© 2014 - Todos os Direitos Reservados ao Blog Negócios e Informes. Tecnologia do Blogger.

segunda-feira, 31 de maio de 2021

Contas públicas têm superávit recorde de R$ 24,2 bilhões em abril

As contas públicas registraram saldo positivo em abril pelo segundo mês seguido, segundo dados divulgados nesta segunda-feira (31), em Brasília, pelo Banco Central (BC). O setor público consolidado, formado por União, estados e municípios, apresentou superávit primário de R$ 24,255 bilhões no mês passado, o maior resultado positivo para o mês da série histórica do BC, iniciada em dezembro de 2001.

 

O resultado primário é formado pelas receitas menos os gastos com juros, sem considerar o pagamento de juros da dívida pública. Assim, quando as receitas superam as despesas, há superávit primário.

 

Em abril de 2020, houve déficit primário de R$ 94,303 bilhões, devido aos gastos extraordinários necessários para o enfrentamento da pandemia de Covid-19.

 

Segundo o chefe do Departamento de Estatísticas do BC, Fernando Rocha, essa mudança no resultado em relação a igual mês do ano passado deve se repetir nos próximos meses. Isso acontece porque o resultado do ano passado foi impactado por aumento de despesas públicas para enfrentar a pandemia, recessão econômica e adiamento de pagamento de impostos.

 

No primeiro quadrimestre, houve superávit primário de R$ 75,841 bilhões, contra o déficit de R$ 82,583 bilhões, de janeiro a abril de 2020.

 

Em 12 meses, encerrados em abril, as contas acumulam déficit primário de R$ 544,526 bilhões, o que corresponde a 7,08% do Produto Interno Bruto (PIB), a soma de todos os bens e serviços produzidos no país. Em dezembro, essa porcentagem era de 9,44% (R$ 702,950 bilhões), devido aos déficits causados pela pandemia.

 

A meta para o déficit primário do setor público consolidado é de R$ 250,89 bilhões este ano. Para continuar lendo, clique AQUI! (Foto: Agência Brasil)




Ministros dizem que população será vacinada até o final do ano

Os ministros da Saúde, Marcelo Queiroga, e da Economia, Paulo Guedes, disseram hoje (31) que o Brasil terá toda sua população vacinada até o final do ano. A fala foi feita por Queiroga e confirmada por Guedes em videoconferência, durante o Fórum de Investimentos Brasil 2021 – evento organizado pela Apex-Brasil, pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento e pelo governo federal, voltado a investidores estrangeiros.


“Como disse o ministro Queiroga, a vacinação em massa é a principal política econômica que podemos fazer por agora”, disse Guedes ao reafirmar a intenção do governo em garantir o retorno seguro dos trabalhadores brasileiros ao ambiente de trabalho. “Não faltarão recursos para [a importação e a produção de] vacinas”, garantiu o ministro da Economia.


Momentos antes, Queiroga disse ter “certeza de que até o fim do ano vamos conseguir imunizar todos os cidadãos”, e apontou como prioridade de sua pasta dar celeridade à campanha de vacinação e o reforço de medidas sanitárias. Ele acrescentou que a vacinação contribuirá para o crescimento da economia brasileira, e que, para cada 10% da população vacinada projeta-se um crescimento de 0,13 ponto porcentual para a economia do país.


Ambiente econômico

Em seu discurso, o ministro Paulo Guedes corroborou com as declarações do ministro da Saúde, no que se refere à correlação entre vacinação e melhora do ambiente econômico, e disse estar otimista com os resultados que o país vem apresentando em termos de receita.


Segundo ele, a expectativa é de que a economia tenha crescimento superior aos 3,5% projetados para este ano. Ainda de acordo com o ministro, os recordes de receita que vêm sendo registrados “demonstram o vigor da recuperação econômica” do país.


Guedes listou algumas medidas adotadas pelo governo, no sentido de garantir “emprego e proteção aos mais vulneráveis”, o que, segundo ele, possibilitou a manutenção de 11 milhões de empregos formais.


Da Agência Brasil / Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

Covid-19: Pernambuco autoriza a vacinação de pessoas a partir dos 50 anos

O Governo de Pernambuco autorizou a ampliação da vacinação contra a Covid-19 de todas as pessoas com idades a partir de 50 anos no Estado, independente de comorbidade ou categoria profissional.


A decisão foi tomada na tarde desta segunda-feira (31), em reunião extraordinária da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), e pactuada com os secretários municipais de Saúde.


Com a nova deliberação, as cidades estão autorizadas a avançar de forma progressiva a imunização do público de 50 a 59 anos. Isso vai variar de acordo com a realidade de cada município no que diz respeito à disponibilidade de doses.  Confira a Nota do Governo de Pernambuco:


"O Governo de Pernambuco anuncia que autorizou a ampliação da vacinação contra a Covid-19 de todas as pessoas com 50 anos ou mais no Estado, independente de comorbidade ou categoria profissional. A decisão foi tomada nesta segunda-feira (31), em reunião extraordinária da Comissão Intergestores Bipartite (CIB) e pactuada com os secretários municipais de Saúde. Com a nova deliberação, as cidades estão autorizadas a avançar de forma progressiva, de acordo com a realidade de cada município, a imunização do público de 50 a 59 anos. 


A decisão também levou em conta as análises epidemiológicas, que apontam que a faixa etária entre 50 e 59 anos registra, atualmente, o maior número de pessoas internadas em leitos de UTI. O quantitativo representa 25% do total de internados em leitos de terapia intensiva na rede pública, além de responderem por 20% do total de óbitos. Os gestores municipais também foram orientados sobre a importância de organizar a logística para avanço da imunização em seus territórios. Para a nova faixa etária, a recomendação da Secretaria Estadual de Saúde é que sejam utilizadas apenas as vacinas recebidas para a 1ª dose. As segundas doses devem continuar sendo administrados para o término do esquema vacinal."


Foto: Reprodução / Internet

Vaga disponível para Tosador em Surubim

O Blog acaba de receber uma sugestão de pauta sobre uma vaga de emprego, o contratado irá atuar no município de Surubim. A vaga em aberto é para Tosador. Interessados, enviar o currículo até dia 15/06, para o e mail: mpevagas@gmail.com (informar a vaga no título do e-mail). Descrição do cargo, salário, confira na imagem abaixo. 

Imagem: Divulgação/Reprodução

Governo enviará 5,1 mil concentradores de oxigênio para Nordeste

O aumento no número de casos de Covid-19 disparou o sinal de alerta para uma possível falta de oxigênio em municípios da Região Nordeste. O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, está no agreste pernambucano para verificar in loco a situação. Durante a visita, o titular da pasta informou que o governo federal enviará 5,1 mil concentradores de oxigênio para reforçar os estoques das unidades de atendimento a pacientes com coronavírus. O ministro do Turismo, Gilson Machado, compôs a comitiva.


