© 2014 - Todos os Direitos Reservados ao Blog Negócios e Informes. Tecnologia do Blogger.

sexta-feira, 25 de novembro de 2022

Quatro apostas acertam a quina da Mega-Sena em Pernambuco

Ninguém acertou as seis dezenas da Mega-Sena, concurso número 2.542, e o prêmio ficou, novamente, acumulado. Agora a premiação subiu para R$ 57 milhões. Os números sorteados foram: 25 - 22 - 12 - 26 - 55 - 20.


Em Pernambuco, quatro apostas - cada uma de um município - acertaram a quina, com apostas simples - ou seja, com a escolha de seis números. Cada pessoa vai receber R$ 42.474,10. 


No Recife, uma pessoa fez o jogo na lotérica Várzea Ponto 13, que fica no bairro da Várzea. Também houve ganhador em Jaboatão dos Guararapes, com aposta feita na Mina de Ouro, no bairro de Cavaleiro. 


E no Interior do Estado, acertaram a quina uma pessoa de Caruaru, no Agreste, com uma aposta eletrônica  e outra que arriscou a sorte na lotérica Araripe, que fica na cidade de Araripina, no Sertão de Pernambuco. 


Este foi o segundo sorteio da Mega-Semana da República. O primeiro aconteceu na última terça-feira (22) e o próximo será no sábado (26).


Da Folha de Pernambuco - Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

Aneel: tarifa de energia elétrica deve subir, em média, 5,6% em 2023

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) estima que a tarifa de energia elétrica deve subir, em média, 5,6% em 2023. O dado foi apresentado nesta quarta-feira (23) ao grupo de Minas e Energia do governo de transição.


A projeção da agência é que, no próximo ano, sete distribuidoras tenham reajuste superior a 10%; 15 distribuidoras, reajuste entre 5% e 10%; 17 distribuidoras, reajuste entre 0% e 5%; e 13 distribuidoras, reajuste inferior a 0%.


No relatório apresentado durante a reunião com o grupo de transição, a Aneel destacou que os percentuais de reajuste dependem de premissas que podem ser alteradas até a homologação dos processos tarifários.


No encontro com o grupo de Minas e Energia, foram abordados ainda temas como a abertura do mercado livre, a evolução das tarifas, questões relativas à tarifa social, universalização, qualidade do serviço e satisfação do usuário.


“A Aneel apresentou durante o encontro um panorama das principais questões em discussão no setor elétrico, relativas aos segmentos de geração, transmissão, distribuição e comercialização, além dos temas que estão atualmente em debate que merecem maior atenção da equipe de transição”, informou a agência.


Por Agência Brasil - Foto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco

Movimento em bares e restaurantes deve crescer 30% na Copa

Bares e restaurantes devem ter um aumento de pelo menos 30% na demanda com os jogos da Copa do Mundo, segundo estimativa da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel). A entidade avaliou que alguns fatores contribuem para o movimento, como as temperaturas mais quentes do que no mês de julho a liberação do 13º salário e os horários dos jogos à tarde.



O líder de inteligência e conteúdo da Abrasel, José Eduardo Camargo, acredita que todos irão se beneficiar neste período. “O bar, normalmente, já é visto como um espaço de congraçamento, já é comum, por exemplo, no Brasil, a transmissão de jogos dos times, mas os restaurantes têm muito a ganhar também. Alguns jogos, que são mais perto da hora do almoç,o são benéficos. Sem contar que a gente tem uma variedade muito grande de restaurantes no Brasil.”


Pesquisa da Abrasel com cerca de 1,7 mil estabelecimentos indica que 45% dos restaurantes vão transmitir os jogos e um terço deles informou que vai criar pratos temáticos. “Ou seja, está movimentando bastante o setor, sim”, acrescenta Camargo. De acordo com a associação, neste ano, diferentemente do que ocorria em outras edições da competição, os restaurantes fizeram  reservas para novembro e dezembro, o período da disputa. 


