© 2014 - Todos os Direitos Reservados ao Blog Negócios e Informes. Tecnologia do Blogger.

quinta-feira, 30 de junho de 2022

Pernambuco abre seleção com 81 vagas para Secretaria de Ressocialização; veja funções e edital

O Governo de Pernambuco publicou, na edição desta terça-feira (28) do Diário Oficial do Estado, edital de seleção pública simplificada para a contratação de 81 profissionais para atuar na Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres). Os selecionados serão chamados para um contrato de um ano, com possibilidade de prorrogação para até o máximo de seis anos.

O processo seletivo será realizado através de avaliação curricular, única etapa eliminatória e classificatória. Do total de vagas, 5% são reservadas para pessoas com deficiência. 


Há oportunidades para médico psiquiatra, assistente social, médico clínico, pedagogo, médico pediatra, psicólogo, assistente de ressocialização, engenheiro civil, arquiteto e outros [veja lista completa no final do texto].


Os salários variam de R$ 1.200 para técnico em suporte de informática (40 horas semanais) a R$ 7.514,74 para médicos (30 horas semanais). 


As inscrições começam na próxima terça-feira (5) e seguirão até o dia 24 de julho, exclusivamente pelo site www.upenet.com.br. Os candidatos devem encaminhar documentos solicitados em edital.



Para funções de nível superior, a inscrição custa R$ 80; já as funções que requerem nível médio ou técnico custa R$ 50.


O edital prevê a solicitação de isenção da taxa de inscrição entre 5 e 10 de julho. O envio da documentação deve ser feita de 5 a 24 de julho. Os resultados preliminares saem em 7 de agosto e o final, no dia 19 de agosto.


+ Veja aqui a íntegra do edital


Vagas por função


Da Folha de Pernambuco / Fotos: Divulgação / Reprodução




quarta-feira, 29 de junho de 2022

Surubim realiza 1º Fórum Comunitário do Selo UNICEF

Com o tema "NEGAR A INFÂNCIA É CAUSAR DANOS AO FUTURO", a Prefeitura de Surubim, através da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos (SASDH), o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) e a Comissão do Fórum Comunitário do Selo Unicef, convida você para participar deste momento, que vai acontecer amanhã (30), no auditório do Centro Cultural Dr. José Nivaldo. Vamos juntos! 


Da ASCOM Surubim

Confiança empresarial no comércio de Pernambuco cresce 5,4%

O índice de confiança dos empresários do varejo variou positivamente, pelo segundo mês consecutivo. Conforme pesquisa realizada pelo Instituto Fecomércio-PE, o ICEC avançou 5,4% de maio para junho, chegando a 117,5 pontos. Esse é o maior patamar alcançado pelo índice desde o início da pandemia, em março de 2020, quando recuou de 126,1 (abril/2020) para 123,9 pontos. É a primeira vez, desde o início da pandemia, que todos os componentes do ICEC se encontram acima de 100 pontos, tanto nas empresas com até 50 funcionários, como nas empresas com mais de 50 funcionários.



Na comparação anual, com junho de 2021, o ICEC teve alta de 37,3%, com grande influência do subíndice que avalia a situação atual (ICAEC) em relação ao observado no mesmo período do ano anterior, que chegou ao patamar de 54,3 pontos em junho do ano passado e agora ultrapassou os 100 pontos. 


A avaliação quanto às expectativas para os próximos meses registrou o melhor desempenho entre os componentes do ICEC, alcançando 146,3 pontos. Com relação às intenções de investimento, estoques e contratação para os próximos meses, a parcela de empresários que pretendem realizar investimentos no negócio pelos próximos três meses aumentou de 46,5% para 53,8%. Essa perspectiva é impulsionada pela parcela de empresários que demonstram intenção de aumentar o quadro de funcionários (de 68,8% em maio 71,2% em junho).


