© 2014 - Todos os Direitos Reservados ao Blog Negócios e Informes. Tecnologia do Blogger.

terça-feira, 11 de dezembro de 2018

Instituto Roberto Mateus está com vaga de emprego para Recepcionista

Imagem: Divulgação/Reprodução
Em Surubim, o Instituto Médico Roberto Mateus está com oportunidade de emprego, a função será para Recepcionista. Requisitos: ambos os sexos, com ou sem experiência., sem restrição de idade. 

Os currículos devem ser enviados para o e-mail: contato@institutorobertomateus.com.br. 

Com prazo limite de envio/entrega até 13/12.

O Instituto Médico Roberto Mateus

A performance no setor de saúde decorre de uma longa trajetória de trabalho, de pioneirismo pela busca da modernidade, solidificada através de constantes investimentos em qualidade e avanços tecnológicos. Embasado nesta filosofia foi que surgiu o INSTITUTO MÉDICO ROBERTO MATEUS focalizado no atendimento a pacientes e familiares de Surubim e região que, diariamente, procuram a assistência dos profissionais de saúde nas mais diferentes especialidades e modalidades de serviço, tendo como objetivo valorizar a pessoa humana e prezar pelo compromisso e qualidade com a saúde do paciente, aliando instalações modernas e profissionais altamente qualificados voltados a prestar os melhores serviços.

Da Redação (Negócios & Informes)

Educandário Santa Ana está com matrículas abertas para 2019, em Surubim


O Educandário Santa Ana informa que estão abertas o período de matrículas para o ano letivo de 2019. O Educandário faz parte da educação de Surubim desde 2013.

Sob nova administração, serão formadas turmas pela manhã, tarde e integral. Abaixo, confira a nota de divulgação:

Imagens: Divulgação/Reprodução
"Para o ano letivo de 2019, teremos um novo formato desde, Educação Infantil até os anos iniciais da Educação Básica que compreendem de 1° ao 5° ano. O Educandário realiza matrículas a partir de 01 ano de idade. Com Matrículas para o Berçário (01 ano), Material I (02 anos), Maternal II (03 anos), Infantil I (04 anos), Infantil II (05 anos), 1° ano (06 anos), 2° ano (07 anos), 3° ano (08 anos), 4° ano (09 anos) e 5° ano (10 anos).

Temos aulas de:  Ballet, Capoeira, Dança, Informática, Inglês e Libras. Dispomos de transporte escolar, espaço de lazer, biblioteca. Contaremos com Avaliação e Acompanhamento Psicopedagógico. Mensalidade a partir de R$ 130,00 reais e Matrícula R$ 110,00."

O Educandário Santa Ana fica localizado na Rua Jerônimo Heráclio, 269 centro, fones: (81) 9 8196-0357 / 9 8210-4698.

Da Redação (Negócios & Informes)

segunda-feira, 10 de dezembro de 2018

Promocional | JH Eletro prepara Grande Feirão de Natal

As lojas JH Eletro, em Surubim, está preparando uma grande promoção para o período natalino. Se trata do Grande Feirão de Natal. Nas redes sociais da loja, a sugestão é que os clientes não comprem nada durante a semana.

Confira o recado: "Atenção 📣🗒

Confira esse importante recado: Não compre nada essa semana. Vem aí o Grande Feirão de Natal da JH Eletro. O Maior Melhor Feirão de todos os tempos. Aguarde!

JH Eletro com o cliente onde o cliente estiver!"

Vá até uma das lojas: Loja 01 - Rua 15 de Novembro, 50 - Fone: 3634.1780 / Loja 02 - Rua 15 de Novembro, 85 - Fone: 3634.3030 - Centro Surubim-PE. Fique sempre por dentro das grandes promoções da JH Eletro, para curtir a página no Facebook, clique no link:  www.facebook.com/lojasjheletro e Instagram: www.instagram.com/lojasjheletro

Da Assessoria / Imagem: Divulgação/Reprodução

Sesc Ler Surubim promove Feira de Orgânicos

Foto: Divulgação / Reprodução
Comercialização de frutas, verduras, hortaliças e legumes acontece todas as terças-feiras, a partir das 7h, no Pátio das Carretas da Unidade

O Sesc Ler Surubim incentiva o consumo de alimentos saudáveis, produzidos sem o uso de agrotóxicos, com a realização semanal da Feira de Orgânicos, que acontece todas as terças-feiras, sempre das 7h às 11h, no Pátio das Carretas da Unidade. A feira é realizada em parceria com a Associação dos Agricultores/as de Bom Jardim - Agroflor. No local, o público encontra tomate, cebola, cenoura, alface, couve, feijão verde, acerola, inhame, laranja cravo e banana dentro outros. Os produtos são comercializados a preços a partir de R$ 2. Também são vendidos produtos beneficiados e produzidos com aproveitamento integral dos alimentos, como pães sem glúten, bolachas e bolos, além de peças do artesanato, estimulando o desenvolvimento sustentável local.

A Feira compõe as ações do Programa ECOS de Sustentabilidade, que tem a missão de planejar, propor e apoiar ações que induzam a prática da sustentabilidade, difundindo práticas sustentáveis que incentivem a agricultura familiar, a qualidade de vida e o desenvolvimento sustentável. “Eles tratam a terra e produzem os alimentos com muito cuidado e não utilizam aditivos químicos, o que nos dá a oportunidade de consumir alimentos de ótima procedência, com preço justo, frescor, variedade e, claro, melhorar nossa qualidade de vida”, afirma Amanda Roberta de Souza, assistente social do Sesc Ler Surubim.

Sesc - O Serviço Social do Comércio (Sesc) foi criado em 1946. Em Pernambuco, iniciou suas atividades em 1947. Oferece para os funcionários do comércio de bens, serviços e turismo, bem como para o público geral, a preços módicos ou gratuitamente, atividades nas áreas de educação, saúde, cultura, recreação, esporte, turismo e assistência social. Atualmente, existem 20 unidades do Sesc do Litoral ao Sertão do estado, incluindo dois hotéis, em Garanhuns e Triunfo. Essas unidades dispõem de escolas, equipamentos culturais (como teatros e galerias de arte), restaurantes, academias, quadras poliesportivas, campos de futebol, entre outros espaços e projetos. Para conhecer cada unidade, os projetos ou acessar a programação do mês do Sesc em Pernambuco, basta acessar www.sescpe.org.br.