O diretor-executivo da Associação Nacional de Restaurantes (ANR), Fernando Blower, por sua vez, não se arrisca em previsões e afirmou que o clima em torno da Copa do Mundo ainda não deixa claro as possibilidades de ganhos adicionais. “Os próprios restaurantes têm expectativas, mas não necessariamente informações para passar. Acho que o dado muito mais correto não vai ser o prospectivo, vai ser aquele de realização, uma vez que a Copa termine e a gente consiga entender de fato esse impacto.”


Incerteza

Para o diretor da ANR, alguns fatores contribuem para o sentimento de incerteza. Um deles entre é a realização dos jogos logo após as eleições. Além disso, o fim do ano normalmente tem mais demandas nas empresas, o que dificulta a liberação de trabalhadores. “A gente está aqui disputando atenção com as festas de fim de ano e, à medida que a Copa começar a passar para dezembro, nas oitavas, quartas e semifinal você já vai estar ali naquela reta final em que as empresas estão se planejando, estão fazendo os fechamentos.” Blower acrescentou ainda o fato de não ser período de férias escolares.


Blower chamou a atenção para as oportunidades que podem surgir para os restaurantes com o delivery. “Cresceu muito no período pandêmico e continua sendo muito relevante para os restaurantes, mais que dobrou de tamanho, de importância, para o nosso setor e o cliente se acostumou muito também”, destacou. 


Contratações

As análises da Abrasel mostram boa perspectiva de contratações em bares e restaurantes neste final de ano. “Na pesquisa que a gente fez em setembro, por exemplo, quase metade disse que ainda iria contratar até o final do ano e 25% já tinham contratado funcionários para aumentar a equipe. Tem essa perspectiva de aumento da demanda. O setor está reagindo”, disse.


Para a ANR, por outro lado, a expectativa é que não haja um crescimento significativo de contratações neste momento. “Primeiro, que a coisa [a Copa] não está tão quente quanto foi em outras oportunidades e também porque as empresas ainda carregam um passivo da pandemia expressivo. Elas estão evitando muito aumento de custos nesse momento.”. O diretor acredita que o setor deve fazer contratações temporárias, “mas nada muito expressivo”.


Por: Agência Brasil - Foto: Rovena Rosa / Agência Brasil

quinta-feira, 24 de novembro de 2022

Black Friday deve ajudar a incrementar de 10 a 15% no Varejo; especialista orienta consumidores sobre compras

Alguns setores do comércio pernambucano iniciaram descontos da Black Friday ainda no início da semana, mas é nesta sexta-feira (25) que acontece o principal dia da campanha 2022. A CDL Recife estima que o varejo incremente os negócios entre 10% e 15% nos dois últimos meses deste ano, na comparação com o mesmo período do ano passado. O dado considera a Black Friday, Copa e Natal.


Na semana passada, a Fecomércio-PE apontou, por meio da ‘Sondagem de Opinião do Fim de Ano 2022’, que empresários estimam crescimento de 17,3% em vendas durante a Black Friday. A pesquisa foi realizada em outrubro, na Região Metropolitana do Recife, Agreste e Sertão. O levantamento também revelou que um terço dos consumidores pretende aproveitar a Black Friday para antecipar compras de Natal e Réveillon. A sondagem ainda mostrou que 54,3% dos consumidores pernambucanos com 18 anos ou mais pretendem realizar compras neste príodo. O número é, no entanto, cerca de 4% abaixo do projetado às vésperas da campanha 2021, quando a expectativa de realizar compras era de 58,2%.


Especialista orienta consumidores sobre compras 

Paulo Pereira Filho, líder regional da XP Investimentos em Pernambuco, reforça algumas estratégias que podem ajudar a priorizar os investimentos, mesmo na época da Black Friday. Segundo ele, é fundamental conhecer a própria situação financeira e manter a organização do orçamento. “O primeiro passo para a saúde financeira nesse período é ter noção das finanças. A regra primordial é saber se o gasto pode ou não ser feito, se a compra está sendo feita porque realmente é necessária ou só porque o item está barato. Essa análise evita gastos desnecessários e reserva os recursos para situações de maior importância, como quitar dívida e investimentos”, alertou. 


