© 2014 - Todos os Direitos Reservados ao Blog Negócios e Informes. Tecnologia do Blogger.

quinta-feira, 29 de agosto de 2019

Reunião Solene: banda Devotos recebe homenagem da Assembleia Legislativa

Foto: Jarbas Araújo
O aniversário de 30 anos da banda Devotos foi celebrado, nesta quarta (28), em Reunião Solene na Assembleia Legislativa. O grupo de punk, rock e hardcore é composto por Cannibal (baixo e voz), Neilton (guitarra) e Celo (bateria). A iniciativa da homenagem partiu do deputado Isaltino Nascimento (PSB), que também é da comunidade do Alto José do Pinho, bairro da Zona Norte do Recife, onde o conjunto surgiu.

A trajetória e as composições do trio estão intrinsecamente ligadas ao local de onde os músicos vieram. A convivência com um cenário de pobreza e tensão social tornou-se matéria-prima para músicas que denunciam a realidade dos que vivem à margem de uma sociedade excludente. Ainda muito jovens, os integrantes aprenderam a compor e a tocar por conta própria, fabricando parte dos instrumentos que usavam. A mensagem da Devotos ultrapassou as fronteiras nacionais e encontrou eco em públicos distantes: França, Alemanha, Espanha e Itália foram alguns dos países por onde a banda se apresentou.

“São 30 anos da banda e precisamos reconhecer o trabalho que eles fazem, tanto artisticamente quanto socialmente, no Alto José do Pinho. Ao longo dos anos, acompanhei a evolução do grupo, e eles sempre foram inspiração para a juventude da nossa comunidade. Para mim, é um orgulho poder fazer esta homenagem”, enfatizou Isaltino, que presenteou os integrantes da Devotos com esculturas de madeira representando cada um deles, feitas pelo artista plástico Josa.

Após receber uma placa comemorativa da Alepe, o cantor Cannibal fez discurso de agradecimento. “Esse reconhecimento foi uma surpresa para a banda, mas também muito gratificante. A história da Devotos vai além da música. É de transformação social porque somos militantes e queremos levar para outras comunidades o que fazemos no Alto José do Pinho. Acredito que a cultura é capaz de modificar uma realidade”, frisou. “Fomos a primeira banda da comunidade a rodar o mundo e a mostrar a multiculturalidade do bairro”, expôs.
Durante a solenidade, o conjunto tocou algumas músicas de seu repertório. Há cerca de um ano, a Devotos lançou o sétimo álbum da carreira, intitulado O Fim que Nunca Acaba. O disco tem participações do Maestro Forró, que conduz o grupo para uma espécie de “frevo-jazz-hardcore”, e de Maciel Salú que, com sua rabeca, leva o som da Devotos até o Oriente Médio.
Com informações da ALEPE

Acompanhe-nos no Facebook


Publicidade


!

!
!
!

!

!

!

!

!

!
!
!
!
!

!
! !

Você é o Visitante:

Acessos em Tempo Real

Previsão do Tempo em Surubim

Blogs e Sites Parceiros

Curta Nossa FanPage - Muito Obrigado!

Internautas On Line

(81) 9925.8297 // negocioseinformes@gmail.com