© 2014 - Todos os Direitos Reservados ao Blog Negócios e Informes. Tecnologia do Blogger.

quarta-feira, 11 de dezembro de 2019

Posto Maracajá está com vagas disponíveis para Atendente de loja e Frentista

Foto: Divulgação/Reprodução
Em Surubim, o Posto Maracajá (Avenida São Sebastião) está com oportunidade de emprego. As vagas disponíveis são para Atendente de loja e Frentista. 

Requisitos - Atendente de Loja: sexo feminino, ensino médio completo e não necessita de experiência. . 

Requisitos - Frentista: sexo feminino ou masculino, ensino médio completo e não necessita de experiência. 

Interessados (a), entregar o currículo na sede do Posto Maracajá, que fica na Av. São Sebastião, Nº. 135, São Sebastião, (Próximo ao Supermercado Todo Dia) ou por e-mail: atendimento.postomaracaja@gmail.com

Da Assessoria

terça-feira, 10 de dezembro de 2019

Meteorologista confirma 'fake news' do calor em Surubim: 36 e não 46 graus; ouça entrevista

Foto: Divulgação/Blog Negócios & Informes
Após um canal de comunicação ter divulgado que o município de Surubim no último sábado (7) atingiu a temperatura de 46ºC, além de outros blogs terem replicado a matéria, consequentemente a repercussão foi muito grande na “Capital da Vaquejada” e gerou dúvidas, apesar do calor ser intenso.

Na tarde desta terça-feira (10), o meteorologista da Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) Fabiano Prestrelo, concedeu entrevista no programa "Plantão de Notícias", da Rádio Integração FM, e afirmou que a informação não confere. De acordo com dados extraídos da Estação Automática do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) no último sábado (7) atingiu a temperatura de 36ºC em Surubim.

O comunicador Alan Lucena aproveitou para tirar outras dúvidas com o meteorologista, confira a entrevista:

Receita diz que 700.221 contribuintes caíram na malha fina do IR

Receita abre consulta a lote da malha fina do IRFoto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil
Para saber se a declaração está na malha fina, os contribuintes devem acessar o Extrato de Processamento da DIRPF no site da Receita Federal

A Receita Federal abriu na manhã desta segunda-feira (9) a consulta ao último lote de restituições do IRPF (Imposto de Renda Pessoa Física) 2019, que também contempla restituições que saíram das malhas finas dos exercícios de 2008 a 2018.

O crédito bancário para 320.606 contribuintes será realizado no dia 16 de dezembro, totalizando o valor de R$ 700 milhões. A Receita concluiu o processamento das declarações do IR deste ano.

O governo informou que 700.221 declarações estão na malha fina, por conta de inconsistências nas informações prestadas. Essa quantidade corresponde a 2,13% do total de 32.931.145 declarações entregues.

Segundo o órgão, desse total de declarações retidas em malha, 74,9% apresentam imposto a restituir; 22,4% apresentam imposto a pagar e 2,7% apresentam saldo zero.

Para saber se a declaração está na malha fina, os contribuintes devem acessar o Extrato de Processamento da DIRPF no site da Receita Federal. Para acessar o extrato da declaração, é necessário utilizar o código de acesso gerado na própria página da Receita Federal.

Na primeira vez será preciso criar uma senha e informar os números dos recibos das duas últimas declarações.

Ao acessar o extrato, é importante prestar atenção na seção "Pendências de malha".

É nessa seção que o contribuinte pode identificar se a declaração está retida em malha fiscal, ou se há alguma outra pendência que possa ser regularizada por ele mesmo.

Caso a declaração tenha erros, a correção é simples. É preciso entrar no programa que está no computador, tablet ou celular, usado anteriormente para fazer o IR de 2019 e clicar no documento enviado à Receita. Na ficha de identificação do contribuinte, é preciso indicar "Declaração Retificadora".

Se, ao abrir o programa, aparecer alguma mensagem de que há uma nova versão disponível, é preciso fazer a atualização. Para isso, basta clicar em "Atualizar". O programa será fechado e aberto novamente.

Se não houver erro na declaração apresentada e o contribuinte tiver todos os documentos comprobatórios, ele também pode optar por aguardar intimação ou aguardar a Receita abrir o agendamento pela internet para marcar uma data e local para apresentar os documentos e antecipar a análise de sua declaração pela Receita Federal.

Por: Folhapress 

Siga Bem Pneus divulga Promoção de Natal

Imagem: Divulgação/Reprodução

Ação social será realizada no Lar Amélia França; sede da CDL Surubim será ponto de apoio para arrecadação de materiais higiênicos e alimentos

Lar Amélia França (Bela Vista). | Foto: Lulu/Surubim News
Acontece no próximo sábado (14), a partir das 14h no Lar Amélia França, mais conhecido como Abrigo dos Idosos de Surubim, uma tarde de louvor e ações recreativas. A ação social vai contar com a presença da Mamãe e Papai Noel, além de louvor com a Comunidade Católica Chama de Fogo. 

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Surubim está apoiando a iniciativa, e em sua sede está como ponto de apoio para arrecadação. Para quem desejar doar materiais higiênicos e alimentos (em especial leite em pó), o prazo é até na sexta-feira (13). 

Saiba mais sobre o Lar Amélia França:

Fundada em 1984 a instituição não tem fins lucrativos e mantém idosos em edificação própria sob os maiores cuidados com assistência alimentar e médica. A sede da instituição fica localizada na Rua Eraldo Gueiros Leite, s/n, no Bairro Bela Vista.

DA ASCOM CDL Surubim

segunda-feira, 9 de dezembro de 2019

Urgente | Oportunidade de vaga para Supervisor de Loja em Surubim


A rede de lojas de crédito Help, uma empresa do GRUPO FINANCEIRO BMG está com oportunidade de emprego em Surubim, a vaga será para Supervisor de Loja e Consultor de Negócios. Confira todos os requisitos, abaixo:

Requisitos:
Experiencia com vendas;  Liderança de equipe; Escolaridade mínima: ensino médio completo.