Serviço: Feira da Agricultura Familiar 
Data: toda terça-feira
Horário: das 7h às 11h
Local: Sesc Ler Surubim – Rua Frei Ibiapina, s/n, no bairro São José.
Entrada gratuita
Informações: (81) 3634-5280

Mercado reduz estimativa de inflação pela sétima vez

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil
Instituições financeiras consultadas todas as semanas pelo Banco Central (BC) reduziram mais uma vez a estimativa para a inflação este ano. A projeção para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPC-A) caiu pela sétima vez seguida, ao passar de 3,89% para 3,71%, neste ano. Para 2019, a projeção foi reduzida pela quinta vez consecutiva, de 4,11% para 4,07%. Em 2020, a expectativa é que a inflação fique em 4%, a mesma projeção há 75 semanas e, para 2021, houve ajuste de 3,78% para 3,75%.

As informações são do boletim Focus, publicado toda segunda-feira no site do BC, com estimativas do mercado financeiro para os principais indicadores da economia.

A revisão na estimativa para a inflação ocorreu após o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informar que o IPCA registrou deflação de 0,21% em novembro e acumulou alta de 4,05% em 12 meses, abaixo do centro da meta de inflação, que é de 4,5%. Essa meta tem limite inferior de 3% e superior de 6%. Para 2019, a meta é 4,25% com intervalo de tolerância entre 2,75% e 5,75%.

Reunião do Copom
Essa meta deve ser perseguida pelo BC, e o principal instrumento é a taxa básica de juros, a Selic. As instituições financeiras consultadas pelo BC esperam por manutenção da taxa básica de juros, a Selic, em 6,5%, nesta semana. O Comitê de Política Monetária (Copom) do BC reúne-se amanhã e quarta-feira (12) para definir a Selic.

Para as instituições financeiras, a Selic deve voltar a subir em 2019, encerrando o período em 7,5% ao ano. Na semana passada, a expectativa estava em 7,75% ao ano. A primeira reunião do Copom de 2019 ocorrerá em fevereiro.

A manutenção da Selic, como prevê o mercado financeiro, indica que o Copom considera as alterações anteriores nos juros básicos suficientes para chegar à meta de inflação, objetivo que deve ser perseguido pelo BC.

Ao reduzir os juros básicos, a tendência é diminuir os custos do crédito e incentivar a produção e o consumo. Entretanto, as taxas de juros do crédito não caem na mesma proporção da Selic. Segundo o BC, isso acontece porque a Selic é apenas uma parte do custo do crédito.

Para cortar a Selic, a autoridade monetária precisa estar segura de que os preços estão sob controle e não correm risco de ficar acima da meta de inflação.

Quando o Copom aumenta a Selic, o objetivo é conter a demanda aquecida, e isso causa reflexos nos preços porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança

Atividade econômica
A projeção para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) – a soma de todos os bens e serviços produzidos no país – caiu de 1,32% para 1,30%, na segunda redução seguida.

Para 2019, a estimativa segue em 2,53%. As instituições financeiras projetam crescimento de 2,50% do PIB em 2020 e 2021.

Cotação do dólar
A previsão do mercado financeiro para a cotação do dólar passou de R$ 3,75 para R$ 3,78 no fim deste ano e para 2019 permanece em R$ 3,80.

Da Agência Brasil

domingo, 9 de dezembro de 2018

Programa Ganhe o Mundo abre inscrições para 1.020 vagas de intercâmbio

Foto: Divulgação / Reprodução
Oportunidades são para a modalidade tradicional e musical e são voltadas para estudantes matriculados nos cursos de línguas do Programa; Inscrições seguem até janeiro
A Secretaria de Educação do Estado (SEE) inicia nesta terça (04) e sexta-feira (07) o processo seletivo para o Programa Ganhe o Mundo (PGM). São ofertadas 1.020 vaga, sendo mil para o PGM Tradicional e 20 para a modalidade Musical. As inscrições devem ser feitas  entre os dias 4 de dezembro e 3 de janeiro (Tradicional) e 7 de dezembro a 20 de janeiro (Musical) através do site da SEE. Para acessar o formulário de inscrição, bem como o edital com todas as informações sobre o processo, clique aqui.
Para participar da seleção, os estudantes precisam ter no mínimo 14 anos de idade até o dia primeiro de julho de 2019 e, no máximo, 17 anos até o dia 31 de janeiro de 2019. Eles também devem estar matriculados e cursando o 1º ano do ensino médio das escolas públicas estaduais em 2018, bem como inscritos nos cursos de línguas do Programa.
Na edição tradicional, o edital dispõe de mil vagas, sendo 700 para a língua inglesa, 295 para a espanhola e cinco para a alemã. Os estudantes convocados irão cursar um semestre letivo em escola de nível médio nos seguintes países: Argentina, Chile, Espanha, Colômbia, Canadá, Estados Unidos, Nova Zelândia, Austrália e Alemanha. O link para inscrição estará disponível a partir desta terça-feira (04), no site da SEE: www.educacao.pe.gov.br.
Por sua vez, a edição musical oferece dez vagas destinadas para intercâmbio na Espanha e dez no Canadá. Os estudantes selecionados irão vivenciar um semestre letivo do ensino médio na modalidade High School e receberão treinamento prático no instrumento musical ou canto para o qual foi selecionado. Em ambas as edições, os embarques estão previstos para acontecer em julho de 2019. O link para inscrição estará disponível a partir da sexta-feira (07), no site da SEE: www.educacao.pe.gov.br.
PROGRAMA GANHE O MUNDO - O PGM Foi criado em 2011 com o propósito de aumentar a proficiência das línguas inglesa e espanhola nos jovens estudantes da Rede. Mais de sete mil estudantes já fizeram o intercâmbio através da ação, que oferta, atualmente, as modalidades Tradicional, Musical e Esportivo nos seguintes países: Estados Unidos, Canadá, Nova Zelândia, Austrália, Chile, Espanha, Argentina, Uruguai, Alemanha e Colômbia.
SERVIÇO:
Programa Ganhe o Mundo 
Inscrições para o PGM tradicional: de 04 de dezembro a 03 de janeiro de 2019
Inscrições para o PGM Musical: de 07 de dezembro a 20 de janeiro de 2019
Mais informações para a imprensa: (81) 3183-9300