No sábado, Queiroga visitou hospitais de Gravatá e Bezerros e se reuniu com o secretário de estado de Saúde de Pernambuco, André Longo. Na manhã de ontem, o ministro esteve em Caruaru, Toritama e Santa Cruz do Capibaribe. Questionado sobre um possível colapso no fornecimento de oxigênio, a exemplo do ocorrido em janeiro em Manaus (AM), Marcelo Queiroga afirmou que o governo está trabalhando para evitar o problema. “Estamos visitando a região, pois sabemos que há ameaça de colapso no sistema de saúde, sobretudo em função do insumo oxigênio. O ministério já providenciou para essas regiões 5.100 concentradores de oxigênio. Para Pernambuco, serão 148 concentradores”, explicou.


O ministro enfatizou que, mesmo com os esforços e uma ação preventiva para evitar a falta de concentradores na região, "lidamos com a imprevisibilidade biológica, porque esse vírus sofre mutação e pode ter variantes que podem ter comportamento biológico diferente, o que leva pressão maior para o sistema de saúde", esclareceu Marcelo Queiroga, que destacou a complexidade logística para a distribuição do insumo.


Durante a visita aos municípios do agreste pernambucano, Marcelo Queiroga foi questionado sobre o envio de mais vacinas para a região. A prefeita de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB-PE), solicitou o reforço nas doses destinadas à região. De acordo com relatório de vacinação do município, até o dia 29, 92.050 doses do imunizante já foram aplicadas. Caruaru é a maior cidade do interior do estado e possui mais de 365 mil habitantes.


O ministro justificou a demora no envio dos imunizantes em virtude da grande disputa internacional pelas vacinas. No final do mês de abril, Caruaru teve que adiar a aplicação da segunda dose da Coronavac, por falta de imunizantes. Segundo Queiroga, o governo federal pretende atingir a marca de 100 milhões de vacinas disponibilizadas até o final de junho. Para isso, afirmou que já estão assegurados 40 milhões de doses, a serem entregues em remessas semanais nos próximos 30 dias.


“Só com a Pfizer, temos um contrato de 200 milhões de doses de vacinas. Agora, em 1º junho, assinaremos acordo de transferência de tecnologia entre a indústria Astrazeneca e a Fiocruz, colocando o Brasil na vanguarda de países que têm capacidade com autonomia de produzir vacinas. Há também, negociações com outras farmacêuticas para buscarmos antecipar doses. Agora, é um contexto que não é simples, porque é uma emergência em saúde pública internacional”, completou.  


Por: Correio Braziliense / Foto: ASCOM Marcelo Queiroga

Declaração do Imposto de Renda termina nesta segunda-feira (31)

Encerra hoje o prazo para a entrega da declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2021. A principal regra para a declaração do IR é o informe de quem recebeu mais de R$ 28.559,70 de renda tributável no ano passado. No site da Receita Federal estão disponíveis os programas de preenchimento da declaração. Especialistas orientam que declaração que ainda não tem todas as informações deve ser enviada para evitar pagamento de multa, e posteriormente ser retificada.


Caso o envio da declaração não seja feito, o valor mínimo da multa é de R$ 165,74 e o máximo pode chegar a até 20% do imposto devido. Outra novidade no envio da declaração deste ano, é que os contribuintes que receberam o auxílio emergencial do Governo Federal e tiveram rendimentos acima de R$ 22.847,76 em 2020 deverão declarar o imposto, além de devolver os valores recebidos do benefício por ele e seus dependentes.


Receita espera 32,6 mi de declarações

Neste ano, a Receita espera receber cerca de 32,6 milhões de declarações, cerca de 1,7 milhão de contribuintes a mais prestando contas ao leão neste ano, comparado com 2020. Do total de declarações, a expectativa é de que 60% tenham imposto a restituir, 21% não tenham imposto a pagar ou restituir, e 19% de impostos a pagar. 


Segundo a advogada especialista em direito tributário Mirella Lucena, existe uma opção para fazer o envio da declaração com a possibilidade de pagar multa, fazendo depois do prazo o envio das informações pendentes. “As pessoas que estavam aguardando uma nova prorrogação e não chegou, a orientação é que mesmo que não tenha declarado, envie a declaração para evitar o valor da multa, que é superior a R$ 160 reais, podendo chegar a 20% do imposto devido. Se não fez até agora, apresenta no prazo e retifica. A malha fiscal não é tão rigorosa assim. Não deixar passar o prazo para evitar a multa é o mais importante”, disse Mirella.


A advogada conta ainda que o máximo de informações que puder levantar para fazer a declaração, é importante, já que não deverá acontecer outra prorrogação do prazo. “Para essa reta final, é correr e quem não conseguiu as documentações deve apresentar o que tem e mandar, não deve ter uma nova prorrogação. Dependendo da complexidade da declaração, e se só lembrou depois, repete as informações do que já tem lançado e envia. A maior parte dos rendimentos já foram aos contribuintes”, orienta. 


Mirella ainda aconselha que os que receberam o Auxílio Emergencial, devem ter todos os documentos fornecidos pelo Ministério da Economia, por meio do site www.gov.br/economia/. 


“Tem que pegar todas as fontes de rendimento, se recebeu o auxílio ou o empregador fez redução da jornada, tem que buscar as informações feitas pelo Ministério da Economia. Se não conseguiu baixar, não lança no momento, é sempre lembrar que existe a retificação e que pode fazer depois”, declarou.


Da Agência Brasil / Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil

domingo, 30 de maio de 2021

Queijo coalho de cabra de PE é o primeiro produto do Nordeste certificado com selo ARTE

Pernambuco é o oitavo estado brasileiro a certificar produto genuinamente artesanal com o selo ARTE que garante comercialização em todo o país


A Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária do Estado de Pernambuco (Adagro), autarquia vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Agrário (SDA), emitiu o primeiro certificado do selo ARTE da Região Nordeste para o queijo coalho de cabra da Obra Rústica Laticínio e Agropastoril LTDA. nesta quinta-feira (27/05). Apenas sete estados já obtiveram certificação que agrega valor aos produtos, reduz entraves burocráticos e permite a comercialização em todo o território nacional. 


Pernambuco saiu na frente porque já havia regulamentado o processo de produção artesanal do queijo e de outros produtos derivados do leite, por meio do projeto de lei nº 16.312, de 11 de janeiro de 2018, de autoria do então deputado estadual e atual Secretário de Desenvolvimento Agrário, Claudiano Martins Filho. “A legislação estadual contribuiu para o enquadramento das queijarias e laticínios à legislação federal. Essa conquista é resultado de um conjunto de ações promovidas pelo Governo do Estado para o fortalecimento da nossa bacia leiteira que é a segunda maior da região com a produção de 2,3 milhões de litros de leite/dia”, detalha o secretário.


