© 2014 - Todos os Direitos Reservados ao Blog Negócios e Informes. Tecnologia do Blogger.

quinta-feira, 19 de julho de 2018

Quase 20% da população ainda guarda moedas em casa, diz Banco Central

MoedasFoto: Arquivo/Agência Brasil
Parte da população brasileira ainda tem o hábito de guardar moedas em casa. Estudo divulgado nesta quinta-feira (19) pelo Banco Central (BC) mostra que 19,3% da população guarda moedas por mais de seis meses. Além disso, 56,2% usam o dinheiro guardado no cofrinho para compras e pagamentos, mostra o BC, no estudo "O brasileiro e sua relação com o dinheiro".

De acordo com o chefe do Departamento do Meio Circulante do BC, Felipe Frenkel, 8 bilhões de moedas estão guardadas "em algum lugar". Ele destacou que quanto mais moedas ficarem em circulação, menor será o gasto de recursos públicos com a produção do dinheiro.

O chefe-adjunto do Departamento do Meio Circulante do BC, Fábio Bollmann, disse que o BC considera positivo que a população faça poupança com as moedas. Entretanto, ele orienta a trocar as moedas por cédulas sempre que atingir um valor maior, no comércio ou no banco, para ajudar na circulação de dinheiro.

Segundo o BC, o dinheiro vivo ainda é o meio de pagamento mais utilizado pela população: 96,1% responderam que, além de outros meios, também fazem pagamentos em espécie. Na questão, os entrevistados podiam marcar mais de uma opção – 51,5% mencionaram cartão de débito e 45,5%, cartão de crédito. Frenkel acrescentou que a pesquisa é importante para saber qual é a demanda atual por dinheiro no país. “O Banco Central faz a pequisa para atender a demanda da população. Ainda é muito necessário o dinheiro no dia a dia”, acrescentou.

Para compras de até R$ 10, 87,9% dos entrevistados preferem utilizar dinheiro. Esse índice diminui com pagamentos de maior valor. Para desembolsos de mais de R$ 500, a maior parte (42,6%) prefere cartão de crédito. No comércio, 75,8% dos estabelecimentos aceitam pagamentos no débito e 74,1% no crédito. Apenas 16,3% aceitam cheques. Saiba mais, clique AQUI!

Prova do concurso público da Compesa será aplicada neste domingo (22)

Imagem: Divulgação-Reprodução
A prova do concurso público da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) será aplicada neste domingo, dia 22 de julho, no Recife. A disputa ocorrerá por meio de prova escrita objetiva tanto para as vagas de nível superior quanto para as vagas de nível médio e médio técnico. Os concorrentes às vagas de nível superior realizarão a prova das 8h às 12 horas (horário oficial do Recife). Para nível médio e médio técnico, os concorrentes terão o período das 14h30 às 18h30 para fazer a prova. Os candidatos podem consultar os locais de prova acessando o site da organizadora do concurso, a Fundação Getúlio Vargas (FGV) – http://fgvprojetos.fgv.br/concursos/compesa2018. Também está disponível no site a relação completa de candidatos por vaga para todas as especialidades ofertadas. O concurso é realizado para o preenchimento de 63 vagas, das quais 14 são reservadas para pessoas com deficiência.

O concurso público da Compesa 2018 tem quase 29,5 mil pessoas inscritas, número que superou os dois últimos certames realizados pela companhia nos anos de 2016 e 2014 que registraram cerca de 11,1 mil e 15 mil inscrições, respectivamente. As vagas mais concorridas são nível médio, mais especificamente para o cargo de Assistente de Saneamento e Gestão – Assistente de Gestão e Serviços Comerciais com lotação no interior do Estado, cada unidade com uma única vaga ofertada: Caruaru, Garanhuns, Paudalho e Vitória de Santo Antão. A vaga mais concorrida do concurso público é a ofertada para Caruaru com 1.684 candidatos na disputa, seguida pela de Paudalho com 1.168 candidatos por vaga, e a de Garanhuns com a proporção de 1.024 candidatos por vaga.

Das vagas que exigem nível superior, a especialidade mais concorrida foi a de Analista de Gestão – Administrador com 661 candidatos por vaga. O segundo emprego mais disputado foi de Analista de Saneamento – Engenheiro Civil com 342 candidatos por vaga, seguido pelo de Analista de Saneamento – Engenheiro Químico com 310 candidatos por vaga. Para mais informações ou dúvidas, a FGV disponibilizou o telefone 0800 2834628 e o e-mail concursocompesa2018@fgv.br.

Os salários para as vagas disponibilizadas variam de R$ 1.442,36 a R$ 6.743,28. Além da remuneração inicial, os empregados da  Compesa recebem os benefícios de vale-alimentação ou refeição (R$ 704,00), auxílio-educação e plano de saúde, plano odontológico (empregado e dependentes) e previdência privada – sendo estes três últimos benefícios opcionais. Os contratados serão submetidos ao regime jurídico estabelecido pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) e prevê o cumprimento da carga horária de 200 horas, por mês. O prazo de vigência do concurso será o período de um ano, sendo prorrogável por mais um ano. As primeiras contratações estão previstas para o ano de 2019.

Da Assessoria

quarta-feira, 18 de julho de 2018

Programação Oficial dos 147 anos de Emancipação Política de Bom Jardim

Imagem: Divulgação/Reprodução
A Prefeitura de Bom Jardim divulgou a programação oficial dos 147 anos de Emancipação Política do município, o homenageado é o escritor Doddo Felix., confira a nota oficial: 

"A Prefeitura Municipal de Bom Jardim convida a toda população bonjardinense e das cidades circunvizinhas para juntos comemorarmos os 147 anos de Emancipação Política de Bom Jardim. Anunciamos que no dia 19 de Julho acontecerá vários eventos no decorrer do dia. Dando início com:

– Alvorada às 5h;

– Girândola às 6h;

– Hasteamento da bandeira às 8h;

– Pronunciamento do Gestor Municipal e corte do bolo comemorativo às 9h;

– XXX Desfile de bandas e fanfarras às 14h;

E para finalizar este grande dia, a partir das 21h no Pátio de Eventos João Salvino Barbosa teremos as seguintes apresentações, Cavaleiros do Forró e Solange Almeida.
Prefeitura Municipal de Bom Jardim."

