© 2014 - Todos os Direitos Reservados ao Blog Negócios e Informes. Tecnologia do Blogger.

segunda-feira, 4 de maio de 2020

Redes sociais é aliada dos negócios durante pandemia

E foi usando a criatividade que a dona da loja de moda feminina Poás, Cristina Barbosa, encontrou uma forma de driblar a criseFoto: Ed Machado/Divulgação
Ter um site preparado, um bom canal de atendimento, pode colocar o empresário à frente da concorrência

Diante da pandemia do novo Coronavírus que já deixou quase 3 milhões de confirmados com a doença e que já matou 200 mil pessoas ao redor do mundo, a economia global ficou estagnada. Com isso, diversos setores considerados não essenciais estão de portas fechadas sofrendo com danos no fluxo de caixa das empresas. Por isso, ter criatividade e encontrar formas de lidar com pandemia, vão ditar se aquela empresa pode ou não fechar as portas de vez.

Com disso, há que se pensar em estratégias para que esses e outros negócios consigam manter as atividades em funcionamento, mas sempre respeitando o decreto estadual para manterem-se fechados. “Para quem já tem um negócio e se vê diante desse desafio da crise do Coronavírus, uma possibilidade é redirecionar as atividades. Uma das principais questões é a inclusão no meio digital. Hoje em dia, não dá mais para imaginar nenhum negócio sem inserção no mundo digital”, explica o gerente do Sebrae-PE na RMR, Alexandre Alves.

Ainda de acordo com ele, algumas atitudes podem ajudar o empreendedor neste momento de crise. “Organiza teu site, potencializa a capacidade de atender nas redes sociais. Além disso, estuda a possibilidade de implementar modelos de entrega com praticidade e agilidade ao cliente. Esses são pontos fundamentais que o negócio precisa ter para adequar-se a este novo formato”, complementa.

Para Alves, tudo indica que mesmo com a retomada das atividades empresariais, a questão do digital veio para ficar de fato. “As pessoas já vinham experimentando isso como um dos principais canais de atendimento e ampliaram sua capacidade de utilizar a rede como um vínculo dos clientes com as empresas”, detalha.

Para quem não tem um negócio e pretende empreender neste momento ou posterior a crise da Covid-19, existem alguns pontos a serem considerados. “É fundamental para o negócio já nascer no formato e perspectiva de atendimento considerado digital. O empreendedor precisa repensar os modelos tradicionais de atendimento. Deve haver essa visão do empresário para que a empresa já tenha perspectiva de atender os clientes dentro das experiências que o consumidor tem nos dias atuais, como praticidade e agilidade”, ressalta. Continue lendo, clique Aqui.

Acompanhe-nos no Facebook


Publicidade


!

!
!
!

!

!

!

!

!

!
!
!
!
!

!
! !

Você é o Visitante:

Acessos em Tempo Real

Previsão do Tempo em Surubim

Blogs e Sites Parceiros

Curta Nossa FanPage - Muito Obrigado!

Internautas On Line

(81) 9925.8297 // negocioseinformes@gmail.com