“O selo ARTE pode ser concedido a queijos, embutidos, pescados e mel, mas no momento serão contemplados apenas os derivados lácteos que já possuem instrução normativa publicada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA)”, afirma o presidente da Adagro, Paulo Roberto Lima. Ele complementa que, inicialmente, “podem solicitar adesão apenas produtores artesanais que já tenham o S.I.E e produzam queijo coalho, queijo de manteiga, manteiga de garrafa e doce de leite”.


Para apoiar os produtores e fomentar a adesão ao selo ARTE, a Secretaria de Desenvolvimento Agrário articulou um grupo de trabalho, formado por equipes técnicas da Adagro e IPA, que estão habilitados para orientar os produtores em todas as exigências legais. Como também o SEBRAE em parceria com a AD Dipper e Adagro estão iniciando um trabalho de boas práticas agropecuárias para 100 produtores rurais de estabelecimentos já possuam o S.I.E.


Localizado no município de Pombos, no Agreste Setentrional, o estabelecimento certificado Obra Rústica possui um rebanho de 300 cabras que produzem 180 litros de leite/dia. “Inicialmente serão produzidos, em média, 25 quilos de queijo coalho de cabra por dia, mas vamos triplicar a produção em 3 meses para atender pedidos de Minas Gerais e São Paulo”, afirma Mano Malta um dos sócios do laticínio.


Regulamentação: Em julho/2020 a Secretaria de Defesa Agropecuária (SDA), publicou a portaria nº 23, delegando à Adagro a competência de conceder o Selo Arte em Pernambuco aos produtos artesanais derivados de leite, conforme o decreto estadual nº 46.432/2018, que dispõe sobre a inspeção sanitária de pequenas agroindústrias de laticínios, nos termos da Lei nº 15.607, de 6 de outubro de 2015.


Da ASCOM

Suape recebe investimento bilionário para produção de hidrogênio verde

Conhecido como “combustível do futuro”, o hidrogênio verde é a principal aposta da indústria mundial para suprir demandas energéticas sem emissão de gás carbônico. A inovação deve chegar em Pernambuco através de investimentos da Qair Brasil no Porto de Suape. Nesta sexta-feira (28), o governador Paulo Câmara anunciou que foram iniciados estudos de viabilidade técnica e econômica para implantação de uma planta de produção de hidrogênio verde no Porto.


Um dos elementos mais abundantes no planeta, o hidrogênio é considerado uma matéria-prima muito importante na indústria. É usado em larga escala, por exemplo, no processo de refino de petróleo. No entanto, mais de 90% do hidrogênio produzido atualmente no mundo é obtido a partir da reforma do gás natural, ou seja, é de origem fóssil e não renovável. 


Já o hidrogênio verde (H2V) é obtido a partir da usina de eletrólise que separa o oxigênio e o hidrogênio da água. É chamado de verde porque a usina que o produz funciona a partir de fontes de energia 100% renováveis. O H2V é insumo para muitas indústrias, já existindo até como combustível para veículos. Também é utilizado para produzir amônia, um dos principais fertilizantes para o agronegócio, do qual o Brasil é um importante consumidor.


A Planta de Hidrogênio Verde Pernambuco prevê a instalação de quatro conjuntos de eletrolisadores de água em áreas localizadas no Porto de Suape, em quatro fases de implantação. Quando consolidado, o empreendimento pode vir a se transformar no segundo maior da história do estado. O projeto é da empresa Qair Brasil, de origem francesa, que tem como principal atividade a produção independente de energia elétrica a partir de fontes alternativas. 


Além do impacto ambiental positivo, o governador Paulo Câmara comemorou a geração de empregos que deve ocorrer a partir da consolidação do investimento. “Uma das gigantes mundiais na produção de energias renováveis está aportando em Suape para instalar uma planta que vai gerar o chamado hidrogênio verde, um insumo valioso para o setor industrial. É um investimento que pode chegar a três bilhões e oitocentos milhões de dólares, o equivalente a mais de 20 bilhões de reais. Mais um grande empreendimento que vai criar empregos e renda no nosso Estado”, reforçou Paulo Câmara.


A planta em Pernambuco vai dispor dos processos combinados de eletrólise, bombeamento e liquefação, permitindo o envio do produto para longas distâncias, além da reforma de gás natural. “Esse projeto mostra a capacidade do Complexo de Suape e sua diversidade em abraçar indústrias de vários tipos. Estamos de olho no futuro, já que o hidrogênio verde é uma inovação mundial, tem grande potência de investimento, sustentabilidade e desenvolvimento da economia verde”, comentou o diretor-presidente de Suape, Roberto Gusmão.


O CEO da Qair Brasil, Jorge Borrell agradeceu o empenho do executivo estadual para iniciar os estudos. “Foi uma agradável surpresa para nós o comprometimento e a agilidade com que o governo de Pernambuco acolheu nossa demanda. Gostamos de parcerias assim. Acredito que esse será o primeiro de outros projetos que podemos vir a desenvolver em Pernambuco”, afirmou Borrell.


Do Diario de PE /  (Foto: Rafael Medeiros/Suape/Divulgação)

Surubim enfrenta pior momento da pandemia; semana teve aumento rápido de casos e óbitos

A pandemia de Covid-19 deixou esta semana em Surubim um rastro de dor e apreensão nas pessoas que tem consciência da gravidade do momento que estamos vivendo. Não seria exagero dizer que este foi o pior período desde o início das infecções pelo novo coronavírus no município. O número de pessoas doentes, segundo o boletim divulgado pela Prefeitura neste sábado (29), chegou a 200, o mais alto já registrado. Até então, a maior quantidade diária de pessoas em tratamento tinha sido anotada em 11 de julho de 2020 (145), quando a cidade enfrentava a primeira onda da doença. Ainda assim, naquela época, não se viu o que está acontecendo agora, os hospitais lotados e a ameaça de faltar oxigênio. Apenas no fim de semana anterior a este, foram consumidos 50 cilindros, no Hospital de Retaguarda Estefânia Farias, na UPA do Coqueiro e no Hospital São Luiz.


Além do crescimento rápido de casos, houve uma escalada de óbitos. Em pouco mais de 48 horas, a nossa redação tomou conhecimento de pelo menos 10 pessoas que faleceram com sintomas da doença, parte delas já estava hospitalizada com teste positivo. A maioria dessas mortes ainda não foram contabilizadas pelos boletins divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde e devem ser incluídas nas estatísticas nos próximos dias, conforme vão sendo confirmados os resultados de Covid-19 como causa mortis.