Surubim recebe Super Mix Itinerante nesta quinta-feira (19)

A caravana chega à cidade nesta quinta (19),
com um coquetel de encerramento para
 empresários convidados 
(Foto: Reprodução/ Divulgação)
O tour deste ano da versão itinerante da Super Mix chega ao fim nesta quinta (19), com a chegada da caravana ao município a Surubim, na casa de eventos Piancó Recepções. Para comemorar o sucesso do evento, será realizado um coquetel de encerramento com empresários do Estado convidados, a partir das 19h.

“Este é um momento de confraternização, e por isso resolvemos fazer a itinerante diferente na última cidade visitada em 2018. Será um coquetel de negócios, com lançamentos de produtos e tendências para o setor. Uma noite pra estreitar relacionamentos”, destaca a coordenadora da Super Mix, Paula Valéria.

Participarão do encontro as empresas M. Dias Branco, Capricche, EuroCar, RodCar, VRSoftware, Compex, Metal Design e Metal e Propaganda. A feira itinerante já passou pelas cidades de Petrolina, Serra Talhada, Salgueiro, Caruaru, Carpina e Palmares, movimentando R$ 1,5 milhão em negócios.

A 13ª edição da Feira de Negócios Super Mix acontecerá de 21 a 23 de agosto, no Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda. Trata-se da maior feira setorial do Norte/Nordeste e a terceira maior do Brasil, promovido pela Associação Pernambucana de Atacadistas e Distribuidores (Aspa) e pela Associação Pernambucana de Supermercados (Apes).

SERVIÇO

SUPER MIX ITINERANTE EM SURUBIM – Dia 19/7, às 19h, no Piancó Recepções (R. Antônio Benvindo de Farias, 198, Centro – Surubim).

Da Assessoria de Imprensa

Corre Limoeiro: treino noturno estimula a prática de corridas de rua

Prática esportiva, qualidade de vida e integração social. Tudo isso seria possível em um só momento? Se depender do grupo de corridas de rua Corre Limoeiro, a resposta é positiva. Na noite dessa quarta-feira (18), o grupo promove um treino noturno pelas ruas do município de Limoeiro. Serão seis quilômetros de percurso e queima de calorias. De acordo com os organizadores, o evento seria mais um simples treino – algo que virou rotina na vida dos corredores. Mas pouco a pouco tomou grande repercussão, fruto do desejo de os moradores cuidarem da saúde. Nas primeiras horas dessa quarta-feira, o número de inscritos para o “treino de luxo” chegou a 70.

A concentração acontecerá a partir das 19h, na praça do bairro da Pirauíra. O participante deverá contribuir com R$ 5. O valor será destinado ao pagamento das despesas de suporte ao evento, a exemplo de hidratação, frutas e lanche. A saída está marcada para as 20h. Muitos iniciantes estão sendo convidados e o grupo promete crescer nos próximos meses. Interessados em integrar o Corre Limoeiro devem adquirir a camisa personalizada do grupo (camisa com mangas R$ 40 no dinheiro e R$ 45 no cartão e a regata custa R$ 35,00 no dinheiro e R$ 40,00 no cartão), além de praticar a corrida e seguir algumas regras de boa convivência estabelecidas pela coordenação. (Imagem | Rafael Melo) 

Do Blog do Agreste

CNDL discute sobre lei da Duplicata Eletrônica

Foto: Divulgação/Reprodução
O presidente da CNDL, José César da Costa, se reuniu na tarde desta terça-feira (17) com o assessor do senador Armando Monteiro (PTB/PE), José Osvaldo Cândido. Na pauta da reunião está o projeto de lei que cria a Duplicata Eletrônica, uma das propostas defendidas pelo Banco Central para modernizar a área de crédito no Brasil.

Na ocasião, o Sistema CNDL se manifestou contrário à gratuidade da informação a qualquer pessoa e sugeriu que essa seja dada apenas ao devedor interessado. Foi solicitado ainda a manutenção da não obrigatoriedade do protesto cartorial das duplicatas registrais diante da sua especificidade, conforme determinado pelo texto original projeto.

Participaram também da reunião o coordenador de Relações Institucionais e Governamentais do SPC Brasil, André Pellizzaro, e o diretor de Relações Institucionais e Governamentais da Serasa Experian, Julien Dutra.

Fonte: CNDL

terça-feira, 17 de julho de 2018

Santander, Caixa e BB lideram ranking de reclamações contra bancos

Imagem: Divulgação/Reprodução - Negócios & Informes
Ranking divulgado pelo Banco Central é referente as instituições com mais de quatro milhões de clientes

O Santander, a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil são as instituições que aparecem na liderança do mais recente Ranking de Instituições por Índice de Reclamações, divulgado nesta segunda-feira, 16, pelo Banco Central. No topo do ranking, referente ao segundo trimestre de 2018, está o Santander, com índice de reclamações de 38,14. Nesta lista, são consideradas as instituições com mais de 4 milhões de clientes. 

Pela metodologia do BC, este índice é calculado com base no número de reclamações consideradas procedentes, dividido pelo número total de clientes do banco e multiplicado por um fator fixo (1.000.000). No caso do Santander, foram 1.576 reclamações consideradas procedentes no segundo trimestre, numa base total de 41.311.632 clientes. 

Na segunda posição entre os bancos que foram alvos de reclamações aparece a Caixa, com índice de 27,68 (2.475 reclamações procedentes e 89.400.030 clientes). Na terceira posição do ranking está o Banco do Brasil, com índice de 20,85, resultado de 1.301 reclamações procedentes numa base de 62.371.119 clientes.

Na sequência do ranking, ainda considerando os bancos e as financeiras com mais de 4 milhões de clientes, aparecem Bradesco (índice de 19,61), Itaú (18,61), Banrisul (18,57), Votorantim (14,10), Banco CSF (5,84), Pernambucanas (4,55), Midway (4,38%) e Banco do Nordeste (0,61). 

