© 2014 - Todos os Direitos Reservados ao Blog Negócios e Informes. Tecnologia do Blogger.

sexta-feira, 20 de setembro de 2019

Como abrir uma startup

Nos últimos anos houve um significativo aumento no número de startups no Brasil e no mundo. A todo momento surgem  diversas ideias inovadoras para serem postas em prática, mas antes de tirar o projeto do papel é preciso estudar bastante o mercado e entender como funciona os processos do negócio.

A parte burocrática nem sempre é a mais prazerosa, mas é uma das mais importantes para fazer a empresa acontecer. Se você está cheio de ideias, dê uma olhada nessas dicas para você iniciar uma startup no mercado. 

Forme uma sociedade
Após organizar suas ideias, estudar sobre o modelo de negócio e se especializar nele, é hora de partir para o suporte financeiro. A sociedade pode ser o sucesso e o fracasso de muitas empresas. Por isso, ao escolher um sócio, opte por uma pessoa que tenha as mesmas ambições e afinidades que as tuas.

A sociedade pode ser com um amigo, parente e até um simples conhecido. Mas, independente da relação, é importante que ela seja formalizada por meio de um contrato social. Para isso, procure um advogado que ajudará com as cláusulas necessárias para que nenhum dos lados saia perdendo em caso de possíveis desentendimentos ou quebra da sociedade.

Formalize a sua startup
Ao pensar em qualquer ideia de negócio é importante não esquecer da formalização da empresa. Para fazê-la é importante ter profissionais de contabilidade e advogado de confiança que poderão esclarecer todas as suas dúvidas. A parte mais importante é a da criação de um CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica), como acontece com todas as empresas. Além disso, é preciso registro em outros órgãos como receita Federal, Junta Comercial, Prefeitura entre outros. Por isso, separe tempo e dinheiro para esta parte burocrática, pois ela será fundamental para o início da sua startup.

Como dissemos anteriormente, você vai precisar de um advogado e um contador para ajudar na gestão. O Advogado será essencial para a elaboração de contratos, tanto com fornecedores como com colaboradores. E, o contador cuidará de toda a parte financeira e tributos.

Escolha um bom ponto
Se a sua startup tiver um escritório, procure estabelecê-lo em uma região que seja boa para o seu tipo de negócio. Caso ainda não tenha condições de montar um escritório particular, uma opção são os coworkings. Neles é possível alugar um local para trabalhar e até uma sala privada. As ofertas variam de espaço para espaço, vale a pena pesquisar as possibilidades.

Planeje-se financeiramente
Para não correr o risco de fechar as portas com pouco tempo de funcionamento, é de extrema importância fazer um planejamento financeiro. Junte um capital significativo, busque investidores e nunca deixe se prospectar clientes. 

Entre os gastos da sua startup, você precisa contemplar despesas com tributos, aluguel, folha de pagamento, pagamento de fornecedores, manutenção e ainda ter uma reserva para eventuais custos. Além disso, é importante que em algum tempo a empresa tenha um lucro significativo.

Se você é novo no mundo dos negócios, que tal fazer uma pós-graduação e começar a sua startup como um especialista? Conheça nossos cursos e escolha o que mais combina com você.

Fonte – Blog Portal Pós 

Acompanhe-nos no Facebook


Publicidade


!

!
!
!

!

!

!

!

!

!

!

!

!
!
!
! !
!

!

!
! !

Você é o Visitante:

Acessos em Tempo Real

Previsão do Tempo em Surubim

Blogs e Sites Parceiros

Curta Nossa FanPage - Muito Obrigado!

Internautas On Line

(81) 9925.8297 // negocioseinformes@gmail.com