Ainda de acordo com Paulo, é preciso estabelecer um limite de quanto gastar. “Para determinar uma margem de gastos, é recomendado que o consumidor considere as reservas financeiras e também o limite do cartão de crédito disponível para compras, sem esquecer de contabilizar parcelas em aberto referentes a compras passadas”, orientou o especialista. Em caso de compras online, é importante averiguar se o site tem certificado de segurança, se há informações contraditórias ou se as ofertas estão com preços absurdamente baixos, a ponto de se gerar alguma desconfiança. 


Do Diario de Pernambuco - (Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil )

Pix supera cartão de crédito, mostra pesquisa do Banco Central

As transações feitas através do Pix continuam superando os pagamentos com cartões de crédito e débitos, segundo dados divulgados pelo Banco Central. No segundo trimestre deste ano, foram feitas mais de 5,4 bilhões de transações por meio de Pix, a ferramenta de pagamentos e transferência de dinheiro lançada há dois anos, em comparação com quase quatro bilhões de pagamentos feitos com cartões de crédito e e 3,8 bilhões com cartões de débito.


Os pagamentos via Pix ultrapassou os feitos com cartão de crédito pela primeira vez no quarto trimestre de 2021 e continuaram a crescer desde então.


Em setembro, dois meses antes de completar o segundo ano de existência, o Pix chegou à marca de R$ 1 trilhão transacionado em apenas um mês. O número de pessoas cadastradas no Pix chegou a 127,8 milhões em outubro e o de empresas, a 10,5 milhões no mesmo mês.


O aplicativo Pix permite que qualquer pessoa com conta em banco faça pagamentos ou envie e receba instantaneamente dinheiro através de um sistema gratuito e relativamente fácil de navegar. Isso é particularmente importante para proprietários de pequenas empresas tenham acesso imediato aos valores, sem ter que esperar dias até que as compras com cartão de crédito sejam compensadas.


Vendedores ambulantes exibindo QR, os códigos que direcionam os clientes aos seus números Pix, tornaram-se um cena bastante comum em cidades de todo o Brasil.


O BC informou ainda que o sistema foi o principal responsável por um crescimento anual de 40% no número total de transações realizadas no ano passado. Telefones celulares, usados por muitos ou por causa do Pix ou dos aplicativos bancários, tornou-se o principal instrumento para compras, respondendo por 60% de todos os pagamentos efetuados no último ano.


Por Agência O Globo | Foto: Marcello Casal JrAgência Brasil

Surubim | Colégio do Amparo está com vaga para Professor de Língua Inglesa

Em Surubim, o Colégio Nossa Senhora do Amparo está com oportunidade de emprego. A vaga disponível é para Professor de Língua Inglesa (hora aula / semanal). Interessados, devem enviar o currículo para o e-mail: trabalheconosco.cnsa@gmail.com até o dia 28/11 do corrente ano. Mais informações sobre carga horária e remuneração devem ser adquiridas no momento da entrevista.

Da Redação (Negócios & Informes)



quarta-feira, 23 de novembro de 2022

Neoenergia oferece desconto de até 60% em contas em atraso

Na semana em que, praticamente, todo o comércio se prepara para oferecer descontos em produtos e serviços, clientes com faturas de energia em aberto podem obter condições especiais para quitação. A Neoenergia realiza, entre os dias 23 e 29 de novembro, a campanha Best Week, com desconto inédito de até 60% nas contas com atraso superior a 90 dias. A ação, que será totalmente digital, é destinada aos clientes residenciais (incluindo as famílias inscritas na Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE), comerciais e rurais da Neoenergia Coelba (BA), Neoenergia Cosern (RN), Neoenergia Pernambuco (PE), Neoenergia Elektro (SP e MS) e Neoenergia Brasília (DF).