Do Diario de Pernambuco / Foto: Tânia Rego/Agência Brasil

Sesc realiza o São João, Folguedos e Tradições em Surubim

Festa junina acontece nesta quinta-feira (30/06), a partir das 18h30, na quadra poliesportiva da unidade. Ingressos e mesas à venda na Central de Relacionamento

 

Tudo pronto no Sesc Ler Surubim para o retorno de uma das festas juninas mais aguardadas da cidade: o São João, Folguedos e Tradições, que acontece nesta quinta-feira (30/06), a partir das 18h30. Assim como na última edição, realizada em 2019, o palco é a quadra poliesportiva da unidade. Os ingressos e as mesas já estão à venda na Central de Relacionamento do Sesc Ler, com preços de R$ 10 e R$ 50, respectivamente.

 

O São João, Folguedos e Tradições deste ano presta uma homenagem ao Memorial dos Severinos – Parque dos Mamulengos Gigantes, idealizado pelo artista e mamulengueiro Severino Iabá e instalado no bairro Lagoa Nova em Surubim. O público vai prestigiar apresentações culturais, participar de jogos juninos e saborear a culinária regional e pratos típicos a preços bem acessíveis.

 

“Para além de uma festa, este é um projeto realizado pelas turmas da educação que visa o resgate da cultura nordestina e valorização do território. Durante o projeto, os estudantes tiveram a oportunidade de se debruçar em conhecer a história local e visitar Memorial, um dos elementos culturais importantíssimos para a cidade”, explica Gisele Tamires da Silva, professora de Educação do Sesc Ler Surubim.

 

E claro, neste evento cultural não pode faltar o principal: o forró. O São João, Folguedos e Tradições vai ser animado pelo trio O Melhor do Forró. “É com muita alegria que promovemos mais um evento junino em nossa unidade, após o período difícil da pandemia. As crianças de nossa escola estão muito entusiasmadas para as apresentações”, afirma Nelma Farias, gerente do Sesc Ler Surubim. 



Da ASCOM

Brasil gera mais vagas de empregos formais, mas salários estão menores

O Brasil gerou 277.018 empregos com carteira assinada em maio deste ano. Segundo os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados pelo Ministério do Trabalho e Previdência, no mês passado, foram registradas 1.960.960 contratações, superando o número de desligamentos, que foi de 1.683.942.


O total de trabalhadores com vínculo formal aumentou 0,67% em relação ao resultado de abril deste ano, passando de 41.448.948 para 41.729.858. Segundo o ministro José Carlos Oliveira, o número é recorde. "Levando em conta apenas o resultado desses primeiros cinco meses do ano, já podemos sonhar com um número muito maior", comemorou.


O setor que mais contribuiu para a criação de empregos em maio foi o de serviços, com saldo positivo de 120,2 mil vagas. Em seguida, vêm a indústria, com 46,9 mil e a construção civil, com 35,4 mil. O comércio abriu 47,5 mil postos de trabalho e a agropecuária, 26,7 mil.


Diana Veras, de 36 anos, está entre essas pessoas que conseguiram emprego no último mês. Depois de cerca de um ano desempregada, ela agora ocupa uma vaga de mãe social em uma casa de acolhimento de menores. "Durante o período em que estive procurando emprego, cheguei a ficar deprimida. Entreguei inúmeros currículos e nunca era chamada para trabalhar, isso me deixava muito mal. Agora eu voltei a me sentir viva e útil", contou.


Todas as regiões brasileiras tiveram saldo positivo, com o maior número de vagas (147.846) sendo abertas no Sudeste. O Centro Oeste se destacou pela alta de 0,94% na criação de empregos formais, num total de 33.978 novos postos de trabalho. Em seguida vêm o Norte, com 16.091 novos postos, o Nordeste com 48.847, e o Sul, com 25.585 postos.


Salário em queda

 

Apesar do saldo positivo em termos de novos empregos, o valor médio do salário de admissão diminuiu. A remuneração inicial paga a quem foi admitido em um novo emprego, em maio, foi de R$ 1.898,02, valor R$ 18,05 menor que a média calculada em abril, que era de R$ 1.906,54.


