© 2014 - Todos os Direitos Reservados ao Blog Negócios e Informes. Tecnologia do Blogger.

segunda-feira, 10 de junho de 2019

Estudantes pernambucanos viajam ao Vale do Silício

Estudantes pernambucanosFoto: Divulgação
Estudantes pernambucanos farão imersão de dez dias na região conhecida mundialmente pela sua alta tecnologia

Um grupo com cerca de 15 adolescentes pernambucanos, com idades entre 13 e 17 anos, viajará para o Vale do Silício, nos Estados Unidos, para despertar a capacidade de pensar diferente. Os estudantes farão uma imersão de dez dias com atividades de empreendedorismo, educação financeira, criatividade e design para que desenvolvam habilidades capacitantes para o futuro. Além disto, aprenderão sobre o “mindset” do Vale que é conhecido mundialmente pela sua alta tecnologia. 

O primeiro grupo de alunos sai do Recife no dia 19 de julho. Apesar de ainda faltar mais de um mês para ida à Califórnia, o clima é de muita expectativa e ansiedade. Batizado de “Acelera no Vale” a iniciativa da Agit Intercâmbio em parceria com a Acelera - escola de empreendedorismo, inclui um roteiro com atividades pensadas para despertar a curiosidade dos alunos no território que, nos últimos anos, vem desenvolvendo o que há de mais revolucionário no mundo, a exemplo da Uber, que foi desenvolvida na região e revolucionou a forma de transporte. 

Chegando nos Estados Unidos, os adolescentes visitarão grandes empresas, como HP, Apple, Google, Tesla, Facebook. A viagem tem gerado expectativas positivas também nos pais. É o caso do administrador Marcelo Beder, pai de Natalia Beder, de 16 anos, uma das adolescentes que farão a imersão no Vale. “Como pai eu tento entregar a melhor educação possível, mesmo com sacrifícios. Estou bastante alegre com a ida da minha filha e espero que isso lhe ajude lá na frente a conseguir um bom emprego”, diz, afirmando ainda que espera que a filha queira continuar no Brasil. “A gente precisa de pessoas capacitadas que saibam solucionar problemas”, completa.

De acordo com a diretora da Agit, Natalya Fonseca, o projeto pioneiro tem uma missão de proporcionar uma experiência de imersão na região do Vale. “Selecionamos o que há de mais inovador na região. Sendo assim, eles terão a oportunidade de estimular a criatividade com a junção de conteúdo teórico e prático”, detalha. “Viver a cultura do local irá contribuir para agregar novos valores aos estudantes. Além disto, várias atividades práticas que vão desde a refeição até workshops”, completa.

Durante as visitas, os alunos terão a criatividade e o olhar estimulados por um universo que faz parte de suas rotinas. É o caso de empresas que desenvolvem jogos (EA Games), produtos eletrônicos (HP) e unidades de processamentos gráficos para os mercados de jogos e profissionais (Nvidia). “Nosso papel, como educador é fomentar parte do conteúdo, das atividades, e manter a conexão com as empresas”, disse o diretor da escola Acelera, Guilherme Carvalho.

Da Folha de PE

Acompanhe-nos no Facebook


Publicidade


!

!
!
!

!

!

!

!

!

!

!

!

!
!
!
!
!

!

!
! !

Você é o Visitante:

Acessos em Tempo Real

Previsão do Tempo em Surubim

Blogs e Sites Parceiros

Curta Nossa FanPage - Muito Obrigado!

Internautas On Line

(81) 9925.8297 // negocioseinformes@gmail.com