© 2014 - Todos os Direitos Reservados ao Blog Negócios e Informes. Tecnologia do Blogger.

segunda-feira, 11 de abril de 2016

Crise | Seca de Jucazinho prejudica negócios no entorno da barragem

Imagem: Divulgação/Reprodução
Inácio Cabral é um surubinense de  63 anos. Participou da construção da barragem de Jucazinho, e desde fevereiro de 1999, quando a obra foi inaugurada, mantém um restaurante próximo da represa. O movimento de turistas que vêm conhecer o lago é o que mantém seu negócio. Nos 17 anos que se passaram desde a inauguração, a barragem sangrou em três oportunidades, segundo Inácio. Isso aconteceu em 2004, 2007 e 2011.

Hoje a represa está acumulando apenas 1% de sua capacidade, que é de 327 milhões de metros cúbicos de água, e além da escassez no abastecimento dos 11 municípios atendidos pela barragem, o comerciante amarga mais um prejuízo. Com a seca, o movimento de visitantes diminuiu e o restaurante perdeu 40% de seu faturamento, "Juntou a crise econômica com a falta d'água", lamenta Inácio, que sonha com a volta dos tempos de fartura de água e de fregueses.

O Correio do Agreste esteve na barragem no último fim de semana(09/04) e registrou imagens da barragem. Uma ilha no meio do lago, que ficava quase que totalmente submersa na época da cheia, hoje está com a margem toda exporta.

Do Correio do Agreste

Acompanhe-nos no Facebook


Publicidade


!

!

!

!

!

!

!

!

!

!

!

!

!

!
!
!

Você é o Visitante:

Acessos em Tempo Real

Previsão do Tempo em Surubim

Blogs e Sites Parceiros

Curta Nossa FanPage - Muito Obrigado!

Internautas On Line

(81) 9925.8297 // negocioseinformes@gmail.com