Para os clientes que atendem aos requisitos da negociação (faturas vencidas acima de três meses), haverá isenção total de multas, juros e correção monetária. Além disso, os consumidores que estiverem com contas vencidas há mais de um ano, terão adicionalmente à isenção de juros, multas e correção monetária, o desconto de 25% no valor da fatura. Para isso, o cliente terá que realizar o pagamento por meio do link, através do PIX ou cartão de crédito, e o saldo devedor poderá ser dividido em até 21 parcelas.


NEO20 – Além de todos esses benefícios, a Neoenergia firmou uma parceria com a plataforma RecargaPay. A partir do pagamento pelo aplicativo, através de cartão de crédito, o cliente terá R$ 20 de desconto. Esse benefício é válido para uma fatura por CPF, para novos usuários do aplicativo, no primeiro pagamento.  Para receber esse desconto o cliente instalar o aplicativo RecargaPay, seguir as instruções do APP usando o cupom NEO20.


“Essas condições são inéditas e contemplam todas as classes do varejo, visando o adimplemento da maior parcela possível dos clientes da Neoenergia. Estamos oferecendo desconto no valor principal da conta, o que é um benefício para o cliente e um estímulo à economia. Tudo isso feito de forma digital, ágil e fácil, através do portal de negociação Neoenergia”, destaca Marcelo Arnaud, superintendente de Gestão da Receita da Neoenergia.


Da ASCOM

(81) 98274-7475


Monza Gás tem WhatsApp clonado e alerta clientes sobre golpistas

A empresa Monza Gás, de Surubim, anunciou em suas redes sociais, nesta quarta-feira (23), que teve o número do WhatsApp clonado. Após clonarem o número, os bandidos estão tentando enganar os clientes da Monza Gás, onde estão criando promoções fora da realidade do preço de mercado do segmento de gás de cozinha. 


A partir disso, os administradores acionaram as autoridades competentes, e medidas estão sendo tomadas. E reforça que os clientes não enviem dinheiro ou qualquer informação para os golpistas”.


Fraudes em planos de saúde ficaram mais fáceis com telemedicina

Responsáveis pela perda de mais de R$ 27 bilhões, as fraudes aplicadas contra planos de saúde avançam à medida que os profissionais de saúde se adequam às novas formas de trabalho proporcionadas pela telemedicina. De acordo com Bruno Gangoni, promotor do Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) e coordenador do Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco), já existe uma organização criminosa adaptada à nova realidade após a pandemia.


Entre os principais problemas estão a acelerada adaptação dos criminosos às formas de burlar normas, ainda mais quando se trata do ambiente de telemedicina, no qual os médicos se ancoram mais em exames médicos para um diagnóstico do que em anamnese — a entrevista conduzida pelo médico em atendimento com o objetivo de identificar os sintomas do paciente.


"Você realmente tem uma estrutura de uma organização criminosa à vontade. Todo esse desvio de dinheiro, não é qualquer um que faz”, explicou o procurador durante a reunião de representantes do setor organizada pela Federação Nacional de Saúde Suplementar (FenaSaúde), nesta terça-feira (22/11). "São grupos que possuem técnicas para lavar dinheiro, falsificar documentos, entre outras ações para se manterem”, destaca.


As fraudes mais comuns, de acordo com a FenaSaúde, são as falsificações de carteirinhas, falsos pedidos de reembolsos de consultas e outros procedimentos. Contudo, no Distrito Federal, seguem sendo investigadas fraudes sobre o uso de órteses e próteses, conforme o delegado Adriano Chaves Valente, diretor da Divisão de Repressão ao Crime Organizado da Polícia Civil do Distrito Federal (Draco/PCDF).


"É principalmente praticada por ortopedistas e cirurgiões, com apoio de hospitais que superfaturam procedimentos e até cirurgias para lesar planos de saúde. O segundo segmento onde mais ocorrem fraudes é na oncologia, por incrível que pareça, onde há muitos pagamentos por procedimentos desnecessários”, explica o delegado.