"De maneira geral, o trabalhador está perdendo o poder aquisitivo. A média de salário está menor porque a economia ainda está muito longe de se recuperar. Há um saldo positivo de novos empregos para comemorar, começamos a ver agora uma recuperação dos empregos perdidos nos últimos dois anos, mas a média de salário tem sido menor no pós-pandemia", destacou Marco Antônio Lucinda Ribeiro da Silva, coordenador dos cursos de pós-graduação em Gerência de Projetos e Planejamento e Gestão Empresarial do Centro Universitário IESB.


Mesmo com a melhora no quadro de empregos, o desemprego ainda atinge mais de 11,3 milhões de brasileiros, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que leva em conta todos os tipos de trabalho, inclusive informais.


Prestes a completar 70 anos, Edson Chaves Filho foi desligado do cargo por uma vídeo chamada em setembro de 2020, primeiro ano da pandemia. Formado em comunicação social e com vasta experiência em designer gráfico e audiovisual, ele contou já ter se candidatado a mais de 400 vagas de emprego.


"Sabe o que dói? De mais de quatro centenas de currículos enviados, não mais do que uma dúzia dos que abriram a vaga tiveram o cuidado ou a gentileza de responder, mesmo que com um texto padronizado: 'obrigado por se candidatar'. Notei que a minha idade é um obstáculo muito alto e me deprime perceber que fui rejeitado no mercado pela falta de expertise em redes sociais", lamentou.


Por: Correio Braziliense / Foto: Agência Brasil

Fotos: Josildo Sá, Banda Magníficos e Eric Land encerram programação junina de Surubim

Foi lindo Surubim!!!

Muita alegria e a energia contagiante do nosso povo. Foi assim que encerramos as festividades do São João da Gente 2022. 

O público presente curtiu as atrações: Josildo Sá, Eric Land e banda Magníficos,  que animaram a multidão ao som de grandes sucessos.  

O público lotou a Rua João Batista para curtir os shows do palco principal até o último minuto da festa, que foi pra lá de animada!

Nossa Vila Cultural também deu show de forró pé de serra e apresentações juninas, envolvendo todos que passavam por lá.

Até 2023🙏🏽Valeu, Surubim!!!.

.

Confira alguns registros📸



















Da ASCOM Surubim

terça-feira, 28 de junho de 2022

Josildo Sá, Banda Magníficos e Eric Land encerram programação junina de Surubim

A programação junina de Surubim termina nesta terça-feira (28), véspera de São Pedro. Às 18h, haverá na Vila Cultural, localizada na Rua José Teteu, no Centro da cidade, feira de artesanato e gastronomia regional  e shows de João Neto, Noé da Ciranda e Carol do Coco. Também se apresenta no local a Quadrilha Rosa vermelha.


Já no palco principal, na Rua João Batista, também no Centro, os shows começam às  21h com Josildo Sá. Em seguida, às 22h30, será a vez de Eric Land e fechando à noite, a Banda Magníficos, que tem a previsão de começar a sua apresentação à 0h30.


Do Correio do Agreste / (Foto: Reprodução/ Google Imagens)

Sancionada lei que devolve cobrança indevida na conta de luz

O projeto de lei que prevê redução no valor das tarifas de conta de luz ainda neste ano foi publicado nesta terça-feira (28), no Diário Oficial da União (DOU). Oriundo do Congresso Nacional, não houve vetos presidenciais à proposta. 


A nova legislação garante a retirada do Imposto de Circulação de Mercadoria e Serviços (ICMS), que é um tributo estadual, da base de cálculo do Pis/Cofins, um imposto federal, conforme determinação do Supremo Tribunal Federal (STF), decisão ainda de 2017.


O governo estima que haja um crédito de R$ 48 bilhões às distribuidoras de energia elétrica. Por ser um crédito pago pela Receita Federal, que irá para o consumidor, parte dos valores já foi restituída aos consumidores com abatimento nas tarifas de energia.  