Reclamações

Entre os assuntos que mais motivam reclamações por parte dos clientes, o campeão é o item "irregularidades relativas a integridade, confiabilidade, segurança, sigilo ou legitimidade das operações e serviços, exceto as relacionadas a cartão de crédito, cartão de débito, internet banking e ATM". Ao todo, de acordo com o BC, este assunto gerou 1.656 reclamações com indícios de descumprimento das regras em vigor. 

Na sequência dos assuntos mais reclamados aparecem "oferta ou prestação de informação a respeito de produtos e serviços de forma inadequada" e, em seguida, "irregularidades relativas a integridade, confiabilidade, segurança, sigilo ou legitimidade das operações e serviços relacionados a cartões de crédito". 

Instituições menores 

Entre as instituições financeiras com menos de 4 milhões de clientes, a Agiplan está no topo do ranking de reclamações do segundo trimestre, com índice de 143,57. Na sequência aparecem Paraná Banco (133,75), BRB (130,16), PAN (88,28) e Safra (78 42).

Por: Agência Estado

Micro e pequenas são o primeiro emprego para 55% dos jovens

Carteira de TrabalhoFoto: Reprodução/Internet
Uma pesquisa realizada pela primeira vez pelo Sebrae aponta que 55% das pessoas que conseguiram seu primeiro emprego em 2017 no País foram contratadas por micro e pequenas empresas. É o equivalente a 775 mil pessoas, de acordo com dados do ano passado do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), compilados pelo Ministério do Trabalho.

Comércio de roupas, sapatos e acessórios, de produtos farmacêuticos e de alimentos contrataram um terço desses trabalhadores. Recrutar jovens é mais barato, mas exige, por outro lado, que o empreendedor dedique horas a mais para capacitar bem esse profissional.

"Como o pequeno empresário está muito mais envolvido com o dia a dia do negócio do que donos de grandes empresas, ele deve aproveitar essa chance de treinar a pessoa de perto, do seu jeito", afirma Paulo Fonseca, analista de gestão estratégica do Sebrae. Fonseca recomenda que em um primeiro momento, o empreendedor se capacite com bons cursos de gestão de pessoas, disponíveis tanto em plataformas à distância quanto em escolas de negócios.

Vale também incentivar o profissional a experimentar cursos gratuitos nas áreas de finanças, marketing, planejamento, vendas e o que mais ajudá-lo no dia a dia. Mais tarde, quando esse jovem conseguir assumir responsabilidades sem acompanhamento, aí vale gastar com treinamento fora da empresa.

Quem ainda não tem verba para contratar alguém em tempo integral pode testar funcionários intermitentes e criar uma relação de confiança com eles aos poucos, aponta Fonseca. É útil pedir indicações a amigos e parentes, já que custa caro fazer um processo seletivo formal, comum nas grandes empresas.

Da Folha de PE

segunda-feira, 16 de julho de 2018

Economistas diminuem expectativa para o PIB em 2018

Produto Interno BrutoFoto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil
A expectativa para o crescimento econômico deste ano voltou a cair. Segundo pesquisa Focus do Banco Central, divulgada nesta segunda-feira (16), a previsão é de que o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) em 2018 será de 1,5%. A projeção anterior previa expansão de 1,53%.

Para 2019, a expectativa é mantida com o crescimento de 2,5% do PIB. Também nesta segunda, foi divulgado o Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), com queda de 3,34% em maio sobre o mês anterior. O índice foi afetado pela paralisação dos caminhoneiros.

O indicador oficial da inflação, contudo, apontou para baixo. Segundo a pesquisa, a previsão de alta do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) caiu para 4,15% em 2018, diante dos 4,17% da semana anterior. Para 2019, a expectativa continua em 4,10%.

Entre outros índices divulgados pela Focus, o dólar tem previsão de R$ 3,70 para este ano, enquanto as taxas de juros ficaram inalteradas. A expectativa é de que a Selic termina 2018 a 6,5%, podendo crescer até 8% em 2019.

Da Folha de PE


Fundação Altino Ventura realiza triagem para diagnóstico de catarata em Surubim

Foto: Alian Aragão/Divulgação
Importante para a qualidade de vida, a visão é um bem precioso que merece e precisa de cuidados especiais. Com o passar do tempo, esse sentido requer ainda mais atenção.

Atenta a isso, a Prefeitura de Surubim, em parceria com a Fundação Altino Ventura, está realizando triagens para o diagnóstico de catarata em pacientes do nosso município.

Os atendimentos estão acontecendo na UPA, no Bairro do Coqueiro, e seguem até o dia 20 de julho. Para os casos de diagnóstico positivo, as cirurgias serão realizadas em outubro, na unidade móvel da Fundação, aqui, em Surubim.

A Prefeitura reconhece a importância da disponibilização de serviços de saúde como esse a serem realizados no conforto do nosso município. Evitando, assim, que os surubinenses tenham que se deslocar para outras cidades para conseguir atendimento. Dessa forma, a PMS assegura uma maior qualidade de vida à população e cumpre seu compromisso de cuidar das pessoas.





Da ASCOM Surubim

Noé da Ciranda e Apolinário Lucena participam de seletiva do 13° Concurso do Registro do Patrimônio Vivo de PE

Foto: Divulgação/Reprodução
A cultura surubinense é um tesouro inestimável do nosso município. Rica em conteúdo, variedade e cheia de história, tem passado por uma fase de valorização e reconhecimento de sua importância. Na última segunda-feira (09), os artistas da terra Apolinário Lucena e Noé da Ciranda participaram, na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), de uma defesa, que faz parte do processo seletivo do 13° Concurso do Registro do Patrimônio Vivo de Pernambuco.

A ação foi fruto da parceria da Prefeitura de Surubim, através da Secretaria de Educação e Cultura, com o Conselho Municipal de Cultura e com o artista plástico e o cirandeiro. Abrindo esse espaço e incentivando a participação no Concurso que engradece o trabalho dos que permanecem cultivando nossas raízes pelo Estado, a Prefeitura de Surubim fortalece esse precioso legado que é a Cultura, enaltecendo as tradições de nosso povo. Daqui, continuamos na torcida para que nossos representantes passem para a próxima fase do Concurso.