Do Governo de PE

Amigo secreto promete aquecer a economia

Gabriela Parisi, advogadaFoto: Brenda Alcântara/Folha de Pernambuco
Segundo dados da CNDL e SPC Brasil, expectativa é que a busca pelos mimos movimentem R$53,5 bilhões e levem 110 milhões de pessoas para as ruas

Mesmo depois de um ano difícil, em que os efeitos da crise econômica ainda são sentidos, o brasileiro não vai deixar de ir às compras neste Natal. Segundo pesquisa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), pelo menos 110,1 milhões de pessoas (72%) pretendem presentear alguém nas festas de fim de ano, gerando uma injeção de R$ 53,5 bilhões na economia. Nesse panorama de recessão, os consumidores encontram estratégias para gastarem menos com as compras. Para 47% dos que vão participar de pelo menos um Amigo Secreto, a tradicional brincadeira é uma delas. Afinal, ela permite que cada um compre apenas um presente, mas que, no final, todos sejam presenteados. De acordo com o levantamento, quem participar do sorteio deve desembolsar cerca de R$ 60.

Foi assim na casa da estudante e advogada Gabriela Parisi, 23. “Minha família é muito grande e todo mundo achava chato não poder dar presentes para todos. Antigamente se dava apenas para as crianças, mas os outros se sentiam desvalorizados por isso”, revelou. Em 2016, no auge da crise, a família decidiu incluir o Amigo Secreto nos festejos natalinos. 

“Assim todos participariam, inclusive as crianças, e não teríamos problema de gastar demais ou ter que dar algo muito simples. Também evitando ter um presente ‘melhor’ que outro, já que a faixa de preço é a mesma”, opinou. No Natal deste ano, os presentes da família custarão entre R$ 40 e R$ 80. Entre as amigas da jornalista Clara Amorim, 22, o cenário é o mesmo. “Essa é a brincadeira que a gente faz todo ano como uma forma de confraternizar e dar uma lembrancinha que seja mais a cara uma da outra”, disse ela. “É uma forma de todo mundo ser lembrado, e justamente sem ninguém ter que dar um presente para toda pessoa”, comentou. Clara conta que o valor mínimo estipulado foi de R$ 20, mas que deve chegar a gastar até R$ 50. 

O educador financeiro Arthur Lemos concorda que o Amigo Secreto funciona como estratégia para economizar. “É muito vantajoso porque você provoca uma grande economia na família inteira, e não só seu bolso”, afirmou. “Além disso, no final do dia, você acaba tornando a troca de presentes uma forma de entreter a família, acaba virando um grande jogo”, disse.

Lemos alerta, no entanto, para atentar para os valores mínimos e máximos acordados entre os participantes. “É valido destacar a importância de definir as regras da brincadeira e respeitá-las. Porque, mesmo recorrendo à estratégia do Amigo Secreto, é preciso não desrespeitar o orçamento. E também para preservar o clima da festa, pois eventualmente é desconfortável dar um presente muito econômico e receber algo de valor muito superior”, concluiu.

Da Folha de PE

sábado, 8 de dezembro de 2018

Faculdade Duarte Coelho realiza confraternização de fim de ano

Alguns colaboradores, professores e alunos da Faculdade Duarte Coelho, em Surubim, se reuniram para se confraternizarem na noite desta sexta-feira (07).  

Nas instalações da Faculdade, professores e alunos aproveitaram para se despedirem de algumas alunas que se formam em janeiro do próximo ano. Em seguida, todos se dirigiram para a Churrascaria Boi Carrapeta. 

Com show ao vivo de Ernandes Alcântara, o clima de animação tomou conta do ambiente. Para encerrar, aconteceu troca de presentes. 





Confira mais fotos, clique AQUI! (Da Redação - Blog Negócios & Informes)

Sustentabilidade | João Alfredo reutiliza tambores na instalação de baterias coletoras de lixo

Imagem: Divulgação/Reprodução
Dentro do plano de trabalho de preservação dos espaços públicos do município, a Prefeitura Municipal de João Alfredo (PMJA) renovou as baterias coletoras de lixo. Elas foram espalhadas em vários  pontos da cidade. As lixeiras são identificadas por cores, as quais indicam o tipo de cada material que deve ser depositado: verde (vidro), vermelho (plástico), azul (papel) e amarelo (metal).

"O zelo e o cuidado com o espaço em que vivemos também depende das nossas ações. Vamos colaborar colocando o lixo na lixeira. Renovamos as baterias coletoras de João Alfredo, para que, juntos, possamos manter um lugar limpo e agradável. Cuide do que é seu, do que é nosso. Sempre que possível, observe a informação no tambor e faça o descarte corretamente. Agindo assim, todos nós contribuímos", destacou a prefeita Maria Sebastiana em postagem nas redes sociais.

A confecção das baterias de lixeiras buscou a utilização de tambores de metal - promovendo a reciclagem desde o primeiro momento, além da economia financeira. Elas possuem hastes para facilitar o trabalho dos garis no momento da retirada do lixo para o caminhão coletor. No fundo, existem furos para evitar o acúmulo de água parada. "Estamos praticando cidadania, promovendo reciclagem e economizando", pontuou a gestora municipal.

Do Blog do Agreste

sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

Fazenda sugere fim do abono salarial e revisão do reajuste do mínimo

Foto: Marcos Santos/USP Imagens
A política de reajuste do salário mínimo deverá ser revista e o abono salarial extinto, para reequilibrar as contas do governo depois da aprovação da reforma da Previdência. As sugestões constam de documento do Ministério da Fazenda com o balanço da atual gestão e recomendações para o próximo governo, disponível na página da pasta na internet.

A pasta também recomenda o controle dos gastos públicos, com a redução de privilégios e incentivos fiscais para setores da economia, revisão dos gastos com o funcionalismo público e direcionamento dos benefícios sociais aos mais pobres para reduzir a desigualdade. Segundo o documento, o salário mínimo, cuja política de reajuste será substituída em 2020, deverá ser compatível com os salários do setor privado e o aperto nas contas públicas.