Principais atividades: 
*Prospecção de clientes e vendas de produtos financeiros; Gestão de equipe comercial; Responsável pelas estratégias comerciais e por todos os processos administrativos da filial

Condições: Supervisor 

I. Salário fixo de R$ 2184,00 + Remuneração variável + valores relativos a campanhas de vendas de produtos mensais.  II. Benefícios: Assistência Médica Unimed, (Compacto Enfermaria) sem custo mensal. Coparticipação de acordo com utilização, extensiva a dependentes, (filhos) com idade até 21 anos); Vale Refeição (R$437,80); Seguro de Vida; Auxílio creche (R$ 322,00) (Crianças até 1 ano de idade).  

Vale transporte 
Cartão farmácia – até 70% de desconto em medicamentos 

Localidade das vagas: Surubim/PE

Interessados por favor enviar currículos para bianca@projetorh.com.br, anaregina@projetorh.com.br, neuma@projetorh.com.br  ou ligar no 11 3468-3000, 3468-3010, 11-3468-3011 pedir para falar com Bianca, Neuma ou Ana Regina das 09:00 as 18:00 segunda a sexta feira.

Com informações da Assessoria / Redação (Negócios & Informes)

Estudante surubinense é medalha de prata na Olimpíada Brasileira de Matemática

Imagem: Divulgação/Reprodução
O surubinense Júlio César Santos, 12 anos, aluno da escola Dr. Amaro Sobrinho ganhou a medalha de prata na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP 2019), uma conquista inédita para o município. O estudante competiu com mais de 18 milhões de alunos de diversas partes do brasil, conquistando a segunda colocação na sua categoria.

Júlio foi o único medalhista surubinense e também o único da Regional Vale Capibaribe. Ao todo, o município conquistou 5 destaques. Além da medalha de prata, foram 4 menções honrosas, essas conquistadas por Gabriel Vitor Anízio Cavalcante, José Almir da Silva Barbosa, Lucas Nascimento Barros, Sara Gomes da Silva e Victor Kawe Santos Silva, Bruna Vitória Antero, Esdras Santana, Hellen Santos, Kaylane Almeida, Micael Silva, alunos das escolas Dr. Amaro Fernandes, Angelina Margarida, Ermelinda e Intermediária Ignácia.

A solenidade de entrega das premiações acontecerá próximo ano, na capital pernambucana. Além da capacidade e da dedicação desses estudantes, esse resultado também é fruto dos investimentos da gestão na rede municipal e do trabalho da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, que valoriza a capacitação dos profissionais do setor, melhorando a cada dia a qualidade do ensino dos nossos alunos.

Da ASCOM Surubim

Simples Nacional propõe revogar exclusão de profissões do MEI

Para aderir ao Simples Nacional, empresários precisam acessar o portalFoto: Divulgação
Secretaria informa ainda que encaminhará proposta de ampla revisão da lista das 500 atividades que podem atuar como MEI

Em nota divulgada neste sábado (7), a Secretaria Executiva do Simples Nacional informa que encaminhará ao Comitê Gestor do programa proposta de revogação da medida que excluiu 14 ocupações da lista das atividades que podem atuar como microempreendedores individuais (MEI). A secretaria informa ainda que encaminhará proposta de ampla revisão da lista das 500 atividades que podem atuar como MEI.

A resolução com a lista dos profissionais excluídos foi publicada na edição dessa sexta-feira (6) do Diário Oficial da União.

Na lista estão astrólogo, canto/músico, disc jockey (DJ) ou video-jockey (VJ), esteticista, humorista e contador de histórias, instrutor de arte e cultura, instrutor de artes cênicas, instrutor de cursos gerenciais, instrutor de cursos preparatórios, instrutor de idiomas, instrutor de informática, instrutor de música, professor particular e proprietário de bar, com entretenimento.

Todo ano, o Comitê Gestor do Simples Nacional, formado por quatro representantes da Secretaria da Receita Federal, dois dos estados e do Distrito Federal e dois dos municípios, revisa as atividades enquadradas como MEI.

Os profissionais autônomos só podem ser enquadrados como MEI se a ocupação estiver na lista definida pelo Comitê Gestor. Há ainda limite de faturamento de até R$ 81 mil por ano, o microempreendedor não pode ser sócio, administrador ou titular de outra empresa e é permitido contratar no máximo um empregado.

Os microempreendedores individuais são enquadrados no Simples Nacional e ficam isentos dos tributos federais (Imposto de Renda, PIS, Cofins, IPI e CSLL), têm cobertura da Previdência Social e valor fixo de recolhimento de tributos (INSS, ISS ou ICMS).

Ao ser desenquadrado, o empreendedor poderá ser considerado microempresa ou empresa de pequeno porte.

Congresso Nacional
Antes da proposta de revogação da medida, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, afirmou, no Twitter, ser contra a resolução. “Sou contra essa resolução do Conselho Gestor do Simples Nacional. A cultura - e todos que trabalham com ela - é um patrimônio do país. O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, me ligou de Madri e me avisou que vai pautar na terça [10] o decreto legislativo. A Câmara seguirá o Senado e votará no dia seguinte. Essa é uma decisão que não faz sentido. A cultura é a alma da nossa democracia”.

Alcolumbre está em Madri, na Espanha, onde participa da Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas, a COP-25.

Por: Agência Brasil

Padre Fábio de Melo encerra programação da festa da padroeira de Orobó

A reta final da Festa de Nossa Senhora da Conceição deverá reunir milhares de fieis pelas ruas do município de Orobó. O encerramento contará com o show do padre Fábio de Melo. Será a primeira apresentação do padre cantor em praça pública na região com patrocínio da prefeitura local. O religioso subirá ao palco nesta segunda-feira (9), a partir das 21h, na praça central da cidade. Além do show religioso, o fim de semana também contemplará moradores e visitantes com alvorada, procissões, repiques de sino, girândolas e missas.