Da ASCOM SURUBIM

sábado, 14 de julho de 2018

Palco Giratório chega a Surubim neste fim de semana

Coletivo Lugar Comum apresentará o espetáculo “Segunda Pele” e
 fará oficina de exercícios cênicos na cidade
(Foto: Divulgação/ Assessoria)
Pelo, casca, casa, cidade, olhar, pudor, prazer, cortes, toques, sorrisos, sons, chuva, memórias. Todos esses elementos são ‘peles’ que habitam nosso corpo, segundo o grupo Coletivo Lugar Comum, do Recife. E é exatamente esta questão que vem à tona no espetáculo “Segunda Pele”, incluído na programação do projeto Palco Giratório e que será apresentado neste domingo (15/07), às 20h, no Sport Club de Surubim. A classificação indicativa é de 18 anos e a entrada é gratuita.
“Segunda Pele” mostra corpos em transformação, que movimentam entendimentos sobre a diversidade corpórea, pelas infinitas possibilidades do ser, e por tudo que ainda precisa ser discutido sobre padrões vigentes em nossa sociedade. As quatro atrizes-dançarinas se descamam ao longo da cena e revelam histórias e experiências de vida. O Coletivo Lugar Comum atua há 11 anos no Recife, reunindo 14 artistas da dança, teatro, música, artes visuais, performance e literatura.
Oficina – no sábado (14/07), o grupo realiza uma oficina gratuita com exercícios cênicos na Sala de Dança do Colégio Marista Pio XII para o público com mais de 14 anos. A oficina é gratuita e vai ocorrer das 13h às 19h. As inscrições podem ser feitas no Ponto de Relacionamento com Clientes do Sesc Ler Surubim.
Palco Giratório – projeto consolidado no cenário cultural brasileiro, tem grande importância especialmente para municípios do interior, cujas populações encontram mais dificuldade em acessar uma produção artística diversificada e continuada. A grande capilaridade do Sesc possibilita que todos os estados brasileiros recebam o projeto. Cada vez mais alcança não apenas as capitais, mas também as pequenas cidades, descentralizando a arte e estabelecendo outras redes de circulação e intercâmbio no país.
Serviço: Palco Giratório no Sesc Ler Surubim
Oficina de exercícios cênicos Segunda Pele
Data: 14 de julho de 2018
Local: Sala de Dança do Colégio Marista Pio XII – Rua Benjamin Constant, 19 – Centro
Horário: das 13h às 19h
Inscrição gratuita no Ponto de Relacionamento com Clientes do Sesc Ler Surubim – Rua Frei Ibiapina, s/n – São José

Espetáculo Segunda Pele
Data: 15 de julho de 2018
Local: Sport Club de Surubim – R. Antônio Farias, 38 – Centro
Horário: 20h
Entrada gratuita
Classificação indicativa: 18 anos

Informações: (81) 3634-5280
(Da Assessoria de Imprensa)

Lotéricas voltam a receber pagamento de contas da Celpe

Conta de energiaFoto: Flávio Japa/Arquivo Folha
O pagamento de contas de energia da Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) voltará a ser aceito em casas lotéricas do Estado a partir deste sábado (14). Por meio de nota, a Celpe informou que foi renovado convênio com a Caixa Econômica Federal (CEF), e as faturas poderão ser arrecadadas nas lotéricas.

O pagamento de contas de energia em lotéricas foi suspenso no dia 1º de maio deste ano. Desde então, os clientes precisavam cadastrar o débito na conta ou procurar caixas eletrônicos, correspondentes bancários e pontos de arrecadação da Celpe.

A Celpe lamentou os transtornos causados com a suspensão do serviço. "O acordo firmado atende à solicitação da sociedade, assegura ganhos para a Caixa Econômica Federal e para os agentes lotéricos, além de mais opções de pagamento para os clientes da Celpe", diz a nota.

A companhia também esclareceu que, além das lotéricas, as faturas podem ser quitadas por meio do site, aplicativo da Celpe ou débito automático.

Da Folha de PE

sexta-feira, 13 de julho de 2018

Sesc Ler Surubim realiza primeiro Fórum de Cultura

Imagem: Divulgação/Reprodução
Na sexta (13/07) e no sábado (14/07), o Sesc Ler Surubim realizará o primeiro Fórum de Cultura. O evento contará com cases desenvolvidos em outras regiões de Pernambuco, além das experiencias vivenciadas na cidade de Surubim. A abertura ocorrerá na sexta, a partir das 19h. O evento, gratuito, será realizado na unidade do Sesc, que fica localizada na Rua Frei Ibiapina, S/N, no bairro São José.

Durante os dois dias, serão apresentadas discussões com as seguintes temáticas: Políticas Culturais (José Manuel – Gerente de Cultura do Sesc Pernambuco e Alexandre Santos – UFPB); Modelos de sustentabilidade cultural: em busca de caminhos para uma resistência (Coletivo TEAR – Garanhuns e Fábio André – Centro de Criação Galpão das Artes – Limoeiro. Com mediação de André Chaves – Sesc); e Cultura e economia criativa: desafios de uma resistência (Tarciana Portella – SECULT-PE e Daniel Andrade – Marista. Com mediação de Igor Alexandre – Sesc).

“Estamos inquietos com que está acontecendo com a cultura local e da região. Muitos artistas estão abdicando de suas artes, para enveredar por outros caminhos. Queremos dialogar sobre essas questões e montar a nossa primeira mostra de Artes no mês de outubro, com experiências locais e de fora, formando, assim, um intercâmbio de culturas”, comenta o professor de artes do Sesc Ler Surubim, Igor Alexandre.

Além dos envolvidos nas mesas de debate, devem participar do Fórum membros de escolas, do poder público, artistas e a sociedade civil como um todo. Para participar do Fórum, é preciso que o interessado se dirija ao Ponto de Relacionamento com os Clientes da Unidade ou faça a inscrição online, no link: https://goo.gl/forms/K8LvrQnVYEUl5S622. O Sesc Ler Surubim está localizado na Rua Frei Ibiapina, s/nº, no bairro São José.