Dois desses óbitos foram em uma mesma família. A professora Ana Cabral de Sena, de 54 anos, morreu na noite da segunda-feira (24) e o pai dela, Eugênio Cabral, de 83 anos, foi encontrado morto na manhã da terça-feira (25). O idoso foi dormir e não acordou. Faleceu sem saber da morte da filha, informaram familiares. Eles foram sepultados no mesmo horário no Cemitério São José. A mãe da educadora, um irmão e uma irmã, foram internados no começo da semana com a doença. A família Cabral de Sena não é a primeira em Surubim a perder membros para a Covid-19. Entre setembro e dezembro do ano passado, três irmãos da família Oliveira morreram infectados pelo novo coronavírus.


Ações de enfrentamento


Para tentar reduzir a pressão sobre o sistema de saúde municipal, a Prefeitura instalou 15 novos leitos, sendo cinco no Estefânia Farias (que agora passa a contar com 28) e 10 na UPA.  Outro reforço, foi o envio pelo governo do Estado de nove concentradores de oxigênio. Dois foram doados para o Hospital São Luiz, quatro seguiram para o Estefânia Farias e três para a UPA. A gestão do município também adquiriu mais um ventilador pulmonar para o Estefânia Farias, que agora conta com seis equipamentos do tipo.


Se há esforço do poder público para combater o vírus de um lado, do outro, o da população, é comum ver cenas de descaso com a doença. Facilmente encontra-se nas ruas, em estabelecimentos comerciais, nos transportes alternativos, a exemplo de Toyotas, pessoas sem máscara e em aglomerações, apesar da quarentena mais rígida decretada pelo governo estadual que está em vigor na região até o dia 6 de junho.


A Prefeitura, que coordena a fiscalização e conta com  a parceira do Procon, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Ministério Público de Pernambuco, orienta que ao tomar conhecimento de descumprimento de medidas sanitárias, o cidadão acione o 22.º Batalhão da PM pelo telefone 3624-1940 ou WhatsApp 9-9761-7350.

Do Correio do Agreste

Surubim inicia vacinação de garis e guardas municipais contra a Covid-19

A Prefeitura de Surubim, por meio Secretaria de Saúde (SMS) começou, neste sábado (29), a vacinar os garis, a equipe responsável pelo saneamento, orientadores, agentes de trânsito e os guardas municipais contra a Covid-19. 

A Prefeitura estará divulgando cada fase da vacinação, de acordo com a população alvo, conforme especifica o Plano de Imunização e de acordo com a chegada das doses enviadas pelo Ministério da Saúde. Confira as Notas divulgadas nas redes sociais pela gestão municipal:

Vacinação dos garis e equipe do saneamento:

"Iniciamos este sábado com a aplicação de mais doses de esperança.  Os garis do nosso município e a equipe responsável p


elo saneamento já receberam a primeira dose da vacina contra Covid-19, eles que estão todos os dias arriscando suas vidas pra cuidar da limpeza da nossa cidade."

Vacinação dos orientadores, agentes de trânsito e os guardas municipais: 

"Cumprindo as novas orientações do Plano de Imunização, na manhã deste sábado (29), orientadores e agentes de trânsito e os guardas municipais receberam a primeira dose da vacina contra Covid-19.

Trabalhando diariamente na segurança pública de Surubim, os agentes participam de ações promovendo a ordem do trânsito e a segurança da população."




Fotos: ASCOM Surubim




sexta-feira, 28 de maio de 2021

Auxílio emergencial 2021 encerra prazo para contestação

Beneficiários que tiveram o auxílio emergencial 2021 cancelado em função de revisões mensais ou outros motivos têm até esta sexta-feira (28) para contestar a decisão.


Para integrantes do programa Bolsa Família, o prazo para contestação vai até terça-feira (1º), segundo informações divulgadas nesta sexta pelo Ministério da Cidadania.


Para verificar a possibilidade de retomar o pagamento do benefício, o cidadão deve entrar no site.


No site, o beneficiário deve conferir se há parcela com a situação cancelada e clicar no botão "contestar".


Se a razão que motivou o cancelamento permitir contestação, o pedido será reanalisado pela Dataprev (empresa de tecnologia da Previdência) e o trabalhador poderá voltar a receber, caso seja aprovada a contestação.


Os integrantes do Bolsa Família que julgarem que se enquadram nos critérios determinados pela legislação do auxílio emergencial 2021 e não foram contemplados em maio podem fazer a contestação no portal de consultas da Dataprev.


Neste domingo (30), o governo federal finaliza o pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial 2021 com os repasses para aniversariantes de dezembro que se inscreveram pelos meios digitais e que integram o Cadastro Único.


Para os 2,32 milhões que nasceram no último mês do ano o repasse será de R$ 480,3 milhões.


Nesta sexta, os nascidos em novembro recebem as transferências nas contas sociais. Foram 2,29 milhões de beneficiados com um valor total de R$ 474,7 milhões.


Os investimentos federais nesta segunda etapa de pagamentos do auxílio emergencial 2021 chegarão a R$ 5,9 bilhões e alcançarão 28,4 milhões de trabalhadores, segundo o ministério.


O benefício é pago em quatro parcelas, com valor médio de R$ 250, exceção às mulheres chefes de família monoparental (criam os filhos sozinhas), que recebem R$ 375, e os indivíduos que moram sozinhos (família unipessoal), que recebem R$ 150.


Os integrantes do Bolsa Família com o NIS (Número de Identificação Social) final 9 que recebem o auxílio emergencial também receberam a segunda parcela do benefício nesta sexta.


O valor da folha de pagamento de maio para esse público é de R$ 2,95 bilhões. São 9,68 milhões de famílias beneficiárias neste mês.


Outras 5 milhões de famílias não elegíveis ao auxílio seguem recebendo o valor habitual do programa.


Os inscritos no Bolsa Família recebem conforme o calendário habitual do programa, que em maio teve os pagamentos iniciados no dia 18 e terá repasses até a segunda-feira (31) para quem tem NIS final zero.


Por Folhapress / Foto: Reprodução

Covid-19: Corpo de Bombeiros, PM e Procon se reúnem com representantes de supermercados de Surubim

Com o objetivo de reforçar o combate à Covid-19, a Prefeitura de Surubim, através do PROCON, realizou nesta sexta-feira (28) uma reunião com representantes da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros, da SDS e de supermercados para ajustar o funcionamento desses estabelecimentos durante o período mais restrito da pandemia na Capital da Vaquejada.


A ação visa orientar e organizar o atendimento, dentro das restrições sanitárias, evitando aglomerações dos clientes enquanto estivermos consumindo nos supermercados de Surubim.