No domingo (8), a cidade acorda às 4h com alvorada festiva, seguida de repique de sino e ofício cantado. A partir das 5h tem celebração eucarística presidida pelo vigário paroquial, padre Antônio Lucena. Quando o relógio marcar 10h tem celebração eucarística da Imaculada Conceição e descida da imagem da padroeira com a participação do Bispo Emérito Severino Batista de França. O início da tarde será marcado por girândola e repique de sino.

A programação segue às 15h com mais uma celebração presidida pelo padre João Santana, pároco da cidade. Em seguida, os fieis acompanham a tradicional procissão da imagem, percorrendo as principais ruas de Orobó, encerrando com pregação e bênção do Santíssimo Sacramento. Na segunda (9), às 19h tem celebração eucarística presidida pelo Bispo Diocesano de Nazaré da Mata, Dom Francisco Lucena. Logo após, o show do padre Fábio encerra a programação geral.

Do Blog do Agreste

domingo, 8 de dezembro de 2019

Inflação das famílias com renda baixa sobe mais que índice oficial

Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil
O Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que calcula a variação de cesta de compras de famílias com renda até cinco salários mínimos, ficou em 0,54% em novembro deste ano. A taxa é superior ao registrado em outubro (0,04%) e o maior resultado para um mês de novembro desde 2015.

O INPC teve um crescimento maior do que o registrado pela inflação, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que subiu de 0,10% em outubro para 0,51% em novembro.

O INPC acumula inflação de 3,22% no ano e de 3,37% em 12 meses. No acumulado de 12 meses, o INPC também ficou acima do IPCA, que registra 3,27% no período.

Em novembro, os produtos alimentícios tiveram alta de preços de 0,78%, de acordo com o INPC, enquanto os não alimentícios anotaram inflação de 0,44%.

Por: Agência Brasil

Antônio Barros é homenageado pela Câmara de Vertente do Lério; Fernando Guerra receberá título de cidadão

Ex-prefeito Antônio Barros ladeado pelo presidente da
Câmara de Vertente do Lério, Lucas da Serra (à esq.) e
David Almeida (à dir.) (Foto: Sérgio Ramos/ Divulgação)
Na tarde da quinta-feira (5), o ex-prefeito de Surubim, Antônio Barros, recebeu na Câmara de Vereadores de Vertente do Lério, uma moção em apoio ao trabalho da Comissão Pró-Universidade, presidida por ele, que está articulando a implantação de uma universidade pública no Agreste Setentrional. A proposição do vereador David Almeida (Podemos), foi sugerida pelo blogueiro Sérgio Ramos e aprovada por unanimidade.

“Estamos diante de uma história viva de trabalho, com ética e honestidade. Um exemplo que todos nós devíamos nos espelharmos”, destacou David, ao comentar a trajetória do ex-prefeito, que aos 89 anos, continua atuando ativamente em iniciativas de desenvolvimento para Surubim e municípios vizinhos.

“Para nós que fazemos parte da comissão é um momento realmente de alegria e as palavras que acabei de ouvir me emocionaram bastante”, disse Antônio Barros.

Editor do Correio do Agreste, jornalista Fernando Guerra
receberá título de cidadão de Vertente do Lério em 2020
(Foto: Reprodução/ Divulgação)
O ex-prefeito estava na companhia do editor chefe do Correio do Agreste, Fernando Guerra. Durante a cerimônia, o jornalista foi surpreendido com a notícia de que receberá o título de cidadão de Vertente do Lério no próximo ano. O anúncio foi feito pelo vereador David Almeida enquanto discursava na tribuna da Câmara. Ao agradecer a homenagem, Fernando Guerra lembrou a relação de muitos anos que tem com a cidade, emancipada de Surubim em 1991.

“A minha ligação com Vertente do Lério vem desde o final da década de 1980, quando eu era presidente do Centro Cultural Dídimo Guerra e tomei a iniciativa de fazer com que as pessoas de Surubim conhecessem a arte, a cultura popular que se realizava aqui, como a Dança da Bolinha e os Bacamarteiros, toda essa riqueza folclórica. Então, eu tenho laços muito antigos com a população deste município”, ressaltou.

Comissão Pró- Universidade

O grupo de articulação é formado por deputados estaduais, deputados federais, professores, presidentes de entidades da sociedade civil e integrantes de grêmios estudantis e populares da região. O lema da campanha é: “Universidade pública e para todos no Agreste Setentrional: eu quero!”.

O presidente do grupo é o empreendedor e ex-auditor fiscal Antônio Barros, prefeito de Surubim entre os anos de 1977 a 1983. A professora universitária Horasa Maria da Silva Andrade, Doutora em Etnobiologia e Conservação da Natureza, é a vice-presidente.

De acordo com a comissão, o Agreste Setentrional é a única região de Pernambuco que não tem instituição pública de ensino de nível superior. O território é composto por 19 municípios: Bom Jardim, Casinhas, Cumaru, Feira Nova, Frei Miguelinho, João Alfredo, Limoeiro, Machados, Orobó, Passira, Salgadinho, Santa Cruz do Capibaribe, Santa Maria do Cambucá, São Vicente Ferrer, Surubim, Taquaritinga do Norte, Toritama, Vertente do Lério e Vertentes.

O trabalho da Comissão Pró Universidade pode ser acompanhado no Instagram: @comissaoprouniversidade.

Do Correio do Agreste

10 anos do Blog Mais Casinhas em destaque no "Sábado Conectado" da Rádio Integração FM

Marcelino Oliveira entrevistando a influencer
digital Drica e o blogueiro Charles Nascimento
 (Foto: Divulgação/Reprodução)
O editor do Blog MAIS CASINHAS, Charles Nascimento, foi um dos entrevistados, ao lado da influencer digital surubinense Adriana Arruda, a "Drica", na tarde deste sábado (7), do programa "Sábado Conectado", apresentado na Rádio Integração FM pelo comunicador Marcelino Oliveira. Entre os assuntos focados na entrevista, a força das mídias digitais na região e, claro, os 10 anos do blog pioneiro do município de Casinhas.