Serviço: Fórum de Cultura
Data: 13 e 14/07/2018
Local: Sesc Ler Surubim
Entrada: Gratuita
Informações: 81 3726-1576

(Da Assessoria de Imprensa)

Prefeitura de Surubim oferece preparatório para o ENEM

Imagem: Divulgação/Reprodução
O Rota do ENEM é um projeto desenvolvido desde 2017 pela Secretaria da Juventude e Esportes que tem o objetivo de auxiliar os feras com aulões temáticos e consultas individuais com monitores capacitados. Os aulões serão aos sábados, na Casa das Juventudes, das 8h à 12h e das 14h às 17h. Além disso, os alunos também poderão agendar horários para tirar dúvidas individualmente. Não fique de fora dessa! 

Inscrições abertas através do site até dia 20/07 ou presencialmente na Casa das Juventudes.


Da ASCOM Surubim

Explosões dos bancos | Presidente da CDL Surubim concede entrevista ao Bom Dia Pernambuco

Imagem: Divulgação/Reprodução
A presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Surubim, Roberta Aguiar, concedeu entrevista ao vivo nesta quarta-feira (11) no programa Bom Dia Pernambuco, da Rede Globo Nordeste, após assaltantes terem explodido quatro agências bancárias na cidade. 

Confira o trecho na íntegra, a partir dos 07:28 da entrevista, clique no link: https://globoplay.globo.com/v/6863616/


João Alfredo formaliza Conselho Municipal dos Direitos da Mulher

Uma sessão ordinária realizada na manhã desta terça-feira (10), no auditório da Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esportes, marcou mais um importante passo na construção de políticas públicas para as mulheres do município de João Alfredo. Foi criado o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, o qual será representado por Sônia Maria Pessoa (presidente), Maria Verônica da Silva (vice-presidente) e Pollyanna da Rocha Pinho Rodrigues (secretária). O órgão será autônomo e permanente da administração pública municipal, tendo composição paritária para o controle social e de atuação no âmbito do município. O conselho também é de caráter deliberativo, fiscalizador, formulador de diretrizes e monitorador político da execução de políticas públicas dirigidas às mulheres. 

O objetivo também é combater a discriminação e violência à mulher e promover a igualdade de gênero, racial e orientação sexual. Participaram da assembleia a coordenadora municipal da Secretaria da Mulher, Joseane Nascimento, a diretora de Programas e Projetos da Secretaria de Educação, Sônia Pessoa, a gerente da Gerência de Fortalecimento Sócio-político da Secretaria da Mulher de Pernambuco, Beatriz Vidal, a coordenadora regional do Agreste Setentrional (Secretaria da Mulher de PE), Taysa Andrade, a secretária de Educação de João Alfredo, Alessandra Santos e os membros do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher. (Imagem | Cícero Marison - PMJA)

Da Assessoria

quinta-feira, 12 de julho de 2018

Vendas no varejo brasileiro recuam 0,6% em maio, diz IBGE

SupermercadoFoto: Alexas_Fotos/CCO
Setor de hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo, com expansão de 0,6% na base mensal e de 8% no volume anual, foi a atividade que exerceu o maior impacto positivo no desempenho global do varejo

O volume de vendas do varejo brasileiro recuou 0,6% em maio na comparação com abril, praticamente descontando o avanço de 0,7% registrado naquele mês, informou o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) nesta quinta-feira (12).

Em relação a maio de 2017, o setor avançou 2,7%. No ano, acumula alta de 3,2%. 

A expectativa em pesquisa da agência Reuters era de baixa de 1,2% na comparação mensal e de avanço de 2,15% sobre um ano antes. Seis das oito atividades pesquisadas pelo IBGE caíram no mês. Os recuos mais intensos foram observados em livros, jornais, revistas e papelarias (-6,7%) e combustíveis e lubrificantes (-6,1%).

Artigos de uso pessoal e doméstico registraram estabilidade. O setor de hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo, com expansão de 0,6% na base mensal e de 8% no volume anual, foi a atividade que exerceu o maior impacto positivo no desempenho global do varejo. Segundo o IBGE, esse segmento foi o menos afetado pela paralisação de caminhoneiros, devido, em grande parte, pela comercialização de itens de necessidade básica.

A paralisação de caminhoneiros começou dia 21 de maio e durou 11 dias. Bloqueios em estradas do país levaram ao desabastecimento de alimentos e combustíveis.

"A manutenção da massa de rendimentos reais habitualmente recebida e a redução sistemática da inflação de alimentação no domicílio são fatores que vêm sustentando o desempenho positivo do setor", disse o instituto.

Da Folha de PE

Conta de luz pode ter aumento de 0,5%

Aumento de 0,5% pode acontecer com aprovação do PL que destrava a venda de seis distribuidoras de energia das regiões Norte e Nordeste

Aprovado na Câmara Federal na última terça-feira, o Projeto de Lei (PL) que destrava a venda de seis distribuidoras das regiões Norte e Nordeste pode impactar no aumento de 0,5% da conta de luz dos consumidores, segundo cálculo da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). É que uma das emendas aprovadas no texto garante a isenção do pagamento da fatura por famílias de baixa renda. Com isso, um dos encargos sociais compostos na conta ficará mais alto para os demais consumidores brasileiros.

Caso o PL seja aprovado no Senado e sancionado pelo presidente o texto que foi concluído na Câmara, a Aneel informou que a isenção do pagamento da conta de luz para as famílias de baixa renda que consomem até 70 quilowatts-hora (kWh) por mês deve modificar o atual pagamento da Conta de Desenvolvimento Energético (CDE) de R$ 2,28 bilhões ao ano para R$ 3,02 bilhões por ano. Isso representa uma diferença na ordem de R$ 742 milhões, um impacto de 0,5% nas contas de luz. Ou seja, com o aumento do número de famílias que podem não pagar as faturas de energia, o CDE, que é um dos encargos inclusos na tarifa, terá aumento. De acordo com a Aneel, em Pernambuco, o novo valor entraria em vigor a partir da aprovação do reajuste anual da Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) que acontecerá no próximo ano. 

