© 2014 - Todos os Direitos Reservados ao Blog Negócios e Informes. Tecnologia do Blogger.

quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Reajuste | Gás de cozinha pode ficar até R$ 4 mais caro

Imagem: Divulgação / Nogueirense.com
Prepare o bolso para um novo aumento. Depois da frustração de esperar pela redução de preços da gasolina, após a Petrobras reduzir os valores de venda às distribuidoras e amargar aumento na bomba, o consumidor deve arcar com um ajuste no valor do botijão de gás de cozinha. Isso porque a estatal alterou os contratos de fornecimento do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP), reduzindo alguns subsídios dados a distribuidoras do produto, que passarão a arcar com os custos logísticos do produto. A nova dinâmica começou a valer ontem e pode representar um aumento de R$ 0,20 às distribuidoras. O mercado aposta num repasse de até R$ 4 ao preço final. 

Como os preços do produto no Brasil são livres, é decisão dos distribuidores ou dos revendedores repassar o preço para o consumidor final. A Petrobras avalia que o aumento não deve ultrapassar R$ 0,70 independentemente da região. No Recife, os preços de um botijão de 13 kg (uso residencial) variam de R$ 40 a R$ 50, com média de R$ 47,77 no estado. A média do Brasil é de R$ 55,43, segundo levantamento da Agência Nacional de Petróleo (ANP). A regra para o consumidor continua sendo a pesquisa. 

O Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Gás Liquefeito de Petróleo informou por meio de nota que ainda é irresponsável falar de aumento de preços. “É fato que a Petrobras notificou as empresas distribuidoras de GLP sobre novos preços que deverão ser praticados já no dia 1º de novembro de 2016 (ontem). Assim, concebemos que a causa do possível aumento deve ter relação com os novos contratos da Petrobras”, disse a comunicação. 

Da Agência Brasil

Acompanhe-nos no Facebook


Publicidade


!

!

!

!

!

!

!

!

!

!
! !
!

!
!

Você é o Visitante:

Acessos em Tempo Real

Previsão do Tempo em Surubim

Blogs e Sites Parceiros

Curta Nossa FanPage - Muito Obrigado!

Internautas On Line

(81) 9925.8297 // negocioseinformes@gmail.com