CONFIRA A ENTREVISTA:



Do Mais Casinhas

sábado, 7 de dezembro de 2019

Quase 4 milhões com ensino superior não atuam em área de formação

Foto: Camila Domingues/ Palácio Piratini

Uma pesquisa aponta que quase 4 milhões de pessoas que terminam algum curso superior no Brasil não conseguem entrar no mercado de trabalho que necessite o diploma. Atualmente, o país possui 18,3 milhões de formados para ocupar as 14,5 milhões de vagas disponíveis, divulgou a consultoria iDados através das informações da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua.


O número de trabalhadores com diploma passou a ultrapassar o número de postos no primeiro trimestre de 2014, época em que a crise econômica estava dando seus primeiros sinais no país. Com a lenta retomada da economia, a disparidade aumentou desde então.

Os trabalhadores têm optado por empregos informais e "bicos" para conseguir atingir uma renda mensal, gerando assim, menos valor para a economia. Mas embora os dados não sejam positivos, cursar uma faculdade ainda é um fator importante para quem deseja arrumar um emprego, afinal, é um fator que contribui para a seleção e qualificação.

A diferença de salários também existe: quem concluiu o ensino médio custa ganhar em média R$ 5 mil, enquanto quem possui apenas ensino médio recebe aproximadamente R$ 2 mil.

Por: Diario de Pernambuco

sexta-feira, 6 de dezembro de 2019

Árvore natalina com 25 metros é inaugurada em João Alfredo

Mais de um mês de trabalho, dezenas de profissionais envolvidos e muita expectativa. Neste clima, a prefeitura de João Alfredo inaugurou, na noite desta quinta-feira (5), a decoração natalina da cidade. Há enfeites tradicionais do período em vários pontos, mas o destaque maior fica para a Árvore de Natal. São 25 metros de altura, 2 quilômetros de led e 1,7 tonelada de ferro. Com o auxilio de um caminhão munk, a montagem das 4 partes foi realizada. O trabalho realizado pelo arquiteto, serralheiros, decoradores e eletricistas acabou sendo mais um atrativo durante dois dias.

Intitulado de Natal Luz de João Alfredo, o mês de dezembro contará com apresentações na praça central da cidade, sempre a partir das 19h. “O trabalho tem sido grande, mas a satisfação é ainda maior. O esforço de toda a nossa equipe valeu à pena. A nossa Árvore de Natal está pronta. Ficou linda. A ornamentação da cidade também está bela. Um trabalho especial e feito com muito carinho. Vamos zelar por cada detalhe, viver o clima natalino e celebrar mais um ano de conquistas com amor e paz”, postou a prefeita Maria Sebastiana nas redes sociais.

Do Blog do Agreste

Poupança tem maior captação líquida para novembro em dois anos

PoupançaFoto: Arquivo/Agência Brasil
Depósitos superaram saques em R$ 2,43 bi no mês

Aplicação financeira mais tradicional do país, a caderneta de poupança registrou a maior captação líquida para meses de novembro em dois anos. No mês passado, os depósitos superaram os saques em R$ 2,43 bilhões, informou nesta quinta-feira (5) o Banco Central. Este é o melhor resultado para o mês desde novembro de 2017, quando a poupança tinha registrado captação líquida de R$ 3,92 bilhões.

Em novembro do ano passado, os correntistas tinham depositado R$ 684,5 milhões a mais do que tinham sacado. De janeiro a novembro, os brasileiros retiraram R$ 3,88 bilhões a mais do que depositaram na caderneta. O desempenho está pior do que em 2018. No mesmo período do ano passado, as captações (depósitos) tinham superado as retiradas em R$ 23,65 bilhões.

Até 2014, os brasileiros depositavam mais do que retiravam da poupança. Naquele ano, as captações líquidas chegaram a R$ 24 bilhões. Com o início da recessão econômica, em 2015, os investidores passaram a retirar dinheiro da caderneta para cobrir dívidas, em um cenário de queda da renda e de aumento de desemprego.

Em 2015, R$ 53,57 bilhões foram sacados da poupança, a maior retirada líquida da história. Em 2016, os saques superaram os depósitos em R$ 40,7 bilhões. A tendência inverteu-se em 2017, quando as captações excederam as retiradas em R$ 17,12 bilhões, e em 2018 – captação líquida de R$ 38,26 bilhões.

Com rendimento de 70% da Taxa Selic (juros básicos da economia), a poupança atraiu recursos em novembro apesar de se tornar menos atrativa porque os juros básicos estão no menor nível da história. Com a redução da Selic para 5% ao ano, o investimento deixará de render mais do que a inflação.

Para 2020, o Boletim Focus, pesquisa com instituições financeiras divulgada toda semana pelo Banco Central, prevê inflação oficial pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de 3,6%. Com a atual fórmula de rendimento, a poupança renderá 3,5% no próximo ano, caso a Selic permaneça em 5%.

Por: Agência Brasil 

Endividamento das famílias sobe em novembro, diz CNC; inadimplência recua

Foto: Marcello Casal jr/Agência Brasil
Os brasileiros ficaram mais endividados em novembro, segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). O porcentual de famílias com dívidas subiu de 64,7% em outubro para 65,1% em novembro. Também houve elevação em relação a novembro de 2018, quando essa fatia de endividados era de 60 3%.

Por outro lado, a proporção de famílias inadimplentes, com dívidas ou contas em atraso, diminuiu de 24,9% em outubro para 24,7% em novembro, interrompendo uma sequência de quatro meses consecutivos de avanços. No entanto, a inadimplência ainda está em patamar superior ao de novembro de 2018, quando 22,9% das famílias tinham contas em atraso.

A Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC) considera como dívidas as contas a pagar em cartão de crédito, cheque especial, cheque pré-datado, crédito consignado, crédito pessoal, carnê de loja, prestação de carro e prestação de imóvel.

