© 2014 - Todos os Direitos Reservados ao Blog Negócios e Informes. Tecnologia do Blogger.

quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Em Pernambuco, Condic aprova incentivos fiscais para 25 projetos industriais

Imagem meramente ilustrativa.
Divulgação/Reprodução Internet
Na última reunião do ano, o Conselho Estadual de Políticas Industrial, Comercial e de Serviços (Condic) aprovou a concessão de incentivos fiscais para 25 projetos industriais no estado. Juntos, os empreendimentos representam um investimento de R$ 603,42 milhões, com a geração de 1.552 empregos diretos. Entre as aprovações, a mais representativa foi a do projeto da Aché Laboratórios Farmacêuticos. Sozinha, a Aché investirá R$ 500 milhões na construção de uma fábrica de medicamentos em uma área de 250 mil metros quadrados no Complexo Industrial Portuário de Suape. O anúncio aconteceu no início deste mês e a rápida aprovação dos incentivos é o primeiro passo em uma corrida contra o tempo para o início das obras, evitando atrasos no cronograma de construção do empreendimento. 

“Eles já tinham o projeto pronto e submeteram para aprovação logo. Querem tentar começar algo antes do inverno. No segundo semestre já terão o canteiro de obras montado”, afirmou o secretário de Desenvolvimento Econômico do estado, Thiago Norões. Quando estiver em plena operação, em 2021, a unidade deve gerar 500 empregos diretos e 2.500 indiretos. Além do parque industrial, a Aché terá um Centro de Distribuição (CD), que será instalado na Região Metropolitana do Recife. Mas o local ainda não foi definido. “Estão em busca deste local. Pode ser que inicialmente aluguem algum espaço ou que construam o CD no mesmo terreno da fábrica. Estão avaliando as possibilidades”, disse Norões.

Além do projeto da Aché, também foram aprovados os incentivos para a MF Artefatos de Cimentos, que investirá R$ 7,9 milhões na ampliação da unidade do Cabo de Santo Agostinho, gerando 39 empregos. Os outros dois maiores investimentos anunciados foram referentes aos projetos da Indústria Brasileira de Concretos – R$ 5,41 milhões para ampliação com nova linha de produtos da unidade de Caruaru, que deve gerar 40 empregos – e da Marques Mineração, que implantará uma unidade de mineração em Paranatama, no Agreste, gerando 33 empregos e um investimento de R$ 4,36 milhões.

Outro projeto aguardado para apresentação na reunião de ontem do conselho era o da indústria farmacêutica mineira Biomm, que recentemente adquiriu as instalações da fábrica da Novartis, em Jaboatão dos Guararapes. A empresa, porém, ainda não apresentou o projeto para análise dos conselheiros. “Eles ainda vão definir qual a linha que vão trabalhar em Pernambuco e apresentarão um projeto específico”, pontuou Norões. 

Segundo levantamento apresentado na reunião de ontem do Condic, entre 2015 e 2016, foram atraídos para Pernambuco 271 novos empreendimentos, totalizando R$ 2,4 bilhões em investimentos e 8.463 empregos diretos. Desse total, 131 novos projetos foram atraídos em 2016, totalizando investimentos na ordem de R$ 1,2 bilhão, com geração de 2.587 novos empregos. Desses, 65 são na área industrial, 31 são ampliações, nove são centros de distribuição, 17 são implantações e nove de importação. 

Do Diario de PE

Acompanhe-nos no Facebook


Publicidade


!

!

!

!

!

!

!

!

!

!
! !
!

!
!

Você é o Visitante:

Acessos em Tempo Real

Previsão do Tempo em Surubim

Blogs e Sites Parceiros

Curta Nossa FanPage - Muito Obrigado!

Internautas On Line

(81) 9925.8297 // negocioseinformes@gmail.com