Em paralelo, também na última terça-feira, o PL que trata da privatização do sistema Eletrobras foi anunciado pelo presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia, que não deve entrar em votação este ano. Segundo a assessoria da Câmara, Maia declarou em Plenário que o acordo político em relação à não votação do PL da Eletrobras está garantido, ou seja, “não votaremos o PL da Eletrobras este ano”. Para o deputado federal Danilo Cabral, que está à frente da Comissão Especial do processo, o acordo com o Governo Federal foi para a desobstrução da pauta. 

Governo cobra posição da Celpe e CEF

Com o recebimento de muitas queixas relacionadas à dificuldade para pagamento da conta de energia, a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH) decidiu cobrar de representantes da Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) e da Caixa Econômica Federal (CEF) uma solução para o impasse. Em fiscalização realizada pelo Programa de Orientação e Proteção ao Consumidor (Procon-PE) nos pontos de atendimento para o pagamento na Região Metropolitana do Recife (RMR), dos mais dos 30 locais indicados pela Celpe, pelo menos 30% já estavam desabilitados.

Segundo a secretaria, os fiscais constataram que a maioria dos estabelecimentos presta o serviço de forma parcial. Além disso, muitos têm limitação de fichas por dia ou de valores. Os consumidores estão com dificuldade de realizar o pagamento da fatura de energia após a suspensão do contrato, que resultou no cancelamento do pagamento nas lotéricas. O Procon-PE concedeu um prazo de 48h para que a Celpe apresente uma alternativa para os postos inativos. Caso não cumpra a determinação, a empresa poderá ser multada. A companhia se comprometeu em fortalecer a rede própria e os pontos credenciados, além de instalar ainda este mês novos quiosques estratégicos para ampliar o atendimento à população. Por sua vez, a Caixa se prontificou a entrar em contato com os lotéricos para propor uma redução na arrecadação.

Da Folha de PE

quarta-feira, 11 de julho de 2018

Brasil fica em 64º lugar em ranking mundial de inovação

Robôs industriaisFoto: Divulgação / Governo do Espírito Santo
Os melhores índices registrados no Brasil foram nos gastos em educação (23º colocado) , investimento em Pesquisa e Desenvolvimento (27º), dispêndio de empresas em P&D (22º) e qualidade das universidades (27º)

O Brasil ocupou o 64º lugar no ranking mundial de inovação. O país ganhou cinco posições em relação ao ano anterior, quando ficou em 69º na listagem mundial. O índice é calculado pela Organização Mundial de Propriedade Intelectual e tem como parceiro local a Confederação Nacional da Indústria (CNI).

A liderança do ranking ficou com a Suíça. O país foi seguido por Holanda, Suécia, Reino Unido, Cingapura, Estados Unidos, Finlândia, Dinamarca, Alemanha e Irlanda. Entre os países de renda média-alta, o destaque foi da China, seguida por Malásia, Bulgária, Croácia e Tailândia.

Entre os de renda média-baixa, os mais bem posicionados foram Ucrânia, Vietnã e Moldávia. Já nos países de renda baixa, alcançaram melhor desempenho Tanzânia, Ruanda e Senegal.

O Brasil foi classificado na categoria das nações de renda média-alta, ocupando a 15ª posição neste grupo. Dentro da região latino-americana, o país ficou na 6ª colocação.

O Brasil subiu no ranking quando considerados os chamados insumos de inovação, ficando na 58ª posição. Neste indicador, são levados em consideração itens como instituições, capital humano, pesquisa, infraestrutura e sofisticação de mercado e negócio. No ano anterior, havia ficado em 60º lugar.

Os melhores índices registrados no país foram nos quesitos de gastos em educação (23º colocado) , investimento em Pesquisa e Desenvolvimento (27º), dispêndio de empresas em P&D (22º) e qualidade das universidades (27º). Os autores também destacaram a capacidade de absorção de conhecimento (31º), pagamentos em propriedade intelectual (10º), importações de alta tecnologia (23º) e escala de mercado (8º).

Já os pontos fracos foram apontados pelo relatório nas instituições (82º), ambiente de negócios (110º), facilidade de abertura de negócios (123º), graduados em engenharias e ciências (79º), crédito (104º) e a formação de capital bruto (104º).

Já nos produtos da inovação, o Brasil foi para o 70º lugar. Nessa categoria são considerados produtos científicos e tecnológicos e indicadores relacionados a eles, como patentes e publicações em revistas e periódicos acadêmicos. O índice subiu em relação ao ano anterior, quando ficou na 80ª colocação.

No índice de eficiência de inovação, o Brasil pulou para a 85ª posição. Esse indicador mede o quanto um país consegue produzir tecnologia frente aos insumos, condições institucionais e estrutura de capital humano e pesquisa. Neste quesito foi registrada a maior diferente na comparação com 2017, quando a posição conquistada foi a de número 100.

Da Agência Brasil

Fiepe realiza escuta de empresários para planejamento 2019

Foto: Divulgação/Reprodução
O resultado será apresentado ainda este ano com as principais demandas identificadas e as estratégias que serão adotadas pela Federação

Para tornar a defesa dos interesses da indústria pernambucana ainda mais assertiva, a Fiepe realizou as escutas dos integrantes do Conselho Empresarial da Unidade Regional Agreste. A agenda estratégica contou com a presença do gerente do Núcleo de Gestão e Tecnologia da Informação da Fiepe, Israel Erlich, e marcou a apresentação da nova superintendente da Federação, Fernanda Mançano. 

Os empresários foram orientados a identificar oportunidades, forças, ameaças e fraquezas para os segmentos industriais representados no Conselho Regional, através da metodologia denominada pela sigla ‘SWOT’. O resultado do planejamento 2018 será apresentado às regionais em dezembro deste ano com as principais demandas identificadas e as estratégias que serão adotadas pela Federação para realizar ações no sentido de atendê-las.

Entre as oportunidades que foram apontadas pelos conselheiros do Agreste estão: feiras e eventos de promoção comercial e a Reforma Trabalhista. A instabilidade político-econômica e o câmbio instável foram apontados como as principais ameaças. Enquanto que a informalidade e a baixa produtividade da mão de obra estão entre os pontos fracos.  A localização geográfica da região Agreste e os incentivos fiscais se destacam nos pontos fortes.