A CNC ressaltou que o aumento no endividamento não é necessariamente negativo, especialmente se não há avanço também na inadimplência.

"A redução das taxas de juros do crédito, associada à melhora no emprego formal, proporciona condições para a continuidade da tendência de aumento do crédito e do endividamento das famílias. O recuo do porcentual das famílias com contas em atraso reflete, além da redução do custo do crédito, a sazonalidade favorável do período em relação ao emprego e à renda. Já o aumento dos indicadores de inadimplência na comparação com o ano anterior reflete o maior comprometimento de renda das famílias com as dívidas e a piora da percepção em relação ao endividamento", avaliou a economista Marianne Hanson, da CNC, em nota oficial.

O total de famílias que declararam não ter condições de pagar suas contas ou dívidas em atraso, permanecendo inadimplentes, passou de 10,1% em outubro para 10,2% em novembro. Em novembro de 2018, essa fatia era de 9,5%.

O cartão de crédito manteve a liderança no ranking de tipos de dívidas, mencionado por 78,8% das famílias endividadas, seguido por carnês (15,7%) e financiamento de carro (9,2%).

Por: Estadão Conteúdo

quinta-feira, 5 de dezembro de 2019

Prefeitura de Surubim confirma data do pagamento do décimo terceiro

Foto: EBC
A prefeitura de Surubim confirmou que o pagamento do décimo terceiro salário dos servidores municipais será efetuado na próxima quarta-feira (11). De acordo com dados divulgados, a Prefeitura vai pagar três folhas salariais em menos de 1 mês, injetando quase R$ 10 milhões na economia local. Confira abaixo a nota enviada pela PMS:

"Com muito trabalho, responsabilidade e planejamento, a Prefeitura de Surubim está honrando mais um compromisso com a população. No dia 11 de dezembro, próxima quarta-feira, os servidores municipais receberão o 13° salário. 

Desta forma, a Prefeitura vai pagar três folhas salariais em menos de 1 mês, injetando quase R$ 10 milhões na economia do município. É mais dinheiro circulando, aquecendo o mercado e trazendo mais renda e oportunidades para as pessoas."

PM realiza cadastramento no Programa Alerta Celular em João Alfredo

Foto: Jornal do Commercio (Reprodução)
A Secretaria de Defesa Social (SDS) realizará um balcão de cadastramento do Programa Alerta Celular no município de João Alfredo. Sob a coordenação do 22º Batalhão de Polícia Militar (BPM) e com apoio do governo municipal, os atendimentos acontecerão nos dias 04 e 05 de dezembro, das 9h às 12h, na Praça Calumbi, no Centro. De acordo com a Polícia Militar (PM), o serviço é gratuito. No local de cadastramento estará montada toda a estrutura necessária de computadores e policiais disponíveis para que os dados dos aparelhos celulares sejam cadastrados no programa.

O Alerta Celular facilitar que a PM possa recuperar celulares roubados, furtados ou extraviados. Durante abordagens, os policiais realizam consulta ao IMEI (International Mobile Equipment Identity) e verificaram a legalidade do aparelho. Em português, podemos dizer que o código é a Identificação Internacional de Equipamento Móvel. Quando o celular tem restrição cadastrada e o portador não apresenta a nota fiscal, o suspeito é encaminhado à delegacia e autuado por receptação. O celular fica apreendido pela Polícia Civil para identificação do proprietário e devolução.

Saiba Mais – O cidadão também pode realizar o cadastro através do site da SDS. Para realizar o cadastro no programa Alerta Celular, basta seguir as instruções abaixo:

1° - Acesse www.sds.pe.gov.br, busque o banner Alerta Celular, cadastre os dados de seu celular e o número e o número do IMEI fornecido na nota fiscal ou através do procedimento a seguir.

2°- Digite *#06# no celular para visualizar o número do IMEI do seu aparelho, tire um printscreen da tela com esse número e envie para o seu e-mail ou guarde-o em um lugar de fácil acesso.

3°- Em caso de furto, roubo ou extravio, registre sua ocorrência pela delegacia da internet informando os 15 primeiros números do IMEI de seu aparelho celular no campo correspondente ou procure uma unidade policial para registrar sua ocorrência informando esses dados.

4° - Realizando esses procedimentos, você permitirá que a polícia, por meio da identificação do número IMEI, apreenda seu celular roubado, furtado ou extraviado, quando encontrado em posse irregular, e devolva-o ao legítimo proprietário.

Do Blog do Agreste

Para economistas, PIB ficará acima de 2% no ano que vem

Foto: Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas
Os dados do PIB (Produto Interno Bruto) no terceiro trimestre e as revisões para cima nos números dos 18 meses anteriores confirmam a expectativa de uma economia um pouco mais dinâmica neste segundo semestre de 2019 e em 2020, segundo analistas ouvidos pela reportagem.

"Um crescimento acima de 2% no ano que vem já é factível, pois temos uma melhora na recuperação", diz o economista Affonso Celso Pastore, da consultoria AC Pastore.

Ele reforça que a retomada segue puxada pelo consumo das famílias e pela volta, ainda que lenta, do investimento privado doméstico %u2013que historicamente foi o grosso do investimento privado no país%u2013 e sem perspectiva de investimentos públicos para os próximos dois anos.

Solange Srour, economista-chefe da ARX e colunista do jornal Folha de S.Paulo, destaca que o investimento pelo lado da demanda é a boa surpresa. "Vem forte pelo segundo trimestre, puxado pela construção civil, retomando com mais força em São Paulo. Esperamos que se espalhe pelo Brasil."

Apesar de a liberação do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) contribuir para um resultado melhor, outro destaque é que o PIB cresce por força da atuação do setor privado, sem os grandes estímulos fiscais do governo.

"O consumo das famílias foi bastante forte, em parte pelo FGTS liberado em setembro e em parte pela melhora do crédito e pela inflação em baixa. O impacto deve ficar maior para o quarto trimestre", diz Srour.

