© 2014 - Todos os Direitos Reservados ao Blog Negócios e Informes. Tecnologia do Blogger.

domingo, 6 de janeiro de 2019

Preço do material escolar requer atenção e pesquisa

Foto: Jose Britto/Folha de Pernambuco
Com aumento variando de 8% a 10% e preço de mesmo produto oscilando até mais de 200%, especialistas orientam consumidor a pesquisar

Um dos maiores gastos para os consumidores no início do ano é o custo com o material escolar. O período intenso de compra dos artigos tem início neste mês e as maiores procuras são pelos bons preços e descontos oferecidos. Para uma economia, a pesquisa é essencial, principalmente, diante da expectativa de aumento no preço dos produtos.

A Associação Brasileira dos Fabricantes e Importadores de Artigos Escolares (Abfiae) estima que os materiais escolares estão entre 8% e 10% mais caros em relação ao ano passado. Segundo a Abfiae, os principais fatores que levaram ao impacto no reajuste foram as elevações nos preços de matérias-primas como o papel e o plástico. Além disso, a flutuação do dólar ao longo de 2018 influenciou os artigos que são importados, como estojos e mochilas. A entidade ainda explicou que a elevada carga tributária, em torno de 40%, também onerou os materiais no Brasil.

Pagamento
As formas de pagamentos oferecidas pelos estabelecimentos são variadas. Por isso, é preciso o consumidor analisar suas finanças. Uma das dicas é usar o parte do 13º salário desde que não tenha nenhuma dívida. 

Da Folha de PE

Acompanhe-nos no Facebook


Publicidade


!

!
!
!

!

!

!

!

!

!

!

!

!
!
!
!
!

!

!
! !

Você é o Visitante:

Acessos em Tempo Real

Previsão do Tempo em Surubim

Blogs e Sites Parceiros

Curta Nossa FanPage - Muito Obrigado!

Internautas On Line

(81) 9925.8297 // negocioseinformes@gmail.com