© 2014 - Todos os Direitos Reservados ao Blog Negócios e Informes. Tecnologia do Blogger.

sexta-feira, 23 de agosto de 2019

Porto Digital apresenta soluções para Ministério da Defesa

Startups apresentaram soluções para a comitiva que visitou
o parque tecnológico.
Foto: Beto Oliveira/Divulgação Porto Digital
O Ministério da Defesa espera ampliar a parceria com o Porto Digital para absorver mais a tecnologia e as soluções de startups embarcadas no parque tecnológico pernambucano. Em visita técnica ao ambiente de inovação, realizada ontem, o ministro da Defesa, general do Exército Fernando Azevedo e Silva, conheceu ações de fomento ao empreendedorismo e também foi apresentado a soluções que possam ser incorporadas aos projetos da pasta. E a expectativa é de expandir as parcerias já existentes e gerar novas oportunidades.

Segundo o ministro, o Porto Digital já contribuiu e continua contribuindo com o Ministério da Defesa. "Tivemos uma parceria nos Jogos Olímpicos do Rio, particularmente no campo da cibernética. Então eu já conhecia o Porto Digital, mas a minha surpresa foi perceber o quanto evoluíu com tantas empresas participantes que transformam o conhecimento em capacidades reais", disse o general Fernando Azevedo e Silva, acrescentando que acredita que a parceria pode avançar a partir de agora. "Inclusive, acabei de ver uma solução para exames de laboratório que poderão ser usados para os combatentes ou para os médicos, o que é um avanço para a gente", completou.

A startup Pickcells, que já recebeu investimentos na ordem de R$ 1,6 milhão em três rodadas, apresentou à comitiva uma solução que usa inteligência artificial para parte de diagnósticos para a área de saúde. "A gente sempre teve essa visão de ser uma startup que usa a tecnologia para melhorar a parte da saúde usando baixo custo e queremos que a nossa tecnologia seja difundida para regiões que não tenham acesso e é isso que esperamos de uma parceria com o Ministério da Defesa", ressatou Rodrigo Paiva, fundador e diretor de tecnologia da Pickcells. 

O presidente do Porto Digital, Pierre Lucena, acredita que essa é apenas uma das oportunidades que podem ser firmadas entre o parque tecnológico e o ministério. "Já tínhamos alguns projetos, principalmente com empresas como a Tempest, que trabalha com cibersegurança, mas podemos ir além. Temos muitas empresas que podem atuar ´na pasta, como a In Loco e a Neurotech, além da própria Tempest que pode expandir a parceria, além do Cesar, que é nossa principal empresa de inovação e que pode levar muitos produtos. Temos um parque muito diversificado com um portfólio muito amplo de serviços e o Ministério da Defesa é um dos maiores contratantes de tecnologia do Brasil e a secretaria Nacional de Segurança Pública tem uma série de desafios e a tecnologia pode ajudar muito nos próximos anos", afirmou. 

Presente também na visita, o secretário Nacional de Segurança Pública, general Teophilo, afirmou que está dentro do planejamento estratégico do ministro Sergio Moro o incentivo à pesquisa tecnológica. "Vi hoje que Pernambuco tem muito potencial e várias empresas apresentaram soluções que nós, às vezes, estamos procurando no exterior e ela tem aqui. Podemos fazer parcerias com startups encubadas no Porto Digital", ressaltou. 

Do Diario de PE

Acompanhe-nos no Facebook


Publicidade


!

!
!
!

!

!

!

!

!

!

!

!

!
!
!
! !
!

!

!
! !

Você é o Visitante:

Acessos em Tempo Real

Previsão do Tempo em Surubim

Blogs e Sites Parceiros

Curta Nossa FanPage - Muito Obrigado!

Internautas On Line

(81) 9925.8297 // negocioseinformes@gmail.com