Ela projeta que o PIB de 2019 deva fechar em 1,1% ou 1,2% e ficar 2,5% no ano que vem.

Segundo o economista Luka Barbosa, do Itaú-Unibanco, já está no radar a projeção de um crescimento de 0,7% no PIB do último trimestre, que pode levar o PIB deste ano a 1,2% e dar um impulso inicial para que em 2020, quando as condições tendem a ser melhores, haja expansão de 2,2%.

"A economia está indo de um ritmo de 1,5% para o de 2%. Não está mais estagnada. É uma aceleração gradual e bastante saudável, com crescimento de crédito privado, para consumidores e empresas, sem estímulos fiscais, o que seria insustentável", diz.

O economista afirma que a recuperação não é motivo suficiente para gerar riscos inflacionários nem para abortar o ciclo de queda da taxa básica de juros, que está em 5% ao ano e deve cair para 4% ao ano após mais três cortes, de acordo com Barbosa.

"Você continua com um quadro de bastante capacidade ociosa, desemprego elevado e inflação baixa, apesar do efeito de alta nos preços da carne, que é temporário."

José Ronaldo Souza Júnior, diretor do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), compartilha da mesma leitura e trabalha com a projeção de um PIB acima de 2% para o ano que vem.

"Estamos revendo as projeções, mas o que dá para dizer é que no quarto trimestre de 2019 deve ocorrer um crescimento maior, e, para o ano que vem, estamos projetando um número acima de 2%."

Como o resultado do terceiro trimestre, Luca Klein, analista da 4E Consultoria, tem projeções mais otimistas.

"Revisamos o PIB do quarto trimestre de 0,6% para 0,8%, influenciado pelos melhores fundamentos do consumo aliado aos impactos da liberação do FGTS. Logo, a projeção do PIB de 2019 subiu de 0,9% para 1,3%, mesmo crescimento registrado em 2017 e 2018. Para 2020, projetamos o PIB em 2,8%, ligeiramente mais alto que o cenário anterior, de 2,7%."
Juliana Trece, pesquisadora do Ibre/FGV (Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas), afirma que o resultado do terceiro trimestre veio acima da projeção de 0,4%.

"A construção surpreendeu bastante, não estávamos esperando esse crescimento todo, e parece que é um crescimento mais robusto. Os serviços continuaram crescendo desde que a gente saiu da recessão."

As projeções do economista Thiago Xavier, da Tendências Consultoria Integrada, são parecidas: 1,2% para este ano e 2% para 2020. "O quarto trimestre deste ano deve ser o melhor, com a liberação do FGTS e o 13º do Bolsa Família incentivando o consumo", diz Xavier. "Nossa expectativa para o ano que vem é que que a economia acelere."

A previsão é que esse consumo comece a produzir efeito mais forte na indústria.

Segundo José Ricardo Roriz Coelho, vice-presidente da Fiesp e presidente da Abiplast (Associação Brasileira da Indústria do Plástico), a indústria de transformação, que gera mais vagas e de maior qualidade (formais e com salários mais altos), ainda está aquém, mas a retomada do consumo deve ajudar a reduzir a ociosidade e motivar investimentos.

Roriz também cita uma série de incertezas em relação ao futuro do país, como a indefinição sobre qual será o novo sistema tributário e a preocupação de investidores estrangeiros em relação aos protestos que atingem outros países da América do Sul.

"O investidor estrangeiro também está muito preocupado com a região e prefere ficar na espera para ver o que acontece. O Brasil tem de se diferenciar dos países que estão tendo problemas e conseguir um crescimento econômico atrelado ao social", diz.

O Iedi (Instituto de Estudos para o Desenvolvimento Industrial) tem a avaliação de que a economia conseguiu crescer no terceiro trimestre em uma velocidade muito próxima da que vinha apresentando depois dos percalços enfrentados na entrada do ano, mas ainda não é possível falar em aceleração.

O PIB cresceu 1% nos três primeiros trimestres do ano, menos que o 1,3% registrado em 2018 até o terceiro trimestre. "Nesse ritmo, continuamos com muito chão pela frente para que o PIB volte a níveis anteriores à crise 2015-2016", diz análise do instituto.

Nessa comparação, diz o Iedi, do lado da oferta, apenas a agropecuária cresceu mais no acumulado de 2019 (+1,4%) do que em igual período do ano passado ( 0,6%).

A indústria de transformação, que produz bens mais complexos e intensos em tecnologia e possui uma cadeia mais longa de produção, voltou a ficar no vermelho em todas as comparações e está 15,7% abaixo do pico histórico, obtido no terceiro trimestre de 2008.

Por: FolhaPress

quarta-feira, 4 de dezembro de 2019

Setor agropecuário prevê faturamento de R$ 670 bilhões em 2020

AgropecuáriaFoto: Arquivo/Agência Brasil
Para o Produto Interno Bruto (PIB) do setor a previsão é de um crescimento de 3% em 2020

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) prevê uma alta de 9,8% na receita do setor em 2020, na comparação com 2019. A expectativa é que o Valor Bruto de Produção (VBP), índice que mede a receita “dentro da porteira”, totalize cerca de R$669,7 bilhões. Para o Produto Interno Bruto (PIB) do setor a previsão é de um crescimento de 3% em 2020.

De acordo com a entidade, o carro-chefe do faturamento será a agropecuária, com previsão de crescimento de 14,1%, equivalente a R$ 265,8 bilhões. Na avaliação da CNA, a perspectiva de aumento da produção fará com que 2020 seja considerado “o ano do setor”.

No caso da carne bovina, a expectativa é de expansão de 22,2% no VBP, atingindo receita de R$129,1 bilhões. Já para os suínos, espera-se aumento de 9,8% do VPB. A pecuária de leite deverá crescer 7,5% o VPB; e o frango, 7,1%.

De acordo com o superintendente técnico da CNA, Bruno Lucci, “o produtor [de carne] vai reagir, estimulado pelo preço, e investirá em tecnologia pare ganhar em escala”. Segundo ele, com isso, “não faltará carne no mercado brasileiro”.