Judicialização

 

Ainda em 2017, o Supremo decidiu que o ICMS cobrado das distribuidoras de eletricidade nos estados não deve compor a base de cálculo do PIS/Cofins incidente sobre as tarifas. E que, além disso, retroativamente, deveriam receber um restituição da União, com valores a serem repassados aos consumidores. 


Por: Michelle Portela - Correio Braziliense

Caged: Brasil criou 277 mil empregos com carteira no mês de maio

No mês de maio foram criadas 277.018 vagas de emprego com carteira assinada no Brasil. Segundo os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta terça-feira (28/6) pelo Ministério do Trabalho e Previdência, o número de admissões (1.960.960) superou o número de demissões (1.683.942).


Na comparação com o mesmo período de 2021, a criação de vagas foi maior neste ano, perante as 266,4 mil vagas criadas em maio do ano passado. De janeiro até maio, todos os meses tiveram saldo positivo. No acumulado, o número chegou a 1,05 milhão, menor que o total registrado no mesmo período do ano passado, quando foi criado R$ 1,16 milhão de postos de trabalho.


Setores e salário médio

 

O setor que mais contribuiu para a criação de empregos no ano foi o de Serviços, com 658,1 mil vagas de saldo positivo. Em seguida, vem a Indústria, com 174,8 mil, e a Construção, com 155,5 mil vagas. Agricultura (49,2 mil) e Comércio (13,9 mil) completam a lista.


O salário médio de admissão em maio caiu para R$ 1.957,78, contra R$ 1.966,54 no mês anterior. Em maio do ano passado, a média chegava a R$ 2.082,61.


Por: Correio Braziliense

Com alta dos juros, Tesouro Direto registra recorde de investidores

O Tesouro Direto atingiu a marca de 1.974.879 de pessoas com saldo em aplicações no mês de maio. Segundo o balanço divulgado pelo Ministério da Economia, nesta segunda-feira (27), é o maior número de investidores desde o início da série histórica, um aumento de quase 40 mil investidores em relação ao mês anterior.


As vendas de títulos atingiram R$ 3,9 bilhões no último mês. O montante superou o valor resgatado, que foi de R$ 2,14 bilhões. A emissão líquida, o saldo entre papéis emitidos menos os títulos resgatados, foi de R$ 1,76 bilhão.


Renda fixa

Com a alta da taxa básica de juros (Selic), o grupo mais demandado pelos investidores foi o Tesouro Selic, cuja participação nas vendas atingiu 56,5%. Os títulos indexados à inflação (Tesouro IPCA+ e Tesouro IPCA com Juros Semestrais) corresponderam a 32,7% do total e os prefixados, a 10,9%.


A movimentação para os títulos de renda fixa já era prevista pelos analistas. Segundo o economista da G2W Investimentos Ciro de Avelar, com o mercado de ações desvalorizando, títulos atrelados aos juros tendem a ficar atrativos. “Vai haver uma rotação do fluxo de dinheiro saindo da Bolsa, da renda variável, e indo para títulos de renda fixa, que pagam pelo menos já 13,25% ao ano”, disse.


Em relação aos prazos, os títulos com vencimentos entre um e cinco anos foram os mais demandados no mês passado (79,99% do total), seguidos por aqueles com vencimentos acima de 10 anos (17,94%) e entre cinco e 10 anos (2,06%).


No total foram realizadas 600,12 mil operações de investimento em títulos do Tesouro Direto. Aplicações de até R$ 1 mil representaram 59,99% de todas as operações de investimento mensais, mas o valor médio por operação foi de R$ 6.510,26.


 Por: Rafaela Gonçalves - Correio Braziliense / Foto: Reprodução/Pixabay 

Acompanhe-nos no Facebook


Publicidade


!

!
!
!

!

!

!

!
!
!
!
!

!
! !
!

Você é o Visitante:

Acessos em Tempo Real

Previsão do Tempo em Surubim

Blogs e Sites Parceiros

Arquivo do blog

Curta Nossa FanPage - Muito Obrigado!

Internautas On Line

(81) 9925.8297 // negocioseinformes@gmail.com