© 2014 - Todos os Direitos Reservados ao Blog Negócios e Informes. Tecnologia do Blogger.

segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

Família homenageia Empreendedor Pioneiro de Surubim

Imagens: Divulgação/Reprodução
O Portal Minha Rua Tem Memória, através de Edvaldo Clemente, a convite de Maria Arruda (Neta do homenageado), buscando reconhecer a importância do Empreendedor Pioneiro que se destacou nos setores do comércio, transportes, lazer e infraestrutura de Surubim, realizaram no fim da tarde e início da noite do último sábado (6) uma homenagem póstuma para Antonio José de Arruda, conhecido por Antonio Justino. 


Conduzido pelo Mestre de Cerimônias Roberto Pessoa, após o discurso de uma das netas, Maria José Arruda, "Moça" e de um dos bisnetos, Tiago Guerra Veloso, o Pe. Inaldo Silva deu as bençãos, e em seguida aconteceu a fixação da placa e distribuição de réplicas aos presentes. Atualmente a placa está localizada na Av. Monsenhor Luiz Ferreira Lima, mais precisamente no estabelecimento comercial, Cognatti Aliança de Ouro. À época, este logradouro chamava-se Rua da Aurora. Onde foi construído o primeiro bangalô. (edifício construído em linhas retas).

O evento, bastante concorrido, contou com a presença de uma das filhas do Sr. Justino, Inês, atualmente com 92 anos, ela que foi casada com Solon Guerra (tio do Jornalista Fernando Guerra), ex-prefeitos, Antonio Barros e José Arruda, autoridades surubinenses, imprensa local e parte da família do homenageado. Além da participação da Srª Célia Arruda com seu coral sob o comando do Maestro Flávio Dionísio, onde fizeram uma apresentação, e emocionando parte do público presente. Para encerrar o evento, foi servido um belo coquetel. (Negócios & Informes)
O Portal Minha Rua Tem Memória agradece à Sra. Maria José Arruda, «Moça» e aos seus familiares o apoio e o carinho dispensado para este importante resgate histórico da nossa gente que desbravou a nossa querida Surubim para o progresso.

Saiba mais:
Antonio José de Arruda, conhecido por Antonio Justino, nasceu na Vila São José de Surubim em 06 /01/ 1888. Foi um grande e visionário empreendedor que marcou a antiga Vila, fez empreendimentos em diversos setores como na pecuária, comércio, transportes, lazer e na infraestrutura da antiga Vila. 

Não era letrado, mas sua capacidade invejável tornava-o empreendedor número um. Era um matuto semianalfabeto, um camarada evoluído, meio aventureiro. Naquela época, as pessoas que tinham mais posse não queriam correr risco. Mas ele arriscava, aceitava desafio. «Antonio Justino sempre foi um cara desprendido e assumia qualquer negócio onde vislumbrasse algum resultado para ele e para o povo de Surubim. Uma figura muito especial, que os surubinenses não podem esquecer» conta Dr. Azevedo. 

Nos idos de 1925, Antonio Justino além de ter trazido o motor de luz para a Vila São José do Surubim, presenteou a população com o primeiro Cinema Mudo, foi proprietário de uma bolandeira e padaria, criador de bovinos que trazia do Estado do Piauí. 

 Negociava com couro, construiu o primeiro sobrado de linhas modernas aqui neste local, nº 47. À época, este logradouro chamava-se Rua da Aurora. Construiu o primeiro bangalô. Com ele a Vila se transformou, progrediu, sua audácia clareou casas, ruas, corações e mentes. Fez rir e fez chorar, marcando profundamente a nossa história. 

 Os antigos contam que o primeiro surubinense a possuir um carro, foi Antonio José de Arruda, o Antonio Justino, inclusive ele também adquiriu um ônibus (as sopas de antigamente ) e associou-se a uma empresa rodoviária. 

O desejo dos surubinenses de expandir e de se comunicarem com outras populações por rodovias era tão ardente, que antes mesmo da construção da estrada de Surubim-Bom Jardim, os espíritos mais ousados como Antonio Justino, sem falar em outros , já haviam desbravado não só o trecho acima, como ainda os que levavam a Salgadinho, Frei Miguelinho, Santa Maria, Vertentes do Lério, Casinhas e Tambor, demonstrando aos poderes competentes que tudo se faz à vontade da ação. 

O Cinema Mudo ficava na atual Rua 15 de Novembro Nº 44, antigamente uma casinha simples e comprida, com duas portas e um salão. Seu primeiro operador foi Alfredo Maurício da Cunha em 1925, contratado por A. Justino. « Em 1927 ou 1928, os irmãos, Dinamérico Severino e Urcezino Severino de Arruda, grandes amigos, compraram o Cinema Mudo a Antonio Justino.
Agradecimentos:

O Portal Minha Rua Tem Memória agradece à Sra. Maria José Arruda, «Moça» e aos seus familiares o apoio e o carinho dispensado para este importante resgate histórico da nossa gente que desbravou a nossa querida Surubim para o progresso. Surubim, 06 de janeiro de 2018. 1888 - 2018 Homenagem aos 130 anos de nascimento de Antonio José de Arruda - ''Antonio Justino".

Abaixo, confira a live feita pelo editor do Negócios & Informes:





Acompanhe-nos no Facebook


Publicidade


!

!
!
!

!

!

!

!

!

!

!

!

!
!
!
!
!

!

!
!

Você é o Visitante:

Acessos em Tempo Real

Previsão do Tempo em Surubim

Blogs e Sites Parceiros

Curta Nossa FanPage - Muito Obrigado!

Internautas On Line

(81) 9925.8297 // negocioseinformes@gmail.com