Da Assessoria

Em Surubim, Fundação Altino Ventura realiza triagem para cirurgias de catarata

Foto: Divulgação/ Alian Aragão
Sempre com o compromisso de cuidar da saúde da população surubinense, a Prefeitura de Surubim, através da Secretaria de Saúde, em parceria com a Fundação Altino Ventura (FAV), está realizando mais uma vez, no município, uma triagem para o diagnóstico de catarata a pacientes surubinenses.

A ação, que terá início no próximo dia 16 de julho, busca atender pacientes a partir dos 50 anos e segue até o dia 20 deste mês.

Cerca de 100 pessoas serão atendidas por dia, sendo 50 pela manhã e 50 à tarde das 07h às 17h na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), no bairro do Coqueiro. Para receber a consulta, os pacientes deverão levar a cópia do cartão do SUS, RG e comprovante de residência.

Da ASCOM Surubim

terça-feira, 10 de julho de 2018

Primeiras tubulações da Adutora do Alto Capibaribe começam a ser assentadas

Imagem: Divulgação/Reprodução
Obra hídrica estruturadora para região Agreste inicia pelas cidades de Santa Cruz do Capibaribe, Jataúba e Taquaritinga do Norte.

Mais uma obra projetada para levar segurança hídrica à região Agreste começa a ser executada pela Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa). Nesta semana, a Compesa inicia o assentamento das primeiras tubulações da Adutora do Alto Capibaribe - obra estruturadora que vai trazer água do Rio São Francisco - captada na Paraíba - para 9 municípios do Agreste Setentrional Pernambucano e 1 do Cariri Paraibano. Os serviços de implantação de quinze mil metros de tubos serão realizados na cidade de Santa Cruz do Capibaribe, às margens da rodovia PE-160, seguindo sentido a Jataúba e a Taquaritinga do Norte, na estrada de acesso à Barragem de Mateus Vieira, com cerca de cinco mil metros de tubos. 

Essa obra é inédita no país. Pela primeira vez, uma adutora captará água em um rio de outro estado para atender à uma dezena de municípios. A Adutora do Alto Capibaribe vai trazer para Pernambuco água do Rio Paraíba, próximo ao Açude Boqueirão, na cidade de Barra de São Miguel, na Paraíba. 

Por meio dessa engenharia, criada pelo Governo Pernambucano, será possível fazer a “transposição da transposição” e acelerar a chegada da água do Rio São Francisco para 230 mil pernambucanos nas cidades de Santa Cruz do Capibaribe, Toritama, Jataúba, Taquaritinga do Norte, Vertentes, Frei Miguelinho, Santa Maria do Cambucá, Vertente do Lério e no distrito de São Domingos, em Brejo da Madre de Deus, além de atender ao município de Barra de São Miguel, na Paraíba. Essa obra vai beneficiar um importante polo de confecção de Pernambuco, concentrado nas cidades de Santa Cruz e Toritama. 

“Com criatividade, compromisso e planejamento o nosso Governo tem dedicado atenção especial ao abastecimento de água para a população pernambucana. A Adutora do Alto Capibaribe é um dos melhores exemplos desse trabalho incansável da nossa equipe técnica e da decisão política da gestão em enfrentar os obstáculos que surgem”, argumentou o governador Paulo Câmara. 

"Dessas nove cidades, seis seriam beneficiadas com água da Transposição somente com a segunda etapa da Adutora do Agreste, fase ainda não conveniada e sem previsão de início de obras. Por isso, o Governador Paulo Câmara solicitou a Compesa alternativa para antecipar a chegada da água para essa população, que sofreu com um período severo de sete anos de seca", informou o presidente da Compesa, Roberto Tavares. Serão aplicados R$ 82 milhões na obra, recursos do FGTS, e o prazo de conclusão do empreendimento é de 15 meses. 

A obra consiste na implantação de uma adutora com 70 quilômetros de extensão e de três estações de bombeamento. O trecho mais longo da adutora terá 51 quilômetros e vai transportar 350 litros de água, por segundo, da captação, na Paraíba, até o município de Santa Cruz do Capibaribe - atendendo a cidade e o distrito de São Domingos, em Brejo da Madre de Deus. De lá, uma derivação da adutora segue até a Barragem de Poço Fundo, para abastecer a cidade de Jataúba. Em Santa Cruz, a Adutora do Alto Capibaribe será interligada às tubulações da Adutora do Agreste para levar a água à ETA Toritama. No meio desse percurso, será implantado um trecho complementar (de cinco quilômetros) para abastecer Taquaritinga do Norte e o distrito de Pão de Açúcar. De Toritama, a água também seguirá pelo Sistema de Jucazinho, de forma invertida, para atender Vertentes, Santa Maria do Cambucá, Frei Miguelinho e Vertente do Lério. 

Convênio - O Governo de Pernambuco assinou um convênio de cooperação técnica e administrativa com o Governo da Paraíba, que permitirá a captação da água da Transposição do Rio São Francisco no estado vizinho. A parceria também inclui o desenvolvimento de estudos para ações de melhoria de abastecimento das regiões de fronteira entre os dois estados. A Compesa e a Cagepa (Companhia de Água e Esgotos da Paraíba) são as responsáveis pelo convênio.

Da Assessoria de Imprensa

Com apenas uma chapa inscrita, José Inácio deve comandar CMDRS por mais três anos

O atual coordenador José Inácio da Silva deve ser reconduzido
ao cargo na próxima quarta-feira (11)
(Foto: Reprodução/Blog Visão Surubim)
Na próxima quarta-feira, dia 11 de julho, o Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável (CMDRS), elege a sua nova diretoria executiva e Conselho Fiscal para o período 2018/2021. O prazo para inscrição das chapas terminou no último dia 2 e apenas uma diretoria se inscreveu, formada por José Inácio da Silva (coordenador); Nailton Arruda de Lima (vice-coordenador); Fátima Souza (secretária); Maria Rosemere Mota de Souza (1.º tesoureiro) e Ana Paula da Silva (2.º tesoureiro). O edital de convocação para a eleição prevê o voto por aclamação em caso de chapa única e José Inácio deve ser reconduzido ao cargo.