Em 2020, o VBP da gricultura deverá crescer 7,2%, alcançando R$403 bilhões. O principal destaque ficará com a soja,com previsão de alta de 14,1%, encerrando o ano agrícola (que vai de agosto a julho) com um lucro de R$ 165,2 bilhões. Este aumento é atribuido ao aumento dos preços e da produção, informa a CNA.

Ao apresentar o balanço de previsões, o presidente da CNA, João Martins, informou que a entidade está preocupada com as desigualdades sociais observadas no setor. “Menos de 10% dos agricultores detêm 84% da renda do setor. Isso mostra que poucos estão se beneficiando da pungência do setor”, alertou.

Para diminuir essa distorção, a CNA pretende facilitar o acesso à assistência técnicas a esses produtores. A expectativa é que esta medida resulte na “criação de uma nova classe média no setor”.

Por: Agência Brasil 


3º Show da Paz com o pianista Plínio Oliveira acontece neste sábado em Surubim


Surubim recebe pela 3ª vez o "Show da Paz" com o pianista e cantor Plínio Oliveira, que canta junto com um coro de crianças de Surubim músicas que tocam profundamente e despertam os mais elevados sentimentos. O evento acontece neste sábado, dia 7 de dezembro, no Auditório Naércio Pessoa, da Escola Estadual Severino Farias, a partir das 19h30. A entrada custará apenas 2 kg de alimento não perecível. Faça parte desse Movimento de Paz. Venha receber esse impulso de sentir e querer fazer o bem! Traga sua família e amigos. Será um presente de Natal perfeito, embalado com paz e poesia.

Fotos: Divulgação/Reprodução



Do Mais Casinhas

Varejo contabiliza venda recorde com Black Friday

Foto: Arquivo/Agência Brasil
O varejo brasileiro se surpreendeu com o recorde de vendas registrado na edição deste ano da Black Friday, na sexta-feira passada. Entre os principais motivos para o impulso nos negócios segundo os empresários, estão a liberação do saldo nas contas do FGTS, os juros nas mínimas históricas e a demanda reprimida por consumo.

O grupo Via Varejo, dono das marcas Casas Bahia, Ponto Frio e Extra, faturou R$ 1,1 bilhão somente na sexta-feira, desempenho único em apenas um dia de vendas, segundo a companhia. No terceiro trimestre de 2019, a título de comparação, o valor faturado foi de R$ 6,5 bilhões. Trata-se de um "recorde absoluto", nas palavras do presidente da companhia, Roberto Fulcherberguer. "Varejo que suporta Black Friday está preparado para escalar qualquer volume de vendas", comenta.

Fulcherberguer diz que há uma melhora do mercado, com as vendas após a Black Friday ainda aquecidas. Por isso, a expectativa é que o Natal também registre bom desempenho e que o próximo ano seja positivo para o setor. "Essa sinalização de recuperação já é o reflexo que a gente vai ter em 2020", afirma. "Não tenho dúvidas de que esse pacote de melhorias no País está se refletindo no varejo."

O Magazine Luiza não revela os números, mas afirma que as vendas foram positivas tanto no comércio eletrônico quanto nas lojas físicas do grupo. O diretor de e-commerce da empresa, Eduardo Galanternick, conta que o crescimento foi acima da variação do mercado - que neste ano teve alta de 23,1% em relação a 2018, de acordo com dados divulgados pela Ebit/Nielsen.

"É positivo como um todo dar mais poder de compra para o consumidor, seja colocando dinheiro na carteira ou reduzindo custos", avalia.

Já a Amazon, com atuação apenas em e-commerce, também viu na data deste ano o maior dia de vendas da história da companhia no País. Sem revelar cifras, o diretor de varejo, Daniel Mazini, afirma que a quinta-feira pré-Black Friday já foi recordista - até ser superada pelo próprio dia da promoção.

"A gente estava otimista por causa do bom resultado do Amazon Day (em julho de 2019), que tinha sido muito forte, mas o número bateu o que a gente esperava", explica o executivo.

Manzini atribui o resultado da Amazon à expansão de 16 para 30 categorias de produtos à venda no site, ao lançamento do serviço Prime e à comercialização de produtos exclusivos, como a assistente de voz Alexa e o alto-falante inteligente Echo.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Alta de 0,6% do PIB confirma retomada puxada pelo setor privado

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil
O desempenho da economia no terceiro trimestre confirma a retomada puxada pelo setor privado. O PIB (Produto Interno Bruto) do período cresceu 0,6% em relação aos três meses imediatamente anteriores, informou o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) nesta terça-feira (3).

A projeção feita pela agência Bloomberg estimava um crescimento de 0,4%. Pelo lado da demanda, o avanço continua puxado pelo consumo das famílias, que representa quase dois terços do PIB e cresceu 0,8% na comparação trimestral.

Os investimentos das empresas (formação bruta de capital fixo) avançaram 2,0%. O consumo do governo recuou 0,4%.

"As despesas do governo - incluindo pessoal e demais gastos, exceto investimentos -, caem em todas as esferas em função das restrições orçamentárias", analisa a coordenadora de Conta Nacionais do IBGE, Rebeca Palis.

Apesar do resultado do período, a taxa trimestral ainda está 3,6% abaixo do pico da série, atingido no primeiro trimestre de 2014. O PIB está no mesmo nível do 3º trimestre de 2012, tendo se recuperado 4,9% desde que atingiu o fundo do poço no 4º trimestre de 2016.

A coordenadora de Contas Trimestrais do IBGE disse ainda que os dados do 3º trimestre mostraram que o PIB continua a se recuperar de forma gradual.

"É uma melhora mais ou menos contínua, mas não muito acelerada. O que está impulsionando a economia é o consumo das famílias, que continua crescendo, e o investimento. Puxando para baixo, é a despesa de consumo do governo e o setor externo, principalmente por causa da desaceleração da demanda mundial e da Argentina", disse Palis.

