© 2014 - Todos os Direitos Reservados ao Blog Negócios e Informes. Tecnologia do Blogger.

domingo, 11 de agosto de 2019

Gado será garantia de crédito em projeto de multinacionais

Foto: Wellington Pedro/Imprensa MG
Um chip pendurado na orelha do boi permitirá que pecuaristas ofereçam o animal em garantia ao banco para a contratação de empréstimos rurais. A modalidade, amplamente usada para financiar casas e automóveis, é conhecida por alienação fiduciária. No campo, poderá ser uma opção para produtores rurais obterem crédito sem a necessidade de alienar a fazenda inteira.

Em parceria, Santander e Bosch estudam alternativa para melhorar os processos de garantia na concessão de crédito por meio de sistema de monitoramento do gado. O projeto está em fase piloto. Não há previsão de lançamento.

Atualmente, as taxas praticadas no setor rural, divulgadas pelo Banco Central, são de 9,1% no crédito livre para pessoa jurídica e 6,5% no crédito direcionado. Para pessoa física, os juros são de 10,1% e 6,6%, respectivamente.

Segundo o Santander, as taxas não serão reduzidas com a nova garantia, mas a iniciativa atende demanda que vinha sendo feita por pecuaristas. Alguns, de acordo com o banco, já tinham o bem alienado e não conseguiam acessar novos empréstimos.

"O produtor que busca hoje uma linha de crédito com juros menores tem de dar como garantia sua fazenda e, muitas vezes, tudo o que tem dentro dela", disse Thiago Bernardino, economista agrícola e pesquisador do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada).

A pecuária, diz, é uma atividade com retorno financeiro a médio e longo prazo. No entanto, o produtor continua investindo capital para custear novos animais, cuidar do gado, garantir a qualidade da pastagem e recorrer ao confinamento em épocas de seca.

"O crédito nesse setor costuma ter o papel de ajudar o pecuarista até o momento da comercialização", disse. O sistema de monitoramento do projeto, na opinião do pesquisador, diminui riscos para pecuaristas e instituições financeiras.

O banco, disse ele, mantém o controle da garantia enquanto o produtor usa a tecnologia para acompanhar a evolução dos animais. Paulo Rocca, vice-presidente da Bosch no Brasil, afirmou que o mecanismo desenvolvido em 2017 pela empresa viabiliza nova forma de emprestar dinheiro. Antes de pedir o crédito, o pecuarista precisará contratar o sistema da Bosch, que tem custo. Continue lendo, clique AQUI!

Acompanhe-nos no Facebook


Publicidade


!

!
!
!

!

!

!

!

!

!

!

!

!
!
!
! !
!

!

!
! !

Você é o Visitante:

Acessos em Tempo Real

Previsão do Tempo em Surubim

Blogs e Sites Parceiros

Curta Nossa FanPage - Muito Obrigado!

Internautas On Line

(81) 9925.8297 // negocioseinformes@gmail.com