A eleição acontecerá a partir das 9h, no plenário da Câmara de Vereadores de Surubim. Ainda conforme o edital, é exigida a maioria absoluta dos membros em primeira convocação e o voto de aprovação de 2/3 dos presentes. Em segunda convocação, após 30 minutos da primeira convocação, é necessário o voto de aprovação e de maioria simples dos membros presentes.

A comissão eleitoral é presidida por Denny Lapenda Fagundes (gerente regional do Instituto Agronômico de Pernambuco – IPA) e composta ainda por Mário Carneiro de Arruda, advogado do CMDRS, Maria Silva de Moura, representante das associações rurais e urbanas do município e um servidor da Prefeitura de Surubim.

O CMDRS possui 16 anos de atuação e está localizado na Rua João Batista, N.º 296, no Centro da cidade. O órgão tem como principal função auxiliar os poderes públicos na definição das políticas para o desenvolvimento rural e incentivar o melhoramento da qualidade de vida do homem do campo.

Do Correio do Agreste

Madrugada de terror em Surubim; bandidos atacam quatro agências bancárias

(Foto: Reprodução/ WhatsApp)
A população de Surubim viveu momentos de terror na madrugada desta terça-feira (10). Por volta de 0h40 bandidos fortemente armados com fuzis invadiram a cidade atirando para o alto e atacaram quatro agências bancárias. O bando se espalhou por vários pontos da cidade, bloqueando as principais ruas que dão acesso ao Centro. Em frente ao 22.º Batalhão da Polícia Militar, os criminosos atearam fogo em um veículo para dificultar a saída do efetivo. Eles ainda atiraram contra o prédio, de início os policiais revidaram mas tiveram que se abrigar em seguida, devido ao poderio do armamento dos bandidos.

No Centro da cidade os assaltantes explodiram as portas das agências da Caixa, do Banco do Brasil, do Santander e do Bradesco. Apenas a do Banco do Nordeste foi poupada. Segundo informações da Polícia Militar, os bandidos conseguiram explodir os cofres da Caixa e do Banco do Brasil, nas outras duas agências eles tentaram mas não obtiveram êxito. Em todos os locais atacados, os caixas eletrônicos ficaram intactos. Pelo tamanho da ação, a Polícia estima que o grupo era formado por cerca de 40 homens divididos em quatro caminhonetes.

Durante os ataques, os assaltantes fizeram três homens reféns, um deles foi baleado na perna porque teria se negado a entregar a chave de um veículo. Na fuga, eles foram colocados sem camisa em cima do capô dos veículos e depois libertados na comunidade de Lagoa Nova, na zona rural do município. O refém ferido, que não teve o nome informado, foi socorrido para uma unidade de saúde local e em seguida transferido para um hospital de Recife, mas sem risco de morte. Os bandidos ao saírem das agências espalharam grampos. Eles seguiram em direção à PE-106 que dá acesso à Vertente do Lério e a Paraíba.

O barulho de rajadas de fuzis foi ouvido durante quase uma hora nas principais ruas da cidade. Marcas dos disparos foram encontradas nas paredes dos bancos. Viaturas da polícia chegaram ao local dos ataques cerca de 20 minutos depois da saída dos assaltantes. 11 guarnições foram enviadas para o setor bancário. A área está isolada aguardando perícia.


Do Correio do Agreste

segunda-feira, 9 de julho de 2018

Compesa explica cor da água fornecida pela Barragem de Jucazinho

Em alguns bairros da cidade a água chegou com
coloração avermelhada. (Foto; Reprodução/ WhatsApp)
A Barragem de Jucazinho voltou a abastecer Surubim e as cidades da região em junho, mas nas últimas semanas, a população começou a reclamar da cor da água que está vindo do manancial. O líquido apresenta uma coloração escura, marrom em alguns locais da cidade e avermelhada em outros bairros. A população ficou apreensiva em utilizar a água, sobretudo para cozinhar e tomar banho.

A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), responsável pelo tratamento da água na barragem, explica que a cor do líquido é decorrente de uma reação química. “A água de Jucazinho tem uma concentração um pouco elevada de ferro e manganês, que são dois metais, que dependendo da forma como estejam, atribuem cor à água. Quando nós aplicamos o cloro, que é a substância responsável por fazer a desinfecção, tirar todos os micro-organismos que causam doenças ou qualquer dano à saúde da população, ele termina reagindo com o manganês deixando a água com essa cor meio amarelada puxando para o marrom”, explica o engenheiro químico da companhia, Kássio Kramer.

O especialista afirma ainda que apesar da coloração escura, a água não oferece riscos à saúde dos usuários. “Por mais que visualmente isso seja ruim, a água está clorada. Estamos garantindo a parte de bacteriologia da saúde pública”.

Kramer também detalhou quais medidas estão sendo adotadas para resolver o problema. “Fizemos algumas modificações no ponto de aplicação de cloro para tentar minimizar esse tempo de reação, para que a água chegue na casa da população com uma cor mais clara, transparente. Estamos trabalhando para que o manganês seja retido na Estação de Tratamento de Jucazinho e não chegue à rede de distribuição. O que precisamos é só um pouco de tempo. Como é uma situação que não tem uma solução tão simples, temos que fazer investimentos e alguns testes para chegar no ponto ideal, mas acredito que nos próximos dias a gente vai ter melhora em relação a esse sistema”.

A Compesa disponibiliza um telefone para a população relatar esse tipo de problema. O contato pode ser feito pelo número 0800 081 0195. A ligação é gratuita.

Do Correio do Agreste

Acompanhe-nos no Facebook


Publicidade


!

!
!
!

!

!

!

!

!

!

!

!
!
!
!
!

!

!
!

Você é o Visitante:

Acessos em Tempo Real

Previsão do Tempo em Surubim

Blogs e Sites Parceiros

Curta Nossa FanPage - Muito Obrigado!

Internautas On Line

(81) 9925.8297 // negocioseinformes@gmail.com