Desde 2011, o salário mínimo é reajustado com base na inflação dos 12 meses anteriores pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), mais a variação do Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e serviços produzidos no país) de dois anos antes. Caso o resultado do PIB seja negativo, a correção se dá apenas pelo índice de inflação. Essa política vigorará até 2019, sendo substituída no ano seguinte.

Segundo o Ministério da Fazenda, cada R$ 1 de alta no salário mínimo aumenta os gastos da União em R$ 304 milhões. A maior parte desses gastos o impacto decorre do reajuste do piso pago pela Previdência Social. A nova política de cálculo do mínimo deverá ser encaminhada pelo futuro governo até 15 de abril, quando será apresentado o projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2020.

Abono salarial

Em relação ao abono salarial, a Fazenda recomendou a extinção do benefício por entender que não atende à população em extrema pobreza, mas apenas empregados com carteira assinada. Previsto para consumir de R$ 19,2 bilhões no próximo ano, o abono é pago ao trabalhador que recebe até dois salários mínimos com carteira assinada, desde que tenha trabalhado pelo menos 30 dias no ano-base de apuração e tenha carteira de trabalho há pelo menos cinco anos. O valor varia de R$ 80, para quem trabalhou apenas por 30 dias, a um salário mínimo (R$ 954), para quem trabalhou por 12 meses no ano anterior.

Para aumentar a eficiência dos gastos sociais, o Ministério da Fazenda, que será transformado em Ministério da Economia em janeiro, recomendou medidas adicionais, em que também entram a revisão do Benefício de Prestação Continuada (BPC), concedido a idosos e a pessoas com deficiência, a transferência da aposentadoria rural da Previdência para a assistência social e mudanças no regime previdenciário dos militares, com a possível cobrança de contribuição sobre pensões e proventos de militares inativos.

Para a Fazenda, o BPC, que paga um salário mínimo a deficientes e a quem tem mais de 65 anos, é menos eficaz que o Bolsa Família na redução da pobreza e tem alto nível de judicialização (questionado com frequência na Justiça). O Orçamento do próximo ano reserva R$ 59,2 bilhões para o BPC, que será pago a 4,9 milhões de beneficiários. Enquanto o Bolsa Família, que paga um valor fixo por dependente e é menor que o salário mínimo, destinará R$ 29,5 bilhões a 13,6 milhões de famílias.

Segundo a Fazenda, o Bolsa Família é o programa mais eficaz para reduzir a pobreza porque 44,3% dos recursos são destinados aos 20% mais pobres da população. A Previdência Social vai na direção inversa: 40,6% dos benefícios pagos vão para os 20% mais ricos, contra somente 3,3% dos recursos para os 20% mais pobres.

FGTS

Por fim, a Fazenda propõe uma reforma no Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), de modo a usar os recursos do fundo para financiar parcialmente o seguro-desemprego e aumentar a rentabilidade das contas, que atualmente pagam 3% mais Taxa Referencial ao ano, mais participação nos lucros. A pasta também sugere a extinção do Fundo de Investimento do FGTS (FI-FGTS), que financia projetos escolhidos pelo governo e foi foco de corrupção nos últimos anos, por entender que a livre alocação de recursos é mais eficiente.

Da Agência Brasil

quinta-feira, 6 de dezembro de 2018

Rádio Jornal Limoeiro realiza festa de aniversário nesta sexta-feira (07)

Foto: Divulgação / Reprodução - Rádio Jornal
No último 17 de outubro, a Rádio Jornal Limoeiro celebrou 66 anos de história. Acompanhando gerações, a emissora se firmou no interior pernambucano ao longo dos anos pelo Jornalismo voltado à prestação de serviço e coberturas históricas, marcas que avalizam o slogan da empresa: "Rádio Jornal, Rádio Notícia". 

Pioneira no Agreste Setentrional, a emissora integra o time do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação, ligando Pernambuco de ponta a ponta. Hoje, a emissora está instalada na Galeria São José, na Rua Vigário Joaquim Pinto, no Centro.  O antigo prédio construído na Praça da Bandeira foi doado pelo Grupo JCPM ao município e o espaço foi transformado no Centro Cultural Ministro Marcos Vinícius Vilaça. 

Atualmente, a rádio conta com sete programas locais: Revista da Manhã, Super Manhã, Jornal Cidadania, Ronda na Jornal, Revista do Almoço, Debate e Arte na Jornal, os dois últimos veiculados nos finais de semana. A equipe é formada por Luciana de Paula (coordenação geral), Almir Arruda (apoio logístico), Petrônio Portela (operador de áudio) e Alfredo Neto (produção e apresentação dos programas). Pela internet, o ouvinte pode acompanhar a programação em qualquer lugar do mundo, através do site: www.radiojornal.com.br.

Niver – Para celebrar a data, a direção da emissora está organizando uma festa regada a muita prestação de serviço. E neste dia 7 de dezembro, a partir das 9h, uma programação repleta de informação e prestação de serviço. O programa Super Manhã será transmitido direto da Praça da Bandeira com serviços de saúde e beleza, música, atendimento jurídico, ações de cidadania e lazer e um balcão de atendimento ao homem do campo. Venha fazer parte dessa grande festa. 

Já no dia 14, a partir das 4h, o programa A Voz do Povo, apresentado pelo comunicador Ciro Bezerra, será apresentado para todo o Estado através da rede de emissoras direto dos estúdios da Rádio Jornal Limoeiro. Um debate especial sobre a história da emissora será promovido às 11h. Rádio Jornal Limoeiro, há 66 anos informando e prestando serviço o tempo todo. Acompanhe a programação através da sintonia AM 660 ou acessando www.radiojornal.com.br.

Do Blog do Agreste (Alfredo Neto)

Um em cada quatro brasileiros vive com menos de R$ 406 por mês

Foto: Barbara Cabral/Esp. CB/D.A Press
A grave crise que se iniciou no governo Dilma e, até agora, ainda não foi totalmente superada, levou ao aumento da pobreza no país. Levantamento feito pela Síntese de Indicadores Sociais (SIS), divulgado ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostra que um em cada quatro brasileiros está abaixo da linha da pobreza. Entre 2016 e 2017, o número de pessoas vivendo com rendimento familar, por pessoa, de até R$ 406 por mês, no Brasil, saltou de 52,8 milhões para 54,8 milhões. Houve aumento também no contingente que vive em extrema pobreza, com menos de R$ 7 por dia, que atingiu 15,2 milhões de pessoas.