Da ASCOM






Trabalhadores com contrato suspenso ou jornada reduzida começam a receber benefício nesta sexta (28)

Os trabalhadores com contrato suspenso ou jornada reduzida por causa da nova onda da pandemia de Covid-19 começam a receber nesta sexta (28) o Benefício Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda (BEm). Válido por até 120 dias, o programa oferece uma parcela do seguro-desemprego em troca da redução ou da suspensão do salário.


No ano passado, o BEm vigorou por oito meses, preservando o emprego de 10,2 milhões de trabalhadores. A edição deste ano do programa foi autorizada pela Medida Provisória 1.045, de 27 de abril, que permite a flexibilização de direitos trabalhistas a profissionais com carteira assinada em troca da manutenção do emprego em empresas impactadas pela pandemia.


O BEm equivale a 25%, 50% ou 70% do seguro-desemprego a que o empregado teria direito se fosse demitido, nos casos de redução do salário em montantes equivalentes. No caso de suspensão de contrato, corresponde a 100% do seguro-desemprego.


O acordo pode ser feito de forma individual ou coletiva, dependendo da remuneração do profissional, e pode ter até quatro meses de duração, dentro da data de vigência do programa. Os trabalhadores terão direito à estabilidade no emprego pelo dobro do período que durar a suspensão ou redução da jornada.


A Caixa Econômica Federal pagará o BEm aos trabalhadores com conta no banco e a quem não indicar conta bancária para receber o benefício. Nesse último caso, serão abertas contas poupança sociais digitais, semelhantes às usadas para pagar o auxílio emergencial, de forma automática e gratuita. Uma lei aprovada no fim do ano passado estabelece o uso da conta poupança para o pagamento de benefícios sociais e trabalhistas.


Movimentada exclusivamente pelo aplicativo Caixa Tem, a conta poupança digital é isenta de taxa de manutenção e permite a movimentação de até R$ 5 mil mensais, com até três transferências por mês para qualquer conta-corrente sem tarifa. O aplicativo também permite o pagamento de contas domésticas (água, luz, telefone e gás), a compra com cartão virtual de débitos em lojas eletrônicas e pagamento por código QR (versão avançada do código de barras) em maquininhas de estabelecimentos parceiros.


Na impossibilidade de abertura de conta poupança digital ou de crédito em conta corrente, o trabalhador deverá usar o Cartão do Cidadão para sacar o benefício em um terminal de autoatendimento da Caixa, nas lotéricas, nos correspondentes bancários Caixa Aqui ou ir a alguma agência.


O Banco do Brasil se encarregará do pagamento aos trabalhadores que indicarem conta-corrente ou poupança, tanto do banco quanto de qualquer outra instituição financeira. O crédito será feito sem o abatimento de dívidas ou cobrança de tarifas. Quem não tem conta no Banco do Brasil receberá um Documento de Ordem de Crédito (DOC). No caso de inconsistência de dados ou de qualquer outra impossibilidade de efetuar o crédito, o benefício será pago por meio do aplicativo Carteira bB.


O aplicativo permite compras em estabelecimentos que aceitem a bandeira Visa, recargas de celulares, transferências de valores e pagamento de boletos com código de barras. Na necessidade de saques, o Carteira bB permite o agendamento de retiradas em caixas eletrônicos do Banco do Brasil.


Eventuais dúvidas sobre o Benefício Emergencial podem ser tiradas no Portal Eletrônico de Serviços do Governo Federal, no aplicativo Carteira de Trabalho Digital e na página do Ministério da Economia dedicada ao programa. Na Central Telefônica 158, patrões e empregados podem encontrar orientações sobre os acordos trabalhistas, o preenchimento de formulário e o consultar a situação do pedido de benefício.


A Caixa oferece dois canais para informações sobre os pagamentos: no site do banco e no telefone 0800-726-0207. No Banco do Brasil, as dúvidas podem ser tiradas pelo site do BEm, nos telefones 4003-5285 (capitais) e 0800-729-5285 (demais localidades) e pelo Whatsapp, no contato (61) 4004-0001.


Da Agência Brasil / Foto: Marcello Casal JrAgência Brasil

quinta-feira, 27 de maio de 2021

Vem aí o 23º Congresso Internacional de Educação da LBV – edição on-line!

O tema tratará das estratégias para a realização de aulas remotas, a partir do uso da tecnologia, de jogos e da inclusão



De 28 a 30 de junho, professores e educadores vão apresentar estratégias educacionais e práticas pedagógicas como contribuição à educação brasileira e internacional durante a edição on-line do 23º Congresso Internacional de Educação da LBV, sob o tema “Estratégias para aulas remotas — tecnologia, jogos e inclusão: uma visão além do intelecto”.


O evento, que inicia às 19h30, contará com a participação de renomados palestrantes, entre eles a professora Donalda Baeta, doutora honoris causa em Ciências da Educação e Neuroeducação, mestre em Psicologia da Educação, com especialização em Necessidades Educacionais Especiais; e psicóloga, com especialização nas áreas educacional e de reabilitação pela Universidade do Algarve, em Portugal. Ela abordará o tema O “Ensino inclusivo — Intervenções pedagógicas e práticas nas escolas de Portugal”, na segunda-feira (28/6).


Na sequência, o professor Júlio Furtado, doutor em Educação pela Universidade de Havana, em Cuba, mestre em Educação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), consultor educacional e professor de pós-graduação e do ensino básico, falará sobre “As aprendizagens da escola na pandemia”.


Na terça-feira (29/6), é a vez da professora Fátima Alves, que trará importante contribuição a respeito da temática “O movimento, o intelecto e o afeto: a base da Psicomotricidade para a escola e a família em tempos de aulas remotas”. Ela é mestre em Ensino de Ciências da Saúde e do Ambiente; docente da pós-graduação presencial e coordenadora de pós-graduação em Psicomotricidade da AVM Educacional, da Universidade Cândido Mendes (UCM) e da licenciatura à distância em Pedagogia da Faculdade Unyleya, no Rio de Janeiro. 


A preleção de encerramento na sexta-feira (30/6) será da professora Suelí Periotto, doutora e mestre em Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e supervisora da Pedagogia do Afeto e da Pedagogia do Cidadão Ecumênico, da LBV que abordará as “Estratégias para a realização de aulas remotas: o uso da tecnologia, dos jogos e a inclusão: uma visão além do intelecto”, cujas ações são aplicadas na rede de ensino da Legião da Boa Vontade.


Para inscrições acesse a página www.lbv.org/congresso-de-educacao.


Serviço:

Evento: 23º Congresso Internacional de Educação da LBV — Edição on-line

Tema: “Estratégias para aulas remotas — tecnologia, jogos e inclusão: uma visão além do intelecto”.

Para quem: Professores e educadores sociais, gestores escolares e sociais, assistentes sociais, psicólogos e demais profissionais ligados às áreas da educação e da assistência social.

