© 2014 - Todos os Direitos Reservados ao Blog Negócios e Informes. Tecnologia do Blogger.

domingo, 14 de junho de 2020

Reabertura do varejo cheia de protocolos

O plano de retomada das atividades econômicas entra em mais uma etapa em grande parte dos municípios de Pernambuco nesta segunda-feira (15). A flexibilização passa a valer para o varejo de rua, de bairros e de centro, que tenham até 200 metros quadrados com horário estabelecido entre 9h e 18h e para salões de beleza e serviços de estética. Também entram na retomada o comércio de veículos, serviços de aluguel e vistoria de veículos com 50% dos funcionários de vendas. Porém, cada setor deverá seguir os protocolos estabelecidos pelo governo do estado para funcionar dentro dos padrões de exigências sanitárias para evitar que o número de casos da Covid-19 volte a subir e, consequentemente, crie a necessidade de fechar as atividades econômicas novamente. A lista é grande e conta com medidas sobre distanciamento social, higiene e comunicação e monitoramento.

Os estabelecimentos que se enquadram entre os autorizados a reabrir nesta segunda-feira abrangem a maior parte do comércio. "A gente sabe que os consumidores vão voltar aos poucos, mas essa retomada já ajuda. Ela vai atingir a maioria das lojas porque a maioria é pequena mesmo. Em muitos casos, mesmo quem tem loja grande, tem outra unidade menor e vai poder reabrir. Então essa medida vai atender a maioria dos lojistas. Talvez só não atenda as grandes redes agora neste início", afirma Eduardo Catão, presidente da Federação das Câmaras dos Dirigentes Lojistas de Pernambuco (FCDL-PE).

Ele garante que a entidade fez um trabalho de conscientização junto aos lojistas para que os protocolos estabelecidos pelo governo do estado sejam seguidos. "Fizemos esse alerta para que depois não haja a necessidade de voltar a fechar porque o prejuízo vai ser grande. Já passamos quase 90 dias fechados, tem que ter precaução agora. Então os lojistas vão ter mais cuidados. Vai ter número de clientes determinados, todo mundo de máscara, álcool em gel e todos os protocolos estabelecidos. Nas cidades menores vai ser até mais tranquilo e esperamos que funcione tudo bem. Nosso objetivo não é só reabrir as lojas. Mas temos que ter o respeito com os clientes e com as equipes e a responsabilidade com o estado como um todo para que possa reduzir essa taxa de infectados", ressalta.


Preparados
Alguns lojistas aproveitaram o período que as lojas físicas estavam fechadas para investir nas transformações necessárias para o atendimento na reabertura. É o caso de Isis Lopes, proprietária de quatro unidades da Villa Kids e uma da By CP. "Compramos secadoras de roupas para colocar nas lojas e elas são colocadas nas máquinas e expostas a temperaturas altas. Pesquisamos muito e conversamos com infectologista para ser algo que o vírus não resistisse e também não danificasse as peças. Inclusive, o cliente pode solicitar que a peça seja colocada lá e esperar 15 minutos, se ele desejar ter a certeza que tem um produto limpo. É importante que os clientes possam ver as medidas para se sentirem mais seguros", diz. 

Do Diario de PE

Acompanhe-nos no Facebook


Publicidade


!

!
!
!

!

!

!

!

!

!

!

!

!
!
!
! !
!

!

!
! !

Você é o Visitante:

Acessos em Tempo Real

Previsão do Tempo em Surubim

Blogs e Sites Parceiros

Curta Nossa FanPage - Muito Obrigado!

Internautas On Line

(81) 9925.8297 // negocioseinformes@gmail.com