As regiões Nordeste e Norte concentravam os maiores percentuais da população em situação de pobreza, 44,8% (25,5 milhões) e 43,1% (7,5 milhões), respectivamente. Nos três estados do Sul, 12,8% da população — quase 30 milhões — estavam nessa situação em 2017. O Sudeste tinha 15,1 milhões de pessoas (17,4%) vivendo com menos de R$ 406; e o Centro-Oeste, 2,6 milhões (16,9%).

O Maranhão apresentou a maior proporção de pobres do país. A pobreza atingia mais da metade da população, 54,1%, no ano passado. Em Alagoas, chegava perto: 48,9%. As capitais Porto Velho e Cuiabá foram as únicas onde o percentual de pessoas em situação de pobreza superava os índices estaduais. Em Porto Velho era de 27% ante 26,1% de Rondônia; e em Cuiabá, de 19,2% contra 17,1% de Mato Grosso.

Em 2017, segundo o Índice de Palma citado na pesquisa, o Distrito Federal foi a unidade da federação mais desigual, onde os 40% das pessoas com os menores rendimentos acumularam 8,4% da massa e os 10%  com os maiores rendimentos detinham 46,5%. A razão entre esses dois valores chegou a 5,57 no DF, e superou as outras 26 unidades da Federação.

Nascido em Brasília, o profissional de reciclagem, Ailton Souza Pereira, 51 anos, conta que em um bom momento, trabalhava com restauração de móveis. Com a crise, precisou mudar de atividade e, hoje, passa dificuldades. “É instável. A gente nunca sabe quanto vai ganhar. Tem meses que eu consigo tirar R$ 1 mil; em outros períodos, só tiro R$ 400”, contou.

Morador do Sol Nascente, ele explica que o lucro com o trabalho dá para comprar apenas o necessário para dentro de casa. “Moramos eu, minha esposa e dois filhos. Só eu trabalho aqui em casa. Então, não posso dizer que dá para viver bem, porque a gente consegue apenas sobreviver. Apesar de faltarem algumas coisas, arroz, feijão, água, luz e gás sempre dá para ter em casa. Mas carne e outras misturas, com frequência não têm”, acrescentou.

O analista de pesquisas do IBGE, Leonardo Athias, afirmou que a degradação do mercado de trabalho e o aumento da taxa de desocupação são fatores que contribuíram para a realidade de carência e privação. “O PIB cresceu, mas foi puxado pelo agronegócio. O corte de programas sociais, em 2017, também foi responsável por atingir ainda mais a população. Quem era pobre ficou ainda mais pobre. A linha de corte da pobreza também aumentou”.

Athias ressalta que políticas voltadas para o mercado de trabalho ou ainda a aceleração em programas de transferência de renda podem ajudar a solucionar a questão. “Para erradicar a pobreza, seria necessário investir R$ 10,2 bilhões por mês na economia, ou garantir R$ 187 a mais, por mês, a cada pessoa nessa situação. Aumentar a formalização do trabalho também auxiliará as pessoas a saírem dessa situação”, avalia.

Melhora no país
Para o economista da Fundação Getulio Vargas (FGV) Marcelo Neri, o cálculo de R$ 10,2 bilhões mensais para tirar o país da pobreza é muito alto, e não se encaixa na situação fiscal do país atualmente. “Assumir que as pessoas que recebem R$ 406 estão na linha da pobreza e querer solucionar a situação por meio de políticas sociais é suicídio econômico e só vai causar um desequilíbrio fiscal”, explica.

Ele defende a melhoria da condição do país e para que o mercado de trabalho seja mais inclusivo. Na opinião de Neri, é necessário reformular o cálculo que caracteriza a população pobre no país. “Acredito que, atualmente, a nossa linha da pobreza deveria ser caracterizada por pessoas que recebem por mês em torno de R$ 224. Dessa forma, o custo de programas sociais cairiam em um quarto. Como estamos hoje, não dá para abranger ações sociais para os que ganham R$ 406 por mês.”

O economista observa que se o Brasil tiver crescimento médio de 2,5% do Produto Interno Bruto (PIB), a taxa de pobreza só voltará ao patamar de 2014, em 2030. “É importante que o país volte a crescer. Evitar que a pobreza piore se confunde com a agenda macroeconômica de ajuste fiscal e ganho de produtividade”, ressaltou.

Por: Correio Braziliense

quarta-feira, 5 de dezembro de 2018

Filhos influenciam cinco em cada dez pais na escolha dos presentes de Natal, mostra pesquisa da CNDL/SPC Brasil