Para combater as fraudes, a FenaSaúde está realizando investigações próprias utilizando recursos de inteligência artificial, inclusive, para investigar métodos de lavagem de dinheiro com uso de criptomoedas. "A criptomoeda é sempre utilizada nesse momento posterior à fraude, permitindo que se utilize o dinheiro de forma lícita”.


Os desdobramentos, contudo, dependem de uma modernização da legislação. "A corrupção privada não é tipificada no Brasil. [Para facilitar punições] Seria necessário ter essa lei no Código Penal. Está começando uma nova legislatura, quem sabe surge um projeto de lei”, explica Glauce Carvalhal, diretora jurídica da Confederação Nacional das Seguradoras.


Entidade marca reunião com grupo de transição


A diretora-executiva da Federação Nacional de Saúde Suplementar (FenaSaúde), Vera Valente, disse que as entidades de saúde têm reunião prevista com o grupo de transição governamental para a próxima semana, ainda sem data definida. Embora a pauta não esteja fechada, o debate deverá abordar questões sobre o rol taxativo da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e o piso nacional da enfermagem.


Os dois temas dominaram o debate no Judiciário e no Legislativo nacional ao longo de 2022. A Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 7222 suspendeu, em setembro, os efeitos da lei 14.434/2022, apresentada pela pela Confederação Nacional de Saúde, Hospitais e Estabelecimentos e Serviços (CNSaúde).


A nova legislação definiu o piso salarial de R$ 4.750 para os enfermeiros; 70% desse valor aos técnicos de enfermagem; e 50% aos auxiliares de enfermagem e parteiras. Pelo texto, o piso nacional vale para contratados sob o regime da CLT e para servidores das três esferas - União, Estados e Municípios -, inclusive autarquias e fundações.


Rol taxativo


Também em setembro deste ano, foi aprovada e publicada a Lei n. 14.454, que derrubou o chamado "rol taxativo", ou a lista de procedimentos obrigatórios de procedimentos da ANS, para a cobertura de planos de saúde. Com a mudança de entendimento, as operadoras de assistência à saúde passaram a ser obrigadas a oferecer cobertura de exames ou tratamentos que não estão incluídos no rol de procedimentos e eventos de planos de saúde. Caberá sempre à ANS editar norma com a amplitude das coberturas no âmbito da saúde suplementar, inclusive de transplantes e procedimentos de alta complexidade.


Por: Michelle Portela - Correio Braziliense - Foto: Divulgação

Surubim: 22.º BPM promove reunião sobre Patrulha Maria da Penha no Bairro São José

Na manhã desta terça-feira, 22 de novembro de 2022, o 22º Batalhão de Polícia Militar de Surubim promoveu mais uma reunião sobre a Patrulha Maria da Penha, com o objetivo de conscientizar a população da existência desse programa preventivo da PMPE, que visa prevenir a violência doméstica contra a mulher.


O encontro foi realizado no CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) do bairro São José, em Surubim/PE, com a presença do Coordenador da Patrulha Maria da Penha, o Tenente PM Daniel, representando o Ten Cel PM Flávio José Espinola Moura, Comandante do 22º BPM, a Sargento PM Gilvanice, além de representantes do CEAM (Centro Especializado de Apoio à Mulher), do CRAS/ São José e várias mulheres residentes no bairro. Na ocasião, essas mulheres foram incentivadas a procurar o serviço da PMPE e da rede de assistência social do município em caso de violação de direitos.


Com informações do 22.º BPM / Foto: Divulgação - Reprodução



Acompanhe-nos no Facebook


Publicidade


!

!
!
!

!

!

!

!
!
!
!
!

!
! !
!

Você é o Visitante:

Acessos em Tempo Real

Previsão do Tempo em Surubim

Blogs e Sites Parceiros

Arquivo do blog

Curta Nossa FanPage - Muito Obrigado!

Internautas On Line

(81) 9925.8297 // negocioseinformes@gmail.com