Data e horário: 28, 29 e 30 de junho, às 19h30.

Inscrições: www.lbv.org/congresso-de-educacao.


Da ASCOM

Serviço de Certificado Digital opera através de agendamento prévio na CDL Surubim

Para atender as demandas urgentes de Certificação Digital (classificada serviço essencial de acordo com o Decreto nº 10.282/2020 - DOU), a CDL Surubim está operando através de agendamento prévio. Os agendamentos podem ser feitos pelo telefone (81) 9 9236.3897 (WhatsAPP).


O certificado digital continua sendo obrigatório para emissão de notas fiscais eletrônicas, para o cumprimento de obrigações fiscais, previdenciárias, trabalhistas, acesso ao sistemas de comércio exterior SISCOMEX, acesso à caixa postal e-CAC da Receita Federal, assinatura de prontuários médicos eletrônicos e uma infinidade de outras obrigatoriedades que o empreendedor deve estar atento.


Nossa equipe está tomando todas as medidas de higiene e segurança para oferecer o melhor serviço, sem riscos à saúde.


Da CDL Surubim

Prefeitura de Surubim instala mais 5 leitos na Policlínica Estefânia Farias

A Prefeitura de Surubim continua trabalhando pesado para proteger a população contra a Covid-19. Mais cinco novos leitos foram instalados no hospital de retaguarda Estefânia Farias, reforçando a estrutura de enfrentamento à pandemia para atender os pacientes do município.


A instalação foi indispensável neste momento, diante do aumento expressivo de casos no município e da necessidade de atender a os pacientes acometidos pela doença. 


Com esta ampliação,  o Estefânia passa a contar agora com 28 leitos em funcionamento. E você também pode fazer a sua parte. Proteja-se e cuide de quem você ama. Obedeça as restrições sanitárias, evite sair de casa e participar de aglomerações. Use a máscara corretamente e mantenha o distanciamento social. Juntos, vamos vencer mais este desafio.


Da ASCOM Surubim

Feiras agropecuárias e vaquejadas são suspensas em Pernambuco

A realização de competições de feiras agropecuárias e vaquejadas em Pernambuco está suspensa até 6 de junho, em razão das medidas restritivas adotadas pelo Governo do Estado para conter o avanço da pandemia do novo coronavírus.



A decisão foi publicada em portaria da Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária do Estado de Pernambuco (Adagro) no Diário Oficial de quarta-feira (26).


De acordo com a Adagro, Pernambuco possuía 23 feiras agropecuárias antes da pandemia e todas foram canceladas durante o primeiro período de quarentena, ainda em 2020. 


O processo de retomada foi gradual mediante autorização da Adagro, que já contabilizava a liberação das chamadas “feiras de gado” em 15 municípios.


Em conformidade com a área delimitada pelo decreto no Agreste, estão suspensas as feiras agropecuárias dos municípios de Cachoeirinha, Surubim, Águas Belas, São Bento do Una, São João, Caruaru, Limoeiro, Capoeiras, João Alfredo, Custódia e Lagoa do Ouro. 


Permanecem autorizadas, as feiras de Ouricuri, Afogados e Tabira. Enquanto Buique, que está fora da área de restrição, ficará suspensa por decisão da Prefeitura Municipal.


“A suspensão, inicialmente, segue até 6 de junho. Sabemos da importância dos eventos agropecuários para a economia do Estado e para o homem do campo, mas é vital conter a transmissão da Covid-19, evitando aglomerações neste período em que a transmissão é exponencial”, pontua o presidente da Adagro, Paulo Roberto Lima.


Da Folha de PE / Foto: Divulgação/Adagro

Acic se posiciona contra novo decreto do Governo de Pernambuco

Associação defende que novas medidas restritivas não levam em consideração a proximidade de Caruaru com a Região Metropolitana



Após uma série de reuniões realizadas com representantes dos setores produtivos e com a prefeita de Caruaru, Raquel Lyra, a presidente da Associação Comercial e Empresarial de Caruaru (Acic), Ivania Porto, juntamente com o presidente do Conselho Superior Deliberativo da Entidade, Franco Vasconcelos, definiu uma série de ressalvas da Instituição ao decreto nº 50.752. Emitido pelo Governo de Pernambuco na segunda-feira (24), o documento estabelece uma nova quarentena mais rígida para todas as 53 cidades das Geres IV (com sede em Caruaru) e V (com sede em Garanhuns) e, de acordo com a Associação, penaliza os empresários do Agreste, agindo de maneira isolada.



Para a Associação, as novas medidas restritivas, aplicadas somente ao Agreste, não são completamente eficazes. ‘’A Acic é contra o fechamento das atividades tidas como não-essenciais apenas no Agreste, pois a região não aceita ser considerada uma ilha dentro do Estado nesse sentido. A proximidade de Caruaru com a Região Metropolitana, com ampla circulação de pessoas pela BR 232 diariamente, não foi considerada. Medidas que só vêm penalizar os empresários do interior do Estado não têm a aprovação da Associação, que tem como seu papel fundamental defender o interesse dessa classe, por isso nos colocamos contra essa forma de fechamento’’, argumenta a presidente da Acic, Ivania Porto.



A Associação não apenas se posicionou contra o decreto, mas, também, fez solicitações aos governos em suas três esferas de poder. ‘’Entendemos a gravidade da situação e temos participado ativamente das discussões sobre as medidas de enfrentamento desde que a pandemia começou, sempre compreendendo as dificuldades dos empresários e defendendo que as empresas não são os principais vetores de contaminação devido aos cuidados adotados. Por isso, não apenas nos colocamos contra, mas pedimos mais políticas públicas de saúde, no que se refere à abertura de mais leitos, e, principalmente, que a vacinação seja ampliada, pois é a única forma efetiva de sairmos dessa situação alarmante’’, finalizou a presidente da Acic, Ivania Porto.


Da ASCOM

Online | Campanha Maio Amarelo busca mais responsabilidade no trânsito em Surubim

O respeito e a responsabilidade no trânsito são deveres de todos. Por isso, a Prefeitura Municipal de Surubim, através das secretarias de Educação e Cultura e Defesa Social, realizará esta semana (de forma online), nas escolas da rede municipal de ensino, ações de conscientização e responsabilidade no trânsito, em parceria com o DETRAN. É a campanha do MAIO AMARELO, que objetiva alertar a sociedade para os altos índices de acidentes e mortes no trânsito.


Para fortalecer cada vez mais os cuidados e compromisso de cada um, durante todo o ano, estudantes e profissionais da educação estarão envolvidos em atividades de formação e conscientização no trânsito da cidade, através do projeto PROFESSOR AMIGO DO TRÂNSITO.

Lembre-se: No trânsito, sua responsabilidade salva vidas.