Imagem: Divulgação/Reprodução
41% dos pais decidem em conjunto com os filhos qual presente comprar no Natal, enquanto 9% deixam a criança escolher sozinha; para não frustrar desejo dos filhos, 8% admitem possibilidade de não pagar alguma conta
A chegada do mês de dezembro é tradicionalmente acompanhada pela expectativa com o Natal, que movimenta o comércio e também faz a alegria das crianças. Um levantamento realizado pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) revela que, em metade dos casos (50%), os filhos participam, em alguma medida, do processo de escolha dos presentes que vão receber dos pais. De acordo com a pesquisa, 41% dos pais compartilham com os filhos a decisão de que presente levarão para casa, ao passo que outros 9% deixam as crianças decidirem sozinhas o presente que vão ganhar. Já 47% dos entrevistados centralizam a decisão, sem permitir a participação dos filhos no processo de compra.
Na avaliação do educador financeiro do SPC Brasil, José Vignoli, o envolvimento da criança no processo de escolha dos presentes pode ser saudável para a formação das crianças e uma oportunidade para ensinar noções básicas de educação financeira aos filhos. “Uma boa alternativa para os pais saberem lidar com os desejos e frustrações dos filhos é pedir a criança ou adolescente que faça uma lista daquilo que espera receber, podendo colocar vários presentes como opção, mas que respeitem um determinado limite de valor. Dessa maneira, os filhos percebem que essa não é uma decisão exclusiva deles, mas que precisa ser feita em acordo com os adultos, que trabalham e têm o controle do dinheiro dentro de casa”, explica o educador.
Vignoli ainda explica que é natural as crianças pedirem diversos presentes, ainda mais quando estão no convívio com outras crianças e também estimuladas pela propaganda. “Os pais não podem camuflar a realidade financeira dentro de casa para satisfazer a vontade da criança. Mesmo que seja no Natal, uma data simbólica e importante para muitas famílias. Aprender a lidar com frustrações é uma condição importante do desenvolvimento infantil e pode ajudar a criança a aprender o valor do dinheiro desde cedo. O ideal é que esse comportamento seja estimulado de forma contínua e não apenas no Natal. O assunto ‘dinheiro’ não deve ser tabu, os pais devem tratar disso sempre com seus filhos, ensinando-os a valorizar os recursos financeiros e usá-los com sabedoria, sem exceder o orçamento”, orienta.
8% dos pais admitem que podem não pagar alguma conta para satisfazer vontade dos filhos no Natal
A pesquisa ainda revela que alguns pais costumam tomar atitudes extremas para garantir que os filhos não fiquem sem os presentes de Natal desejados. De acordo com o levantamento, 8% dos pais entrevistados admitem que vão deixar de pagar alguma conta para satisfazer a vontade dos filhos neste Natal, sendo que 5% não sabem ao certo qual conta vão atrasar o pagamento e outros 3% admitem abrir mão de quitar a fatura do cartão de crédito.
Para o educador financeiro José Vignoli não é justificável que pais e mães acabem se complicando financeiramente para satisfazer as vontades das crianças. “O exemplo precisa vir de cima. Atitudes com essa colocam a situação financeira da família em risco e podem fazer com que muitos iniciem um novo ano no vermelho. O recomendável, é sempre comprar um presente de Natal que corresponde à realidade financeira da família”, alerta.
Metodologia
Inicialmente foram ouvidas 761 pessoas nas 27 capitais para identificar o percentual de quem pretendia ir às compras no Natal e, depois, a partir de 607 entrevistas, investigou-se em detalhes o comportamento de consumo no Natal. A margem de erro é de 3,5 e 4,0 p.p, respectivamente, para um intervalo de confiança de 95%. Baixa a íntegra da pesquisa em https://www.spcbrasil.org.br/pesquisas

Prefeitura de Surubim realiza II Copa Municipal Aberta de Futsal

A Prefeitura de Surubim, através da Secretaria da Juventude e Esportes, está realizando a II Copa Municipal Aberta de Futsal de Surubim – edição que contempla a 1ª divisão na cidade, dando início a um trabalho de promoção e crescimento da modalidade no município, desenvolvendo o nível técnico dos atletas.

Os jogos estão acontecendo todas as terças e quintas-feiras no Sesc Ler, das 19h às 22h, até o dia 20 de dezembro.

Esta competição oferece aos amantes do esporte, em especial do futsal, uma competição regada de bons jogos e muita disputa em quadra.





Confira mais fotos, clique AQUI.

Polo Unopar Surubim completa um ano de funcionamento

Imagem: Divulgação/Reprodução
No último mês de novembro, o Polo Unopar Surubim completou um ano de funcionamento. O Polo chegou ao município disponibilizando uma excelente estrutura para o desenvolvimento dos alunos, com qualificada matriz curricular e equipe acadêmica.

Vale destacar que atualmente funcionam oito turmas, na modalidade semipresencial, dos cursos de graduação em Administração, Ciências Contábeis, Educação Física (Licenciatura), Gestão Pública, Letras, Matemática, Pedagogia e Serviço Social.

No Polo Surubim, também são ofertados cursos de graduação, na modalidade 100% Online, em Ciências Contábeis, Geografia, Gestão Financeira, Gestão Pública, História, Logística , Marketing, Marketing Digital, Pedagogia e Recursos Humanos; sem contar outros 15 cursos de pós-graduação na mesma modalidade.

Da Assessoria

Prefeitura de Surubim recebe cinco novos médicos para atuarem nas Unidades Básicas de Saúde

Foto: Alian Aragão/Divulgação
A Prefeitura de Surubim recebeu na manhã desta terça-feira (04) cinco novos médicos do programa Mais Médicos para atuarem em Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município a partir da próxima segunda-feira (10/12). A prefeita Ana Célia, o secretário de Saúde e sua equipe acolheram os profissionais e falaram sobre a importância do Programa para o município e da necessidade de oferecer um serviço humanizado para a população. Os médicos irão atuar nas unidades do Baraúnas, São Sebastião, Planalto, Gancho do Galo e Tatus.

Da ASCOM SURUBIM

terça-feira, 4 de dezembro de 2018

Celulares irregulares serão bloqueados

O uso de celulares roubados e falsificados está com os dias contados. É que a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) está reforçando o combate a celulares irregulares. E, para isso, vai passar a bloquear todos os aparelhos que não têm certificação legal. É uma medida que visa reduzir os crimes de roubo, adulteração e contrabando de celular e que entra em vigor em Pernambuco no início do próximo ano.

Chamado de Celular Legal, o projeto da Anatel foi criado através de uma parceria com as operadoras telefônicas e as fabricantes de celular que atuam no Brasil - parceria que permitiu a implantação de um sistema informatizado que identifica todos os celulares que estão em situação irregular na rede de telefonia nacional. Entram nessa “lista-negra” todos os aparelhos adulterados, roubados, extraviados ou não-certificados. “Entre os celulares irregulares a serem bloqueados, há aparelhos que não oferecem a qualidade e segurança exigidas pela regulamentação brasileira”, explicou a agência, que já bloqueou 103 mil aparelhos desse tipo ao testar a plataforma no Distrito Federal e em Goiás nos últimos meses. 

Com o bom resultado, a Anatel está levando o serviço para mais dez estados brasileiros e já prepara a terceira fase de implantação do Celular Legal. Serão 15 estados nesta última etapa, inclusive Pernambuco. Por isso, a partir de 7 de janeiro a agência vai enviar mensagens de alerta para os celulares irregulares detectados no Estado através do número 2828. Em 24 de março, serão bloqueados os aparelhos que ainda não tiverem sido regularizados. E os bloqueios vão continuar: aparelhos irregulares que entrarem na rede de telefonia após essa data serão desabilitados após 75 dias de uso. 