Considerando a ótica da oferta, a indústria teve alta de 0,8%. Segundo o IBGE, o crescimento da indústria se deveu à recuperação do setor extrativo, puxada pelo crescimento da extração de petróleo, que cresceu 12% na comparação trimestral, e pelo avanço de 1,3% na construção civil.

A indústria de transformação, por outro lado, teve nova queda, de 1%, afetada pela queda nas exportações em função da menor demanda mundial e da crise da Argentina, segundo o IBGE.

A agropecuária cresceu 1,3%, e os serviços, 0,4%. Nos serviços, se destacaram as atividades financeiras (1,2%), o comércio (1,1%) e o segmento de informação e comunicação (1,1%).

Na comparação com o terceiro trimestre de 2018, a economia avançou 1,2%. A Bloomberg estimava alta de 1%.

Nessa comparação, a agropecuária teve alta de 2,1%, e indústria e serviços, 1%. Sob a ótica do demanda, os investimentos subiram 2,9%. Nessa base de comparação o consumo do governo também caiu; o recuo foi de 1,4%.

O consumo das famílias, na comparação com o 3º trimestre de 2018, cresceu 1,9%.

"O resultado positivo [do consumo das famílias] pode ser explicado pelo comportamento dos indicadores de crédito para pessoa física, bem como da expansão da massa salarial real no terceiro trimestre de 2019", afirmou o IBGE.

Em valores correntes, o PIB alcançou R$ 1,842 trilhão no terceiro trimestre, informou o IBGE.

Em 12 meses
O acumulado dos últimos quatro trimestres mostra crescimento de 1,0%.

O IBGE revisou o PIB do 1º trimestre deste ano, de recuo 0,1% para zero em relação aos três meses anteriores. No 2º trimestre, o avanço foi revisto de 0,4% para 0,5%.

Essas revisões foram motivadas, principalmente, pela melhora nos números da agropecuária, pela ótica da oferta, e do consumo e investimentos, pela demanda. O resultado da agropecuária foi revisto de queda de 0,1% para alta de 0,9% no primeiro trimestre e de 0,4% para 1,4% no segundo.

O consumo das famílias e os investimentos ganharam 0,2 ponto percentual em cada trimestre. O consumo cresceu 1,5% e 1,8%, respectivamente, nos dois primeiros trimestres do ano, na comparação com os três meses sempre anteriores. Os investimentos avançaram, respectivamente, 1,1% e 5,4%.

O instituto também revisou, para pior, os dados de exportações e importações, devido a mudanças feitas pela Secretaria de Comércio Exterior nos dados do primeiro semestre do ano. O IBGE já informou que deve alterar os números do terceiro trimestre, devido à revisão dos números de setembro já anunciada pelo Ministério da Economia.

A maior mudança foi a contribuição das vendas ao exterior, antes positiva em 1% no 1º trimestre, para -1,6% no mesmo período.

Na comparação anual, o IBGE destacou o avanço de 4,4% na construção e de 4% na indústria extrativa. A indústria de transformação recuou 0,5%,influenciada, principalmente, pela queda na fabricação de celulose, produtos químicos, farmacêuticos e de metalurgia.

Nos serviços, nessa comparação, também se destacaram informação e comunicação (4,2%) e comércio (4%), além de atividades imobiliárias (1,9%) e financeiras (1,3%).

O IBGE também revisou para cima o resultado de 2018, de uma alta de 1,1% para 1,3%.

O PIB é uma medida da produção de bens e serviços em um país em um determinado período. Sua expansão é utilizada como sinônimo de crescimento da economia.

Por: FolhaPress

terça-feira, 3 de dezembro de 2019

Faculdade Unicesumar vai realizar vestibular no próximo sábado (07)

Imagem: Divulgação/Reprodução
Vem aí o Vestibular Nacional da Unicesumar! É dia 7 de dezembro em todos os polos do Brasil, com provas às 10h, a inscrição é um quilo de alimento e o resultado sai na hora!

Você pode garantir uma bolsa de estudos de até 100% durante o curso todo de acordo com a sua nota. É isso mesmo! Na Faculdade Unicesumar, você pode estudar com até 100% de desconto! Prepare-se para o mercado de trabalho com uma graduação da melhor EAD do Brasil! Vestibular Nacional da Faculdade Unicesumar, não perca a chance de estudar com qualidade e condições imperdíveis.

Para saber mais, entre em contato conosco. Polo Unicesumar Surubim – 3634-2340 | Whatsapp: 9.8982-5586 | Av. São Sebastião, 889 – Bairro São Sebastião.

Da Assessoria

Conselheiros tutelares eleitos e suplentes recebem capacitação em Casinhas

Foto: Divulgação/Reprodução
O Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente de Casinhas (CMDCA) realizou na última quinta-feira (28.11) uma capacitação para os cinco conselheiros tutelares eleitos e os primeiros suplentes que participaram do processo de escolha dos novos membros do Conselho Tutelar do município para o quadriênio 2020-2024, ocorrido no último dia 6 de outubro. A atividade aconteceu no prédio do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) e teve como tema "A Função do Conselheiro(a) Tutelar".

Participaram da formação os conselheiros eleitos Fagner Pollygriff, José Duda, Aline Lima, Maria de Jesus Almeida e Josiely Aragão, além dos suplentes Damião Barbosa e Cleanto da Capoeira. Na ocasião, o presidente do CMDCA, Leonardo Andrade, também repassou detalhes da cerimônia de diplomação e posse dos eleitos, que acontecerá no próximo dia 10 de janeiro.

Do Mais Casinhas

Acompanhe-nos no Facebook


Publicidade


!

!
!
!

!

!

!

!

!

!

!

!

!
!
!
! !
!

!

!
! !

Você é o Visitante:

Acessos em Tempo Real

Previsão do Tempo em Surubim

Blogs e Sites Parceiros

Curta Nossa FanPage - Muito Obrigado!

Internautas On Line

(81) 9925.8297 // negocioseinformes@gmail.com