© 2014 - Todos os Direitos Reservados ao Blog Negócios e Informes. Tecnologia do Blogger.

quarta-feira, 8 de setembro de 2021

Busca por emprego exige preparação

Com um contingente de 14,4 milhões de pessoas buscando por uma oportunidade no mercado de trabalho no País, a preparação para a conquista de uma nova vaga é fundamental. Apesar da taxa de desemprego estar em 14,1%, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o brasileiro precisa estar atento às dicas de especialistas para ter mais chances de se destacar em seleções, tais como manter a calma e focar nos objetivos profissionais.


Especialistas recomendam que os candidatos tenham atenção ao que o mercado de trabalho quer dos novos profissionais. Um dos principais pontos é estar sempre atualizado quanto aos requisitos da vaga em questão. Segundo a coordenadora de Recursos Humanos da Faculdade Nova Roma, Martha Barbosa, a pandemia da Covid-19 modificou os processos seletivos, exigindo uma melhor preparação dos que buscam ingressar no mercado de trabalho.


“A pandemia antecipou muita coisa e um formato de seleção que tem sido feito pela maioria das empresas é o virtual, exigindo reinvenção. Esse é um processo que pode trazer até alguma vantagem para o candidato, evitando gasto com deslocamento. Apesar disso, o concorrente deve se comportar como se fosse presencial, tem que levar a formalidade para esse meio on-line”, disse.


Pense no presencial


Martha recomenda que a apresentação em um ambiente silencioso numa entrevista on-line é fundamental. “Quando se faz uma entrevista virtual não é possível ver tudo, mas a imagem conta muito. A postura do candidato perante o recrutador faz toda diferença. É preciso se vestir como se fosse presencial, se preparar da mesma forma, ter boa aparência. O que é visto é se ele se preocupou, se organizou, se o ambiente em que ele está é silencioso”, aconselha.


Currículo bem elaborado

De acordo com Martha Barbosa, o currículo deve estar sempre atualizado, principalmente a versão impressa. Na virtual, as empresas conseguem extrair perguntas dos candidatos. “É importante ter um formato claro e organizado para facilitar a leitura, pois são muitos currículos que o recrutador analisa. A organização evita que informações sejam perdidas. Não deve ser extenso, se tiver muita experiência, coloca as três últimas com mais detalhes e o restante cita, em ordem cronológica. É relevante ter dados pessoais, como e-mail, telefones atualizados, endereço, objetivo profissional dentro do perfil da vaga”, recomendou.


Ainda segundo Martha, os perfis nas redes sociais devem ter apresentação moderada, para não comprometer o candidato. “A rede social é uma ferramenta importante, mas pode ser uma arma a favor ou contra. Pode ser uma armadilha. O comportamento do candidato precisa estar de acordo com o que informa, com a vida dele”, finalizou.


Da Folha de PE / Foto: Reprodução Internet

Acompanhe-nos no Facebook


Publicidade


!

!
!
!

!

!

!

!

!

!
!
!
!
!

!
! !

Você é o Visitante:

Acessos em Tempo Real

Previsão do Tempo em Surubim

Blogs e Sites Parceiros

Arquivo do blog

Curta Nossa FanPage - Muito Obrigado!

Internautas On Line

(81) 9925.8297 // negocioseinformes@gmail.com