Da ASCOM Surubim

quarta-feira, 26 de maio de 2021

Pernambuco volta a registrar saldo positivo de empregos no mês de abril

O estado de Pernambuco voltou a obter um saldo positivo no número de contratos com carteira assinada. Após sofrer com a perda de 2.870 vagas em março, o estado conseguiu gerar 4.798 postos de trabalho em abril deste ano. De acordo com os dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), esse é o melhor desempenho do estado no ano. 


No acumulado do ano, Pernambuco teve um saldo positivo de 5.163 empregos, número que indica um aumento de 0,42% em relação ao mesmo período de 2020. No Nordeste, o estado foi o segundo a gerar mais empregos, perdendo apenas para Bahia, que criou 9.207 vagas no mês passado. Na região, o mês de abril encerrou com um saldo positivo de 19.747 contratos de trabalho. Apenas os estados de Alagoas (-3.208), Sergipe (-92) e Rio Grande do Norte (-61) continuaram com resultados negativos.


No estado, o setor de serviços se destacou, com a geração de 3.583 postos de trabalho. Os outros segmentos também finalizaram o mês com saldo positivo. Com 588 empregos gerados, a indústria foi o segundo setor que mais contratou, seguida pela construção (308), agropecuária (204) e comércio (115).


A capital pernambucana foi o município que mais contratou durante o mês de abril, registrando a admissão de 1.427 trabalhadores. No Recife, apesar do bom desempenho geral, três setores apresentaram recuo no total de empregos, com destaque para o comércio, que fechou 209 vagas. Já a agropecuária e a indústria encerraram 51 e 22 postos de trabalho na cidade, respectivamente. 


No Brasil, o número de trabalhadores contratados também superou o de demitidos, com a geração de 120.935 postos de trabalho. No país, 23 das 27 Unidades Federativas (UF) registraram saldos positivos, com destaque para São Paulo (30.174), Minas Gerais (13.942) e Santa Catarina (11.127). 


Do Diario de PE / (Reprodução/Seteq)


Sesc promove bate-papo virtual sobre as relações do território com a Literatura

Atividade do Circuito de Autores do Arte da Palavra será nesta quarta-feira (26/05), às 19h, no Facebook. Convidados são os escritores José Rezende Jr (DF) e Bruno Azevedo (MA)


 


Como a Literatura está intimamente relacionada ao território ao qual o escritor está inserido? Este é o mote da conversa que os escritores José Rezende Jr. (DF) e Bruno Azevedo (MA) terão nesta quarta-feira (26/05), às 19h, no Circuito de Autores do projeto Arte da Palavra – Rede Sesc de Leituras. O bate-papo virtual será transmitido pela página oficial do projeto no Facebook (www.facebook.com/artedapalavrasesc). A mediação será do escritor Anderson Lucas (PE). A atividade é de responsabilidade do Sesc Ler Surubim.




 

Na conversa, José Rezende Jr. e Bruno Azevedo vão debater as influências que o território exerce na produção textual de autores, seus contextos e as delimitações do espaço geográfico na literatura, sejam elas espaciais ou de memória. Também vão discutir questões relacionadas aos escritos para publicidade e suas diversas publicações, à interatividade, território, espaço de divulgação, projetos literários, entre outras.


 

Sobre os escritores – José Rezende Jr. ganhou o Prêmio Jabuti, na categoria Contos em 2010 com “Eu perguntei pro velho se ele queria morrer (e outras estórias de amor)”. Também publicou “A mulher-gorila e outros demônios”, “Os vivos e os mortos”, o livro de microcontos “Estórias Mínimas” e o infantojuvenil “Fábula Urbana”. Estreou no gênero romance com “A cidade Inexistente”. Integra as antologias “Geração Zero Zero”, que reúne alguns dos principais ficcionistas brasileiros surgidos no início do século 21, e “Minigeschichten aus Brasilien”, ​coletânea ​alemã que destaca alguns dos mais importantes autores brasileiros de narrativas curtas. Rezende Jr. também é jornalista e foi repórter especial de O Globo, Jornal do Brasil, IstoÉ e Correio Braziliense. É chefe de redação e repórter da revista Traços, publicação cultural vendida em Brasília por pessoas em situação de rua.


 

Bruno Azevedo é escritor, antropólogo, editor, tradutor, músico e professor. É autor de dez livros. Desde os anos 90 trabalha com ficção em prosa, quadrinhos e música, inicialmente como autor e editor de fanzines (solo ou com o grupo Fator RHQ). Entre 2000 e 2004 manteve uma coluna semanal sobre quadrinhos no jornal O Estado do Maranhã. Lançou o primeiro livro em 2000, uma coletânea de contos. Em 2009, fundou a editora Pitomba Livros e Discos, que hoje conta com mais de 30 títulos. Colabora em revistas e zines como Tarja Preta, Graffiti 76% Quadrinhos, Jornal Vaia e a revista Pitomba. Presta serviços para editoras como Annablume e Edufma, na edição e diagramação de livros na área das Ciências Humanas. Mantém o blog www.bazevedo.blogspot.com. Trabalha com fotonovelas e audioficção. Cursa o doutorado em Ciências Sociais pela UFMA.

 


 

Serviço: Conversa virtual “O Território e a Literatura”, com José Rezende Jr. (DF) e Bruno Azevedo (MA))

Realização Arte da Palavra – Rede Sesc de Leituras

Data: 26 de maio

Horário: 19h

Transmissão pelo Facebook – www.facebook.com/artedapalavrasesc

Informações (81) 3634.5280



Da ASCOM

Vacinação contra febre aftosa é prorrogada em Pernambuco

 A Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária do Estado de Pernambuco (Adagro), autarquia vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Agrário (SDA), estendeu, até o dia 30 de junho, o prazo para aquisição e aplicação da vacina contra a febre aftosa.


A declaração de vacinação é obrigatória e deve ser efetuada até 15 de julho nos escritórios da agência ou, preferencialmente, pela internet. 

 

A primeira etapa, que ocorre simultaneamente em todo o Brasil, de 1º a 31 de maio, também foi prorrogada em outros estados do Nordeste com autorização do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

 

“Para minimizar os efeitos deste pico da pandemia da Covid 19 que está afetando também os produtores, habilitamos a declaração de vacina on-line e agora estendemos o prazo para evitar aglomeração nos locais de venda da vacina e nos escritórios da Adagro onde muitos produtores ainda realizam a declaração de vacinação”, explica o presidente da Adagro, Paulo Roberto Lima.

 

A Adagro registrou menos de 40% de cobertura vacinal na reta final desta campanha, que tem a meta de imunizar, no mínimo, 90% de todo o rebanho pernambucano, estimado em mais de 2 milhões de animais, entre bovinos e bubalinos.


