessadas no Franchising”, entre o público feminino o percentual que busca franquias de até dez mil reais é maior do que entre os homens. São 57,4% das mulheres e 50,3% dos homens com capital nessa faixa. Já entre aqueles que se declaram interessados em uma faixa de investimento acima de 200 mil reais, o percentual de mulheres é quase cinco vezes menor que o de homens - 0,57% das mulheres para 2,5% dos homens.

“Infelizmente ainda existe uma disparidade muito grande entre a renda de mulheres e homens no Brasil. A renda das mulheres brasileiras é 42,7% menor que a dos homens, segundo o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud). Portanto, a capacidade de investimento tende a ser menor e elas tendem a ser mais conservadoras na decisão, principalmente dentro dessa faixa de investimento de até 10 mil reais, em que cada real faz a diferença”, comenta Daniela Moreira, diretora editorial do Guia Franquias de Sucesso.

Acompanhe-nos no Facebook


Publicidade


!

!
!
!

!

!

!

!

!

!

!

!

!
!
!
!
!

!

!
! !

Você é o Visitante:

Acessos em Tempo Real

Previsão do Tempo em Surubim

Blogs e Sites Parceiros

Curta Nossa FanPage - Muito Obrigado!

Internautas On Line

(81) 9925.8297 // negocioseinformes@gmail.com