Para evitar esse transtorno, o consumidor deve, então, procurar o selo de certificação da Anatel no verso da bateria e também no carregador do celular. Também é possível verificar a situação do aparelho no site da agência, através do IMEI - código internacional de 15 números que identifica marca e modelo do aparelho. Mas o Procon-PE ressalta que, antes disso, é preciso comprar o produto em locais de confiança, que emitam nota fiscal. “Se compra o celular em um mercado paralelo, sem nota fiscal ou IMEI, o consumidor não pode exigir nada do vendedor ou do fabricante. Ele precisa ter uma garantia da compra. Isto é, exigir a nota fiscal da loja ou um recibo de venda, com o RG e o CPF do vendedor, em caso de aparelhos usados”, alertou o gerente de fiscalização do Procon-PE, Roberto Campos.

Roubo
Além de checar a regularidade dos seus aparelhos, os pernambucanos podem se precaver de roubos de celular. É que, desde o ano passado, a Secretaria de Defesa Social do Estado (SDS-PE) oferece um serviço de cadastro de celulares roubados no seu site. É o Alerta Celular, programa que cadastra celulares através do IMEI. Em caso de roubo, as vítimas podem, então, informar ao Estado que tiveram o celular roubado. E os policiais podem devolver esse celular caso o encontrem, através do IMEI, em abordagens a suspeitos. É um trabalho que já aumentou em 360% o índice de recuperação de aparelhos furtados no Estado: segundo a SDS, mais de 5 mil aparelhos foram recuperados desde março de 2017.

Da Folha de PE (Celulares / Foto: Arthur de Souza / Folha de Pernambuco)

Pernambuco mostra projetos para a China

Antonio Mario de Abreu Pinto, secretário de
Desenvolvimento Econômico de Pernambuco
Foto: Ed Machado/Folha de Pernambuco
Maior parceiro comercial do Brasil, a China é uma potência econômica da qual Pernambuco busca ser aproximar. Por isso, os projetos estruturantes do Estado serão apresentados para empresários chineses durante o evento do Lide China, que vai acontecer na próxima quinta-feira (6), em São Paulo. Intitulado como seminário de “Projetos de Infraestrutura no Estado de Pernambuco”, o encontro vai reunir órgãos estaduais, como a Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD Diper), a Compesa e o Porto de Suape.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, Antonio Mario, importantes obras para o Estado que estão paralisadas serão apresentadas no evento. “A Transnordestina e o Miniarco são alguns exemplos sobre o que vamos conversar. A ideia é que empresas chinesas se habilitem a fazer parcerias com o Estado. Pretendemos dar início a processos de conversas importantes para esse processo”, destacou o secretário.

Ainda segundo Mario, a secretaria está firmando convênio com o Instituto Confúcio para preparar futuros gestores e estudantes brasileiros ao ensino da língua chinesa. “Vamos organizar o documento para que seja possível assinar esse protocolo de parceria. Isso será importante para os brasileiros compreenderem a língua e a cultura chinesas”, disse.

Por sua vez, o presidente do Porto de Suape, Carlos Vilar, irá apresentar as potencialidades do terminal durante o Lide China. “Vou falar sobre o Terminal de Minérios, que é uma obra fundamental que pretendemos construir. Então, vamos atrás de interessados”, comentou. A cônsul geral da China no Recife, Yan Yuqing, também participará da comitiva pernambucana.

Da Folha de PE

Real Calçados inaugura nova loja em Surubim

Imagem: Divulgação/Reprodução
Surubim ganhará o charme e irreverência da rede de lojas de calçados que mais cresce no Nordeste, com mais de 80 lojas já inauguradas em várias cidades da região. 

A loja Real, que opera com multimarcas do segmento de calçados, já tem data e hora marcada para abrir as portas na cidade. Para o Gerente de Marketing, Jan Passos, “O dia 5 de Dezembro de 2018 será um marco no comércio de Surubim; a Real é uma marca que entra para somar no mercado regional e traz muitas novidades e coleções de grandes marcas que o grande público deseja, com um preço justo e facilidades exclusivas para compra”. 

Um dos diferenciais da loja é o crediário próprio para parcelamento em até 10 vezes sem juros, dando oportunidade ao cliente de comprar na Real e poder pagar com facilidade, além da vantagem do parcelamento sem adicionais.

A inauguração está prevista para acontecer às 09:h do dia 5/12, quarta-feira, e contará com a presença VIP do cantor Devinho Novaes.

Endereço: Rua Estácio Coimbra, 249 - Centro - Surubim-PE

Da Assessoria

segunda-feira, 3 de dezembro de 2018

Suape terá fábrica de tampas PET

Foto: Ed Machado / Folha de Pernambuco
O Complexo Industrial e Portuário de Suape vai ganhar uma fábrica de tampas plásticas para garrafas PET. A Frompet vai expandir suas atividades, e a ideia é ampliar a produção atual, que já entrega 180 milhões de pré-formas de garrafas plásticas por mês, e ainda erguer uma nova indústria para fazer as tampas dessas garrafas. Por isso, deve gerar um investimento de R$ 60 milhões até 2020. 

CEO da Frompet, Marcelo Guerra explicou que a empresa já opera em Suape produzindo pré-formas - tubos que depois de soprados são transformados em garrafas PET para serem utilizados como embalagens de diversos produtos alimentícios, como água, suco, refrigerante e até óleo de cozinha. Porém, atualmente, precisa trazer as tampas dessas garrafas de Minas Gerais, onde o grupo também tem unidades fabris. “Somos uma empresa do ValGroup, que também tem uma fábrica de tampas injetadas em Minas, chamada Injecap. A ideia, então, é criar a Injecap Nordeste”, explicou Guerra.

Ele calcula que essa nova fábrica deve entrar em operação em 2020, já que as injetoras para a produção das tampas serão importadas da Itália. Mas o projeto já está em andamento. É que a Frompet já adquiriu uma área de seis hectares em Suape para construir o empreendimento e, agora, só precisa das licenças estaduais para dar início às obras.

“Será um grande negócio para o Complexo Industrial e Portuário de Suape, porque, além dos investimentos, vai gerar pelo menos 40 empregos diretos”, avaliou o presidente de Suape, Carlos Vilar, que acaba de assinar o contrato de compra e venda do terreno, de R$ 3,5 milhões, para a Frompet. 