A declaração pode ser executada no computador ou pelo celular via aplicativo nas versões IOS e Android. Para facilitar o acesso e esclarecer possíveis dúvidas relacionadas ao cadastramento do produtor e ao preenchimento do formulário de declaração, a Adagro disponibiliza um tutorial no Portal www.adagro.pe.gov.br no banner: “Febre aftosa: Como declarar a vacinação”. A agência ainda disponibiliza sua ouvidoria, por meio do 0800 081 1020 para dúvidas ou sugestões.

 

“Historicamente, Pernambuco assegura uma cobertura superior aos 90% exigidos pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e que mantém o status de área livre de aftosa com vacinação. Em tempos de pandemia, estamos contando ainda mais com a cooperação dos produtores, secretarias municipais de agricultura, as próprias prefeituras e o nosso quadro técnico para garantir a sanidade do rebanho e a manutenção desse status”, afirma Paulo Roberto Lima.

 

Balanço 2020

Na primeira etapa, foram vacinados 1.827.41 bovinos e 9.685 búfalos, atingindo uma cobertura de 93,59% do rebanho pernambucano.


Na segunda etapa, quando apenas o rebanho de 0 a 24 meses recebe uma dose de reforço, Pernambuco garantiu a imunização de 595.043 bovinos e bubalinos, alcançando percentual de 94.89% de cobertura nesta faixa etária. 


Da Folha de PE / Foto: Arquivo/ Agência Brasil



Bolsonaro veta projeto que fixou prazo para extinção de registro de empresas

O presidente Jair Bolsonaro vetou, por recomendação do Ministério da Economia, o projeto de lei que estabelecia prazo de cinco dias úteis para que todos os registros da empresa ou da pessoa jurídica fossem extintos da Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (Redesim) após a baixa do registro na junta comercial.


O projeto (PL 8239/17) alterava a lei que criou a Redesim, um sistema eletrônico que reúne órgãos das três esferas administrativas (União, estados e municípios) e possibilita ao empresário abrir, alterar ou fechar a empresa em um único local.


A lei já obriga a baixa da empresa solicitante em todos os órgãos da Redesim, mas sem impor um limite temporal. O projeto vetado foi apresentado pelo então senador Hélio José (DF).



Na mensagem de veto publicada nesta quarta-feira (26) no Diário Oficial da União, o Ministério da Economia afirma que a medida gera insegurança jurídica, pois a extinção definitiva dos registros do empresário e da pessoa jurídica tem repercussões na área tributária, trabalhista e previdenciária, o que demanda “exame criterioso dos fatos e das circunstâncias que envolvam o procedimento de baixa de empresas”.


O ministério também afirmou que a Redesim já permite que a informação da baixa do registro da empresa na junta comercial seja compartilhada automaticamente com os demais órgãos da rede, para promover os cancelamentos necessários em seus próprios cadastros.


O veto presidencial será analisado agora pelo Congresso Nacional, em sessão a ser marcada. Os deputados e senadores podem manter o veto ou derrubá-lo, tornando o projeto uma lei. Nesse caso, é necessário ter o voto de pelo menos 257 dos 513 deputados e 41 dos 81 senadores.


Da Folha de PE / Foto: Reprodução/Google Maps

UPA Surubim recebe 10 novas camas para pacientes com coronavírus

Seguindo firme no enfrentamento à pandemia da COVID-19, a Prefeitura de Surubim adquiriu mais 10 novas camas hospitalares para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município.

Os novos equipamentos chegaram na manhã desta terça-feira (25) e serão utilizados para ampliar os leitos e melhorar o acolhimento aos pacientes na ala covid.


Essas camas já estão sendo utilizadas no serviço com a disponibilidade de saídas de oxigênio para atender as necessidades dos pacientes acometidos pela doença.


Faça a sua parte. Proteja-se e cuide de quem você ama. Obedeça as restrições sanitárias, evite sair de casa e participar de aglomerações. Use a máscara corretamente e mantenha o distanciamento social. Juntos, vamos vencer mais este desafio.


Da ASCOM

Vendas do Tesouro Direto superam resgates em R$ 614 milhões

As vendas do Tesouro Direto superaram os resgates, em abril, em R$ 614 milhões. No mês, as vendas atingiram R$ 2,171 bilhões. Já os resgates somaram R$ 1,557 bilhão, sendo R$ 1,531 bilhão relativos a recompras e R$ 26,3 milhões a vencimentos. Os números constam do balanço do Tesouro Direto divulgado hoje (25), em Brasília, pela Secretaria do Tesouro Nacional.


O balanço mostra que os títulos mais procurados pelos investidores foram os indexados à inflação (Tesouro IPCA+ e Tesouro IPCA Juros Semestrais), cuja participação nas vendas atingiu 42,7%. O título indexado à Selic (Tesouro Selic) correspondeu a 36,5% do total e os prefixados, 20,8%.


Em relação ao prazo de emissão, 15,3% das vendas no Tesouro Direto no mês corresponderam a títulos com vencimentos acima de dez anos. As vendas de títulos com prazo entre cinco e dez anos representaram 48,9% e aquelas com prazo entre um e cinco anos, 35,8% do total.


Expansão

No mês, houve 373.825 operações de venda de títulos a investidores. A utilização do programa por pequenos investidores pode ser observada pelo considerável número de vendas até R$ 5 mil, que correspondeu a 84,7% do total em abril. O valor médio por operação foi de R$ 5.808,28.


Em abril, o estoque do Tesouro Direto alcançou R$ 63,92 bilhões, o que significa expansão de 1,7% em relação a março (R$ 62,83 bilhões) e alta de 6,1% sobre abril de 2020 (R$ 60,24 bilhões).


Os títulos remunerados por índices de preços respondem pelo maior volume no estoque: 54,2% do total. Na sequência, aparecem os títulos indexados à taxa Selic, com participação de 25,7%, e, por fim, os títulos prefixados: 20,2%.


Em relação aos investidores, em abril 357.926 novos participantes se cadastraram no Tesouro Direto. O total de investidores cadastrados atingiu 10.643.707, o que representa alta de 57,2% nos últimos 12 meses.


O número de investidores ativos chegou a 1.503.720, uma variação de 20,6% em 12 meses. No mês, o acréscimo foi de 23.915 novos investidores ativos.


Da Agência Brasil - (Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

Acompanhe-nos no Facebook


Publicidade


!

!
!
!

!

!

!

!

!

!
!
!
!
!

!
! !

Você é o Visitante:

Acessos em Tempo Real

Previsão do Tempo em Surubim

Blogs e Sites Parceiros

Arquivo do blog

Curta Nossa FanPage - Muito Obrigado!

Internautas On Line

(81) 9925.8297 // negocioseinformes@gmail.com