E os investimentos não param por aí. Além da nova fábrica de tampas, a Frompet vai expandir a capacidade de produção da planta industrial que mantém em Suape desde 2015. “A ideia é aumentar a capacidade produtiva das pré-formas com a implantação de novas injetoras”, contou Marcelo Guerra, dizendo que essa nova linha de produção será importada da Itália ou do Canadá e, por isso, deve levar cerca de um ano para começar a operar. 

Enquanto isso, a Frompet segue produzindo cerca de 2,2 bilhões de pré-formas por ano - embalagens que são usadas por mais de 350 clientes de todo o Brasil. E tudo isso é feito com zero de margem de erro, segundo Guerra. É que, antenada com a tendência de automação da indústria 4.0, a Frompet também vem investindo em tecnologia. E isso lhe permitiu incluir oito robôs na rotina produtiva, além de um sistema automatizado de estoque.

Da Folha de PE

Carga tributária sobe para 32,43% do PIB, diz Receita Federal

Foto: Arquivo / Agência Brasil
A carga tributária atingiu 32,43% de tudo o que o país produz – Produto Interno Bruto (PIB), em 2017. A informação foi divulgada nesta segunda-feira (3) pela Receita Federal. É o maior índice em quatro anos.

Em relação a 2016 (32,29%), a carga tributária aumentou 0,14 ponto percentual. De acordo com a Receita, a variação resultou da combinação dos acréscimos em termos reais (descontada a inflação) de 0,99% do PIB e de 1,4% da arrecadação tributária nos três níveis de governo. O PIB no ano de 2017 apresentou aumento em relação ao ano anterior, alcançando aproximadamente R$ 6,56 trilhões. E a arrecadação chegou a R$ 2,13 trilhões.

Dentre os tributos federais, os que mais contribuíram para o aumento da carga tributária foram os programas de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) e a Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins), responsáveis pelo crescimento de 0,21 ponto percentual. Segundo a Receita, o acréscimo decorreu principalmente da elevação das alíquotas sobre combustíveis (gasolina e diesel).

Já as maiores reduções se devem ao Imposto de Renda sobre a Pessoa Jurídica (IRPJ) e a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL), responsáveis por um decréscimo de 0,35 ponto percentual. Isso ocorreu porque, em 2016, houve aumento da arrecadação com o Regime Especial de Regularização Cambial e Tributária, conhecido como Lei da Repatriação.

Esse regime permitiu a regularização de recursos, bens ou direitos remetidos ou mantidos no exterior ou repatriados por residentes ou domiciliados no país, que não tinham sido declarados ou que tinham sido declarados incorretamente. No total, em 2016 foram arrecadados R$ 23,5 bilhões.

Quanto aos tributos estaduais, houve acréscimo de arrecadação em relação ao ano anterior do Imposto sobre a Circulação de Mercadoria e Serviços (ICMS) de 0,12 ponto percentual.

Da Agência Brasil

Surubim recebe ação itinerante de atividades interativas do Espaço Ciência

Imagem: Divulgação/Reprodução
Projeto Ciência Móvel leva à cidade do Agreste, na terça-feira (04/12), das 9h às 16h, experimentos científicos para o público de todas as idades

A cidade de Surubim entra na rota do Ciência Móvel, na próxima terça-feira (04/12), das 9h às 16h, no Sesc Ler da cidade. O projeto itinerante do Espaço Ciência vai completar na cidade o calendário de atividades, que já contemplou outras unidades do Sesc Pernambuco. Os interessados podem agendar uma visita gratuitamente.

A ação itinerante tem como objetivo apresentar ao público como a ciência está presente no dia a dia das pessoas e vai promover atividades interativas a partir da utilização de experimentos que envolvem diversas áreas do conhecimento como Física, Química, Biologia e Matemática. Em Surubim, a novidade será um planetário, onde os visitantes poderão conhecer melhor os astros e a dinâmica do universo, por meio de uma projeção digital.

Todas as atividades terão o acompanhamento de monitores do Espaço Ciência. “Receber o Ciência Móvel é importante porque a ciência está tão conectada a nossa realidade que todos ficarão surpresos com o que vão encontrar aqui”, afirma Nelma Farias, gerente do Sesc Ler Surubim.

Para visitar o Ciência Móvel, os interessados podem fazer um agendamento, ligando para a Divisão de Educação e Cultura do Sesc, pelo telefone (81) 3216-1603. A marcação também pode ser feita, pessoalmente, no Ponto de Atendimento do Sesc Ler Surubim. Para mais informações, basta ligar para (81) 3634.5280.

Sesc – O Serviço Social do Comércio (Sesc) foi criado em 1946. Em Pernambuco, iniciou suas atividades em 1947. Oferece para os funcionários do comércio de bens, serviços e turismo, bem como para o público geral, a preços módicos ou gratuitamente, atividades nas áreas de educação, saúde, cultura, recreação, esporte, turismo e assistência social. Atualmente, existem 20 unidades do Sesc do Litoral ao Sertão do estado, incluindo dois hotéis, em Garanhuns e Triunfo. Essas unidades dispõem de escolas, equipamentos culturais (como teatros e galerias de arte), restaurantes, academias, quadras poliesportivas, campos de futebol, entre outros espaços e projetos. Para conhecer cada unidade, os projetos ou acessar a programação do mês do Sesc em Pernambuco, basta acessar www.sescpe.org.br.

Serviço – Ciência Móvel no Sesc Ler Surubim
Data: 04 de dezembro de 2018
Horário: das 9h às 16h
Local: Sesc Ler Surubim – Rua Frei Ibiapina, s/n, bairro São José
Agendamento: gratuito, pelo telefone (81) 3216-1603 ou no Ponto de Atendimento da Unidade.
Informações: (81) 3634.5280

Da Assessoria

Acompanhe-nos no Facebook


Publicidade


!

!
!
!

!

!

!

!

!

!

!

!

!
!
!
!
!

!

!
!

Você é o Visitante:

Acessos em Tempo Real

Previsão do Tempo em Surubim

Blogs e Sites Parceiros

Curta Nossa FanPage - Muito Obrigado!

Internautas On Line

(81) 9925.8297 // negocioseinformes@gmail.com